História See You - Double B - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias IKON
Personagens B.I, Bobby
Tags Bobby, Double B, Ikon, Romance, Tragedia, Yaoi
Exibições 71
Palavras 624
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, mais uma shortfic, espero que gostem (:

Capítulo 1 - See You


Fanfic / Fanfiction See You - Double B - Capítulo 1 - See You

Jiwon, estava em casa deitado na cama, pensando como ele é feliz, em ter Hanbin, como namorado, mesmo com defeitos, o outro o quis.

Sai dos seus devaneios, assim que escuta seu celular tocando, vai o pegar e sorrir, quando lê o nome "Life" e atende.

– oi Bebê, o que ouve?

Pergunta, estranhando a hora que o mesmo, o ligava, já passava das duas da manhã.

– é algo sério, que eu preciso falar com você.

Bobby, fica preocupado, por causa do tom de voz dele, e ainda mais, quando escuta o som, das palavras entrarem, pelo seu ouvido.

– ouve algo, com você? O que aconteceu?

Escuta um suspiro de choro do outro lado, e quando vai abrir a boca pra perguntar, o porque de estar chorando, Hanbin, começa a falar.

– eu quero... Terminar.

O seu chão some, e o choro do outro, fica mais intenso, e senti seus olhos umidecerem.

– por que? Você sempre disse, que me amava, e que nunca iria me deixar!

Sua voz, sai embargada por causa do choro, e Hanbin, sente vontade de dizer, que tudo é mentira e que não passava de uma brincadeira, mas não, ele não podia.

– me desculpe, e sim eu te amo, é pro seu bem, que estou fazendo isso!

– pro meu bem?! Olhe o meu estado! Você prometeu, não me deixar! E agora vem dizer, que quer terminar?!

– não torne, as coisas mais difíceis.

– não torna as coisas, mais difíceis?! É você! Eu sempre desconfiei, estava tudo perfeito de mais, era tudo uma brincadeira, não é? Uma posta?!

O coração deles, estavam em pedaços, Hanbin, queria o poupar do sofrimento, e mesmo vendo o estado, que ele estava, sabia que poderia, ser bem pior.

– não, o nosso amor é verdadeiro, não foi uma brincadeira, hoje você não entendi, mas um dia irá entender.

– acabou Hanbin?

– só me perdoe, por favor e me prometa, que não vai fazer nada de ruim.

– do que lhe importa? Até porque, você não é mas, meu namorado.

Aquelas palavras, foram como facas afiadas, perfurando o coração, do outro Kim.

– me desculpe.

Foi a última, coisa que o outro ouviu, antes de atirar seu celular na parede, fazendo a tela ficar trincada.

– POR QUE?!

Grita, ele não consegue entender o porque, daquilo o outro, insistia em dizer, que o amava e fazia aquilo, com ele? Ele definitivamente, não conseguia cogitar a aquilo.

Vesti seu casaco rosa, que contia o cheiro de Hanbin, e quase enfia uma faca em si mesmo, por ter vestido aquilo.

Sai de dentro de casa, segurando uma garrafa de whisky, ele vai bebendo enquanto anda, pelas ruas praticamente desertas, só com alguns carros, andando pelas ruas, iluminadas pelas lâmpadas, dos postes.

Joga a garrafa, no chão quando acaba de beber, e se joga no chão, ficando encostada na parede, coloca os braços, em frente à seu rosto, e volta a chorar, as lágrimas tomam conta do seu rosto e ele continua se perguntando, o por que, daquilo acontecer.

Estava tudo muito bom, pra ser verdade, ele não conseguia acreditar, até parece que alguém, tão perfeito como Hanbin, se apaixonaria por ele, cheio de defeitos.

A verdade, é que Hanbin, tinha feito aquilo, pra ele não se ferir mais, os seus pais, falaram que se ele não terminasse, mandaria alguém matar Bobby, e pelo jeito, que seu pai falou, ele não dúvida, que ele faria mesmo.

Se levanta e volta a andar pelas ruas, os primeiros raios de sol, já estavam a mostra, ele olha pra frente e vê que nenhum carro está passando, anda até a pista e se deita, esperando o pior acontecer e acaba acontecendo.

– até mais, Hanbin.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...