História See You On Summer. - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford, Personagens Originais
Tags 5sos, Ashton Irwin, Calum Hood, Férias, Luke Hemmings, Michael Clifford, Romance, Vacation
Visualizações 40
Palavras 725
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Patience


Eu não fazia idéia de quanto tempo estávamos ali e pra falar a verdade nem queria saber. Aliás, sabe quando você quer que um momento dure pra sempre? Pois é, eu estava com essa vontade dentro de mim. Sabe-se lá porquê, no fundo eu até gostei de dividir um momento que era somente meu, com Luke. E ah, fala sério, estávamos até parecendo um casalzinho apaixonado. Eu sei que o Luke é um idiota e que nós dois juntos nunca daria certo. Mas aquilo tava fofo. Tenho que admitir. Quando está com a boca calada, Luke Hemmings se torna um anjo. 

De repente, um barulho estrondoso nos fez sair de transe.

— Eu não acredito! - Disse um vulto preto enquanto vinha andando pelo corredor em nossa direção. Prontamente nos levantamos, como se nada houvesse acontecido. Meu coração disparava a cada vez que ele se aproximava. - Luke Hemmings e Michael Clifford num momento de amor!? - Argh, era Calum, que estava de fato, um pouco alterado. Não. Totalmente alterado. É sério que ele tinha me confundido com meu irmão? Olhei pra Luke com os olhos arregalados e rimos baixo.

— Calum, eu não acredito que você atrapalhou o meu romance, cara! - Luke disse em tom revoltado, enquanto eu encarava o chão, segurando o riso.

— Olha, eu estou muito magoado.  Como assim você me larga sozinho naquela festa pra vir ficar com o Luke, Mike? Logo com o Luke?  - Calum disse se referindo a mim enquanto mexia numa mecha do meu cabelo. Sério, isso não podia estar acontecendo. — Vocês são duas bichas mesmo!

— É, Calum, sim, nós somos, duas bichas mesmo. - Luke riu pelo nariz. — Agora vamos, cara. Acho que você precisa dar uma descansada dessa festa... - Segurou no ombro de Calum. —  Já volto, Kim. - Disse baixinho enquanto levava Calum para o seu quarto.

Eu me deitei na cama e gargalhei ainda tentando assimilar o que tinha acabado de acontecer. Eu nem parecia tanto assim com Mike, quer dizer... Eu não tinha nada a ver com o Mike. Acho que alguém tinha bebido um pouco demais nessa festa. Se Calum, que chegou "cedo" já estava assim, eu tinha medo do estado em que meu irmão, a Gi e o Ash poderiam estar. Fui acordada dos meus pensamentos quando Luke finalmente voltou do quarto de Calum.

— Pronto, ele dormiu. - Riu.

— Finalmente. O que será que deram pra ele beber?

— Eu não faço idéia... Mas ainda bem que ele não te viu aqui, né? - Como assim, ainda bem que ele não tinha me visto aqui, Luke? Errrr, então quer dizer que não podíamos ser vistos juntos mais? Ok, bom saber.

— Errrrr, é, é sim. - Dei um sorriso amarelo.

— O que foi?

— Nada. Só queria poder dormir no meu quarto hoje. 

— Ah. Uma pena que eu tenha chegado primeiro... - Riu. - Já pode ir indo pro seu porão, mocinha. Agora eu tô com sono. - Bocejou. 

— Luke, isso não é justo!

— O que não é justo é você achar que pode fazer tudo do seu jeito, Kimberly. - Bufou.

— Olha, eu não quero discutir com você. - Disse me levantando. - Mas proponho que façamos um tratado, o que acha?

— Hm... E qual sua proposta?

— Um rodízio!

— De pizza? - Ele disse e eu senti vontade de rir. Mas segurei. Como podia ser tão idiota, senhor!?

— Não, imbecil. Um rodízio, tipo de carros... Hoje você dorme aqui, amanhã eu durmo, e assim vai, vice e versa... O que acha!? 

— Hm, pode ser. Então, hoje o quarto é meu, certo?

— Sim. 

— Não, não quero. O rodízio começa por você. 

— Ué, Luke, como assim?

— Não gosto de seguir as suas regras. - Ele disse sorrindo e ficando em minha frente. Bufei. — Aproveite o meu quarto por hoje, Kim. - Me deu um beijo na bochecha e saiu, encostando a porta. 

Eu caí na cama passando a mão na bochecha e respirei fundo, sentindo o perfume de Luke, que havia impregnado minhas roupas e a cama inteira. Errr. Era definitivo: Se Luke queria confundir a minha cabeça, ele tinha acabado de conseguir. Sério, é complicado lidar com uma pessoa que por ora te trata bem, e outrora sem motivo algum, resolve te tirar do sério. Luke definitivamente havia se tornado o meu teste de paciência. E eu tenho medo de onde isso pode parar. 

 

 


Notas Finais


oi nenêsssss, to super feliz que várias pessoinhas estão comentando coisas positivas sobre a fic, sério <3 é um incentivo e tanto asdjaskdj desculpem a demorinha pra postar esse cap, fiquei um tempinho sem criatividade hoje mas é isto jasdjkjash E AHHH, OQ ACHARAM DESSE CAP???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...