História Segmentos - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Romance, Romance Gay, Shonen-ai, Slash, Tragedia, Triste, Yaoi
Visualizações 19
Palavras 379
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


* Como vocês sabem eu adoro um drama hehe
* Eu estou com essa história na cabeça há meses, talvez mais, e eu preciso escrevê-la porque não consigo me concentrar em outro enredo antes de escrever esse. Meu cérebro fica me dizendo: ok, mas antes você PRECISA escrever essa fanfic!!
* E então cá estou! Esse capítulo é narrado pelo Kanaam, ele é bem enigmático, mas no próximo cap. teremos outros personagens e o passado deles.
* E essa é outra fanfic experimental, assim como Hematomas, vou explicar: em Hematomas eu testei minha habilidade em escrever em 3a pessoa, nessa aqui eu quero treinar a 1a pessoa no PRESENTE. É um desafio pra mim porque eu sempre erro algumas conjugações verbais, então espero fazer tudo direitinho!
* Não terá lemon galera, já aviso pra ninguém se decepcionar :/ Quero focar em desenvolver os personagens e a história.
* Espero que gostem, lembrando que esse é recém o primeiro capítulo, dependendo da recepção eu escreva mais rápido, e ainda falta elaborar muitas coisas no universo dessa fanfic!
* Obrigada!

Capítulo 1 - Prefácio


KANAAM

O hospital é um lugar triste onde lembramos de momentos felizes e também onde criamos memórias que preferimos esquecer.

Eu nunca imaginei estar aqui, mesmo que fosse como acompanhante, amigo e... seria muito inconveniente dizer apaixonado? Sim, é inconveniente. Depois de tantos anos meus sentimentos continuam os mesmos, senão mais intensos.

Os bipes do monitor me deixam mais tranquilo, mas eu sei que não há muito que eu ou qualquer outra pessoa possa fazer para mudar essa situação. Os médicos haviam sido categóricos ao afirmar que esperar um milagre era inútil.

Lá fora está frio e chove, as gotas descem pela janela com rapidez e esse é meu novo passatempo: vê-las escorrer pelo vidro, refletindo a rua lá fora. Mesmo que seja uma cena triste nesse momento, eu adoro a chuva e observá-la me acalma profundamente.

A poltrona é confortável o bastante para eu dormir, mas raramente consigo relaxar nesse ambiente. Sinto as energias fracas em volta e a aura melancólica do hospital me mantém acordado. Toda vez, antes da noite chegar eu repito mentalmente um dos mantras do hinduísmo que sei desde criança e isso acalma meus pensamentos agitados.

Fecho os olhos, respiro fundo e tento meditar, mas o cansaço não permite que eu me concentre.

O estou ajudando ao ficar aqui, enquanto ele resolve assuntos burocráticos da internação e dos gastos. Repito mentalmente que estou sendo útil de alguma forma enquanto em meu interior travo uma batalha mental, perdido entre o que eu realmente quero e o que estou fazendo.

A cidade não para e ouço barulhos de buzinas, carros acelerando em meio ao asfalto escorregadio, pessoas conversando nos corredores e o som da minha respiração, profunda e lenta.

Já passou do tempo de eu saber que não é possível ter tudo o que quero.

Tento relaxar na poltrona e tento não pensar em como chegamos a esse ponto, mas é inevitável. Eu lembro de tudo, desde o início, com uma clareza vívida, como se tivesse acontecido ontem ou há 1 segundo atrás.

As lembranças vêm e eu não tenho como impedi-las, nem quero. Relembrar me entristece mas é necessário poque me faz crescer como ser humano. Estou aqui e sou quem sou por causa das minhas memórias e preciso revivê-las porque são a minha história.


Notas Finais


* O que eu quero fazer: mais ou menos 5 ou 6 capítulos (contando com prefácio e epílogo), ou seja, os próximos capítulos serão longos e demorarei pra escrever ><
* Não é pra ser uma longfic, de 25 cap. nem 12caps, são no máximo 10, mínimo 6.
* Sobre o Kanaam: ele é indiano, e como tal é hinduísta, ele é um personagem calmo e tranquilo, mas no passado ele era bem mais agitado.
* Outros personagens: Ethan (interesse amoroso de Kanaam) e Charlie (interesse amoroso de Ethan), eles apareceram no passado mas estão no presente da história.
* Quem vcs acham que está no hospital? Hehe, gosto de ler teorias e comentários hahaha
* Obrigada à quem leu, se puderem comentar comentem >< Adoro saber a opinião de vocês e respondê-los! Espero que gostem!
* Postarei no Wattpad também: https://www.wattpad.com/user/Pervert-Fujoshi


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...