História Segredos... - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Castiel, Leigh, Lysandre, Rosalya
Tags Amor Doce, Romance
Exibições 77
Palavras 514
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Obrigada pelos 25 favoritos <3

Aproveitem ...
B
O
A

L
E
I
T
U
R
A

<3

Capítulo 15 - O Melhor dos Argumentos


Fanfic / Fanfiction Segredos... - Capítulo 15 - O Melhor dos Argumentos


Dormi mal a noite de Sexta. Não deixei de pensar o que o Nathaniel pode ter cochichado para a Cecillyie. Não fiz perguntas. Primeiro, pra esconder o que estava acontecendo entre a gente, conforme ela queria. Segundo, não era a hora de perguntar, eu estava de cabeça quente e iríamos acabar brigando. 
Peguei o celular logo que acordei e vi uma mensagem:
CECILLYIE: Bom dia!!!


LYSANDRE: Bom dia, Pequena! Acordou cedo hoje.


CECILLYIE: Não dormi direito ontem, sinto que precisamos conversar.


LYSANDRE: Também não dormi bem :/  poderíamos nos encontrar no shopping durante a tarde.


CECILLIYE: Acho que é ariscado lá, no parque vai ser melhor.


LYSANDRE: Ok... As 16:00h?


CECILLIYE: Pode ser.


O tempo voou até a tarde e eu fui atrás das minhas respostas. Cheguei no horário e nada da Cecilliye por perto. Ela se atrasou por meia hora, mas não explicou o motivo, apenas se sentou ao meu lado em um dos bancos.
- OI!
- Olá – disse sem encara-la.
- Boooom... – ela arrastou a fala – podemos conversar então?
- Podemos sim – eu a olhei que encarava o chão.
- Desculpa por ontem, e-eu travei ali, não consegui raciocinar e nem me mexer.
- Tudo bem. Eu não deixaria ele te beijar assim – eu a puxei pra que deitasse a cabeça no meu ombro – O que me intriga é não saber o que ele disse pra você no seu ouvido. Se você quiser me contar, talvez ajude.
- Eu tenho medo de dizer e vocês expulsarem ele da banda.
- Vamos fazer um acordo – eu coloquei meu queixo sobre o cabelo dela – Não tiramos o Nathaniel da banda e você me conta o que ele disse.
- Realmente está tão curioso assim? - ela olhou pra cima.
- Mal dormi imaginando coisas – disse sinceramente
- Jura de mindinho não expulsar ele da banda? – ela ergueu o mindinho pra mim
- Juro – eu ri fraco e entrelacei o meu dedo mindinho com o dela. Por que ela insistia em protegê-lo?
- Ele disse “Você sabe que eu sou sua melhor escolha, né?” e eu respondi que não. Então ele retrucou “Eu posso te provar que sou melhor que os dois juntos” e, bom! – ela me olhou meio tímida -  Me virou pra ele para me beijar.
- Ele... – A raiva subiu, mas eu puxei o ar pra falar sem demonstrar o tamanho do meu ódio por aquele idiota. – você pensa assim?
- E-eu ?- ela me encarou sem entender – Se eu pensasse assim estaria com ele. Eu Quero estar com você Lys. Só com você. 
Levei minha testa de encontro com a dela e acariciei suas bochechas. Ela fechou os olhos e levantou levemente a cabeça, aproximei meus lábios do pescoço dela e beijei toda a extensão a mostra até chegar em sua orelha e a ouvi arfar e suspirar logo em seguida.
- Eu te amo – cochichei no ouvido dela e não ganhei resposta, nem esperei por ela – Esse é o meu melhor argumento - Era muito cedo pra que Cecilliye tivesse tanta certeza de seus sentimentos, quanto tenho dos meus.
 


Notas Finais


Comentem o que acharam... esse retorno me ajuda bastante...
bjosss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...