História Segredos!! - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Itachi Uchiha, Madara Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Rock Lee, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha
Tags Sasusaku
Exibições 111
Palavras 3.571
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Fantasia, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - Vampiro!


Fanfic / Fanfiction Segredos!! - Capítulo 6 - Vampiro!


Fanfic Segredos-Cap 6-Vampiro

Estava nevando, Sakura corria o mais rápido que podia na rua, não havia ninguém que pudesse pedir ajuda, não sabia qual era a ameaça, só que tinha certeza que deveria correr e estar o mais longe possível dali. Seu coração batia acelerado, sua respiração ofegante causava mais desespero. Foi em direção à mata, olhando desesperada para os lados tentando se distanciar o mais rápido, ela tropeçou em uma raiz e acabou caindo no chão, o desespero aumentava. Flocos de neve vermelhos de sangue caiam em sua frente, o medo se apossou de seu coração.

_Socorro!-tentou gritar, mais era como se sua voz não saísse. Levou à mão a garganta desesperada, estava perdida ninguém a ouvia.

Ouviu risadas, e passos se aproximarem. Tentou se levantar mais não conseguia, ela sentia que a ameaça estava perto, mais não via nada, olhou para os lados aterrorizada, mais só podia ver a neblina em volta dela. De repente apareceu um vulto em sua frente, fazendo-a cair para trás.

Pode ouvir o vento passar por si rapidamente, e os arbustos se moverem. No meio da escuridão viu o vulto se aproximar com olhos vermelhos, e dentes afiados famintos, a atacou.

_HAAAA!-gritou ao ser atacada.

*Sakura Sonho Of *

_Sakura acorde!- chamava Sasuke segurando-a pelos braços -Sakuraaaa...

Sakura desesperada gritava na cama chorando presa no pesadelo, enquanto lá fora chovia forte. Sasuke percebendo que a rosada se rebatia na cama tenta a segurar.

_Há! Me solta! -grita Sakura pensando estar ainda sendo atacada no pesadelo. Ela sem perceber acaba que batendo a mão sobre o criado de espelho ao lado da cama quebrando-o, os cacos caem em milhares de pedaços, cortando sua mão fazendo com que seu sangue escorre-se pelos dedos.

_Sakura?-chama o uchiha segurando em seu rosto, e ela desperta do pesadelo abrindo os olhos.

No susto Sakura acaba que metendo a mão sobre o seu rosto, sujando-o de sangue despertando o instinto vampiro do uchiha. Que sem perceber acaba que mostrando suas presas.

_Ha!-grita Sakura assustada caindo sobre o chão assustada ao ver Sasuke.

Ele tinha o olhar sombrio, a Iris de seus olhos estavam vermelhas que nem o sangue em seu rosto.Sakura fica sem reação, estava completamente apavorada, suas pernas e mãos tremiam de medo,aquele não era Sasuke! Não podia ser, estava tentando se convencer disso.

*Music On*

Ellie Goulding-Love me like You Do

*Music of*

_Quem e você?!O que você é?-perguntou Sakura gaguejando amedrontada, o verde dos olhos dela escureceu, encarando diretamente seus olhos vermelhos.

_Sou eu, Sasuke uchiha!-disse ele, em seguida os olhos vermelhos que desaparecem dando lugar aos olhos pretos. O uchiha deu alguns passos lentos em sua direção, se aproximando dela, mais o estrago já estava feito, ela tinha descobrido.

_Você e um vampiro! -disse ela seus olhos verdes se arregalaram de medo. Sakura caída no chão tremia dos pés a cabeça e lagrimas escorriam de seus olhos.

_Sakura eu sei que esta com medo, por favor acalme-se e eu... Eu deveria ter te contado... -disse ele caminhando em direção a ela, que se distanciava. O coração de Sakura batia acelerado, seu corpo todo tremia com medo, seus olhos assustados não conseguiam desviar da imagem a sua frente.

_ FIQUE LONGE DE MIM!-gritou ela acertando-lhe um forte tapa no rosto.O único som ouvido naquele quarto alem da chuva que caia La fora,foi o do estalar de dedos no rosto do uchiha, que ficou devidamente irritado.

[Você é a luz, você é a noite
Você é a cor do meu sangue
Você é cura, você é a dor]

_Hun..Satisfeita!-Murmurou o Uchiha virando-se pra ela, com os olhos vermelhos e dentes afiados, provocado pelo sangue de Sakura em seu rosto. 

Ninguém jamais tinha lhe acertado um tapa no rosto, ninguém que ficasse vivo para contar isso, ela definitivamente não estava ajudando.O uchiha a olhou enfurecido, por que ela tinha que saber? Sakura se levantou e correu em direção à porta para sair dali.

Puxou a maçaneta da porta desesperada, mais foi ao passo de abrir a porta. Deu de cara com Sasuke Uchiha, que a impediu, barrando sua passagem na frente da porta.

_Não acha que vai sair tão facilmente assim!Achou?-perguntou o Uchiha a surpreendendo.

A porta se fechou em uma batida forte, Sakura moveu-se dando alguns passos para trás, quase tropeçando no carpete, o Uchiha a empurrou fortemente jogando- sobre a cama.

Ela caiu sobre os lençóis, na cama macia, o vampiro se aproxima da cama, em passos lentos e retira sua camisa preta, deixando seu peitoral à mostra sendo possível ver cada pequena movimentação dos seus músculos enquanto caminhava, Sasuke sorriu maliciosamente se aproximando dela.

_Não se aproxime de mim!-disse ela tremula, jogando um dos objetos do criado ao lado da cama em Sasuke.

_Hun...Você não disse que me amava?! -Murmura o uchiha desviando do objeto, que se espedaça na parede. E ela procurava algo na beirada da cama.

_Saia de perto de mim seu monstro! -grita Sakura se encolhendo na cama, ao perceber ele subir sobre a mesma, ela esconde algo entre o travesseiro.

Sem se importar com a contestação de sua esposa, ele segura seus braços teimosos que teimavam em lhe dar tapas, e aproxima deitando-se sobre ela. O peito dele pressionava com força os seios dela, empurrando-a pesadamente contra a cama, sendo impossível qualquer contestação, ela estava devidamente domada.

Ele inclinou a cabeça admirando-a com seus olhos vermelhos, aqueles eram os olhos de um assassino, que a observava fascinado a aparência piedosa dela, aquele olhar assustado mascarando o desejo dela.

_Linda... Tão linda... -a voz dele suava necessitada, murmurava ele com os lábios bem próximos aos dela.

_Sasuke!-suspirou ela amedrontada com um vampiro tão próximo dela.

[Você é o medo, eu não ligo
Porque nunca estive tão fora de mim
Siga-me até a escuridão]

_Me beije... -ordenou ele severamente, silenciosamente ela obedeceu, e o vampiro uchiha captura seus lábios em um beijo sem qualquer contestação.

Lábios se entrelaçavam, ela inclinou a cabeça e ele forçava a língua pra dentro. Ela mordeu seu lábio inferior, e fechou o punho na cabeça dele, machucando-o. Sasuke parecia não ligar, enquanto a boca se apossava dos lábios rosados dela, enquanto a beijava com os dentes e a língua. Sasuke afogava seus caninos teimosos entre beijos ardentes.

[Me toque como você toca, me toque como você me toca
O que está esperando?]

A boca dele desceu para o pescoço, e ele o beijou ferozmente, dando fortes chupões. Sakura tentou empurrá-lo, mais parecia que puxava mais o Uchiha para ela. Um gemido escapou dela, enquanto ele a sugava avidamente. O uchiha sorriu de canto, voltando-se a beijar aqueles lábios, ela estava sendo consumida pelo mesmo desejo selvagem ,continuaram entre os beijos famintos e as puxadas no cabelo dele. O sangue dela corria mais rápido, ela sentia pulsar onde ele aproximava seus lábios. Como se todo o corpo dela implorasse para ser tomado por ele,Sakura estendeu uma das mãos por debaixo do travesseiro.

[Só você pode acender meu coração
Sim, vou te deixar determinar o ritmo]

Ela colocou o punho no peitoral dele, enfiando uma estaca de madeira, o empurrando com força.

_Ai!-grita o uchiha caindo de lado sobre a cama, ao sentir o pedaço de madeira enfiado em sua barriga, sujando os lençóis de sangue.

Sakura levanta-se depressa da cama, e corre em direção à porta, saindo pra fora do quarto. Desesperada tranca a porta pelo lado de fora, e corre pelo corredor para sair da casa o mais rápido possível.

Sakura se aproxima de uma pequena estante no canto do corredor, e acerta um chute quebrando um pedaço da madeira e retira de la uma arma que havia escondido ,mais precisamente uma pistola Glock dourada e alguns estojos de balas, definitivamente a mansão uchiha estava se tornando um arsenal de armas.
Mais foi ao passo de dobrar o corredor da casa, Sakura pode ouvir um estrondo na porta do quarto.

_SAKURA?-gritou o uchiha irritado, arrancando o pedaço de madeira da barriga.

A respiração de Sakura falhou naquele momento, paralisou assustada ele estava vivo e muito irritado. Foi ao momento que ela deu um passo pisando no chão. As luzes do corredor começaram a piscar,e logo em seguida pode ver as luzes explodindo no teto, sendo quebradas em sua direção uma a uma.

_Haa!-grita Sakura correndo em direção as escadas fugindo dos cacos que se dissipavam no chão.

Sakura suava frio, e sua mão toda tremia mal conseguia firmar a mira da arma, resolveu por fim segurar a pistola com as duas mãos. De repente um silencio surpreendente, nenhum um único barulho se ouvia mais dentro da casa, ouve-se uma trovoada, a chuva escorre sendo possível ouvir o barulho da água entre as telhas.
Sakura se escorou sobre a parede em cima da escada, o uchiha estava brincando com ela, como um caçador com sua presa, ele há assustava.

Sakura segura firme a arma com as duas mãos mira no escuro, descendo silenciosamente as escadas. Em passos cuidadosos e atentos a cada movimentação ela chega ao chão, qualquer movimento precipitado poderia lhe custar à vida naquele momento.

Ela se abaixa e se apoia aos pés da escada, de frente para uma parede. Nenhum sinal do uchiha, o silencio era um tormento naquele momento angustiante.

“Não existe musica melhor do que essa!”pensava o uchiha escondido no escuro ao ouvir o coração de Sakura palpitar forte assustada, os olhos de Sasuke não se desviavam por momento algum de Sakura assustada escorada na escada.

Foi quando ela ouve um leve barulho detrás daquela parede.

_Hun...-sorri Sakura se levantando e atirando.

BAM!BAM! BAM! BAM

Dispara quatro tiros seguidos em linha reta sobre a parede. Podendo ouvir o som de vários objetos se quebrando do outro lado, devido aos furos das balas. Ela atravessa um corredor em direção a outra parede, quando relâmpagos lá fora são escutadas e flashes de luzes iluminam a sala, Sakura pode ver um rápida sombra entre a estante se movimentando.Ela aponta a pistola no alvo e dispara, mais uma vez.

BAM!BAM!BAM

Três tiros na direção do vulto, mais nenhum sinal do vampiro Sasuke. Com agilidade Sakura puxa a pistola destravando-a e a recarrega com novas balas facilmente, a pistola Glock uma arma considerada confortável a facilidade em desmontar a arma para manutenção era um dos pontos altos daquele modelo. E Sakura uma especialista em manuseio de armas, fazia isso se tornar ainda mais rápido.

“Preciso sair daqui!” pedia Sakura em pensamentos tentando se aproximar da porta de saída daquela casa. Suspira ofegante, olhando para os dois lados mirando com a pistola, corre ate a parede mais próxima, se escondendo por detrás. Foi quando um forte vento passa por si, quase a derrubando a joga no centro da sala.

_APAREÇA SASUKE UCHIHA!-gritou a Haruno nervosa, girando na sala com as duas mãos segurando a pistola , ela aperta o gatilho.

BAM! BAM!BAM !

Dispara a pistola de Sakura mais três tiros,logo após os tiros ela ouve uma voz rouca no meio da escuridão, era ele.

_Engraçado Sakura eu aceitei seus defeitos. E agora você não pode aceitar os meus?-disse ele devidamente decepcionado aparecendo em um lugar, e logo após sumindo e reaparecendo em outro a assustando.

_Você, e um vampiro Sasuke uchiha!-acusou ela quase guspindo as ultimas palavras, lembrando-se do pequeno defeito, concentrada na mira.

_Isso... Um vampiro!-murmurou ele surpreendendo-a pelas costas. E Sakura só pode sentir as mãos do uchiha a agarrar fortemente seu pescoço no meio da escuridão.

_ME SOLTA!-gritou ela desesperada, sendo agarrada pelas costas.

_Você e eu temos um acordo. -sussurrou ele em seu ouvido irritado, sobre o pequeno detalhe que o havia os unido. Quanto mais seus dedos grossos e cumpridos, envolviam com certa pressão o pescoço dela ela ficava sem ar. Se ele quisesse poderia mata-la ali mesmo, apenas com um golpe ou uma mordida forte.

_ Eu não quero mais droga de dinheiro nenhum. -disse ela irritada.

O Uchiha a empurra jogando-a no rumo da parede, Sakura bate contra a parede e cai de joelhos no chão, deixando que sua arma caísse de lado.

*Imagem On*









*Imagen Of*

Ela estende a mão para pega-la, mais e impedida pelo vampiro que com agressividade a puxa bruscamente pelo pescoço a erguendo arrastada sobre a parede, impossibilitando que a mesma pegasse a arma ainda no chão.

_Hun...-murmura Sasuke sorrindo, pressionando-a contra a parede da sala.

Sasuke envolve uma das mãos na nuca de Sakura, e a outra desliza pela cintura dela, ouve-se uma trovoada la fora, que não atrapalha os dois.

_ Agora e tarde pra desistir querida. Não tem como mais, você esta nessa ate o pescoço. -avisou o uchiha, passando o dedo indicador no pescoço em tom de ameaça. A chuva la fora parecia mais forte,o uchiha encara Sakura olhando naqueles olhos cor de esmeralda que eram tão hipnotizantes.

_Eu não sou obrigada a conviver com você Sasuke Uchiha. -disse ela enfurecida, como ele podia ter a enganado deste jeito. O Uchiha se viu irritado com a insistência dela em desmentir o que ele afirmava.

_A mais você e obrigada sim!-disse o uchiha balançando a cabeça, beijando a sua nuca, até ir à boca. Seus corações batiam acelerados, sua respiração arfada e quente era sentida em sua nuca.

_Sabe por quê?-provocou ele se aproximando sem nenhuma preocupação. Ela ofegou quando as mãos dele agarraram bruscamente seu queixo, forçando-a olhar pra ele.

_Não eu não sei!-respondeu ela.

_Porque este e o monstro que você se casou Sakura Uchiha. - Disse ele com uma voz rouca e fraca sorrindo e a beijou.

[Me ame como você ama, me ame como você ama
Me toque como você toca, me toque como você me toca]

Sasuke envolve sua mão na cintura da garota a segurando com força, e a outra mão em sua nuca, com leves apertos, para intensificar o beijo deixando-o ainda mais forte. Cada vez que se beijavam parecia que ficava melhor o beijo, parecia um veneno envolvente que se espalhava por todo o corpo, fazia arrepiar.

Sakura havia chegado perto demais,e quase enxergou o que realmente havia dentro de Sasuke!Será?Todas as suas inseguranças, e todos seus pecados, ela desvendava todos os seus segredos. Como amantes presos pelos pecados, suas almas se entrelaçavam e de um jeito incontestável Sakura se via presa a ele.

_ME DEIXE EM PAZ!-gritou Sakura, desesperada o empurrou fortemente.

Ela se abaixa rapidamente pegando a sua arma caída no chão e dispara apertando o gatilho.

BAM! BAM! 

Dois tiros seguidos no peito de Sasuke. O Uchiha se assusta com a ação dela, sem entender nada ou talvez não quisesse acreditar que ela realmente tinha atirado nele.

_Saku-ra..! -suspira ele sentindo a dor levando a mão ao peito no lado direito, nem conseguindo pronunciar as ultimas palavras. Sakura tremia, tinha o semblante assustada, em seu rosto corriam lagrimas nem ela mesma acreditava no que acabara de fazer.

“Eu atirei nele!” eram as únicas palavras que ecoavam em sua mente, enquanto Sasuke ferido parecia desabar a sua frente, Sakura tinha atirado em Sasuke, e não era uma criação de sua mente.

Sasuke retira a mão suja de sangue, pisca algumas vezes e com os olhos fixos nela, ele se ajoelha caindo sobre o chão.

Sakura deixa a arma cair sobre o chão, em pânico ela sai correndo pra fora de casa descalça no meio da chuva, ate encontrar um carro. 

Sakura abre a porta do primeiro carro que vê, gira a chave que por sorte estava na ignição e da à partida e acelera saindo da mansão.

Tem coisas que a gente acha que só acontece em filmes. Algumas maldades achamos que só podiam existir na cabeça de escritores, autores de novela ou de cinema, mais chega momentos em que isso se torna a realidade,e era o que estava acontecendo na vida de Sakura, e surpreendente Sasuke levava isso a novos extremos.

_Por que Sasuke?Por que!-gritava impaciente Sakura, limpando os olhos cheios de lagrimas, enquanto dirigia.

A chuva estava forte, e Sakura quase não conseguia enxergar a estrada. O que Sakura não entendia e que mesmo em meio a toda esta confusão por que ainda se sentia assim?

A pista escorregadia devido a água, acabava que puxava o carro que deslizava um pouco nas curvas, devido a força do vento.Sakura deveria estar aliviada por ter conseguido matar o vampiro, mais em vez disso sentia uma forte angustia no peito. E seu coração apertado parecia que desabava em lagrimas.

Quando de repente em uma das curvas fechadas em uma baixada na estrada, o carro passa pelo asfalto molhado e o veículo perde o contato com o solo pela existência de uma camada de água debaixo do pneu, e começa a deslizar para direita devido a aquaplanagem, e por alguns segundos, ele parece deslizar sem que Sakura consiga controlá-lo.Sakura no susto acaba que golpeando o volante para a esquerda, p veiculo perdendo a estabilidade capota na estrada, e é jogado no acostamento no meio do mato.

_Haaa!-grita a Haruno vendo os vidros se quebrando devido ao forte impacto no chão, enquanto virava a rosada acaba que batendo a cabeça no volante.

O carro fica com as duas rodas suspensas no ar, e Sakura fica presa no cinto de cabeça pra baixo sem conseguir sair. A chuva forte de vento molhava la dentro, uma gota de sangue escorre da cabeça de Sakura caindo sobre o teto do carro.

_Alguém me ajude!-pediu Sakura em vão, pois tinha todos os elementos necessários para acabar morrendo. Perdida no meio da estrada em uma tempestade, e presa em um carro e ainda por cima ferida... hun!Triste brincadeira do destino. Sufocante, com toda certeza este dia estava tão sufocante.

*Music On*

Jordin Sparks- Next to you

*Music Of*

Não havia amanhecer, não há dia, Sakura estava sempre neste crepúsculo. Na sombra do seu coração, o sangue escorria de sua testa e pingava no teto do carro, iria morrer no meio da tempestade. 

_E o que você merece Sakura!-sussurrou a rosada presa no carro, olhando as gotas de águas que molhavam o carro. “Eu vou morrer!” pensou ela, nada mais justo.

No fundo sabia que iria sentir a falta dele para sempre. Como as estrelas sentem a falta do Sol nos céus da manhã, em meio a dor e lagrimas aguardava a própria morte.Presa por seus próprios pecados, antes tarde do que nunca para paga-los.

[Sentada aqui, transformando minutos em horas
Para acalmar meus nervos]

Horas se passaram, e Sakura já perdia a consciência, nem ao menos se mantinha completamente com os olhos abertos.

Foi quando viu passos se aproximarem em sua direção, no meio do capim em meio a chuva.Por um momento sentiu medo, não imaginava o que poderia acontecer.Foi quando seu coração paralisou no mesmo instante em que ouviu e reconheceu aquela voz a chamando.

_Sakura?-chamou Sasuke a surpreendendo, abaixado vendo-a presa dentro do carro de cabeça pra baixo.

_Sasuke-kun você esta vivo. -suspirou ela em lagrimas aliviada por não te-lo matado, e poder vê-lo.

_Hun... sou o vampiro mais poderoso, não acha que me mataria assim tão facilmente!-disse ele sorrindo, em meio à chuva que escorria pelo seu rosto.

Sasuke se levanta, e com força puxa a porta do carro arrancando-a, mais percebe que Sakura ainda estava presa e não conseguiria sair tão facilmente.

_Sakura?Você ainda pode me ouvir?-chama o uchiha, ao perceber que Sakura parecia querer fechar os olhos, com certeza devia ter tomado muita chuva e passado muito frio antes que ele chegasse, e agora seu corpo não se aguentava.

_Sasuke-kun eu estou presa. -disse ela suspirando.

_Eu preciso que coloque as mãos sobre o teto, pois eu vou virar o carro. -avisou ele. E ela simplesmente balançou a cabeça em sinal de positivo.

Sasuke esperou que ela estende-se as mãos se apoiando no teto do carro. E com força o uchiha empurra o carro, que cai em pé.Logo em seguida Sasuke arranca o teto do carro tirando Sakura por cima.

Ele a coloca sobre o chão, mais e ao passo dos pés da rosada tocar o chão ela desmaia, caindo.

_Tudo bem, te peguei! -diz ele segurando-a nos braços.

Em meio a chuva Sasuke segura Sakura no colo, e a leva de volta pra casa.

[Sim baby, me chame de louca.
Mas eu acho que você sente isso também
Talvez eu, talvez eu apenas tenha que estar perto de você
Sim, perto de você
Sim, sim, sim
Eu tenho que estar perto de você]

[HORAS DEPOIS...]

Sakura desperta na cama, naquele mesmo quarto, o da mansão Uchiha. Sasuke havia a trazido pra casa, e cuidado dela.

Havia ressentimentos, passados, segredos farpas entre eles. Mais naquele momento tudo deixava de existir, agora, Sakura pôde ver o quanto Sasuke queria vir para ela. 

La fora ainda chovia bastante, uma tempestade forte continuava. Foi quando ela ouviu alguém bater na porta.

_Sakura?-chamou o uchiha, e ela se manteve em silencio.

_Sakura?-ele a chamou novamente sem abrir a porta. Por um momento pensou que ele tinha desistido, e ido embora.Mais foi quando ele voltou a falar.

_Eu quero que saiba que nunca faria mal a você.

_Sakura você esta me ouvindo?-perguntou ele novamente e nenhuma resposta do outro lado pode ser escutada, talvez estivesse dormindo, ou simplesmente estava o ignorando. Não importava se ela o ouvia ou não, Sasuke apenas queria que ela soubesse.

_Eu só fiz aquilo porque estava com raiva, e com medo que você fosse embora.-confessou ele, e pausou por um momento suspirando, como era difícil.

_Mais eu nunca faria mal a você..Nunca...-prometeu ele em frente a porta trancada.

CONTINUA...


Notas Finais


Comentem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...