História Segredos de Alcatéia ( Yaoi ) { ABO } - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Colegial, Incesto, Lemon, Originais, Romance, Sobrenatural, Yaoi
Exibições 19
Palavras 1.222
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Ecchi, Escolar, Fantasia, Festa, Hentai, Lemon, Luta, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Sobrenatural, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oie gente, nada a dizer!

Boa Leitura

Capítulo 7 - Pelo menos não digo que é um beijo sem amor


Fanfic / Fanfiction Segredos de Alcatéia ( Yaoi ) { ABO } - Capítulo 7 - Pelo menos não digo que é um beijo sem amor

{ No capítulo anterior }



( Akane ON )


         Porque eu fiz aquilo? Tenho que me tratar! Só posso estar louco!!!


( Akane OFF )



{ Acontecendo agora }


         Akane acorda e vai para cozinha, lá não tinha ninguém e estava um silêncio descomunal. Ele olha para os lados e repara que não tem ninguém acordado, ele olha no relógio e eram 5:56am…



--- Mais que porra!! ( Akane )



        Akane escuta fungos vindos do quintal e vai silenciosamente para o local, e lá estava Yamato sentado na grama olhando pro nada.



--- Yamato? ( Akane )



--- Akane-san???!?? ( Fala Yamato secando os poucas lágrimas que caiam de seus olhos )



--- Você ta bem? ( Akane fala se sentando ao lado do menor )



--- To…. ( Yamato )



--- Oque aconteceu ???  ( Akane )



--- É que… Eu fico feliz por você ter me aceitado… ( Yamato )



--- Você não ta assim por isso, oque ouve? ( Akane )



--- É que…. As vezes… Eu tenho medo…. Sabe, eu me mudei pra cá para poder ficar de boa…. Mas ai no primeiro dia eu já sou agredido é tipo…. OQUE?! ( Yamato )



--- Eu te entendo…. Mas saiba…. Que eu vou te proteger! ( Akane )



--- Obrigado Akane-san. ( Yamato )



            Akane chega perto do menor e Eles se encaram antes de Yamato fechar os olhos e Akane encara os lábios rosados do menor que o chamavam !!! Ele se aproxima mais do menor e sela seus lábios em um beijo quente e calmo.



--- Akane-kun? ( Yumy )



        Os dois se separaram em um pulo e Akane olha espantado para Yumy que estava com suas mãos tampando sua boca.



--- Vo….vocês estavam… SE BEIJANDO!!! AINT >\\\\\\< ( Yumy )



--- Yumy-san? ( Yamato )



--- Não se preocupem comigo!! Eu não estive aqui!! Tchau. ( Yumy )



      Yumy vai embora e os dois se encaram e começam a rir.



--- Yamato-kun…. Eu…. ( Akane )



--- Oque? Vai falar que me ama? Você não fez isso por amor! Relaxa, eu não vou falar isso pros outros. ( Yamato )



--- Não… Não é isso…. ( Akane )



--- Akane-san, tudo bem! É só esquecemos tudo isso … ( Yamato )



--- Certo… Esquecer…. ( Akane )



      Yamato se levanta e vai embora deixando Akane sem reação, ele se encolhe e põe seu rosto no meio dos joelhos impedindo lágrimas de caírem.



--- Ele ta certo….é melhor eu esquecer isso, pra falar eu nem seu porque eu o beijei…. Ele é tão…. Cruel…. ( Akane )



       Enquanto Akane repetia inúmeras vezes em sua mente que Yamato estava certo e nada daquilo foi por amor , Yamato se trancava em seu quarto se jogando em sua cama e afundando seu rosto no traviseiro.



--- Porque tem que ser assim? Ele mexe comigo….a sensação dos lábios molhados do Akane-san nos meus… Eu...eu quero sentir aquilo de novo….sou tão idiota por ter dito aquele tipo de coisa pra ele… Me sinto um verdadeiro otário agora chorando por esse tipo de coisa…. ( Yamato )



          E assim se passaram as horas, Yamato não sai de seu quarto e Akane não dizia uma palavra se quer.



--- Yamato-kun, a comida ta pronta! ( Dizia Yumy do outro lado da porta )



--- To sem fome, obrigado ( Yamato )



--- AGORA JÁ CHEGA ( Yumy )



          A maior abre a porta e adentra no quarto de Yamato que se esconde debaixo das cobertas.



--- Agora você vai me contar oque ta acontecendo ou eu vou por você e o Akane-kun pra falar juntos! ( Yumy )



--- TUDO MENOS ISSO! ( Yamato )



--- Nossa ‘-’ ( Yumy )



--- É que…. ( Yamato )



--- Desenbuxa criatura ( Yumy )



--- Como você já sabe, eu e o Akane-san nos beijamos e… ( Yamato )



--- E????? ( Yumy )



--- E eu disse coisas horríveis pra ele… Coisas que eu me arrependo muito ( Yamato )



--- Coitado do meu ômegazinho! ( Yumy )



        Ela abraça o menor que já caia de lágrimas em seus braços, ela acaricia seus cabelos lentamente.



--- Eu trago a sua comida aqui, espera um pouco ( Yumy )



--- Ta, obrigado Yumy-chan! ( Yamato )



--- De nada Yamato-kun ( Yumy )



         Ela sai do local fechando a porta e depois de uns 10 minutos a porta se abre novamente.



--- Yumy-san, que rápido ( Yamato )



--- A Yumy pediu pra eu trazer o seu almoço…. ( Akane )



--- Hum…. ( Yamato )



--- Toma! ( Akane )



--- Obrigado, Akane-kun…. Eu queria me desculpar…. ( Yamato )



--- Não precisa, você estava certo…. Não era amor! Eu estava curioso apenas, sabe, pra saber como que era beijar um ômega ( Akane )



--- Ata… Um...um ômega…. Então é isso que eu represento pra você? Sou apenas mais um Ômega? ( Yamato )



--- Sim. ( Akane )



--- Você é o pior ( Yamato )



--- Pelo menos quando me beijam eu não digo que o beijo não foi por amor e vou embora. ( Akane )



--- ….. ( Yamato )



       Akane deixa a bandeja de comida na cam de Yamato em vai embora do quarto o deixando com a cara feito um ponto de interrogação.



--- Como foi com ele? ( Yumy )



--- Normal ( Akane )



--- E o porque dessa cara de cú seco? ( Yumy )



--- Não é da sua conta! ( Akane )



          Fala Akane bufando e indo para o quintal se transformando rapidamente em lobo e sumindo na reserva.



--- Oque que ta acontecendo com ele? ( Yumy )



--- Ele ta apaixonado… ( Itakaque )



--- Pelo Yamato-chan. ( Usamy )



--- Verdade…. Ele ta precisando esfriar a cabeça …. ( Yumy )



           Akane volta para mansão quando o relógio marcava 01:40am e vai para cozinha comer algo.



--- Voltando tão tarde? ( Usamy )



--- A Yumy está preocupada com você Akane-kun ( Itakaque )



--- Eu sei, vou me desculpar com ela …. Obrigado meninos ( Akane )



            Akane vai até o quarto de Yumy e bate na porta algumas vezes até a maior abri-la.



--- Oque você quer? ( Yumy )



--- Me desculpar com você ( Akane )



--- Olha… Akane…. Você mudou muito de uns tempos pra ca, oque que ta acontecendo? ( Yumy )



--- Posso entrar? Ai dá pra gente conversar melhor …. ( Akane )



--- Ta entra logo ( Yumy )



              Akane adentra no lugar e se senta na ponta da cama da mais velha que o olhou arqueando a sobrancelha.



--- Agora me diga oque está havendo ( Yumy )



--- É que…. Eu não sei…. Eu me sinto meio estranho quando estou perto do Yamato e também…. Fico meio nervoso com esse sentimento estranho então acabo gritando ou fazendo alguma coisa imoral. ( Akane fala fitando o chão )



--- você ama ele? ( Yumy )



--- Eu não sei…. ( Akane )



--- Ama sim! Kkkkkkkkkkkkk vocês já fizeram alguma coisa? ( Yumy )



--- Alguma coisa tipo? ( Akane )



--- Tipo sexo! ( Yumy )



--- HÃ???? NÃO!!! MEU PAI ETERNO !!! ( Akane )



--- Affus !! Então você já fizeram algo sem ser sexo? ( Yumy )



--- Eu … Meio que… Beijei ele…. Ai a gente brigou ( Akane )



--- É por isso que vocês não tão se falando? ( Yumy )



--- Exato ( Akane )



--- Que crianças! ( Yumy )



--- Não posso fazer nada !! ( Akane )



--- Mas eu posso !!!! ( Yumy )



             Yumy pega o braço de Akane e vai o afastando até o quarto de Yamato que abre a porta e leva um susto….


Notas Finais


Hello! Então gente oque acharam? Deu uma evoluída kkkkkkkkkkkk bem pouco mais deu, então... Eu quero bastantes comentários! Tipo muitos mesmo! Quero geral comentando. PS; comentário repetido não vale viu u.u tchau ~(*-*~)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...