História Segredos Ocultos - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor Proibido, Anjo Caído, Anjos, Ciumes, Danielle Campbel, Gato, Incesto, Irmãos, Meio-irmão, Mistério, Personagens Originais, Romance, Segredos, Vampiro
Exibições 29
Palavras 460
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Famí­lia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oi minhas Lindas, aqui esta mais um cap. Como havia dito a vida de Katherine vai ficar um pouco difícil nesses capítulos então não me matem 😅

Boa leitura '3'

Capítulo 22 - Um Dia Difícil


Fanfic / Fanfiction Segredos Ocultos - Capítulo 22 - Um Dia Difícil

Daniel? August? Adrian? Não, não consigo imaginar quem me segura, me segura por que soltei meu corpo nas mãos dessa pessoa, me sinto sem forças para nada, as mãos que estavam em minha boca agora vão me levando até o chão de vagar e me solta, automaticamente olho pra trás pra ver quem me segurava e não a ninguém ali, ninguém? Olhei rapidamente para aonde o corpo de Matthias havia caido e não, Não era minha imaginação ele estava ali, tento levantar para correr até ele. Não consigo levantar, minhas pernas simplesmente não respondem meus comandos e ali paralisada vejo dois homens indo na direção dele e arrastando seu corpo como se fosse apenas um entulho qualquer. Algo dentro de mim esta quebrado pois não consigo me mexer, apenas lágrimas escorrem.

2 horas depois

Escuto meu nome de longe e olho para direção de onde veio o som, vejo Niel correndo até mim, mais ou menos, esta mais pra um se arrastando, o efeito da paralisia não havia passado totalmente e isso era evidente pela dificuldade com que ele se locomove.

Daniel POV

Era como se a cada passo, um osso meu se partisse, e a paralisia deu 0,01% em 100% de chance para o humano me vencer, nunca deixaria ele levar Katherine de mim e era o que ele queria, ver Kathe saindo por aquela porta indo atrás dele doeu mais do que o esperado, então após uma hora pra conseguir mexer uma perna com dificuldade, saio a procura de Kathe guiado pela fumaça, do que imagino ser um incêndio e tanto.

Ao me aproximar avisto o motivo da fumaça, uma casa, que ainda queimava e em um arbusto próximo avisto Kathe, tento correr em sua direção, mas ainda não consigo me mover direito, DROGA DE HUMANO COM ESTACA SANTA, chego perto de Katherine e vejo seus olhos inchados e vermelhos, me jogo encima dela a abraçando e quando sinto mais firmeza em minhas pernas a pego no colo para leva-la para casa. Não me arrisquei em usar minha velocidade com Kathe em meus braços e fui andando, com o tempo ela adormeceu em meus braços.

Chegando em casa, levei ela para seu quarto e a coloquei na cama, sinto um braço segurar o meu.

- Kathe?

- Fica aqui comigo - diz katherine com a voz de sono.

- Claro que fico - sentei ao lado de Kathe e ela pegou no sono denovo e eu também.

Narrador POV

Daniel adormeceu sentado ao lado de Katherine, estava exausto e nada o faria levantar tão cedo, a não ser um barulho, algo começara a tocar e ao olhar para o visor do celular de Kathe, Daniel vê na identificação de chamada: Número Desconhecido, e então ele atende.

~ Ligação ON ~

- Katherine ? Katherine sou eu, August.

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, esse cap foi meio curto, o próximo vai vir mais rápido...

Beeijous '3'


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...