História Segredos revelados. - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hidan, Itachi Uchiha, Kabuto, Kakuzu, Kisame Hoshigaki, Konan, Naruto Uzumaki, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Pain, Rock Lee, Sasori, Sasuke Uchiha, Zetsu
Tags Kakuhida, Kisaita, Leegaa, Narusasu, Orokabu, Painkonan, Sasodei, Tobizet
Exibições 216
Palavras 2.419
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


A pressão em cima dos sodomitas só aperta
Por todo o território ninja.
Curtam babys.

LEIAM AS NOTAS FINAIS.

Capítulo 16 - Atacados.


Fanfic / Fanfiction Segredos revelados. - Capítulo 16 - Atacados.

- eu não acredito e muita cara de pau, o senhor e o responsável por essa lambança que está o mundo ninja, e vem aqui pra passar óleo de peroba, por Kami-sama.

- peço que primeiro me escute Kazekage-sama, depois pode me julgar.

- escute-o Gaara-sama.

- Lee, nos deixe a sós, por favor.

- sim senhor.

Assim que Lee saiu da sala Gaara formou sua postura seria a mesma que ele fazia para todos, algumas pessoas jamais viam o Kazekage sorrindo ou relaxado, Gaara apontou a cadeira e cruzou os braços, numa forma muda de dizer que não seria enrolado por qualquer historinha, Gaara assim como a maioria da população não confiava nenhum pouco no médico mais pirado do mundo ninja e Orochimaru conhecia bem sua fama.

- sei que minha presença e um transtorno.

- quer que eu sinta peninha de você? Transtorno foi o que você fez nas aldeias todas, pelo amor de Kami-sama tem homem parindo por toda parte, a taxa de natalidade subiu pras cabeças, e criança que não acaba mais, e os kages da névoa, pedra, relâmpago e folha perderam completamente a cabeça.

- eu sei, e admito que não pensei que minha atitude pudesse causar tanto alvoroço.

- o que? É serio? Você faz com que homens venham a gerar bebês, e achou que isso não geraria alvoroço? Tá tirando com a minha cara?

- Kazekage-sama essa pratica de fazer dois companheiros de equipe ter relações sexuais para fidelizar o grupo existe desde HashiramaSenju.

- por que você fez essa merda? Explica que eu não consigo entender como alguém consegue pelo menos pensar numa doideira como essa.

- bem quando eu era criança meus pais morreram e eu fiquei sozinho, meus pais foram os únicos que me amaram de verdade desde que me entendo por gente, o Sandaime parecia ser como um pai pra mim, eu o admirava, o amava, o considerava importante, mas ele não era o que eu pensava.

- você participou do teste?

- sim, com o Jiraya, e me apaixonei pelo meu seme como todos os ukes se apaixonam e a maldição do primeiro cara, Jiraya também foi outro filho da puta que me fez acreditar que gostava de mim, mas ele amava de verdade era aquela peituda de merda, sabe quem arranjou o casamento dos dois?

- Jiraya e Tsunade foram casados?

- por apenas dois anos, mas foram, tudo para ninguém descobrir que os grandes e lendários sennins não passavam de dois viados e uma sapatão, ou acha mesmo que a Tsunade e a Shizune são apenas amiguinhas?

- isso não me importa, Tsunade e Shizune que hipócrita.

- foi HirozenSarutobi o SandaimeHokage quem fez de tudo para os dois se casarem, e depois que eles se separaram foi o velho nojento quem teve que cuidar do bastardo que o Jiraya não teve cu de criar.

- e você passou a sentir ódio de seus companheiros e sensei?

- eu queria odiar o Sandaime, mas ele era o mais próximo de família que eu acreditava ter, até o desgraçado começar a me esquecer nos laboratórios de Konoha e somente dá casos de reconhecimento e gloria para o bastardo do Jiraya.

- nossa!

- Danzo foi quem me enxergou, ele me encheu de ódio, me disse que tinha um caso secreto com o Hirozen, imagina os dois velhos pelhancosos um em cima do outro.

- pula essa parte, me poupe.

- eu fiquei furioso com a hipocrisia do Sandaime, depois eu comecei a mostrar ser um cientista brilhante, eu teria tornado Konoha a vila mais famosa e produtiva de todo o oriente. Mas Sandaime preferiu fazer o bastardo do Jiraya o YondaimeHokage, sendo que ele mesmo me jurou quando eu ainda era uma criança que eu seria seu sucessor.

- entendo que você foi traído, eu mesmo já passei por muitas situações que deixariam qualquer um maluco, MAS POR QUE VOCÊ CRIOU UMA POÇÃO QUE FAZ HOMENS ENGRAVIDAREM CARALHO!

- eu queria ter um filho, eu queria gerar, eu queria ter alguém que não me olhasse com essa frieza que vejo nos seus olhos.

- e os outros?

- eu precisava testar minha poção, os outros foram minhas cobaias.

- você é doente.

- e muito fácil falar sendo o Kazekage e tendo uma vila que te respeita, eu tive que conquistar o respeito através do medo.

- você fudeo a vida de todos, quando os senhores feudais descobrirem...

- por quê? O que garante que os senhores feudais realmente ligam para o que acontece dentro das vilas? Eles querem proteção, eles nunca pediram pra conversa com um único Kage sobre o desempenho ou problema interno, nunca!

- isso é verdade.

- não se engane Kazekage, os kages não tem medo dos senhores feudais, eles têm medo de perde poder, de perde o status, de haver mudança, esse teste enfraquece o emocional de qualquer ninja, você passa sua adolescência inteira dando o rabo e depois que cresce não pode nunca mais fazer isso, tem que viver em um constante conflito, se isso for liberado, todos os ninjas poderão escolher que tipo de orientação sexual vão seguir, e dessa forma o teste se acabará, ninjas de outras vilas poderão se relacionar e com isso bebês de poderes misturados e mais fortes nasceram.

- e um problema.

- não é não, os kages agora finalmente serão eleitos por merecimento e não influencia o senhor sem duvida e um kage muito poderoso, mas o seu pai ter sido kage antes do senhor lhe deu uma grande ajuda para ocupar essa cadeira. Hoje os kages não são eleitos por que são os mais fortes ou os mais espertos e com sabedoria para administração de uma aldeia, e por sangue são parentes de alguém, ou pior por apadrinhamento, alguém que todo mundo beija a bunda.

- estamos perto de uma guerra, uma guerra que vai estourar por sua culpa, me ajude a evita-la, concerte a cagada que fez.

- e muito fácil, diga aos senhores feudais o que está acontecendo, a guerra talvez seja inevitável, mas esseskages não são páreos para o número de ninjas que tiraram a venda de seus olhos assim que descobrirem que seus kages só querem continuar no poder.

- vou pensar, enquanto isso vá para o abrigo, está gestante também?

- meu filho já tem um ano, seu nome e Mitsuki, e uma gracinha depois eu peço ao Kabuto que traga pra você conhece-lo.

- você mesmo pariu?

- sim e até que não foi tão ruim assim, deveria experimentar.

- vai embora, por Kami! Não quero ouvir mais nada!

 

Bem longe dali.

- o que é aquilo? Hn! Sinal de fumaça?

- e o Sasori, ele inventou uma marionete que faz escrita com fumaça, até isso ele desenvolveu pra te achar. (Kakuzu)

- grandes merda, hn!

- esperem, está escrito bombardeou a frente. (Karin)

BUM!

- AI MEU KAMI-SAMA VÃO NOS DERRUBAR. (Suigetsu)

BUM

- e o meu avô, ele quer o meu filho, eu sabia hn!

- SUZANNO! (Sasuke)

- eu vou lutar, vamos Kurama, dattebayo!

- vamos lá Naruto.

- não dobe.

- Sasuke, você precisa manter esse pássaro voando, eu preciso deter o que quer que esteja nos bombardeando, eu te amo, tebayo!

- DOBE!

- o Tobi vai ajudar.

- não você não vai. (Zetsu)

- neguinho e pela nossa princesinha.

- Tobi, eu vou com você, escutem aqui, Deidara leve seu pássaro junto com o Sasuke para uma das cavernas da cachoeira, Kisame você ficará dentro da caverna protegendo os ukes e a minha mulher, eu confio em você.

- fique descansado Pain.

- Kakuzu fique fora da caverna protegendo a entrada com seus corações de fogo, água, vento, terra e relâmpago, mate qualquer coisa que se aproximar, e mate devagar.

- com certeza.

- vamos Tobi, eu conto com vocês pessoal.

- ali tem uma caverna, direcione seu pássaro Deidara, eu vou continuar o revestindo com o Suzanno. (Sasuke)

- eu vou ajudar. (Itachi)

- você ainda não recuperou todo o seu chacra ni-san.

BUM!                         BUM!                         BUM!

- RÁPIDO DEIDARA! (Konan)

- eu estou fazendo o que posso,hn!

Deidara desceu sem demora na boca da caverna, rápido os ukes com seus filhos correram para dentro, Kakuzu pediu a Kisame que fizesse uma parede de água que bloquearia a entrada da caverna o coração de água a manteria erguida, caso a parede se desmanchasse Kisame teria que agir, antes da parede se fechar completamente Hidan beijou Kakuzu e o moreno beijou a testa de seu filho Hiro.

BUM!                         BUM!                         BUM!

- estão cada vez mais perto. (Juugo)

- prepare-se pra se transforma a qualquer ordem Juugo. (Karin)

BUUUUUM!                         BUUUUUUM!

- esses foram mais perto estão quase aqui. Hn!

- Konan, você não precisa ficar aqui, não está correndo perigo, você é mulher se tirar esse manto e colocar um vestido qualquer pode sair com a Karin, e vocês duas se passaram por simples camponesas da aldeia da cachoeira, salve-se não precisa morrer com a gente. (Itachi)

- e o que eu digo para o meu filho quando ele pergunta como foi minhas batalhas? Direi que fui uma covarde e deixei meus amigos para morrer, nunca! Se eles invadirem essa caverna eu lutarei como a shinobe que aprendi a ser. Não me subestime Uchiha.

- e isso ai, a gente consegue. (Karin)

BUUUUUUM! BUUUUM! BUUUUUM! BUUUUUUM!

- eles já chegaram aqui, estão na porta da caverna, com certeza. (Kisame)

- Kuzu, não se atreva a me deixar sozinho, seu filho da puta. (Hidan)

- Suigetsu vem cá. (Kisame)

- sim pai.

- presta atenção, se eu for derrotado, pegue o seu padrasto e o seu irmãozinho e suma daqui, me prometa.

- eu prometo.

- eu confio em você, meu filho.

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUM!

AAAAAAAAAAAAAAH!

- NÃO GRITA PUTA LOIRA. (Hidan)

- as crianças estão chorando. (Juugo)

- com todo esse barulho, até eu estou quase me derramando em lágrimas, Tobi meu meninão. (Zetsu)

A parede de água que servia de barreira se desfez e Kisame tirou o manto da Akatsuki para começar a batalha, usaria tudo que conhecia para manter seus amigos, filhos e seu amado vivo, se tivesse que morrer morreria, porém para alivio de todos era Kakuzu coberto de sangue de outras pessoas.

- estão todos mortos. (Kakuzu)

- ah! Que alívio, hn!

- Sasuke, ttebayo!

- DOBE! Nunca mais me assuste desse jeito.

- eu te amo, me abraça, me beija.,ttebayo!

- onde está o Tobi e o Pain? (Zetsu)

- estou aqui. (Pain)

- meu amor. (Konan)

- querida.

- onde está o Tobi? (Zetsu)

- foi buscar os objetos das crianças que estavam no pássaro que foi abatido. (Pain)

Os berços e malas foram aparecendo aos poucos e preenchendo a caverna, eram três ao todo, de Hidan, Sasuke e Zetsu, os de Konan e Deidara não haviam sido comprados por que não eram esperados na época da tortuosa compra, Kakuzu que o diga! Tobi apareceu no final e beijou seu neguinho com um caloroso beijo de final de novela da globo. Kakuzu beijou Hidan de maneira mais contida e Sasori não apareceu.

- relatório homens. (Pain)

- eram ninjas da névoa, pedra e relâmpago. (Kakuzu)

- a cachoeira e protegida por Konoha, isso e uma invasão, dattebayo!

- estamos em guerra Naruto e o mundo ninja quer a cabeça dos sodomitas, não há mais fronteiras só mortes. (Pain)

- isso é horrível. (Juugo)

- onde está o Sasori, hn!

- preocupado Deidara? (Itachi)

- só estou perguntando, Uchiha!

- onde está o Sasori? Ele nos salvou. (Konan)

- isso e verdade se não fosse o aviso na fumaça, todos nós estaríamos mortos agora. (Kisame)

- Sasori está do lado de fora da caverna de vigia, ele preferiu assim, não quer incomodar o Deidara-sempai.

A noite chegou e uma marionete menor que as demais adentrou na caverna e puxou o braço de Tobi como se pedisse que o moreno fosse até seu criador, Tobi entendeu e foi lá fora ver Sasori, o ruivo mandou que Tobiteletransporta-se sua marionete Hikuro para servir de berço a seu filho e ao filho de Konan, afinal a cachoeira era uma aldeia relativamente fria, em forma de marionete Sasori poderia suporta um pouco mais a noite.

- Sasori-sempai mandou o Hikuro para servir de berço ao seu bebê e ao pequeno Nagahy.

- que gentileza. (Konan)

- Deidara-sempai?

- ele vai ficar lá fora no frio e sem proteção nenhuma contra os inimigos? Hn!

- Tobi acha que ele não se importa com ele mesmo.

- coloque o Daitaka aqui, aposto que ele vai adorar dormi na marionete do pai dele. (Konan)

Sasori ficou lá fora sem pregar o olho à noite toda, e Deidara do lado de dentro da caverna também não conseguiu dormi pensando no ruivo, por que diabos os dois tinham que ser tão cabeças duras, não dava pra conversa e dá logo um jeito nessa treta? Não, por que ambos eram orgulhosos demais pra pedir perdão.

- ACORDEM! Temos que partir imediatamente, precisamos chegar logo a Suna. (Pain)

- acho melhor eu revestir novamente o seu pássaro com o Suzanno, com certeza teremos mais problemas até chegar à aldeia da areia. (Sasuke)

- dessa vez eu vou correndo. (Kakuzu)

- eu também, Juugo e Naruto, nós vamos por terra, defendendo o pássaro no céu, qualquer ninja que nos atacarem precisam ser abatidos, sem misericórdia, por que eles não terão de nós. (Kisame)

- está certo, eu e o Tobi iremos junto com todo mundo, se o pássaro for abatido, Tobiteletransporta a galera e se invadirem pelo ar meu shinratensei elimina qualquer rato voador. (Pain)

- todos prontos vamos homens. (Kakuzu)

Novamente o pássaro de Deidara ganhava os céus com a armadura de Suzanno, no chão era possível ver o brilho da transformação da Kyuubi no corpo de Naruto que levava os semes correndo bem depressa, durante todo o percurso batalhas foram travadas, os ninjas tentaram abater o pássaro de argila com flechas, kunais e papeis bomba, porém o vento do shinratensei impedia qualquer aproximação, as marionetes de Sasori mataram vários ninjas da pedra com seu veneno doloroso e fatal. Kakuzu fritou diversos ninjas do relâmpago e Naruto disparou inúmeros torpedos de energia da boca de sua raposa, até avistar Suna foi muita perturbação.

- lá está o deserto (Sasuke)

- finalmente (Suigetsu)

- espero que o Kazekage tenha misericórdia de um bando de bandidos procurados no mundo todo. (Karin)

- também esperamos, já que ele é nossa única chance. (Zetsu)


Notas Finais


Babys minha operadora tá dando problema
estou sem internet
e ainda não consegui me estabilizar na minha nova cidade
morei a vida toda na capital
e agora bem distante dela
estou quase enlouquecendo
vou fazer o possível para continuar postando
mas tá difícil, pro meu lado.
Yan está adorando a 3º cidade de maior colonia japonesa do Brasil.
se atrasar os capítulos vocês já sabem. bjs. T.T


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...