História Seguindo com a vida - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 3
Palavras 1.482
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oiii pessoal, e ai estão gostando da historia, ai está mais um capitulo!! Bjs

Capítulo 11 - A reconciliação e a trégua


- Espera ai, você acabou de chamar ele de amor, então quer dizer que vocês estão namorando? – Perguntei confusa, foi a primeira coisa que eu falei desde que entrei no carro
- Sim! – Falaram juntos
- Que legal, parabéns! – Falei
Quando chegamos na casa do Lucas não troquei uma palavra com ele até que ele se pronunciasse.
- Vai ficar me ignorando a noite toda? – Falou ele me encarando depois de abrir a porta para eu entrar
- Ainda estou brava com o que você fez na boate! – Falei cruzando os braços o encarando
- Vai ficar assim até quando? – Perguntou ele
- Até você se desculpar pelo que você fez, não precisava daquilo tudo! – Falei o encarando
- Eu estava fazendo aquilo porque eu te amor e não quero te perder! – Falou ele pegando em meus braços
- Você estava com ciúmes isso sim! – Falei de braços cruzados
- Tabom, admito, estava com ciúmes sim, ele estava toda hora te agarrando, teve uma hora que achei que ele ia te beijar e isso me deixou com raiva! – Falou ele me puxando para perto
- Ate que enfim você admitiu, eu te amo, eu não ia deixar ele me beijar, eu não vejo ele desse jeito! – Falei dando um beijo nele
- Quer comemorar a nossa vitoria no jogo? – Perguntou ele
- Quero sim, sexo de reconciliação é o melhor, antes você pode fazer um stripetease pra mim! – Falou ele pegando em minha bunda
- Vou deixar você louquinho! – Falei rindo
- UHUUU, vamos! – Disse ele me levando para o quarto em seu colo
No quarto, ele colocou uma musica e eu comecei a tirar a minha roupa e a jogar para ele.
- UHUUU, gostosa! – Gritou quando tirei minha ultima peça de roupa, minha calcinha e joguei para ele
Comecei a dançar na frente dele e ele não tirava os olhos de mim, estava quase babando.
Fui para a cama engatinhando na direção dele e subi em cima dele e dei um beijo nele tirando sua roupa.
- Você ainda está com muita roupa, posso dar um jeito nisso rapidinho! – Falei tirando sua roupa
Quando estávamos completamente nus e com proteção, fui para cima dele e comecei a cavalgar com a respiração ofegante, ele colocou as mãos na minha cintura para me ajudar nos movimentos e ficou em cima de mim penetrando mais profundamente, ele tirou seu membro ereto de dentro de mim e usa a língua para me satisfazer, ele para e eu fico em cima dele com a minha intimidade em sua cara e ele dá deliciosos beijos beijos molhados na minha intimidade fazendo caricias pelo meu corpo enquanto eu faço o mesmo estimulando seu membro, ele se levanta e eu apoio os ombros na cama e prendo ele entre as minhas pernas e ele me penetra e estimula o clitoris com uma das mãos, eu levanto as minhas pernas e o quadril e ele fica por cima penetrando fundo e depois de um longo tempo ele deita ao meu lado e nós ficamos nos beijando.
- Foi o melhor sexo de reconciliação de todos! – Falou ele ofegante
- Fizemos tantas posições sexuais que eu até me surpreendi com a minha capacidade de sensualidade! – Falei deitando em seu peito
- Ah pode acreditar, você é muito sensual! – Falou ele passando a mão em minha coxa que estava em cima dele
- Você me faz ficar assim! – Falei – Com você eu me torno muito assanhada! – Falei
Eu não acredito que eu amo esse homem, uma hora nós estamos brigando por causa de seus ataques de ciúme na outra estamos fazendo sexo, mas eu amo esse homem sem mudar nada.
Nós ficamos abraçados e acabamos dormindo.
No outro dia, eu acordei e o Lucas não estava do meu lado, fiquei deitada na cama pensando nos acontecimentos da noite passada, quando olho para a porta ele esta caminhando até a cama só de cueca com uma bandeja nas mãos com um vaso pequeno com uma flor e o café da manha.
- Bom dia bela adormecida! – Falou ele se sentando na beirada da cama com a bandeja e me dando um beijo
- Você sempre me surpreendendo! – Falei rindo enquanto tomava um gole do meu café
- Você merece isso e muito mais! – Falou ele pegando uma torrada
- Faz tempo que você acordou? – Perguntei curiosa
- Faz vinte minutos, não demorou muito para arrumar tudo, eu liguei para as meninas e elas vieram me ajudar mas já foram embora! – Falou ele
- Elas dormiram na casa dos meninos? – Perguntei curiosa
- Dormiram! – Falou ele – Tenho uma ideia, a gente pode ficar o dia inteirinho deitados na cama abraçados e vendo TV! – Falou ele rindo
- Adorei a ideia, podemos ver The hundred aqui! – Falei
- Vou fechar as cortinas para ficar escurinho! – Falou ele se levantando
- E eu vou ligar a TV! – Falei pegando o controle
- Vem amor! – falou ele me puxando para a cama
Nós passamos o dia vendo TV e quando anoiteceu o pessoal apareceu e nós fizemos uma festa a fantasia para dar uma animada.
Nós começamos a jogar ping pong com tequila e brincamos de passar um cubo de gelo para a boca do outro, algumas pessoas estavam jogando Twister, outros estavam se beijando.
Quando a festa acabou já era de manhã, todos nos acomodamos pela casa e caimos no sono, quando acordamos do nosso breve sono falamos para todos irem embora, a casa estava uma bagunça, eu, Lucas, Anderson, Gustavo, Vitoria, Miguel e Gabriela arrumamos a bagunça e nos jogamos no sofá de tão cansados que estávamos.
- Gente, eu vou ter que resolver uma coisa, já vou indo! – Falei me levantando e o Lucas segurou minha mão
- Onde você vai? – Perguntou ele segurando minha mão
- Vou resolver umas coisas com o Daniel, depois vou na casa de um primo meu! – Falei segurando sua mão
- O Anderson vai com você! – Ele falou olhando para o Anderson
- Eu vou? – Perguntou ele confuso
- Vai! – Falou Lucas – Vem aqui, quero falar uma coisa pra você!
- Fala! – Falou ele indo para o canto da sala onde Lucas estava
- Quero que você me conte tudo depois e não deixa o Daniel encostar nela! – Falou Lucas
- Pode deixar! – Falou ele e eles fizeram um toque – Vamos Jú! – Falou se aproximando de mim
- Vamos! – Falei indo em direção a porta
Chegamos na casa do Daniel, eu fui falar com ele e o Anderson não tirava os olhos dele.
- Oi Daniel! – Falei enquanto ele abria a porta
- Oi Júlia! – Falou ele – O que você quer? – Perguntou
- Quero pedir desculpas pelo Lucas pelo outro dia, ele já tinha bebido muito e ele estava preocupado comigo, em me perder! – Falei
- Relaxa, eu entendo, ele te ama, vi isso naquele dia, já até tinha me esquecido de tudo, ta tranquilo, fala pra ele que não precisa mais se preocupar, não vou mais pedir para dançar  com você, já entendi que você tem namorado! – Falou ele
- Que bom que você entendeu, pode deixar que eu vou falar com ele, eu realmente amo muito ele, não quero perder a sua amizade por causa desse mal entendido! – Falei
- Você não vai perder a minha amizade, pode deixar! – Falou ele
- Ok, já que resolvemos tudo, preciso ir agora! – Falei dando um abraço nele e entrando no carro
- Que bom que ele não deu em cima de você, não queria ir pra cima dele, ele parece gente boa, pelo menos vocês resolveram as coisas! – Falou Anderson entrando no carro
- Ele é gente boa! – Falei – Mas mudando de assunto, como foi sua noite com a Vitoria anteontem? – Perguntei
- Nós não fizemos nada, ela estava muito bêbada e dormiu logo, não ia fazer nada com ela que ela não se lembrasse no outro dia, eu estou apaixonado por ela! – Falou Anderson
- Que bom, quem sabe assim toma juízo! – Falei e nós rimos – Mas, falando sério, pede ela em namoro, assumi isso para ela, ela também gosta de você, desde quando vocês ficaram, ela não fica com mais ninguém! – Falei séria
- Eu vou pedir, vou pedir hoje, depois você vai la comigo comprar o anel? – Perguntou ele
- Claro que eu vou! – Falei
Nós chegamos na casa do meu primo e eu chamei ele para ir conosco comprar o anel e depois ir a casa do Lucas.
- Anderson esse é meu primo Nathan, ele vai ir lá pra casa mais tarde! – Falei
- Prazer! – Falou ele apertando a mão do Nathan
- Prazer! – Falou Nathan apertando a mão do Anderson
- O que você vai fazer na casa do Lucas? – Perguntou Anderson curioso
- Vou conhecer ele, vou conhecer quem conquistou o coração da minha priminha! – Falou Nathan rindo
- Você vai se dar muito bem com ele! – Falou Anderson rindo


Notas Finais


E ai, o que acharam? Gostaram? Se gostaram comentem, favoritem, até o proximo capitulo! Bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...