História Segunda chance! - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens Jackson, Mark, Personagens Originais
Tags Got7, Markson, Romance
Exibições 105
Palavras 615
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi gente!

Eu sei que estou atrasada com esse capítulo, mas tive alguns problemas então to atualizando hoje.

O capítulo não saiu como eu queria, mas o tempo e notebook não está ajudando, espero que compreendam.

Enfim, espero que gostem.

Boa Leitura.

Capítulo 8 - Por favor, seja diferente!


Por favor, seja diferente!

 

— Eu só preciso de outra chance. — Ele continua segurando minha mão, fazendo certa pressão. — Me deixa provar que eu mudei.

Meus lábios são novamente tomados.

 

Mais um beijo calmo, cheio de sentimentos que eu posso sentir agora, que eu nunca senti antes, nada nunca fora tão calmo entre nós.

Eu não confio em você Jackson, eu tenho medo de me machucar de chorar antes de dormir por sua causa, de voltar a me sentir um nada ao são lado, só palavras não podem concertar o que aconteceu, mas...

— Eu... Isso não significa que temos nada ou que eu vou esquecer tudo, só... Só me prove que você é diferente agora.

— Eu prometo. — Jackson sorri, eu poderia só o observar toda minha vida. — Eu vou ser o melhor homem que você já conheceu.

— Eu não quero perfeição, só quero que você seja diferente, porque se você... — Paro vendo o quão exasperado tudo sai.

— Será que um dia você vai esquecer tudo que eu fiz?

Eu sinto com se fosse explodir com essa pergunta, isso só me faz lembrar anda mais de tudo.

— Pra falar a verdade eu não sei.

Aproximo-me dando um abraço urgente, forte, o fazendo dar passo para trás pelo impulso.

— Mark...

— Só se preocupe em me provar que tudo vai ser diferente agora. — O aperto mais. — Por favor, seja diferente, e eu prometo tentar... Eu prometo amar só você.

Suas mãos circulam devagar minha cintura me apertando levemente, sinto seu corpo totalmente em contato com o meu.

— Tio Mark...

— Sae? — Desfaço o abraço com certa pressa.

— Quem é essa garotinha? — Jackson pergunta encarando a Sae.

— Prazer, Kim Sae-ron, você é o Jackson? O namorado do tio Mark?

— Bom... — Jackson coça a nuca. — Eu só o Jackson... Como sabe o meu nome?

— Ele me contou, você é mais bonito pessoalmente do que nas fotos.

Jackson olha meio confuso, mas sorrir.

— Bom, Sae você precisa ir pra escola.

— Ah, pra que ir. — Ele me mostra o celular. — Já é tarde demais.

Conversamos isso tudo?

— Ok, mas isso só foi hoje. Agora vai comer, eu já vou tá.

Ela assente e vai até a mesa.

— Você cuida dela?

— A Sae é como uma filha pra mim, depois que os pais delas morreram eu quis ser a pessoa que vai cuidar dela sempre, eles eram meus amigos me ajudaram muito, foi difícil perder os dois, é ainda mais pra ela.

Jackson me encara sorrindo.

— Você sempre me surpreendendo, ela tem sorte de ter você. Você sempre falava que queria adotar uma criança um dia,

— Você lembra-se disso? — Sorrio. — É eu queria, eu acho que não importa os laços de sangue o amor é o mais importante.

— Tio Mark, Jackson, venham comer  comigo. — Sae diz e faz bico.

 

Aqui estamos sentados a mesa, Jackson está do lado Sae, ela parece ter gostado mesmo dele. Isso tudo é tão estranho, não achei que isso poderia acontecer nem que estaria sentado a mesa assim, parece... Parece até que somos uma família.

Dessa vez tem que ser mesmo diferente. Jackson, por favor, seja diferente.

 

— Mark? — Vejo Jinyoung na porta.

— Quem é ele?

 

JACKSON ON

— Mark?

Quem é essa cara?

— Quem é ele? — Pergunto.

— É o Jinyoung, meu amigo.

Sinto que ele está um pouco apreensivo, não o julgo eu sempre disse que ele não podia ter amigos, nunca acreditei que seria só amizade.

— Mark, o que essa cara está fazendo aqui? Depois de tudo?— Diz com raiva?

— Jinyoung calma tá.

Mark contou pra ele?

Eu já não gosto dele, eu sinto uma vontade de pegar no braço do Mark e afasta-lo desse Jinyoung. Não! Jackson você não pode.

Eu não posso mais machucar o Mark, não posso.


Notas Finais


Oi gente, então o que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...