História Segunda chance - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Camren, Camren G!p, Fbi, Fifth Harmony, Lauren G!p, Traição
Visualizações 300
Palavras 1.115
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Crossover, Festa, Luta, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem

Capítulo 10 - Kiss



P.O.V Lauren Jauregui 
Laureeeeeeen. 
-Que. Acordo assustada e acabo batendo a minha cabeça na testa da vero,
-Tá maluca Vero!. Grito
-Você que tá maluca, putz minha testa tá doendo. Diz passando a mão na testa, pego meu celular e vejo que são 08:00 da manhã,
-Vero sai.
-Mais lauren.
-Sai vero. Grito e ela sai do meu quarto bufando de raiva, vou pro banheiro faço a minha higiene e tomo um banho frio, coloco uma calça jeans escura, uma blusa do nirvana e meus coturnos pretos, vou para cozinha e vejo Elliot mexendo no computador,
-Cadê as meninas. Pergunto
-Sairam agora pouco. Diz ainda virado para o computador,
-sabe onde eles foram. Pergunto
-Falaram que iriam ver o seu amigo. fala
-Da pra virar pra mim. Falo irritada, e ele vira 
-Uou você precisa dormir tá cheio de olheiras. Falo
- estou tentando passar por esse código, ele è bem elaborado as pessoas que o fizeram entendem bem sobre isso. Fala e volta a atenção para o computador, 
-ontem vero me mandou pesquisar sobre um tal de austin Mahone ele esta aqui em Miami, aqui o endereço. Diz me dando um papel.
-Obrigado. Tomo o café,  pego o meu carro, e vou na empresa do meu pai, 
~Quebra de tempo~
 saio do elevador e a primeira coisa que eu vejo è aquele loiro dando encima da camila, 
-È camila, você pode por favor avisar meu pai que eu estou aqui. Digo atrapalhando a conversa dos dois, 
-A claro Lauren. Camila fala e pega o telefone, a essa hora o loiro ja tinha saído,
-Ele esta te esperando lauren. Diz sorrindo para mim e eu retribuo,
-Oi pai. Digo entrando em sua sala
-Oi filha a que devo a honra dessa visita. Diz meu pai brincalhão, 
-Eu queria conversar com o senhor.
-Fala.
-É sobre o ex da camila o austin. Digo
-Filha o que esta pensando em fazer. Meu pai diz preucupado, 
-Nada apenas da um susto nele. Digo calmamente,
-Um susto filha ele è perigoso e isso pode por em risco seu trabalho. Meu pai diz sério 
-Pai eu nao vou mata-lo relaxa eu sei o que to fazendo, ele vai pagar pelo oque fez com a minha camz.  Percebo o que  digo e coro, meu pai apenas sorri da minha cara,
-Tudo bem filha. Diz ainda sorrindo eu assinto com a cabeça, me levanto da cadeira e vou em direção a porta,
-Filha. Diz meu pai me fazendo para no meio da porta,
-Fique com ela enquanto a tempo ou ela pode encontrar alguem!. Meu pai diz, eu saio de la, aquilo realmente me machucou, eu sei que não devia mais realmente isso me machucou, 
~Quebra de tempo~
Estou a um metro da mansão de Austin, estou com uma roupa totalmente preta e uma mascara, vejo Austin sair da mansão acompanhado de dois homems que pareciam mais armários, ele esta ali mexendo no celular em quanto anda completamente tranquilo nem imagina o que esta prestes a acontecer, pego minha arma que tinha calmantes pra ursos, e atiro bem no pescoço dos seguranças, os dois desmaiam na hora e Austin começa a correr desperado eu paro o carro bem na sua frente o fazendo dar de cara com o vidro da frente e cair no chão,
-Ta maluco. Diz botando a mão no nariz que estava sangrando,
-nao, não estou. Digo saindo do carro, eu começo a chutá-lo dou 2 chutes na costela, 3 na perna e 4 socos no rosto, ele estava gemendo de dor no chão todo ensanguentado, 
-Esse foi seu susto, Babaca. Digo e entro no carro e dou partida, 
~2 semanas depois~
"As coisas realmente estão melhorando camila e eu viramos amigas, a gente è bem apegada contamos várias coisas uma para a outra, claro que eu não contei sobre a missão, descobrimos o nome da facção era Chicos , conseguimos ferrar com eles mais ainda não pegamos o traficante, o Elliot foi embora nos até que ficamos amigos, o pai de camila continua escondido não queremos por ele em riscos e nem a familia, e nesse momento estou esperando a camila abrir essa porta porque hoje vamos ver filme," 
-Oi Lolo.  Diz camila abrindo a porta e me abraçando 
-Oi camz. Digo me soltando do abraço, ela me puxa para dentro e vamos até seu quarto,
-Cadê a tia sinuh e a sofi. Pergunto me jogando na sua cama,
-sairam. Diz se jogando ao meu lado
-Que filme vamos ver. Pergunto
-Hoje é seu dia de escolher. Ela fala
-Vamos ver atividade paranormal. Digo e ela me olha assustada e levanta da cama
-sem chance. Diz seria 
-A por favor camz. Digo a abraçando
-Tudo bem mais se eu tiver pesadelo a culpa é sua. Diz
-Ta. Digo e coloco o filme
~Algum tempo depois~
Camila estava completamente encolhida nos meus braços e ela esta no meu colo, ate ai tudo bem, sò que ela começa a se mexer e eu sinto meu amiguinho começando a se animar,
-Camz da pra para de se mexer. Pergunto tentando me ajeitar,
-Porque. Ela fala e se mexe mais no meu colo,
"Merda"
-Camila para!. Digo E ela se vira e fica com uma perna de cada lado da minha cintura,
-Porque. Ela olha pra minha boca e depois voltar a olhar nos meus olhos ele entrelaça seus dedos no meu pescoço
-Camila para. Digo
-Por favor lauren eu sei que voce tambem quer. Ela diz, eu ja nao aguentava mais, então beijei seus lábios o beijo era calmo nossas línguas exploravam cada canto de nossas bocas, era um beijo que demonstrava paixão, saudades,e magoas, sua boca tinha um gosto de morango era tão bom mais como sempre o oxigénio nos ferra, tivemos que termina o beijo por falta de ar, quando terminamos ficámos nos encarando por um bom tempo, depois eu volto a beijá-la so que dessa vez beijo era mais quente e cheio de segundas intenções, camila começa a rebolar no meu colo, eu pego ela e a deito na cama e começo a beijar seu pescoço, as coisas estavam tão quentes sò que por falta de sorte o meu telefone toca, 
-Alô. falo
-Lauren è a lucy o capitão esta na cidade e quer falar com  todos urgente. diz Lucy 
-Não da pra ser amanhã. Pergunto
-nao, não da, Ele que fala com a gente agora. Diz lucy e desliga o telefone,
-Que foi lo. Pergunta Camila, 
-Meu capitão esta na cidade e eu eu tenho que conversar com ele. Digo, ela apenas assente com a cabeça, nos despedimos entre beijos e mãos bobas, entro no meu carro e dou a partida indo em direção ao meu apartamento.
 


Notas Finais


Rolou beijo aeeeeee kkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...