História Segunda chance - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Camren, Camren G!p, Fbi, Fifth Harmony, Lauren G!p, Traição
Visualizações 478
Palavras 1.464
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Festa, Luta, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem, tem hot!, me desculpem mais eu não sei escrever hot direito

Capítulo 12 - Foi ótimo



Bato três  vezes no  apartamento e depois a porta è aberta por vero que me olha brava,
-demorou jauregui. Diz vero me puxando para entrar,
-Desculpa eu tive um imprevisto. Digo sorrindo amarelo 
-Vamos o capitão esta te esperando. Diz indo para o quarto, chegando lá vejo Lucy harry e alejandro sentados na cama enquanto o capitão esta sentando em uma cadeira,
- agente jauregui. 
-Oi capitão. Digo 
-Vamos direito ao assunto, descobrimos informações do traficante,  o nome dele è Henrique Buello, ele tem 44 anos, e não tem parentes, começou com a venda de drogas aos 23 anos e agora è um dos maiores traficantes do México,  o problema é que ele descobriu e atacou nossas bases varios dos meu agentes morreram isso tudo por causa da incompetência de vocês. O capitão gritava
-Mais. 
-Mais nada vero agora famílias estão arrasadas, crianças não vão ver mais seus pais ou mães, temos uma familia em risco e. Meu capitão para de falar quando o meu celular começa a tocar, pego ele e vejo que é camila rapidamente atendo,  
-Alô camila.
-Lauren, por favor me ajuda. Ela fala chorando
-Camila o que ouve. Digo preocupada 
-Tem pessoas na minha casa minha mãe e sofi saíram eu estou sozinha por favor me ajuda. Ela dizia sussurrando e chorando,
-Camila eu estou indo ai continua escondida. Digo e desligo enquanto todos me olhavam assustados
-camila está em perigo, Lucy vero e capitão vocês vem comigo harry fique com o senhor alejandro. Digo rapidamente e  eles assentem com as cabeças e se preparam para botar seus equipamentos, 
~Quebra de tempo~
Saimos, do carro ja com nossas armas em mãos e os nossos colete, vimos dois carros parados em frente a casa de camila e a porta completamente aberta, entramos no maior cuidado, na sala tinha três caras um deles me viu e começou atirar ficamos naquela troca de tiros por 3 minutos até que conseguimos matar os tres caras Eu e a equipe começamos a procurar camila em todo canto da casa mais não a encontramos até que eu lembrei de um porão que tinha naquela casa,
Começo a abrir o porão e vejo camila  virada para traz encolhida aquilo partiu meu coração vê ela tão frágil daquele jeito me deixou triste,
-Camila. Digo me aproximando dela que vira para mim e me abraça e começa a chorar em meus ombros, 
-Camila esta tudo bem agora, tudo bem. Digo fazendo carinho em sua cabeça,
~Quebra de tempo~
Camila sinuh sofi e eu estavamos dentro de uma fazenda afastada da cidade,  depois do que aconteceu camila e eu procuramos sofi e sinuh, o FBI nos emprestou uma fazenda deles para podermos ficar, elas ainda não sabem sobre o pai decidimos não contar ainda, sinuh e sofi estavam na cozinha e camila desde que chegou ficou trancada no quarto e aquilo ja estava me preocupando, me levanto do sofá e vou em direção ao quarto da camila,
-Camila. Digo batendo na porta
-Me deixa lauren. Diz ela -abre essa porta camila ou eu vou arrombar. Digo estressada, e a porta è aberta, camila estava com um Blusa que deixavam visíveis sua barriga e um short minúsculo, e seus olhos estavam vermelhos,
-Você está bem. Pergunto me sentando em sua cama, ela senta ao meu lado
-não muito. Diz
-hey camz, sabe que pode falar qualquer coisa comigo. Digo segurando em sua mão 
-Lauren como você consegue. Ela fala e eu a olho confusa
-Matar pessoas ver pessoas mortas você nao é mais aquela lauren doce, você nao conseguia matar nem uma mosca e agora você tá toda diferente mais fria, lauren eu vi como você torturou aquele homem você nao parecia aquela Lauren, o que aconteceu com você lauren. Diz me olhando com os olhos cheios de água, 
-Camila eu mudei, eu passei por coisas muitos ruins coisas que você nem pode imaginar, eu ja tomei um tiro eu ja fui torturada eu ja vi crianças, grávidas pessoas inocentes morrerem  eu ja matei pessoas inocentes, Camila eu não sou mais aquela lauren, por isso acho que você não merece alguem como eu, eu sou ruim Camila, mesmo trabalhando para pessoas boas eu sou ruim. Digo de cabeça baixa, ela leva sua mão até meu queixo e levanta a minha cabeça me fazendo encará-la, 
-Lauren mesmo que você fosse a pior pessoa do mundo eu ainda te amaria. Ela diz sorrindo pra mim e eu sorrio de volta e abraço ela, ficamos nos abraçando por um alguns minutos até que eu  até  que eu beijo seu pescoço e ela fica toda arrepiada e depois termino o abraço e fico a encarando,
-Que foi. Ela pergunta confusa, quando eu ia beijá-la, Sinuh Grita me fazendo descer correndo as escadas
-Sinuh que foi. Pergunto assustada
-Um rato. Ela diz desesperada, quando o rato passa perto delas, sinuh e sofi sobem no sofá e começam a gritar e eu estava vermelha de tanto rir
-Lauren faz alguma coisa, para de rir. grita sofi, o rato passa por mim e eu o pego pelo Rabo e fico olhando ele
-Viu foi fácil. Digo pra elas com o rato ainda em minha mãos, 
-Tá agora tira essa coisa nojenta daqui. Diz sofi, eu pego o rato e vou pra fora, lá eu solto o rato, volto pra dentro e vejo sinuh e sofi vendo televisão, 
-Cadê camila. Pergunto
-No quarto. Diz sinuh,
Subo e vou pro quarto de camila, abro a porta e vejo ela com uma toalha acho que ela tinha acabado de sair do banho, fecho a porta rapidamente e sinto alguem começar a Crescer no meio das minhas calças,
-Lauren. Camila abre a porta ainda de toalha, vejo ela olha para o meu membro marcado nas calças e morder os lábios, 
-Camila eu tenho que ir. Digo, e saio dali
~quebra de tempo~
Ja eram 08:00 da noite  sinuh e sofi foram para a cidade, atrás de algumas coisas claro acompanhada de Lucy e vero, camila e eu estávamos assistindo a um filme normalmente só que a desgraçada começou a rebolar no meu colo fazendo meu amiguinho começar a se animar
-Camila que parar. Digo botando a mão em sua cintura tentando fazê-la parar,
-Porque?, não está gostando?. Ela fala rebolando ainda mais
-Camila não me provoca. Digo e ela vira pra mim com uma perna de cada lado da minha cintura e começa a rebola denovo ainda mais rapido, àquela hora eu ja não aguentava mais, a cada rebolada que camila dava em meu membro ela gemia, eu ja não aguentei mais e a beijei era um beijo completamente deseperado camila me beijava e rebolava ao mesmo tempo, terminamos o beijo por falta de ar, eu pego ela e a jogo na cama ficando por cima entre a suas pernas eu tirei a sua camisa deixando seus seios a mostra ja que ela estava sem sutiã, comecei a beijar sua barriga e fui subindo até chegar em seus peitos começo a sugar o bico do seu peito esquerdo e depois vou pro direito, enquanto ela gemia, depois volto a beijar sua barriga desço o short dela junto com a calcinha continuo descendo os beijos ate sua intimidade lisinha, começo a passar minha língua por todo lugar,
-Isso, lauren ahh. Camila gemia enquanto apertava forte o lençol e se contorcia na cama,
Começo a penetrar minha lingua em seu buraco a fazendo gemer mais alto minha lingua saia e entrava ali dentro enquanto camila gemia desperada 
-Lauren não para eu vou gozar. Diz camila ainda gemendo, logo chega ao seu ápice, começo a beijar suas coxas e vou subindo os beijos até sua boca, nos beijarmos calmamente sinto ela abrir o botão da minha calça e abaixando ela junto com a minha cueca, fazendo meu membro saltar,
-Camila não tem camisinha. Digo parando o beijo e tentando recuperar o ar,
-Não importa. Diz 
-Claro que importa. Digo preucupada
-Não não importa. diz voltando a me beijar ela tira minha camisa junto com top, voltamos a nos beija, camila inverte a posição sinto ela guia meu membro até sua entrada, seguro a sua cintura e ela vai descendo devagar gemendo, ela fica um tempo parada depois começa a subir e descer, enquanto nós duas gememos pego ela e a jogo na cama ficando encima dela,
-Lauren, ahh mais forte. Faço o que ela manda e começo a estoca-la mais forte
-Porra camila. Digo a estocando rapido e indo cada vez mais fundo fazendo ela gemer alto, "se alguem estivesse passando por ali ia achar que alguem estava morrendo de tanto que camila gritava" 
-Lauren não para eu vou gozar. Camila diz, logo chegamos ao ápice juntas e nos jogamos na cama cansadas,
-Foi bom. Pergunto tentando normalizar a minha respiração, 
-Foi ótimo. Ela diz.


Notas Finais


👍 so pra não deixar de falar nada, angel do fifith harmony 👏👍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...