História Segunda chance - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Camren, Camren G!p, Fbi, Fifth Harmony, Lauren G!p, Traição
Visualizações 521
Palavras 962
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Festa, Luta, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 7 - Amigas



P.O.V Camila cabello 
Acordo com esse maldito despertador, levanto da cama e vou em direção ao banheiro, faço minha higiene tomo um banho gelado, coloco um vestido preto Meio colado, sapatos vermelhos coloco uma sombra claras e um batom vermelho, desço as escadas encontrando minha mãe e Sofi tomando café, 
-Oi mae, oi Sofi. Digo as abraçando, tomo meu café, depois me despeço delas e vou até a garagem pegar minha
BMW X6 M Branca,
~Quebra de tempo~
Entro no predio da empresa e vou direto ao elevador, quando entro nele encontro Jaime, Jaime era um Homem bonito tinha entorno dos 40 anos cabelos loiros e curtos e uma barba um pouco rala, ele vive jogando charme para mim mais eu nunca dei Bola para ele, ficamos conversando até o elevador chegar no nosso andar, entramos Jaime foi pro sua mesa e eu fui para a minha, 
-Oi lindy. Digo sorrindo, cumprimentando a menina que tem a mesa ao lado da minha,
-Oi Camila, tá sabendo a filha gostosa do chefe esta ai. Ela diz sorrindo maliciosamente, meu sorriso logo se desfaz e eu fico seria, comecei a montar a nossa planilha de vendas dos cosméticos, essa è a minha chance de conseguir ser promovida, 
~15 minutos depois~
Termino a planilha "foi mais rapido do que pensei", olho pro lado e vejo Lauren saindo do escritório do senhor Jauregui, ela para e fica me encarando por um tempo e eu começo a ficar nervosa, "o que ela vai fazer" penso, ela então começa a se aproximar de mim, e o meu nervosismo só aumenta,
-É Camila, poderíamos conversar. Ela pergunta - e que eu estou trabalhando agora. Falo evitando olhar em seus olhos "aqueles olhos me faziam esquecer de tudo ao redor" 
-Não se preocupa eu já falei com meu pai ele disse que tá tudo bem. Ela fala seriamente "Espera ela falou com o pai dela"  " que droga, será ela quer brigar comigo, falar tudo o que ela não falou a alguns anos atrás, " vários pensamentos rondavam minha cabeça, a única coisa que me restava então era aceitar,
-Se o senhor Jauregui, autorizo, então esta tudo bem. Digo me levantando e reparo que ela discretamente olha para a minha bunda, saímos da empresa Jauregui, e entramos em uma cafeteira que tinha ali perto, naquela hora meu nervosismo estava nítido, entramos na cafeteira, e sentamos numa mesa um pouco afastada dali,
-Não precisa ficar nervosa. Diz Lauren se sentando na cadeira logo depois de mim,
-Não estou. Digo tentando não parecer nervosa, ela se aproxima de mim e diz
-Acredite com o meu trabalho eu aprendi a sentir quando as pessoas estão com medo, nervosas, ou estão mentindo, e você me parece estar nervosa. Ela diz perto de mim, perto de mim o suficiente para que eu pudesse sentir o seu Hálito de menta sua respiração calma e aqueles olhos verdes me encarando de um jeito indecifrável, eu queria beijá-la como eu Queria, mais eu nao posso,
-O que exatamente você quer lauren. Digo seca e ela se afasta de mim,
-Vim conversar com você. Ela diz irónica, 
-Mais sobre o que. Pergunto a encarando, quando ela ia falar alguma coisa o garçon aparece,
-o que vão querer. Diz o garçon sorrindo  para mim,
-Dois cappuccinos e 2 cupcakes. Diz lauren olhando seriamente para o garçon que engoliu em seco e saiu,
-fico surpresa que ainda lembre que eu gosto de cappuccino. Digo sorrindo para ela
-eu nunca esqueci seus gostos Cabello. Ela diz me encarando, o jeito como ela falava meu sobrenome era tão sexy, esse jeito frio dela mais ao mesmo tempo sexy me deixava muito excitada,
-Então eu vou falar logo. Diz lauren me tirando dos meus pensamentos,
-EU, droga. Ela diz e o garçon aparece na mesa com os cappuccinos e os cupcakes, ele coloca na mesa e antes de sair pisca e sorri para mim, e vejo lauren bufar de raiva, 
-Acho que agora eu posso falar sem aquele garçon vesgo atrapalhar. Ela diz eu  dou uma risada baixa
-olha Camila, você me traiu e isso foi como se tivessem quebrado o meu coração e deixassem ele em pedaços, eu fiquei muito mal eu me senti horrível, você foi a primeira garota que eu amei, nos duas tínhamos 16 quando começamos a namorar e aquilo era bom eu me sentia feliz ao seu lado. Ele diz tudo de uma vez eu já estava chorando silenciosamente,
-Me desculpa, eu sei que fui uma idiota você não merecia isso lauren eu fui tão Burra. Digo ainda chorando,
-Camila nós agora somos duas adultas não somos como antes, quando eu vim pra cá achei que ia encontrar a mesma garota de alguns anos atrás aquela garota que me traiu, mais eu não encontrei ela, eu encontrei uma mulher, você realmente mudou eu nao quero que você se sinta mal pelo que você fez, eu Te perdoou Camila. Ela diz me encarando 
-Obrigada. Eu digo limpando as lágrimas que insistiam em cair,
-Amigas então?. Ela pergunta sorrindo para mim 
-Amigas. Digo sorrindo para ela,
P.O.V Lauren Jauregui 
Camila eu eu saímos da cafeteira e eu levei-a de volta a empresa do meu pai, confesso que minha reaproximação com a Camila foi por causa do pai dela e da missão mais de algum jeito aquela conversa com ela me fez bem, estava dirigindo, ate que meu celular começa a vibrar no bolso,
-Alô. Digo
-Oi lauren e a vero, Conseguimos um Hacker que pode confrontar os traficantes ele e muito bom no que faz só é Meio maluco. Diz vero ao telefone
-qual é o nome dele. Pergunto
-Elliot Alderson você irar se encontrar com ele amanhã as 08:00.
-Ok. Desligo o telefone e vou em direção ao meu apartamento.


Notas Finais


O nome do hacker quem entendeu entendeu se não entendeu assista Mr Robot


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...