História Segunda chance para amar.(NAMJIN,VHOPE E JIKOOK) - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Got7, Namjin, Vhope E Jikook
Exibições 416
Palavras 2.570
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi meu povo.
Gente estou comedo de posta esse capitulo,e alguém me matar. kkkkkkk
Bom,quem ama Namjin,vai me odiar depois disso,mais lembrem que tudo tem um motivo na fic,e eu não faria isso se não fosse necessário.
Só para vocês saberem eu amo Namjin sim.

Capítulo 18 - Como seria minha vida sem você.


Fanfic / Fanfiction Segunda chance para amar.(NAMJIN,VHOPE E JIKOOK) - Capítulo 18 - Como seria minha vida sem você.

Jin on.

Eu estava na frente da porta do apartamento do Namjoon,e estava sentindo um turbilhão de emoções dentro de mim,respirei fundo e tentei ignora-las por enquanto e abri a porta,Namjoon estava sentado no sofá da sala de frente para porta com a cabeça baixa e as mãos entrelaçadas,e eu estava me sentindo um adolescente quando é pego pelo pai por ter saído escondido a noite para balada.Fui até ele e o mesmo não se moveu da possição que estava.

-Onde você estava?-ele me perguntou e eu permaneci calado.-Sabe como eu fiquei quando…-o interrompi.                                                                                                                        
               -Você me ama Namjoon?-disse e ele levantou a cabeça e me encarou.                                              

  -Por que isso agora?                                                                                                             
               -É uma pergunta simples,diga sim ou não Namjoon.-falei serio sem desviar meus olhos dos dele.                                                                                                                                     
               -Jin você sabe que eu gost…-o interrompi outra vez.                                                            
                -Eu não perguntei se gosta de mim,e sim se me ama.                                                             
              -Faz pouco tempo que a gente está junto para eu ter certeza.-ele disse eu senti um aperto no peito.                                                                                                                                            
            -Isso é um não!-não era uma pergunta.-Sabe,eu te amo dês do primeira vez que  te vi.-disse e ele arregalou os olhos.

Flach back on.

Eu e minha família tenhamos nos mudado para Busan, por causa do novo emprego da minha Omma.Já era noite quando terminamos de organizar a casa toda,e eu estava cansado mais ainda não estava com sono.

-Omma,posso ficar um pouco lá fora?-Perguntei.

Ela estava sentada no sofá vendo TV com o Jackson deitado no seu colo,ele sempre foi manhoso com a nossa Omma e comigo,o que era engraçado já que ele não gostava quando ela o chamava de bebê em casa.

-Jin amor,já é tarde para você ir lá para fora.-ela olhou por relógio na parede da sala,e ele marcava 21:35h,e para uma criança essa hora era tarde.                                                                  
           -Deixa o hyung ir Omma,assim a senhora vai ser só minha por um tempo.-Jackson falou e a Omma deu um tapinha de leve no braço dele e o mesmo choramingou.-Desculpa hyung.                                                                                                                                  
            -Aish menino!Quem vê pensa que você não gosta do seu irmão.                                          
            -Deixa ele Omma,Jack só gosta de ser mimado.-disse e ele riu sabendo que era verdade.-Então…-fiz cara de cachorro caído da mudança e o Jackon também e nossa Omma riu.                                                                                                                                  
               - Aff..Não sei o que eu faço com vocês.-Jackson e eu rimos.-15 minutos Jin,não é por que vocês estão de férias que vão dormir tarde.

Assenti e abria aporta e me sentei na causada da casa,nosso bairro era tranquilo e praticamente não passava carros a noite,por isso eu estranhei quando escutei um barulho alto vindo da casa vizinha a minha,olhei na direção da casa e vi um garoto sair da casa batendo a porta, e me assustei quando ele olhou pra mim,ele era moreno e um pouco mais alto do que eu mais parecia ter a mesma idade que a minha,o garoto me olhou feio e foi aí que eu percebi que estava o encarando e corei,era a primeira vez que um garoto me fazia eu me sentir assim, eu não sabia por que?

-Hey Princess,por que está me encarando?-ele disse próximo a mim.-Estou com cara de palhaço por acaso?                                                                                                                      
               -Não!-falei nervoso mais não consegui parar de encara-lo.-Por que me chamou de Princess?                                                                                                                                           
                  -Seu moletom tem uma princesa.-ele apontou para desenho na minha roupa.

Eu sempre gostei de princesas de desenhos animados,e no meu antigo colégio os outros alunos caçoavam de mim,o que me deixava sempre triste,então eu contei para a minha Omma,mais ela me disse que se eu gostava não deveria ligar para opinião das outras pessoas, e deveria me vesti do jeito que eu quisesse,já que o importante era eu me sentir bem e não os outros a minha volta.”Amo a minha Omma,ele sempre apoia a mim e o Jackson não importa no que seja.”

    -Você não respondeu a minha pergunta Princess,por que estava me olhando?                         
                 -Hã?-eu realmente não sabia,então falei a primeira que me veio a cabeça.-Por que achei você bonito.

Ele riu e meu coração acelerou quando eu vi suas covinha no seu sorriso tão lindo,eu me sentia estranho e não sabia o por que disso,sai dos meus pensamentos quando ouvi uma voz feminina gritar e não era a minha Omma.

   -Kim Namjoon,entre agora mesmo!                                                                                        
              -Acho melhor eu ir para casa.-ele já estava saindo quando eu me levantei e segurei sua mão,ele olhou para nossas mãos unidas e depois pra mim.

Eu senti como se eu fosse vomitar por meu estomago está embrulhado,e meu coração bater acelerado e meu rosto estava quente,eu estava completamente corado e eu não conseguia mais olha-lo nos olhos.

-Por qu..e ela es…tá irritada…com você.-gaguejei e ele riu.                                                     
             - Eu quebrei o celular dela sem querer,e ele tinha varias coisas importantes nele.-ele riu alto .-Imagina quando a minha Omma descobri que eu quebrei o computador também.                                 
                -Você não devia fazer isso.-o repreendi.-Sua Omma deve ter trabalhado dura para comprar essas coisas.                                                                                                                          
                -É sim,mais eu não fiz por querer sabe,mesmo eu tendo cuidado eu sempre acabo quebrando as coisas,minha Omma disse que eu herdei isso do meu Appa.-ele deu os ombros e nós escutamos outro grito.                                                                                              
               -Kim Namjoon! Se eu tiver que ir te buscar,você vai levar umas palmadas garoto!                       
                -Eu tenho q…-o interrompi.                                                                                                    
                -Pesa desculpas.-falei preocupado com ele.-Tenho certeza que sua Omma vai te perdoar.-ele sorriu pra mim e meu coração disparou outra vez.                                                                 
                -Vou seguir o seu conselho.-ele bagunçou meus cabelos e eu sorri.-Mais…Você tem que me soltar.                                                                                                                                    
               -Há…Desculpa.-soltei sua mão e fiquei totalmente constrangido por tê-la segurado por tento tempo.-Vamos no ver de novo?-perguntei e ele parecia não entender direito o que eu queria dizer com aquilo.                                                                                                                              
            -Claro,sou seu vizinho não é mesmo.-ele deu um peteleco na minha testa e eu acariciei o local fazendo bico.-Hey,você não me disse o seu nome?                                                           
              -É Wang Seokjin.                                                                                                           
              -Kim Namjoon,mais você já deve saber pelos gritos da minha Omma.-ele disse e nós dois rimos.-Até depois Princess.                                                                                                
              -Tchau Joonie.-falei e coloquei a mão na boca na mesma hora.-Desculpa,não deveria ter dito isso,não somos amigos íntimos para eu chama-lo assim.                                                       
             -Você se desculpa demais,pode me chamar assim se quiser,eu também vou continuar te chamando de Princess.-assenti e ele foi pra casa.

Eu entrei na minha casa também,e vi que Jackson ainda estava sentado no sofá,mais nossa Omma não,me sentei ao seu lado e ele deitou a  cabeça no meu colo,enquanto eu continuava pensando no vizinho que eu tinha acabado de conhecer,e como ele tinha me feito sentir coisas estranhas que eu não sabia explicar o que eram,sai do meus pensamentos quando sentir meu irmão segurar a minha mão e colocar na sua cabeça,para que eu fizesse carinho nos seus cabelos.

 -Aconteceu alguma coisa hyung?-Jackson me olhou preocupado.                                           
              -Não Jack.-sorri pra ele.-É que eu conheci o nosso vizinho do lado,e ele fez meu coração disparar e meu rosto ficar quente,e eu não sei o por que,você sabe?-perguntei e ele negou.                                                                                                                                              
              -Você está apaixonado filho.-nossa Omma entrou na sala falando e assustou a mim e o Jackson.-Mais que crianças assustadas.-ela riu.                                                                           
              -Como assim eu estou apaixonado Omma?-perguntei enquanto ela sentava no outro sofá.                                                                                                                                              
             -Hum.Sabe aqueles filmes românticos que tem casais que se beijão e casam no final.-eu e Jackson assentimos.-Então filho,você está assim pelo nosso vizinho.                                    
             -Eca,o hyung não vai beijar ninguém e nem casar, ele é só meu Omma.-Jackson disse e eu e a Omma rimos.                                                                                                                      
             -Jack,eu sempre vou ser seu hyung,não importa se vou gostar ou não de alguém.-falei e ele sorriu pra mim.-Acha mesmo que isso é verdade Omma?-perguntei e ela assentiu.

Eu não entendo direito o que isso significa,ou o que esse negócio de se apaixonar por alguém,mais se tudo o que eu estava sentindo era por causa do nosso vizinho,então eu estou completamente apaixonado por Kim Namjoon.

Fach back off.

-Sabe Namjoon,minha vida sempre girou em torno de você,mais eu queria saber como ela seria sem você nela.-disse com um nó na garganta.                                                                                
             -Está terminando comigo Jin?!-ele se levantou do sofá e eu dei três passo para trás.

Eu sabia que se ficasse muito perto dele,desistiria na mesma hora e me jogaria no seus braços sem pensar duas vezes,eu o amava,e isso fazia com que meu coração se partisse ao meio,mais eu tinha que ser forte,não queria sofrer a vida toda por alguém que realmente não me ama.

-Jin,se foi pelo o que aconteceu ontem,eu posso explicar.-ele esticou a mão para me tocar mais eu me afastei.-Não faça isso por favor.                                                                           
             -Não deixe as coisas piores do que já estão Namjoon.-disse me segurando para não chorar.-Eu vou pegar as minhas coisas e ir morar com o Bambam a partir de hoje.                                  
             -Sabia que tinha dedo dele.-ele bufou.                                                                                   
           -Não fala isso dele,Bambam não fez nada para você está agindo assim com ele.                
           -Não?Nós estávamos bem antes dele chegar,e depois disso tudo foi por água a baixo .-ele falou irritado.-Você não percebe que tudo isso é culpa dele!                                                               
           -Não foi ele quem traiu a minha confiança Namjoon,e sim você!-disse meio alterado.-Foi você!Só você!Então não jogue a culpa dos seus atos em outras pessoas!                                         
            -Do que você está falando Jin?Eu não f…-eu o interrompi.                                                          
             -Isso não importa mais.-falei e suspirei alto.-Olha,eu vou fazer as minhas malas está bem.

Fui até o quarto que antes era nosso e ele veio atrás de mim,eu guardava as minhas coisas enquanto ele só me observava,depois de tudo arrumado,sai do quarto puxando as minhas malas,e quando estava prestes a sair do apartamento Namjoon segurou a minha mão.

-Por favor Jin,não vai embora,eu não quero ficar sem você.

Me segurei ao máximo para não seder ao seu pedido,e me soltei dele e sai do apartamento sem olhar para trás,não queria ver como ele estava.Bati na porta do Bambam e ele logo abriu e me olhou surpreso,mais não disse nada só me deu passagem para que eu pode-se entrar e eu o fiz,nós dois nos sentamos no sofá,e eu deitei a cabeça no seu ombro enquanto ele alisava meu cabelos,e deixei toda dor do meu peito  sair em forma de lágrimas, não sei quanto tempo eu fiquei chorando mais só parei quando não tinha mais lágrimas presas dentro de mim.

-Jinzinho,me conta o que aconteceu.                                                                                      
             -Acabou,eu terminei com ele Bambam.-disse e voltei a chorar.                                                       
            -Oh amor.-ele me apertou no seus braços.-Você vai ver que tudo tem um motivo e outra, quem sabe você não encontra outros amor que verdadeiramente te ame.                                  
           -Sera mesmo.-falei sem acreditar muito.                                                                                 
           -Tenho certeza amor,você vai encontrar alguém e ser muito feliz com ela.

Jin off.

Yoongi on.

-Cara,nem sei o que te dizer.-falei pro Namjoon pelo celular.

Namjoon tinha me ligado  e contado sobre a conversa que teve como Jin,e eu fiquei chocado com duas coisas,primeiro,Namjoon me contou como ele estava se sentindo,coisa que ele nunca faz,”Serio,Nam é tão fechado que os cofres de segurança daqui tem inveja dele.”segundo,o Jin terminado com ele.”Juro,que sempre pensei que era mais fácil a Yumi sossegar com uma pessoa só, do que o Jin terminar com o Namjoon,que mundo é esse que estamos vivendo meu povo.”

-Isso tem dedo daquele amigo dele Suga eu sei,se eu pego esse idiota eu mato!-ele disse irritado.”Olha o Nível 1000%”                                                                                              
             -Não faz merda Nam,cara você não vai gosta do que eu vou dizer,mais a merda quem fez foi você.                                                                                                                                   
             -Vai se foder Suga!Não é por que você deu pra ele,que tem que ficar lambendo o chão que ele passa!-ele praticamente gritou no meu ouvido e eu bufei.                                                

 -Não que seja da sua conta,mais eu fui ativo com ele e outra,não foi ele quem chamou o Jin de meu doce.-disse e ele se calou do outro  lado da linha.-Eu não quero brigar com você okay,mais você tinha que chamar ele logo pelo apelido do irmão dele Nam,e pior,quando ele te pergunta se você o ama,tu fica calado porra!Estava esperando o que?!                                                    
              -Eu estava bêbado quando o chamei assim,eu não devia ter ido encontrar com o Jack.-ele disse mais para si do que pra mim.-E também ele me pegou de surpresa quando me perguntou se eu o amava.                                                                                                                     
               -E você o ama Nam?                                                                                                             
              -Cara,não te liguei para isso.-ele bufou.

“Oh criatura difícil de entender,ele choraminga no meu ouvido e não admite o que sente,eu mereço.”

-Me ligou para que então?Essa merda toda só está acontecendo por que você não admite o que sente por ele.-“Serio,tô pensando de trocar de curso na faculdade só por causa dele,vai arranjar problema lá na puta que pariu.”-olha,espera um tempo sim,Jin está muito magoado,da espaço e deixa ele respirar,tenho certeza que vocês vão se resolver.                                 
           -Eu não sei Suga.-seu tom era abatido.-Você não o viu como eu vi,o Jin que terminou comigo não era o mesmo que eu conheço,e eu não quero perder ele.

Aquelo realmente me deixou surpreso e triste ao mesmo tempo,Namjoon nunca foi de se apegar a alguém,e o Jin era o primeiro a fazê-lo ficar tão vulnerável assim.

-Cara só da um tempo pra ele sim.-Namjoon assentiu e desligou.

Era uma situação delicada mais eu não podia fazer nada,o jeito era esperar e ver o que acontece com esses dois,sai dos meus pensamentos quando vi a Yumi entra na cozinha com a mesma roupa de ontem,provavelmente ela dormiu com alguém da festa.

 -Encontrou o caminho de casa foi.-disse guardando o celular no bolço.                                              
              -Muito engraçado Yoongi,você não tem o que fazer não.-ela foi até a geladeira e tirou um pudim de lá.                                                                                                                              
               -Isso é meu loira de farmácia!                                                                                                
              -Não perguntei,e se eu sou loira de farmácia,você é um duende de cabelo verde.                       
              -Realmente Yumi,não sei como eu te suporto peste.-falei e nós dois rimos.                             
              -Cala a boca, e pega duas colheres para gente comer esse pudim.

Eu e a Yumi somos como cão e gato,nós alfinetamos  mais somos unidos que chega a ser até estranho,já que só nós tratamos assim dessa forma “carinhosa” sempre.Peguei as colheres e me sentei na mesa com ela.

Yoongi off.

Leo on.

O olhos dele pareciam tão inocentes quando ele caio no chão na minha frente na festa,que quando eu o vi chorar minha única vontade era tira-lo do meio da multidão,seu olhar no escritório parecia tão perdido que me deixou curioso,mais só depois que o Junior me disse que ele tinha namorado que eu realmente quis saber mais dele,o resto foi uma loucura para mim,não me levem a mal,mais eu não sou do tipo que liga para os problemas dos outros,mais Seokjin é uma pessoa diferente aos meus olhos,a maioria das pessoas me acham frio e realmente eu sou assim,mais ele me fez sentir algo diferente,principalmente por ter sido a primeira pessoa que dormiu na minha cama e eu não transei com ele,até eu mesmo não acredito que não tentei nada com ele,eu não sou assim,nunca fui.

Desci as escadas e encontrei o Junior jogando vídeo game na sala,fui até ele e tirei seus pés da mesinha de centro.”Não adianta falar que ele sempre faz isso.”O olhei feio e ele parou de jogar.

-Desculpa,não faço mais isso.-“Como se fosse verdade.”                                                       
            -Junior,você conhece o Jin não é.                                                                                        
           -Sim,por que?Ficou interessado nele?-ele me deu um sorriso largo.                                      
            -Não.                                                                                                                                     
           -Qual é Leo,eu sou seu irmão,devia confiar  mais em mim.-levantei uma sobrancelha e ele engoliu em seco.-Tá tá,só para de me olhar assim que você está me assustando,ele estuda na mesma faculdade que eu.                                                                                                                    
                -Hum.                                                                                                                                    
                -Por que não vai comigo amanhã,assim você vê ele de novo,o que acha?

Eu não sou do tipo que demonstra interesse em alguém mais do que uma noite,muito menos se a pessoa já for comprometida,mais alguma coisa me diz que com ele tudo podia ser diferente.

-É melhor você acordar cedo amanhã.-disse e ele riu.


Notas Finais


Aí meu coração,Juro que fiquei com raiva de mim mesma por escrever esse capitulo.
My god,Suga é igualzinho a mim quando eu aconselho as minhas amigas.
Bom.me desculpem qualquer coisa e até quinta. :-)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...