História Segunda Geração - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Draco Malfoy, Harry Potter, Personagens Originais
Tags Draco Malfoy
Exibições 27
Palavras 966
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Magia, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Espero que gostem !!! Boa leitura!!

Capítulo 9 - Ideia das malucas


Fanfic / Fanfiction Segunda Geração - Capítulo 9 - Ideia das malucas

Logo na manhã seguinte, encontro Gheimhridh me esperando na porta de meu dormitório.

-O que faz aqui? Não tem aula não é?

-Na verdade tenho, é, a professora não vai sentir minha falta! –ela desvia em seus pensamento- Você ama me esperar na porta de meu dormitório!!

-Fala logo Gheimhridh!!

-Eu não vou falar, disse que ia ser educado comigo!!! –garota irritante, respiro mil vezes antes de responder

-Não prometi nada as sete da manhã!! Mas já que quer educação, porque não está em sua aula!!!

-Tudo bem !!! Mas não reclame quando eu estiver com sua paixãozinha!! –irritante e sínica

-O que tem para me dizer??? –porque ela não diz logo? É tão simples

-Boa sorte em descobrir sozinho! –até agora ela estava rindo, forçada, mas estava- Seu grosso, mal educado!! –sai me fuzilando com aqueles fantásticos olhos

-Vá pela sombra, neve!! –dou um tchauzinho, e seus olhos flamejam ódio

Realmente hoje eu não acordei para papo, principalmente para Gheimhridh que parece ter tirado o dia para me provocar. Mas se ela quer provocar, vou entrar nesse joguinho com as mesmas armas! Vou para o grande salão, depois de tomar café, tenho duas aulas de feitiços e depois herbologia, Sinceramente herbologia? Não. Fico nos corredores por um tempo, mas depois a curiosidade toma conta de mim. “Que ela tinha para me dizer?”. Resolvo a procurar.

Eu não a vejo no grande salão, nem no jardin. “Onde diabos ela está? Mas que merda!!”. Logo ao virar o próximo corredor dou de cara com ela, ela e Luna. Realmente estava com Luna, achei que tinha dito só para me encher.

- Gheimhridh!! Onde estava maldita, estou te procurando a horas?

-Não disse que estaria com LUNA!!! –ela da ênfase ao nome da garota

-Só não disse onde estava, minha querida neve de sangue ruim!! –ela vem para cima de mim

-Vamos embora Gheim!! Vamos logo, deixe ele!! –Luna sai puxando- Tchau draquinho!!

Draquinho? Eu ouvi bem, ou só são essas coisas indesejáveis que tenho por ela fazendo efeito em meu corpo? Não, eu ouvi bem!! Draquinho? Por Merlin, estou verdadeiramente estagnado com que acabo de ouvir!! Não Draco!! Para com isso!!! Volto a realidade, e corro até elas.

-Fala logo neve!! Prometo ser gentil!!! – ela me puxa para um lugar mais reservado

-Então, Luna me disse que alguns testálios também foram mortos!! E nos queremos descobrir o que é !!! E como você é um homem nada covarde, e gosta de nos, vai com a gente!!!

-Sem chance de eu entrar naquele lugar, com um bicho assassino a solta!! E nem vocês!!!

-O então se não vai, pelo mesmo não conte ninguém !!

-Você vai mesmo com essa maluca? –digo para Luna, e ela assente com a cabeça

-Olha se não vai, para de fazer perguntas de mais !!! –ela começa a sair

-Espera!! Eu vou!! –suspiro “Que que estou fazendo?”- Qual é o plano?

-Haha sabia que iria!! Depois de todos dormir, lá pras meia noite e meia, vamos aparatar para onde os testálios ficam ok?

-Olha gente eu já vou indo Harry está me chamando!! Tchau –ela sai acenando aproveito para conversar com neve

-Ela me chamou de draquinho!! –me senti confortável para falar mas isso passa quando fico sem resposta- Você não disse para ela falar isso, não?

-Não Draco!! –ela me olha de lado e da um sorriso fraco- Só disse que...

-Eu não acredito que falou com ela do que leu no meu dia-reformulo a frase- no meu caderno!!

-Deixa eu terminar!! Eu só disse que, você e ela poderiam ser grandes amigos, ou até mais que isso, e que as vezes as pessoas podem nos surpreender!!

-E o que ela respondeu? –tento não esboçar reação

-Que os amigos dela não gostariam, mas que tudo pode acontecer!! –isso me fez sorrir, ela sorriu de volta saiu

O dia passou normalmente. Chega a tão esperada hora, eu encontro neve e aparatamos para floresta, cinco minutos depois Luna aparece.

Começamos a caminhar para os lugares onde foram vistos os cadáveres, nada acontece, nem um barulho, nem uma luz diferente. Não sei se é bom ou ruim. Tudo estranhamente normal, até que um vulto azulado passa por nós. Luna em um rápido movimento, segura meu braço, e aperta com força, mais uma vez o vulto passa, ela segura em minha mão. Eu aperto a mão, tentando levar segurança a ela, não sei se ela vai se sentir segura comigo.

Enquanto Luna procura segurança,  as pupilas de Gheimhridh estão dilatadas e ela começa a correr na direção que o vulto foi.

-Gheimhridh volta aqui você não sabe o que é!!

-Relaxa Draco!

Assim que ela se cala somos cercados por sete vultos azuis, ela recua para perto de mim, nós três estamos com as varinhas levantadas, costa com costa. Os ditos vultos dão uma volta em torno de nós e somem no vão de duas arvores. De lá parece surgir um portal, muito iluminado, luzes azuis e brancas fortes saiam do lugar.

Luna solta minha mão e corre para o portal, com Gheimhridh logo atrás. “Eu não vou entrar ai!” penso como se elas pudessem me ouvir. Alguns segundos depois Gheimhridh sai de lá.

-Você não vem?

-Vamos embora!!! Chame a Luna!!

-Calma! Lá dentro não tem nada demais! Vamos! –os olhos dela imploravam

- Gheimhridh por favor saia dai! Por mim!! –fico com medo o que pode acontecer a elas, afinal são duas pessoas que tenho uma consideração a mais

-Draco! –ela chega mais perto e pega em minhas duas mãos- Você vai deixar ela correr perigo lá? Você vai me deixar em perigo lá? Acredite ou não, confiamos em você para nos proteger, eu confio em você!! Não tem nada de mais, vamos!! –ela começa a andar de costas me puxando para o portal.


Notas Finais


Gostou? Me conta!! Obrigada por ler!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...