História Segunda Temporada- Perfect - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias 50 Tons de Cinza, Harry Styles, One Direction, The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Harry Styles
Tags Drama
Visualizações 54
Palavras 1.407
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 31 - Divórcio


Fanfic / Fanfiction Segunda Temporada- Perfect - Capítulo 31 - Divórcio

-Você me bateu! <Eu disse me afastando e pondo as mãos sobre  o rosto, ele me olhou assustado com o que fez>

-Sophia... eu não,me desculpa meu amor! <ele veio a mim e tentou me beijar, mas eu o empurrei me afastando>

-NÃO CHEGA PERTO DE MIM! Não acredito que você me bateu a que ponto chegamos.

-Sophia eu to super nervoso, você gritando assim...

-Não importa! Isso não e motivos para... Chega, eu não aguento mas essa droga de casamento, você se fechou na sua dor e acha que eu não estou vivendo um inferno, só brigamos e nunca ficamos juntos, ao invés de me ajudar a passar por isso, você se afasta cada vez mas.

-Amor você também tem se afastado, sempre chora e... Sophia eu também perdi nosso filho, Scarlet também e minha amiga.

-Chega... EU QUERO ME DIVORCIAR DE VOCÊ!

-Sophia não fala isso, pensa antes.

-ESTOU PENSANDO! Você por a mão em mim hoje foi o fim. Me da licença. <Eu sai do quarto o senti vir atrás de mim, corri entrando em um dos quartos e me tranquei lá>

-Sophia, por favor, abre a porta!

-Não sai daqui! Some Harry Divórcio eu quero que suma da minha vida.

Pov’s Harry

Eu não sabia o que fazer ouvia os soluços dela na porta do quarto e chorava ainda mas do outro lado, a que ponto chegamos, eu bati mesmo nela, a dor, o ódio o medo tudo aquilo fez  o que fez com nós dois. Algum tempo e os soluços dela diminuíram, a porta estava trancada e não tinha o que ser feito, eu voltei ao meu quarto nosso quarto na verdade, depois de um banho me deitei na cama, puxei o travesseiro dela sentindo o cheiro dela, a palavra DIVÓRCIO ecoava na minha cabeça, eu não podia a deixar ir embora, não podia, algum tempo e eu adormeci.

Acordei, e não a vi do meu lado me ergui da cama e no banheiro após lavar o rosto eu me olhei no espelho, o que eu fiz comigo o que eu fiz com meu casamento, minha esposa eu bati na Sophia, acabei com a  minha carreira de advogado e porra eu to com uma ressaca do caralho.

Fui a porta do quarto que ela se trancou ontem, tentei abrir e nada, no nosso quarto não havia sinal de movimento ela ainda estava lá dentro, desci as escadas atrás de Elizabeth!

-Elizabeth?

-Bom dia Sr. Styles!

-Sabe me dizer onde estão as chaves reservas dos quartos?

-Há..Sophia guarda no escritório!

-Obrigado! Mas uma coisa tem bolo de chocolate ai?

-Acabei de por a calda senhor!

-Me arruma dois pedaços.

Peguei o bolo e as chaves subi ao quarto que ela estava e destranquei a porta, ela estava encolhida na cama, que estava arrumada parecia não ter se movido a noite toda ali, mas estava acordada com os olhos arregalados, me dirigi a ela;

-Posso entrar?

-Já entrou você não acha!

-Trouxe café e bolo de chocolate como você gosta!

Eu  disse mas, virada na cama ela  estava é assim permaneceu, eu fui até ela, me deitei atrás dela e beijei seu rosto;

-Acha que algum dos seus beijos vai amenizar a dor do tapa que me deu!

-Me perdoa? Eu não devia ter colocado a mão em você isso não tem justificativa...

-Ainda bem que sabe! <Ela disse me empurrando e se levantando>

-Eu vou pegar a minhas coisas e ir para um hotel, não quero meter meu pai nisso nem ninguém, todos já tem problemas de, mas com Scarlet e o inferno que Zayn tem passado. Me faça o favor de mandar os papeis do divórcio por algum dos meninos.

-Você não vai sair dessa casa, qual é Sophia estamos num inferno eu sei, te colocar a mão foi de mas, mas somos nós amor, já passamos por tanta coisa, Sophia eu preciso de você.

-De mim! Harry e todas essas semanas que eu precisei de você onde esteve?

-Fazendo burrada! <Ela me encarou seria é eu abaixei a cabeça com braços abraçados as pernas>

-Do que ta  falando?

Pov’s Sophia

Eu o encarei seria, sabia que uma bomba estava para explodir ali mesmo, ele respirou fundo e começou a falar;

-Fui intimado judicialmente a comparecer ao tribunal!

-Por que?

-Mandei matar Tyler Lockwood dentro da prisão!

-Você o que? <Ela disse meio apavorada e brava>

-É Sophia eu fiz, eu sei te prometi não fazer, mas eu tenho tanto ódio dele, tanta dor que achei que podia amenizar sabendo que ele estava morto.

-Aonde estava com a cabeça quando fez isso, pode ser preso, perder a licença de advogar, Harry eu...

-Eu sei amor eu sei, mas eu não pensei e você tava tão distante.

-Harry...Estamos assim por que cada um sofre calado com tudo que houve.

-Sim! Mas não devia ser assim, ficamos juntos sobre todas as circunstancias e agora quando precisamos permanecer, nós afastamos. Sei que tenho culpa mas...

-A culpa e dos dois! <Eu disse e fui até ele, abri minhas pernas e sentei no seu colo, puxei seu rosto fazendo ele me encarar>

-Se for preso, vai apodrecer lá sozinho por que eu não vou a um lugar como aquele te visitar.

-Vai me deixar lá sozinho...<Ele disse sorrindo fraco quase chorando>

-Sozinho e sem sexo, vai ficar louco em um mês! <Ele sorriu dessa vez>

-Me perdoa por ter te batido! <Eu dei um  tapa na cara  dele fraco>

-Agora estamos quitados!

-Nunca mas diz a palavra Divórcio! Ou eu juro...

-Ta bom vou dizer as palavras; “Harry me fode por favor!”

Eu disse como num sussurro ao ouvido dele, este me puxou para ele iniciamos um beijo calmo, cheio de carinho, acho que nem me lembro quando nós beijamos assim, as mãos dele foram a barra da regata que eu vestia, eu o encarei risonha e deixei que ele a tirasse, ele sorriu, beijou minha boca mas uma vez e desceu os beijos pelo meu colo, dando mordiscadas no alto dos meus seios.

-Vai ficar só beijando!

-Apressada!

Ele me empurrou me fazendo cair na cama, se ergueu e foi a porta, a fechando, eu tirei minha calça e ao analisar que eu estava apressada ele fez o mesmo antes de se deitar, sempre sem camisa ele estava apenas de Box, veio até mim por cima do meu corpo,  me beijando das pontas dos pés até a altura dos meus lábios, com a perna abriu as minhas pernas e se encaixou no meio delas, se esfregava no meu corpo me fazendo gemer baixo.

-Vai tirar esse sutiã ou eu vou rasgar ele?

Eu o encarei incrédula com sua fala, mas sorri sabia que ele faria isso  se eu não o tirasse então me levantei um pouco e com as mãos no feixe o tirei, me deitei sorrindo de novo, ele foi ao meu pescoço me fazendo cócegas;

-Harry...cócegas!

-Que saudades da sua gargalhada, do seu sorriso meu amor.

-Eu também! Com muitas saudades de você.

-Promete que daqui para frente não vamos brigar...vamos ficar juntos, preciso do seu amor, preciso da sua sinceridade.

Ele disse retirando minha calcinha, eu apenas assenti sorrindo, ele se deitou sobre mim e me penetrou ergueu minhas pernas entrelaçando as no quadril dele e começou a se movimentar, eu gemi com pouco de dor e este com rosto enterrado no meu pescoço, me questionou;

-Doi?

-Um pouco, mas continua.

Ele me encarou, continuou e me penetrar, fechei meus olhos, deixei minhas mãos irem aos cabelos dele, fazendo um carinho ali, ele gemia de prazer e eu fazia o mesmo, sentia suas mãos nos meus seios e sua boca, depois ele beijava meu pescoço, mordia o lóbulo da minha orelha eu estava no céu outra vez amando  meu marido, algum tempo e ele acelerou as estocadas, sabia que iria chegar ao gozo, eu gemi alto primeiro senti o corpo relaxar com o orgasmo, e depois ele gozou, ficou parado dentro de mim sentindo o prazer e então com nossos rostos próximos se dirigiu a mim;

-Eu amo você Sophia, e venha o que vier do destino nada vai mudar isso.

-Eu também amo você e isso vai ser perfeito e eterno pelo resto das nossas vidas!

[Prisão Pentonville]

-Sophia Velasco, Harry Styles, mortos! 

-Sophia Velasco, Harry Styles, mortos! 

-Sophia Velasco, Harry Styles, mortos! 

-Sophia Velasco, Harry Styles, mortos! 

-Ou maluco cala a boca, já sabemos matar eles, agora vê se dorme! 

 


Notas Finais


Viu gente no fim da certo! Problema é que não é o fim! A palavra sinceridade pode causar ´problemas!
Beijokas!
Comentários por favor??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...