História Segundas Intenções. (Malec) - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Instrumentos Mortais, Shadowhunters
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Asmodeus, Clary Fairchild (Clary Fray), Hodge Starkweather, Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Jocelyn Fairchild, Lady Camille Belcourt, Magnus Bane, Raphael Santiago, Simon Lewis, Valentim Morgenstern
Tags Alec Lightwood, Clace, Clary Fray, Jace Wayland, Magnus Bane, Malec, Sizzy
Exibições 83
Palavras 741
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem.
Boa leitura.

Capítulo 33 - Cap 32 - Você merece ficar aí.


Fanfic / Fanfiction Segundas Intenções. (Malec) - Capítulo 33 - Cap 32 - Você merece ficar aí.

- Magnus estava se debatendo na maca. Alec pega a cabeça de Magnus e vira ela para o lado impedindo que ele sufoque com a língua,mas primeiro você inclina a cabeça para trás isso deixa ele se debater a convulsão vai parar.- disse a enfermeira.

 - Vou verificar a pressão dele de novo.- falou a enfermeira.

 - Ainda está baixa mas já subiu um pouco tenho que esperar o médico chegar deve estar com açúcar baixo ou deve estar com anemia, ou o sodio. Geralmente quem tem pressão alta é que corre risco de ter convulsão sabe se ele teve algum problema cardíaco recentemente?-perguntou enfermeira.

 -Creio que ele teve algumas paradas cardíacas eu não sei quantas. - Cadê o médico! Exclamou Alec.

 - Vamos virar ele de lado, para com a boca para baixo, eu tenho que tirar a camisa para evitar que ele sufoque ainda mais. - Relatou a enfermeira. 

 Alec percebeu uma marca que estava ficando roxa no abdômen de Magnus. 

" Sebastian seu desgraçado."- pensou Alexander.

 - Alexander voce pode segurar Ele nessa posição, vou ter que pegar um pano e atender o telefone, deixa ele continuar vomitando eu vou limpar isso as convulsões estão parando graças a Deus.

 - O médico chegou, não posso permitir que fique mais aqui. São normas do Instituto você tem que ir para a aula.- falou enfermeira.

 O médico entrou e começou a examinar Magnus que tinha acabado de ter convulsão.

 - Eu quero ficar, por favor deixe ficar com meu amigo.- disse Alec para a enfermeira.

 - Me desculpa eu não posso permitir.- falou a enfermeira levando Alec até a porta. 

Alexander então foi para o corredor nervoso. 

Percebeu que estava atrasado para aula de história do professor Ragnor. Correu um pouco até chegar a sala de aula. 

Entrou na sala e pediu desculpas ao professor por chegar atrasado. Pediu para o professor se poderia ter um minuto para falar com todos da turma.

 - Então todos vocês viram o que aconteceu na aula de educação física do Professor Hodge. Eu queria pedir por favor para Sebastian se levantar. Vamos bater palmas para ele. 

Todos sem entender o que Alexander dizia começaram a bater palmas então ele disse para todos e para Sebastian. 

- Meus parabéns você fez com Magnus é imperdoável ele está em uma maca na enfermaria tendo convulsões por sua causa vamos bater palmas para ele.- Alexander bateu palmas deixando todos assustados. 

 - Sabe porque eu sei disso Sebastian porque tiveram que abrir a camisa dele para que ele precisasse respirar. Ele nao me contou nada até mesmo porque ele nao teve tempo. No abdômen bem perto do estômago tem uma marca roxa de um soco que descreve igualzinho às marcas que estão na sua mão.- disse Alexander apontando para a mão de Sebastian que logo a escondeu.

 -Ah já esquecendo se ele morrer a culpa será sua. - afirmou Alexander. 

Sebastian se assustou ao ouvir isso de Alec. 

-Obrigado professor. -disse Alec para Ragnor. 

Alexander foi para sua cadeira. Assistir aula. 

Na verdade ele não estava conseguindo prestar atenção em nenhuma palavra que o professor dizia. 

O tempo passou rápido e logo o sinal tocou para o intervalo. 

 Alexander foi para o corredor em direção para o refeitório quando sentiu uma mão puxar seu braço. Ao se virar percebeu um cabelo platinado o encarava. 

- Pensa que eu tenho me de você Sebastian eu não sou o Magnus. Seu idiota.- Afirmou Alec deixando Sebastian nervoso.

 - Você mal chegou na escola e já está se achando o maioral. - afirmou Sebastian. 

 - Não sou eu que me acho um maioral esse papel aqui é Seu. Você somente é um valentão que se acha no direito de machucar outras pessoas.- disse Alec.

 -Você Vai ver em quem eu vou machucar. - falou Sebastian avançando para dar um soco na cara de Alexander. 

No último momento Alexander desvia batendo nas costas de Sebastian que o empurra para os armários.

 Uma roda logo se forma.

 - Você teve sorte. -disse Sebastian ao encarar novamente Alec.

 Sebastian avançava novamente para cima de Alec quando ele tira o corpo mas deixa o pé fazendo Sebastian tropeçar e cair.

 -Acho que é ai que você deve ficar.- disse Alexander olhando para Sebastian caído.

 - Agora vou ver como meu amigo está! - disse Alec. 

 Alexander passou no refeitório pegou um lanche qualquer e foi até a enfermaria. 

Encontrou Magnus inconsciente com um respirador.


Notas Finais


Beijokas com purpurina.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...