História Segundas Intenções. (Malec) - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Instrumentos Mortais, Shadowhunters
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Asmodeus, Clary Fairchild (Clary Fray), Hodge Starkweather, Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Jocelyn Fairchild, Lady Camille Belcourt, Magnus Bane, Raphael Santiago, Simon Lewis, Valentim Morgenstern
Tags Alec Lightwood, Clace, Clary Fray, Jace Wayland, Magnus Bane, Malec, Sizzy
Exibições 78
Palavras 750
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá meus amores.
Boa leitura espero que gostem.
Bjokas.

Capítulo 34 - Cap 33 - Não mexa com Magnus.


Fanfic / Fanfiction Segundas Intenções. (Malec) - Capítulo 34 - Cap 33 - Não mexa com Magnus.

Alexander foi até a enfermaria ver como Magnus estava.

Magnus estava deitado na maca utilizando o respirador. Alexander entrou na enfermaria tentando saber mais informações com a enfermeira que quando o viu se aproximou do moreno.

-Olá Alec, suspeitava que você viesse na hora do intervalo até aqui. – disse a enfermeira.

- Então nos fizemos exames de sangue que constatou que os níveis de açúcar e sódio estavam anormais muito baixos. E os problemas cardíacos que ele sofreu recentemente, juntado ao cansaço físico o levaram a ter essa convulsão.

- Mas agora está tudo controlado. Ele logo irá ser transferido para casa dele e poderá descansar. O medico deu uma folga para ele por cinco dias. – completou a enfermeira para Alexander.

Alec esboçou um pequeno sorriso ao ouvir que Magnus ficaria bem.  Alec pediu para enfermeira se ele poderia ficar um pouco com seu amigo.

- Tá bom, preciso que você não demore. Você sabe das normas do instituto e não quero perder meu cargo aqui.  – disse a enfermeira.

- Está bem, só vou ficar pouco tempo. Obrigado. – Agradeceu Alec.

Ao entrar onde Magnus estava deitado sentiu um cheiro pouco forte de desinfetante. Alec se aproximou do asiático.

- É triste te ver assim desse jeito Magnus. Queria que você não se arriscasse, muito custei a perceber que você sofria e ver quem realmente era por trás daquela posse de durão. As aparências enganam mesmo amigo. Irei te visitar na sua casa, para saber se você está bem. Espero que você fique bom logo! – disse Alec.

-Eu não sei o que Sebastian fez para você mais vou descobrir. – falou Alec.

Logo o sinal toca, a enfermeira diz para Alexander que ele poderia sair.

Então Alec sai da enfermaria não sem antes dar uma olhar para Magnus que estava dormindo.

Ele retorna a sala de aula. Teria uma aula chata pela frente a de matemática não que Alec fosse ruim, a matéria não contribuía em nada.

Parecia que os tempos de aula não passavam.

Alec estava copiando a matéria que o professor passava, ele simplesmente parecia um robô sua cabeça estava em outro lugar.

Quando o sinal acabou ele finalmente iria sair daquela loucura que foi o dia de hoje.

Ele saiu da sala e foi em direção aos armários para guardar seu material só estava levando na mochila o fichário. Fechou seu armário e deu uma passada rápida na enfermaria que estava fechada.

 Pensou que se estava com as luzes apagadas era sinal que Magnus já tinha ido para casa.

Foi para a saída da porta do instituto estava indo em direção ao carro. Quando sentiu uma mão em seu ombro.

Quando se virou sentiu um soco em seu rosto. Percebeu o causador daquilo era Sebastian.

O sangue no canto da boca estava aparente.

- Ninguém humilha Sebastian e sai impune nessa situação. – afirmou Sebastian.

- Você não aguentaria outra humilhação.- disse Alexander.

- E você não sabe dar soco em alguém. Deveria aprender boxe para aprender a socar alguém direito. – falou Alec.

Quando o moreno viu a aproximação de uma galera.

-  O que você quer é plateia para esse seu showzinho ridículo de menino que se diz “foda”. Coisa que você não é. – Disse Alexander deixando Sebastian mais raivoso.

- Eu estou cansado então me dê um desconto, não estou em um dos melhores momentos. – afirmou Alexander disse dando um soco em Sebastian.

- Isso é pelo soco que você deu no Magnus e esse pela risada sarcástica que você me deu na secretaria. – Alec disse dando outro no rosto de Sebastian.

- É tudo isso que tem para me oferecer. – falou Sebastian com a boca sangrando.

Em seguida a pareceu dois garotos avançando em cima de Alexander o prendendo. Sebastian aproveitou que o moreno não conseguia se mexer e desferiu dois socos todos ele na barriga.  Alexander se mexeu tentando tirar os dois meninos que o impedia de se mexer.

- Agora quem é o valentão Agora. – disse Sebastian.

Então analisando a situação Alexander conseguiu desvencilhar do primeiro garoto pisando forte o pé dando uma cotovelada no rosto e com o segundo uma cotovelada na barriga.

Partiu para cima de Sebastian que caiu com as costas no asfalto.

Alexander começou a bater no rosto de Sebastian que no final viu o loiro platinado rir ainda com rosto ensanguentado.

- Não mexa com Magnus e ninguém que eu conheça seu maluco. – Disse Alec saindo de cima de Sebastian.

Alexander saiu pegou o carro e foi para o clube.


Notas Finais


Bjokas com purpurina colorida.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...