História Segurança 7 - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtanboys(bts), J-hope, Jimin, Jungkook, Rap Monster, Suga
Exibições 18
Palavras 1.727
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá gente boa,bom,pra começar eu quero ne desculpar pelo drama que eu fiz anteriormente, realmente eu estava muito nervosa,e acabei descontando aqui,e isso foi uma coisa bem feia,me sinto envergonhada,mas...espero que não me deixem,meus queridos, amo vcs,e ótima leitura, espero que gostem, bjss😀😉😘😘

Capítulo 20 - Christian!!


Fanfic / Fanfiction Segurança 7 - Capítulo 20 - Christian!!

Apesar do pouco tempo,realmente mudou,minha vida deu um passo enorme,que eu fiquei sem palavras,pra descrever o que aconteceu.

Fria,era a palavra da minha vida,a palavra que descrevia a lia,dura com as palavras,sem se importar se estaria machucando alguém.

Apesar de exercer a profissão que teria que de preocupar por completo com o próximo, mesmo assim, não conseguia,fazia o que meu trabalho dava pra fazer,se morresse eu não me sentiria culpada,era a vida de outros não a minha,então não via motivos pra preocupação.

Ver essa garota desaparecer, e um pouco que estranho,por que essa foi eu por muitos anos,ela ainda esta dentro de mim,mas trancada em algum lugarsinho obscuro,que sei que ainda esta comigo.

Me sinto um tanto que patética e ao mesmo tempo feliz,por ter mudado,por ter ate mesmo me apaixonado,sendo que na minha cabeça um juramento de nunca se apaixonar, era mantido.

Poder cuidar deles,e a coisa mais importante pra mim,mante los seguros, eles realmente viraram minha familia, aquele sorriso que antes não passava de uma máscara, se tornara verdadeiro,o sorriso que minha mãezinha me ensinou.

Pra eles não sou só a segurança do bts,sou a lia,a garota que eles descobriram:

-LIA...o que ta fazendo?–chega tae com os outros meninos, só que ele foi o único a se jogar em cima de mim,quebrando meus ossinhos.

-nada–falo abafado por conta de esta sendo ESMAGADA.

-ei ei,sai daí do quem pode sou eu –namjoon puxa o tae de cima de mim,e agora e a vez do mesmo se jogar em cima de mim,desse jeito vou ficar tetraplégica... Kkkk....Brinks (com coisa séria não se brinca povim)

-nem vem namjoon,só porque agora vocês são namorados isso não quer dizer,que ela só vai dar atenção a você –tae parecia indignado.

-mas e claro,ela só vai olhar pra mim–rebate convencido.

-opa,espera ai...não lembro de ter assinado nenhum documento afirmando isso–falo o encarando.

-hum...toma namjoon–comemora tae,rindo da cara do mesmo e ele fecha a cara.

-chupa que e de uva–hobi se intromete na discussão,fazendo piadinhas também.

-já chega né, palhaços –reclama infurecido.

-e melhor parar gente ele ta nervoso–jungkook tenta amenizar a situação.

-VENHAM GENTE,O ALMOÇO TA PRONTO –jin grita da cozinha,fazendo nossa atenção voltar para a voz do mesmo.

-ebaaa comida,finalmente –tae sai correndo feito loko,e os outros o segue no mesmo embalo,enquanto eu ria do ato infantil dos mesmos.

Vejo o namjoon se levantar bruscamente, mas seguro o braco do mesmo fazendo o sentar novamente no sofá.

-Da pra me soltar,eu to com fome–fala sem  olhar na minha cara.

-não, só depois que você parar de fazer drama–respondo nos mesmo tom que o mesmo,ou seja grosseiro.

-se e drama,então por que ce não me solta?–exitava em me olhar.

-nam para com isso,foi só uma brincadeira, eu não tava falando sério –tentava fazer lo ao menos entender que tudo não passou de uma brincadeira.

-brincadeira sem graça –fez cara de emburrado,o que me fez rir.

-ei olha pra mim, assim não dá –seguro o queixo do mesmo fazendo o me olhar.

-satisfeita?..–fala ainda sem enteresse.

-não, só vou ficar satisfeita quando você sorrir,então tira essa cara amarrada–vejo o mesmo abrir um sorriso,mais falso que silicone.

-pronto–fala e dessa vez eu fiquei revoltada.

-ah namjoon morra–me levanto com força, mas antes que saísse, o mesmo me puxa fazendo me sentar no seu colo enquanto ria.

-ta bom,não precisa ficar estressadinha –deposita um selinho nos meus lábios.

-VC e um idiota–o olho mortalmente.

-ah não lia não me olha assim,por favor–me dar outro selinho, e abraça minha cintura.

-ta só pra não render,essa discussão –sorrio involuntariamente.

-ótimo –me beija,em um beijo quente e cheio de desejo,suas mãos passearam meu corpo e chegaram até minha nuca aprofundando mais o beijo, dando um lugar as nossas línguas dançarem em perfeita sintonia.

Ia tudo bem ate a maldita falta de ar,nos falta e termos que nos separar.

-vamo,eu to com fome–o puxo pelo braço, indo direto para onde todos estavam,ou seja,a cozinha.

-se demorassem mais,teriam ficado sem comer –jimin fala com a boca intupida.

-eu imagino–todos rir do comentário do namjoon.

-hum....cadê o yoongi?ele não vem comer–pergunto um pouco preocupada,raramente vejo o mesmo comer, na maioria das Vezes ele ta dormindo.

-Dormindo,e um pouco preocupante, por que ele dorme tanto e não come–jin responde na mesma preocupação.

-eu vou lá chamar ele–todos me olham surpresos,nao entendo pra que tanto drama,e so o yoongi.

-menina nao faz isso nao–hobi fala e eu reviro os olhos,em seguida saindo.

-BOA SORTE–escuto o tae gritar ,enquanto eu subo as escadas.

[...]

Entro no quarto fo mesmo e ele estava dormindo, feito um pedra,aproximo me do mesmo sentando só lado da cama do mesmo.

Dei umas balanceadas de leve, mas nada de abrir os olhos, então sem paciência grito no ouvido do mesmo:

-YOONGI–mas recebo um chute no meu estômago, o que faz eu cair com impacto-CARALHO YOONGI,isso doeu–dou umas distorcidas por conta das dores.

-lia!desculpa,eu achava que era os garotos,ta doendo muito?–levanta da cama,e vem em minha direcao me ajudando a levantar.

-apesar do chute ter sido FORTE,nao doi muito–respondo enquanto sento na cama do yoongi.

-a culpa foi sua,veio me acordar porque quis –se senta,só meu lado.

-eu vim porque tava preocupada, VC passa a maioria do seu tempo dormindo e quase não come,então levanta que tem almoço –levanto me,em seguida o puxando.

-ah não lia,eu to com sono,depois eu vou –Se joga novamente na cama.

-yoongi levanta daí, para de fazer desfeita e vamos por favor–ele revira os olhos, em seguida levantando.

-Que bom, não quero ver você doente por ai–passo o braço pelo pescoço do mesmo,era legal,por que eu era um pouco maior que ele uns 2 centímetros.

-lia, valeu por se preocupar comigo–dessa vez vejo o mesmo sorrir,e eu retribuo-mas,tira o braço daqui,não quero problemas com seu namorado.

Começo a rir do seu comentário, em seguida fomos a caminho da escada,chegamos no andar de baixo e todos nos encaravam surpresos.

-Meu Deus e milagre –tae fala brincalhão.

-para de ser lerdo–yoongi rebate em seguida se sentando a mesa.

[...]

Depois fo almoço fomos todos juntos assistir filme, o que foi legal por que nos divertimos muito...

Exceto quando eles começaram a me pergunta sobre o dia que eu matei aquele homem :

-lia por que você tinha tanto medo Dele?–jungkook pergunta curioso,e eu fico um pouco sem jeito,querendo ou não, era um assunto que mexe comigo ainda.

-lia se você não quiser falar não precisa–namjoon fala,para que eu entendesse que não estava sendo precionada.

-nao,eu vou falar...–respiro fundo, e começo-bom....não e uma história muito agradável, quando tinha 10 anos, vi minha mãe ser assassinada,na minha frente,foi horrível, vê lá sendo espancada por aquele desgraçado, eu passei dois anos da minha vida tendo pesadelos,frequentando psicólogas, enfim,meu padrasto tentou ao maximo me fazer esquecer, mas era inevitável, eu não fui a única a ficar desse jeito,ele tambem,resolveu se isolar,ai entao completei meus 15 anos e pedir pra ser emancipada,fui ai que passei a praticar lutas,com 16 anos peguei em uma arma,e matei um cara,que roubava um banco,17 anos virei segurança, essa que vocês conhecem,e complentei minha vingança–termino e todos me olhavam perplexo.

-Meu Deus,eu nunca imaginaria isso–jin fala de boca aberta.

-ninguem imagina,os unicos que conhecem minha historia e ravena,e agora voces–eles ainda pareciam nao acreditar.

-e enquanto ao seu padrasto?–pergunta jimin.

-Bom,o christian....–namjoon me interrompe.

-Christian? –pergunta curioso.

-sim,conhece?–ele nega com a cabeça.

-bom,não tive mais notícias dele....–sou interrompida mais uma vez pelo barulho do meu celular.

-alo[...]christian?[...]onde você está? [...]aqui?[...]me espera eu vou ai[...]–desligo o celular,e levanto me.

-onde VC vai?–pergunta namjoon curioso.

-o Christian ta aqui,e quer falar comigo,não demoro–dou um selinho no mesmo em seguida saindo.

[...]

Chego,narecepção e encontro o Christian sentado no pequeno sofá que havia ali,apesar dos anos ele não mudou muito,então o reconheceria de longe.

-nossa como você cresceu Amélia! –fala enquanto eu me a próximo do mesmo.

-um dia isso iria acontecer–ele rir.

-esta se tornando uma mulherlinda,adsim como sua mãe –fala e eu sorriso.

-obrigado,mas VC disse que queria  falar comigo –ele assente.

-bom verdade,eu quero te fazer uma proposta – assinto pra que ele continue-Gostaria de trabalhar comigo,continuaria com o trabalho De segurança, porem ganharia mais,do que ganha aqui–paro um pouco,era concerteza uma proposta irrecusável.

-olha e uma proposta irrecusavel,mas eu nao posso aceitar,eu ja tenho esse trabalho que eu amo,e bom eles são a minha familia agora,VC intende né? –Ele me olha e sorrir compreensivo.

-eu entendo sim querida,mas já que não aceitou,eu tenho que ir tenho reunião–fala enquanto se levanta,e eu faco o mesmo.

-OK só não some,sentir sua falta–o mesmo me abraça.

-nao vou,também sentir a sua pequena–beija minha testa,en seguida saindo,aceno pró mesmo e ele retribui.

Christian on

-pirralha idiota,dei chance pra ela reverter a situação, e a desgraçada prefiriu ele,pode deixar querida não vou sumir,vou acabar com VC,e seus protegidinhos,principalmente do seu namoradinho–falo comigo mesmo.

Liga on

-Vernon[...]me encontra no galpão [...]Não quero saber idiota, quero você lá em meia hora,sem atrasos[...]ótimo.

Lig off.

-seu inferno vai começar cara amélia...

[...]

Entro em casa e já sou surpreendida por perguntas vinda dos meninos.

-o que ele queria lia?–pergunta yoongi curioso.

-me propôs emprego–eles me olham esperando por mais respostas.

-e vc aceitou?–nam me olha um tanto que preocupado,pela minha resposta.

-hum...e claro... Que não, como eu disse vcs são a minha família agora–todos me abraçam,praticamente me esmagando.

-nós te amamos lia–tae fala e eu sorriso para o mesmo.

-também amo vocês .....

[23:00 horas]

-gente ta na hora de dormir,vamos–jin fala fazendo todos fazer cara feia para o mesmo.

-verdade, gente,já ta tarde–vejo todos levantarem batendo pé, menos o yoongi que já estava era dormindo.

Todos já haviam ido para seus quartos, e quando estava subindo as escadas sinto ser puxada:

-voce e suas manias de ficar me puxando–o olho furiosa e o mesmo rir.

-foi mal,mas e tao linda bravinha–reviro os olhos.

-o que CE quer namjoon?–pergunto impaciente.

-Eu quero atenção –faz bico e eu rio da cena.

-nossa como ele ta carente–dou um selinho no mesmo.

-ei eu não quero só isso não –sela nossos lábios,envolve minhas pernas em sua cintura, colocando me sentada sobre o balcão, enquanto apertava minha coxa com uma de suas mãos e a outra estava em minha nuca aprofundando mais o beijo, nos separavamos quando o ar faltava,mas voltavamos a nos beijar em seguida,naquele momento um desejava o outro,e nosso beijo mostrava isso...

-lia,eu te amo –parei por um minuto ao ouvir aquela frase,ele disse que me ama,e eu não pensei duas vezes:

-eu também t-te amo–ele sorrir,e me beija novamente, não posso mais esconder isso,eu o amo,como nunca amei ninguém....


Na maldade da vida encontramos a infelicidade, mas na maldade da vida,achamos a porta da felicidade....







Notas Finais


E isso amoresss,espero que tenham gostado,eu particularmente adoreii,oh Galerinha próximo tem hentay...o que sera que o Christian vai aprontar em?
Gente e essa declaração....ai que fofos.
Ah também gostaria de agradecer pelos 40 favoritos que me deixou muito feliz também, obrigado amores,amo vcs,e já sabem o que fazer,bjss lokinhos,ate o próximo😙😙😙😘😘😘😘🙌🙌🙌🙋🙋🙋🙋😁😁😁😅😍😍😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...