História Segure minhas mãos. - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, Monsta X
Personagens I'M, Jungkook, Ki Hyun, Mark, Personagens Originais, V, Yugyeom
Exibições 64
Palavras 687
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem, eu tô muito animada com essa fic ^^

Capítulo 4 - O beijo.


Fanfic / Fanfiction Segure minhas mãos. - Capítulo 4 - O beijo.


-Annyeonghaseyo, tudo bem?- Falou Jackson.- Você é a irmã do Taehyung né?
-Sim.- Ele me abraçou.
Todos os membros fizeram isso, mas quando chegou na vez do Yugyeom, eu estava nervosa. E ele percebeu
-Você está bem?- ele sorriu. Foi o sorriso mais bonito que eu havia visto em toda a minha vida.
-Claro q-que s-sim...- eu percebi que minhas mãos estavam suando.
Jungkook gritou:
- Ei, vamos para o carro!- Yugyeom me deu um sorriso e foi em direção ao carro. Eu fui atrás. Ele é realmente muito bonito.
Ele sentou do meu lado na van, e em um momento todos os membros desceram para comer alguma coisa, mas eu não desci, e ele também decidiu não descer. Estavamos sozinhos, ele parecia tranquilo, mas eu não. Estava vermelha, com as mãos suando.
-Então, qual o seu nome?- ele perguntou.
-Kim Lisa. Me chame só de Lisa se preferir.- falei.
-Nossa, você é toda educadinha né? Você tem que se soltar!- ele me cutucou.
-Eu sempre ouvi isso das pessoas. Mas eu gosto do meu jeito de ser.
-Hum, sei. Você é esquisitinha, quer dizer, pra irmã do Tae sim. Ele é todo animado, e você é tão quieta.
-Me desculpe.
-Não precisa se desculpar. Gosto de garotas assim.- ele piscou para mim, corei na hora.Será que ele tinha percebido que eu gosto dele? Os outros garotos entraram na van, e fomos para casa. Chegando lá, fui direto para o quarto, terminar de escrever o meu ''livro'' 
''Então, ele á osculou, fazendo com que ela corasse. Isso á deixou cheia de satisfação...''
Mark entrou no quarto.
-Olá. Você não vai descer?- eu fechei o meu caderno na hora.
-Não, obrigada. Vou ficar aqui em cima mesmo, escrevendo.
-Você está escrevendo o que?- ele sentou do meu lado.
-Nada de mais, não é nada importante.
-Eu adoro histórias. Me fale!
Eu comecei a contar a minha história para ele.
-É sobre 5 príncipes, que se apaixonam por uma só princesa. Ela ama somente um, mas está indecisa, por que justo o que ela ama já está destinado a se casar com a sua melhor amiga. E ela está extremamente confusa, pois seus dois melhores amigos á amam.
-Uau. Parece interessante.- Ninguém nunca tinha me falado isso. Toda vez que eu mostrava minha história para alguém, zombavam de mim, na escola eu sofria. Todos me zoavam e jogavam meus livros e meus cadernos no chão. Pela primeira vez eu ouvi um elogio que parecia sincero sobre a minha história.Eu comecei a chorar.
-O que foi? Foi o que eu disse?- Mark parecia assustado, e me abraçou.
-Não é isso...- Respirei fundo enquanto o abraçava cada vez mais forte.- Ninguém nunca havia elogiado minhas histórias... Sempre zombavam e...
-Shhh, não fale nada. Fique tranquila. Apenas me abraçe.- Foi o que eu fiz. Fiquei quieta e ficamos alí, alguns minutos abraçados em silêncio, até que Jungkook entrou no quarto.
-Vamos, o  Jackson falou que....- ele parecia assustado. E saiu correndo.
-Eu vou descer, e ver o que está acontecendo, fique bem, tá?- Mark deu um sorriso e saiu.
-Horas depois-
Saí do banho e encontrei Jungkook no quarto, com uma cara de bravo.
-Tudo bem?- perguntei.
-O que você acha?- ele respondeu, enquanto estralava os dedos da mão.
-Não sei, se você não me falar eu nunca vou saber.
-Será que você não percebe Lisa? Você é cega por acaso? Até o seu irmão reparou!- ele levantou e gritou.
-Perceber o que? Me fale por favor o que está acontecendo.
-Para de ser certinha. Você não percebe não?
-Não fala assim comigo.
-Desculpa. Mas eu não aguento. Você está aqui a 1 semana e eu já estou assim. Mas o meu sentimento vem já de muito tempo, desde a primeira vez que eu vi a sua foto.
-Do que você está falando?- ele veio na minha direção e me beijou. Nesse momento eu ouvi o barulho da porta abrir, mas não me importei, Continuei o beijando. Mas quando nós acabamos de nos beijar, todos os meninos estavam lá, olhando assustados, e meu irmão estava com um olhar muito confuso.
PROXIMO CAPÍTULO
 


Notas Finais


Likook é real?
Não sei de nada não...
Bjos de glit3r da tia :*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...