História Seja bem vinda - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Drama, Sexo
Visualizações 22
Palavras 947
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 12 - O fim


                     Carlos

Nos dias seguintes ficamos indo para a escola eu e bia ele se em turma com as populares , ficamos lá nossas vidas pareciam normais em público mas em nossa casa era completamente diferente possamos 7 semanas transado mas aquilo já estava repetitivo queria um pouco de paz 

Saio da escola e vou para a floresta pensar só falo para mãe que vou chegar tarde e fico pensando na vida em casa , e começo a ouvir ruídos de longe , me escondo pesando ser Bia mas e a garota mas popular da escola chorando , normal resolvo não me emtrometer 

Mas vejo ela puxa um canivete pensei ela vai se matar e pulo em cima dela jogando o canivete para longe , ela tinha os olhos verdes cabelo enrolado uma pele branca 

Carlos- você ia se matar 

????- não e de sua conta 

Carlos- e sim quando alguem tenda se matar em minha frente rsrsrsrsrs , como você se chamá

????-me chamo Paula você e Carlos fizemos um trabalho juntos na 8 série, e mesmo assim você não sabe meu nome

Carlos- não gosto de saber nomes de pessoas que são mal e transam com todo mundo 

Paula- você não sabe de nada sobre min não me julgue só porque sua vida e boa não que disser que minha seja

Carlos- sua vida e ruim a minha e mil vezes pior , ninguém m olha na escola , só tenho amigo nerd e lá em casa da acontecendo umas paradas que eu não me orgulho de fazer 

Paula- uhh a minha vida e uma bosta mamãe me briga por tudo que eu faço meu pai e Cachaceiro só sou popular porque sou bonita 

Carlos- e deste quando ser bonita e ruim 

Paula- deste que homens tão em cima de você o tempo todo e só e homens idiotas que não podem ver uma mulher que a subiam logo , você provavelmente e assim

Carlos- eu não eu respeito as mulheres que merecem não que todas não merecao mas umas mais que outras 

Paula- seu pensamento e fofo rsrsrsrs e ai tem namorada 

Carlos- não mas sexo que não me falta rsrsrsrs e você

Paula- também não 

Nos ficamos conversando e andando que nos perdemos 

Carlos- merda não sei onde estamos me esqueci 

Paula- e vai chover vamos procurar um lugar para nos proteger 

Andamos um pouco e começa a chover corremos só de brincadeira mas Paula cai e se machuca torce o tornozelo nada para se preocupar carrego ela e vejo uma cabana abandonada e entro sem pensar pois Paula estava machucada

A casa tinha lareira e colchonete conserto o tornozelo de Paula , tinha madeira podre na casa e assento a laleira estávamos muito molhados e não podíamos ficar molhados e tiro minha camisa e short peço para Paula fazer o mesmo ou vai ficar doente demos que andar logo e ela tira sua calça e blusa e eu pude ver seus peitos duros e lindo ela usava uma calcinha tramparente e o sutiã também mas me controlo para não ficar excitado , olho gavetas e encontro lençóis e etretoms dou para ela se aqueser lá o pegava sinal que me sur prendeu eu e Paula pois não tinha sinal há fundo na florestas ,

A chuva em grosa aviso minha mãe não ia dormir em casa talvez , vejo Paula se tremendo 

Carlos- espera vou procurar toalhas entro num quarto cheio de armas embueradas como tudo naquele lugar falo para Paula e dou uma toalha par ela tira sua roupa vejo seus peitos ela se troca em minha frente não consigo e fico duro ela olha 

Paula- nossa como e grande sabia que eu ainda nunca sentir um pau antes rsrsrsrs só boatos que eu sou fudedora 

Carlos- foi mal por falar que você e puta antes

Ela chega perto de min e me beija pego ela se pendurá em mim e me encosto na parede jogo ela na cama e começo a chupala 

Paula- vai com calma Carlos e minha primeiras vezzzzz ehhhhh ahhhhh 

Chupo todo seu corpo e tiro meu pau para fora ela olha para mim e começa a chupar meu pau e sinto uma chupada melhor penso que a mamãe chupava bom mas ela 

Carlos- e sua primeira vez ? 

Paula- em tudo isso e rsrsrsrs Porque esta ruim 

Carlos- não a contrário 

Ela chupa mas forte ainda ela pede coloca em minha buceta mas devagar , coloco sai um pouco de sangue el grita no começo mas logo ela começa a chemer eu estava quase gozando fala para ela , ela diz pode continuar e eu continuo e gozo em sua buceta 

Carlos- ahhhh você usa anticoncepcional não e usa ?

Paula- não isso e para fracos 

Carlos- o que nos podemos ter um filho 

Paula- isso não e tão ruim amor 

Carlos- não não não se você engravidar node vamo morar Paula

Paula- aqui meu amor limpamos tem um gerador no porão que e carregado com luz solar e aqui tem placas de luz solar 

Carlos- tá se você diz já fizemos a merda , nossa já são 22:09 vamos ter que dormir aqui amor 

Paula- melhor para a gente , o que vamos comer 

Carlos- lá trás tem um arco e flecha e eu já fui campeão em arco e posso caçar um coelho ou servo 

Paula- nossa meu homem e caçador ta se arruma então da frio lá fora 

Pego umas roupas do cara que morava aqui antes e visto roupas d frios e vou caçar , volta da caçar 22:27 Paula esta dormindo preparo umas comidas tinha temperos na florestas preparo o coelho , acordo Paula que parecia uma deusa dormindo linda demais e jantamos.  



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...