História Seja Meu Sourwolf - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Tags Scira, Sterek, Stisaac
Exibições 143
Palavras 1.566
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Slash, Sobrenatural, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Conveniente, porém inesperado.


Fanfic / Fanfiction Seja Meu Sourwolf - Capítulo 5 - Conveniente, porém inesperado.

Chapter Four — Conveniente, porém inesperado.

Em outras circunstâncias, Stiles poderia afirmar que estava sonhando. 

— É uma boa ideia. 

Ter Derek em seu quarto tão cedo — após seu retorno — e concordando com ele, era uma situação, no mínimo, incomum; improvável.    Quando recebeu a mensagem de seu parceiro e amigo McCall avisando que tanto ele quanto Liam passariam em sua casa mais tarde para terem uma conversa, não imaginou que Derek e Isaac também se direcionassem para sua casa. 

"Nossa, minha casa virou um hotel agora?" questionou enquanto observava um por um, atravessando a janela. Stiles também questionou — internamente — se pelo fato dos quatro serem lobisomens, haviam esquecido e/ou deletado a informação de que toda casa tem porta e não havia necessidade de entrarem pela janela justo na dele. 

— Pois é...

Stiles preferiu não dizer que a ideia havia sido de Scott (embora Stiles tivesse pensamentos parecidos) e como o lobo não se pronunciou a respeito, preferiu não perder o crédito que o mais velho estava lhe dando — ainda mais levando em consideração que era uma oportunidade única. 

— Então, é sério mesmo?   — Liam franziu o cenho em duvida e todos suspiraram com a lerdeza do beta. 

Stiles bufou e encarou-o. 

— Sim peste, é sério peste.  

Liam rolou os olhos. 

— Não me chame de peste...  — fez bico e acabou sendo devidamente ignorado pelos outros.

 Isaac desviava o olhar de Derek para Stiles e Scott, de Stiles e Scott para Derek como se esperasse algo mais de algum dos três, visto que ninguém pegou sua deixa preferiu falar. 

— Só falta o lugar...  — murmurou para si mesmo, mas na realidade era uma indireta para todos os presentes.   Scott pareceu ter entendido,     porque deu prosseguimento as indiretas. 

— Sim, eu estava pensando em morar em um local onde hajam outras pessoas já que como eu trabalho, eventualmente Stiles irá acabar ficando sozinho de tempo em tempo.   Mas, o fato de morarmos em um lugar com outras pessoas já é o motivo de querermos sair de nossas casas. 

Derek pareceu pensativo. 

— Fraco e magricelo...

— Com ligação com o sobrenatural; com o perigo.  — Isaac acrescentou, discretamente contente pelo rumo da conversa ter seguido os seus planejamentos.   Até que enfim alguém tinha pegado a deixa.

— Nada bom.  — concluiu. 

— Onde estão querendo chegar? — Stiles arqueou as sobrancelhas em confusão.   Stiles deu uma cotovelada em Liam para que o mesmo se espertasse. 

— Também quero saber. 

O Hale encarou Stiles por longos e árduos segundos, até desviar o olhar para Scott parecendo ter pensado no mesmo. 

— Bom, vocês podem ficar em meu loft.  Tenho certeza que é melhor para o Stiles; afinal é mais seguro.   — comentou com sua expressão de indiferença de sempre.   Scott parecia pensar (repensar) e assim como o lobisomem beta ele parecia agir como se Stiles não estivesse junto com eles; ouvindo a conversa e supostamente participando.  

Isaac sorriu satisfeito. 

— Eita.  

Stiles revirou os olhos, então ocorreu outro acontecimento inesperado:

— Beleza. 

O humano abriu a boca e fechou várias vezes, buscando pelas palavras certas a serem proferidas. Estava indignado,no mínimo, e queria muito estrangular Scott por concordar e Derek por dar uma de "bacana" repentinamente, o que não combinava em nada com sua natureza "fria". 

— Eu não permito!   — Liam comentou puxando o humano para perto como se o mesmo fosse sua propriedade. Todos o encararam com pontos de interrogações plantados em suas expressões, Stiles também tinha um plantado em sua cara. 

Isaac revirou os olhos e então fingiu uma tosse, Liam continuou. 

— Então, eu não acho certo vocês decidirem algo sem ouvir a opinião de Stiles, até ouvirem, eu não deixo ir morar no loft.  — esclareceu a situação e todos assentiram com a cabeça e olharam para o humano esperando alguma reação. 

Stiles sorriu contente. 

— Valeu peste.   — agradeceu e voltou seu olhar para os demais. 

— Stiles? 

— Tem opção melhor?  — perguntou, em vão. 

Scott negou com a cabeça. 

— Tá.  

Seu suspiro de desânimo indicavam que a ideia não o agradava em nada, porém, se não havia nada melhor. 

— Sinceramente, espero que haja um quarto somente para mim.   — começou e sentiu o olhar de Derek queimar em cima de si, talvez por raiva o que lhe soou como incentivo a prosseguir.   — Porque eu não vou querer olhar pra cara do Mascott por um bom tempo. 

Scott encarou-o indignado. 

— Não tenho culpa! 

— É claro que tem.  — bufou. 

Liam riu baixo sendo acompanhado por Isaac. 

Dia seguinte

— Eu não esperava isso de você.    — Isaac caçoou, tendo seus risos acompanhados por Kira.  

Stiles virou os olhos, sentindo a raiva atormentá-lo.

— O que houve?   — Scott perguntou, desinformado.

— Stiles deixou de ser gay.  

Lydia riu baixo.  

— Oh, isso é ótimo.    — Scott deu algumas palmadas em suas costas. 

Stiles levantou-se irritado.

— Todo mundo acha que eu sou gay?

O grupo começou a rir.   

— Eu só disse que a Malia faz falta,   poxa.    — explicou-se,   em vão.  

— Quer dizer que você era gay mesmo?    

Isaac sabia como irritar Stiles.  

— Não!  Qual é,    nós até namoramos...   

Tendo se passado três aulas, entediantes e nem um pouco interessantes para os alunos, até que enfim — e graças a Deus — o sinal pôs-se a tocar com uma melodia nova que não os agradou nem um pouco.

— Quem foi o idiota que escolheu essa música?   —     resmungou mal-humorado e sonolento. 

Scott sorriu torto. 

— Tem um péssimo gosto, com certeza. 

— Não é? — assentiu, logo atrás uma voz eufórica expressou-se. 

— Eu achei maneiro...  

Stiles pretendia responder, mas Lydia o interrompeu. 

— Ninguém se importa com a sua opinião, Isaac.  — rolou os olhos em deboche e todos a encararam surpresos.   Isaac por outro lado, ficou ressentido.

— Isso garota!    — Stiles aplaudiu e todos riram, menos Scott que parecia estar com a cabeça na lua.  Stiles colocou a mão em seu ombro, já sabendo o motivo.  — Você está bem?

O lobo concordou com a cabeça.

— É a Kira, não?  Porque não dá uma passada na casa dela depois da escola e vê por que ela faltou, às vezes não é nada sério.  Não tem porque se preocupar, nem tudo em nossas vidas está ligado ao sobrenatural.  — comentou acalmando o amigo que sorriu aliviado. 

— OK!  

O restante do dia seguiu-se com piadas a respeito de Stiles ser um bom psicólogo e o fato dele ter elogiado o casaco da aluna nova (e ela) que havia sido motivo o suficiente para que todos maliciassem a situação.   Em parte tudo isso o fazia se esquecer da mudança que seria no dia seguinte, uma mudança que embora viesse por uma boa razão, ainda não lhe agradava o lugar pelo qual iria morar por um tempo. 

[...]

Era sábado.    

Não havia como o tempo estar tão feio; ainda mais se o garoto levasse em consideração a previsão do tempo que desde cedo alertava nos jornais e rádios a grande tempestade que estava por vir, direcionando-se a Beacon Hills e quê, chegaria a poucas horas.   Tornando-se não recomendável ficar fora de casa após determinado horário.   Como se isso não garantisse ao rapaz um sábado chato – enquanto o mesmo queria sair e curtir um pouco como qualquer outro adolescente de sua idade – nem em sua casa ele poderia ficar; afinal era o grande dia, dia infeliz a seu ver, que teria de ir para o loft do Hale junto com Scott para proporcionar dali para frente uma vida mais segura para seus pais que mesmo inicialmente tendo discordado, acabaram cedendo aos rapazes ao verem que seria algo temporário. 

Stiles queria usar a desculpa do tempo ruim para adiar sua ida ao loft, mas como isso seria possível se o lobisomem estava em seu encalço?   Literalmente.   Poderia se ver o carro de Derek estacionado em frente à casa dos Stilinski aguardando Scott que se despedia de sua mãe prometendo que a visitaria sempre e Stiles que ainda não queria aceitar que tinha de ir.   O problema não era a saudade que sentiria de seu pai, não com o loft sendo tão próximo da casa do mesmo e sim o fato de a quem pertencia o loft e com quem teria de dividi-lo, "Porra Scott!" o rapaz pensou,   culpando o amigo pela situação.

— Cuide-se está bem?   Não atormente Derek, ele está fazendo um grande favor para vocês e indiretamente para mim e para a mãe de Scott. Lembre-se que estará na casa dele e de que ele é mais velho que você e muito forte, então o obedeça como se ele fosse eu, está bem? — o xerife pediu com um semblante sério enquanto segurava o rosto do filho entre suas palmas.   Stiles suspirou antes de responder. 

— Está bem pai. 

Scott assoviou chamando a atenção do companheiro.  Ele já havia se despedido de Melissa e estava aguardando para seguir para o carro de Derek com as malas. 

— Epa!   Nananinanão!  — exclamou enraivecido.   — Eu vou com o meu jipe, se quiser pode ir com ele.   — avisou com um bico em seus lábios.  Scott revirou os olhos diante a teimosia do garoto.  O Hale que conseguia ouvir a conversa mesmo dentro do carro revirou os olhos em conjunto.

Stiles acenou para Melissa e para seu pai antes de pegar suas malas e seguir para o jipe não dando a mínima de Scott vinha consigo ou não.   Entrou no veículo batendo a porta já Scott traíra como sempre entrou no carro do mais velho.

— Traíra.    — resmungou infantilmente ao ver Derek ligar seu carro com Scott ao seu lado provavelmente escolhendo uma música.    Stiles não se enrolou para ligar o jipe e seguiu caminho logo atrás do carro onde estavam os dois lobisomens. 


Notas Finais


Quem gostou >> Favorite e deixe um comentário expondo sua opinião e/ou critica construtiva, eu queria muito saber a opinião de vocês :') mas enfim, ninguém é obrigado a nada.
Próximo capítulo: Sem data por enquanto.
Até mais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...