História Selected - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Ares, Hades, Hefesto, Hera (Juno), Jason Grace, Leo Valdez, Nico di Angelo, Percy Jackson, Personagens Originais, Poseidon, Will Solace, Zeus
Tags Jercy, Solangelo
Visualizações 14
Palavras 3.517
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Científica, Josei, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá, aqui está o capitulo II (III no contador na Nyah e da Spirit) da fanfic.

O titulo do capítulo é '' You're Beautiful'' nome de uma música de James Blunt - super recomendo para vocês, é uma de minhas favoritas. O capitulo é narrado pela visão do Jeffrey e na terceira pessoa como forma de escrita - para mim, a mais facilidade de escrever em terceira pessoa.

Espero que gostem, Percy, Jason e Nico interagem neste capitulo.

Tenham uma boa leitura.

- Desculpe os possíveis erros ortográficos, me concentrarem em corrigir tudo, depois de domingo, ok? -
- Capa da fanfic alterada -

Capítulo 3 - You're Beautiful


Fanfic / Fanfiction Selected - Capítulo 3 - You're Beautiful

Capítulo II - You're Beautiful

Jeffrey

 

JEFFREY QUERIA SABER DIZER QUANTO TEMPO ESTAVA ALI, observando a lua e segurando a foto da garota ruiva, o filho de Zeus havia perdido o tempo e não importava-se em ficar apenas observando aquela foto.

O moreno ouviu a porta do Chalé 1 ser aberta e ele viu Jason entrar com um curto sorriso nos lábios, parece que não era só ele que andava feliz naquele Chalé.

- Ainda está acordado? – Perguntou Jason, vendo o irmão segurar a foto e sorrir de canto mirando a mesma. – Essa é a foto que você tirou da Joe?

- Uma delas, a outra está ali. – Apontou para o pequeno mural dos filhos de Zeus, onde havia algumas fotos, umas de Jason, outras de Thalia e algumas dos dois irmãos juntos. Também atualmente, havia fotos de Joe e de outros amigos que Jeffrey recentemente fez.

- Você gosta dela? – Jason perguntou, sentando no outro beliche, Jeffrey balançou a cabeça divertidamente.

- Eu não sei direito. Sabe, eu quero ficar com ela, perto dela. Só faz algumas semanas que nos conhecemos, mas, Jason, eu quero ficar cada vez mais perto dela. – Respondeu o mesmo, mirando o sorriso nos lábios de Joe Jones na foto.

- Você gosta dela! – Afirmou o outro filho de Zeus, sorrindo de canto para o irmão. – Cara, eu te entendo. Sabe, eu namorei a Piper.

- A filha de Afrodite, eu conheço ela. – Respondeu o mesmo.

- Bom, nós terminamos, e sabe, não nos odiamos nem nada, nós dois vimos que não nós amávamos como pensávamos. Eu descobri que gosto de garotos. – Ele sorriu e riu baixo.

- Percy não é, o nome dele, é Percy o irmão da Aria. – Jeffrey encarou o irmão sorrir e coçar a bochecha.

- É, é o Percy. – Ele sorria. – Mas não é de mim que estamos falando, Jeffrey, não precisamos de anos com uma pessoa para saber que a amamos, somente de um momento para se saber. Seus olhos, pelos deuses, o jeito que você olha para Joe quando vê ela no acampamento. – Jeffrey suspirou, não achava que estava tão assim na cara. – Corra atrás, se ama, não a perca. Joe é uma garota legal, sabe, eu nunca vi o Leo tão animado em ter uma irmã, com isso dá pra ver que ela é uma garota especial.

- É, ela é muito especial. – Ambos riram e o toque de recolher chamou a atenção de ambos. – Nunca vou me acostumar com isso.

- Uma hora você se acostuma, eu me acostumei. – Retrucou o mesmo, jogando-se na cama e mirando o teto.

Jeffrey repetiu o ato, mas, em vez de olhar para o teto, ele mirava a foto de Joe, sorrindo de canto, ela virou-se na cama, escolhendo por finalmente dormir, ignorando o fato de ter uma estátua assustadora de seu pai, ali, lhe dando nos nervos.

Jeffrey naquela noite, mas uma vez, foi atormentado por seus pesadelos, que ele tanto gostaria que somente sumissem, mas parecia que semideuses eram programados para terem pesadelos.

Mas desta vez, ele teve certeza de ter visto uma cabeleira ruiva entre seus pesadelos, um ponto seguro em seus sonhos era na direção da mesma. Ele era puxado pela doce garota que segurava sua mão, os cabelos escarlates balançando com o vento e ela o guiando para longe do medo.

Do passado infeliz, onde perdeu sua mãe por culpa de uma deusa em particular – que tinha praticamente quase todo o seu ódio; Hera. Para longe dos dias de luta contra monstros, das vezes em que teve que seguir um caminho diferente do que desejava, do dia em que foi congelado no tempo por aquela mulher.

Não, ele era guiado para campos floridos, para ventos leves e calmos, que balançavam os cabelos escarlates. Onde aqueles olhos castanhos-esverdeados tomavam seu mundo, onde não havia dor, nem sofrimento, somente paz e um sorriso doce.

 

.......

 

Jeffrey acordou com o sol em seu rosto, xingou em grego antigo, enquanto se arrastava para fora da cama, viu Jason praticamente caindo da cama enquanto dormia e riu baixo daquela cena – Jason havia se tornado um pessoa importante para si, seu irmão.

Caminhou em direção ao banheiro, levando poucos minutos dentro do mesmo. Sairá com a toalha em volta do pescoço e com os cabelos molhados, uma calça jeans preta e a camiseta laranja do acampamento meio-sangue.

Sentou-se na cama, colocando os coturnos negros e ouvindo resmungos do beliche a sua frente, ergueu os olhos, vendo Jason ergue-se e sentar-se na cama. – Eu dormir feito pedra.

- Percebe-se – Retrucou o mesmo, o loiro reviro os olhos para si e caminho – ou melhor, arrastou-se – em direção ao banheiro. Jeffrey sorria e começou a secar seus cabelos negros e rebeldes, céus, quanto mais tentava arrumar aqueles cabelos, mas parecia que um pássaro havia feito ninho em sua cabeça.

Vinte minutos depois o moreno já saia de seu Chalé, ele ainda podia ouvir o barulho do chuveiro na porta do Chalé 1 – é, Jason estava morando no banheiro naquela manhã.

Começou a caminhar e cumprimentou alguns semideuses enquanto se dirigia para o refeitório, mas parrou em frente ao Chalé 3, quando ouvi gritos animados vindo do Chalé 3.

Ergue uma sobrancelha e aproximou-se, batendo na porta. Segundos depois, a porta era aberta por um Percy Jackson totalmente desarrumado.

- Oi Jeffrey. – Cumprimentou o mesmo, dava para ver que ele estava com sono.

- Está tudo bem?

- Defina bem, cara. – Antes que Jeffrey pude-se responder, outras vozes foram ouvidas.

- Tyson pelo amor de Poseidon, eu não consigo respirar aqui. – Jeffrey conseguiu distinguir a voz de Aria no fundo.

- irmãzinha – Uma segunda voz que o moreno não conhecia.

- Ah quer saber, entra ai cara. – Percy o convidou para entrar e assim que feito, Jeffrey viu um cara grande quase dois metros abraçando Aria – e ele só tinha um olho. O moreno o identificou como um ciclope, a morena estava ficando vermelha e Percy teve que bater de leve no braço do mesmo. – Tyson, Aria não consegue respirar.

- Ah desculpa. – O ciclope – que Jeffrey entendeu que se chamava Tyson – soltou a morena, que tentava recuperar a respiração.

- Então Jeffrey – Percy chamou a atenção do mesmo. – Esse é meu irmão e o de Aria também, o nome dele é Tyson. – O ciclope sorriu para o moreno e tentou abraça-lo, Jeffrey fez sinal que estava bem, somente um aperto de mão – péssima ideia, Tyson era forte.

- Prazer em conhecê-lo. – Tyson Sorria para o mesmo.

- Igualmente, sou Jeffrey. – Apresentou-se para o mesmo.

- Meus pulmões doem. – Aria resmungou, sentando-se numa das três camas no Chalé 3.

- Você não vai morrer, Aria. – Percy ria da irmã, sentando-se ao lado da mesma. Quando Aria recuperou forças, pegou uma almofada e jogou ela em Percy.

- Fica quieto cabeça de alga. – Retrucou a mesma.

- Ok, ranzinza. – Aria levantou-se e caminhou até o filho de Zeus.

- Café?

- Café. – Ele respondeu, Aria despediu-se de Tyson, afirmando que mais tarde eles poderiam se falar mais. O ciclope ficou com Percy no Chalé, rindo de alguma coisa que Jeffrey não compreendeu e Aria apenas disse para deixar pra lá, que os filhos de Poseidon tinham estranhos problemas, afirmara a mesma para si.

Eles caminharam juntos, conversando e falando principalmente, de seus irmãos que estavam num namoro não assumido – ainda – e Jefffrey ria de Aria comentando que ela era a única solteira dos filhos de Poseidon, segundo a mesma Tyson estava namorando com Ella e Percy estava num rolo com Jason. Afirmação final da mesma, ‘’Sou a única solteira’’ rindo de si mesma logo em seguida.

- Ei vocês dois. – Ambos pararam, Jeffrey viu Diego e John caminharam até ambos. O filho da Guerra apenas balançou a cabeça para o mesmo, mas John logo passou o braço pelo ombro de Aria sorrindo para a morena que revirou os olhos.  – Olá filha dos mares.

- Me solte cabeça de vento. – Retrucou a mesma.

- Quanto amor, dessa forma você magoa meu pobre coração. – Ele sorria para a mesma, a filha de Poseidon lhe acertou com o cotovelo no estomago, fazendo o mesmo soltar um grunhido de dor. – Essa doeu.

- Bom saber. – Afirmou a mesma, saindo a caminhar na frente. – Vocês vem, ou vão ficar ai parados feito os três patetas? – Jeffrey e Diego apenas deram de ombros, enquanto John resmungava alguma coisa sobre aquilo ser agressão, mas a morena apenas ignorou e continuou a caminhar.

- Se é assim que pretende conquistar ela, tente outra coisa. – Diego disse, passando pelo amigo e seguindo a filha de Poseidon.

- Ela não precisa ser violenta. – Resmungou o filho de Despina.

- Ela não te deu uma cotovelada forte, admita John, foi fraco e você apenas está fazendo isso de propósito. – Jeffrey comentou, vendo o loiro abrir um sorriso curto e levantar o olhar, passando a mão pelos cabelos e com os olhos verdes ele mirava a filha dos mares de longe. – Sabia.

- É, mas ela estava sorrindo. – Ele respondeu, encarando o moreno. – E você?

- Eu o que?

- Vai fazer algo, tipo, Joe está tão perto de você, e ela definidamente tem uma queda por você, admita filho de Zeus, está gostando da nossa filha de Hefesto. – Jeffrey balançou a cabeça divertidamente e sorrindo.

- Quem sabe.

- Sei. – John caminhava ao lado do mesmo, logo ambos chegaram no refeitório, vendo Diego sentando ao lado de Aria e ambos estavam numa mesa mais afastada. Sentaram-se com os dois amigos e começaram a conversando, perguntando-se onde Alisson e Joe estavam, que ainda não haviam chegado no Refeitório.

Foram gastos, doze minutos de conversa até a uma das duas ser avistadas, Alisson caminhava em direção a eles, usando uma jaqueta de corro e com aparência de uma garota motoqueira, ela tinha por baixo da jaqueta, uma camiseta preta com uma rosa vermelha. Os coturnos pisaram dentro do piso do refeitório, alguns olhares foram direcionados a filha de Hades e comentários foram soltos.

A mesma parecia não se importa e caminhou até os amigos, sentando-se entre John e Diego.

- Ok, bateu onda emo gótica agora? – John questionou, rindo baixo do olhar irritado que a mesma lhe lançou.

- Fica quieto Grimm. – Resmungou a mesma, logo depois o irmão da mesma chegou, acompanhando do filho de Apolo e sentaram-se numa mesa perto. Jeffrey viu Di Angelo acenar para a irmã e Alisson balançar a cabeça em resposta, eles deveriam ter conversado muito, afinal ambos teriam que usar seus poderes para todos os sete chegarem em Nova York e depois Nico teria que voltar sozinho pelas sombras.

Seria complicado para os dois filhos de Hades.

O filho de Zeus olhou para os lados, não vendo Joe Jones chegar, a ruiva não aparecia em seu campo de visão e estava começando a se pergunta onde ela estava. Quatorze minutos exatos depois, a ruiva deu as caras, com um corte na bochecha e com as mãos fazendo gesto, como se estivesse pensando em voz alta.

A mesma logo sentou-se ao lado de Jeffrey e os amigos encaram a mesma. – Que foi?

- Onde você estava, Jeffrey estava quase saindo pra te buscar. – John comentando, recebendo um chute por baixo da mesa, por parte de Jeffrey, em sinal de que ele deveria ficar calado. Uma pena, seja que o filho de Despina não obedecia regras tão facilmente.

- Estava ajudando meus irmãos. – Respondeu a mesma, logo depois os outros filhos de Hefesto chegaram ao refeitório, Leo vinha logo atrás, aparentando estar num estado igual ao da irmã, com um corte no rosto e gesticulando algo com as mãos.

- O que vocês estão aprontando? – Perguntou Aria, vendo a ruiva balançar a cabeça e responder.

- Segredo dos filhos de Hefesto, juramos pelo rio Estige, em não contar, não até tudo estar pronto. – Respondeu a mesma.

- Ou seja, ninguém vai falar. – Comentou John, dando de ombros. – Mudando de assunto, estão preparados para hoje à noite?

Alisson remexeu-se no banco e suspirou. – Nico e eu estávamos treinando mais cedo, não podemos errar e jogar vocês num vulcão ativo. – Dissera a mesma, encarando a xicara de café a sua frente.

- Ei, você não vai nos jogar num vulcão ativo. – Diego disse, e Jeffrey viu a mesma sorrir curto com o comentário do mesmo.

- Ok, vamos comer, logo, meu estomago está chorando de fome. – John dissera, mas animado, tentando melhorar o clima para os seis semideuses na mesa, rindo e brincando, eles passaram a manhã pensando em como seria encarar uma bruxa de outra era, com uma tara pelo pai de Joe.

 

.......

 

Eram por volta de 20h00m da noite, Jeffrey estava parado na frente da porta de seu Chalé, suspirando ele segurava sua mochila e encarava a direção oposto.

- Ei Jeffrey. – O mesmo virou-se, vendo Jason caminhar até o mesmo, segurando uma espada de ouro imperial. – Leve ela. – Estendeu a espada para o irmão.

- Como?

- Leve a espada cara, você vai precisar dela, volte e me devolva. – Jason abriu um sorriso para o irmão.

- Ok, vou devolver. – Respondeu, pegando a espada e encarando a mesma.

- O pouco da nevoa deve dar para escondê-la dos mortais. Gládio vai ajudar você.

- Valeu.

- Se cuide cara. – Ambos os filhos de Zeus/Júpiter se despediram, Jeffrey seguiu seu caminho para encontrar os outros, por final, resolvera passar no Chalé 13 para ver como Alisson estava, afinal eram grandes amigos, ficaram presos no tempo, congelados – e segundo Quírion ambos nasceram antes dos Três Grandes Deuses do Olimpo (Zeus, Hades e Poseidon) jurarem não terem mais filhos com mortais, mas Jeffrey percebeu como seu pai e Poseidon não cumpriram tal fato.

Afinal, Poseidon tinha Aria Magnos e Percy Jackson, dois semideuses nascidos depois a Segunda Guerra Mundial, Zeus tinha Jason e Thalia Grace – seus irmãos – nascidos também depois da Segunda Guerra Mundial.

Aparentemente o único a cumprir a regra era Hades. Jeffrey ficara sabendo, que os únicos filhos de Hades vivos, eram assim como ele, de outra época. Nico e Alisson foram trazidos vivos de outra época – Alisson congelada no tempo e Nico passando um tempo no Cassino Lótus – também havia Hazel Levesque – irmã de ambos – que havia sido trazida de volta a vida por Nico. Jeffrey sabia que também havia outra filha, Bianca Di Angelo – que faleceu a alguns anos – mas nem Nico ou Alisson pareciam querer falar sobre aquilo.

Ambos para Jeffrey, aparentavam guardar grande rancor. Provável que o defeito mortal de ambos, seja o rancor – o filho de Zeus se lembra do olhar de puro ódio que Alisson lançara a Hera quando foram descongelados.

Suspirou se vendo em frente ao Chalé 13, Alisson estava na porta, ao lado de Nico e eles pareciam falar algo. A morena segurava Espada de Ferro Estígio – que Jeffrey se lembra de ver dias anteriores com Nico, talvez o mesmo tenha feito o que Jason fez, dar sua espada para a irmã.

A Argent usava uma jaqueta de corro, camiseta preta sem desenho algum, coturnos negros e calça jeans azul. Havia um toca negra em sua cabeça, cobrindo parte de seus cabelos, ela estava com a mochila nas costas e parecia seria.

Tanto Alisson e Nico notaram a presença de Jeffrey, virando-se para o Filho de Zeus. – Olá Jeffrey. – Cumprimentou Alisson, educadamente.

- Olá Walker. – Jeffrey direcionou o olhar para Nico, que aparentava estar sério.

Poucas palavras foram trocas e os três semideus caminharam para encontrar os outros. Perto da fogueira, Diego estava calado e a irmã mais velha do mesmo, Clarisse estava no local, ao lado do mesmo. John estava quieto encostado numa árvore, parecia pensar em algo. Aria estava com Percy e Tyson, despedindo-se dos irmãos e Jeffrey viu Percy entregar uma caneta para a mesma – o filho dos céus supôs que aquela era a contracorrente de Percy, a arma do mesmo – e falar algo para ela, Tyson abraçou a irmã e Jeffrey notou que Aria sorria, parecendo dizer palavras gentis.

O filho de Zeus procurou com o olhar, Joe Jones, mas ela não estava no local. Cinco minutos depois, a mesma venho a aparecer, ela caminhava junto de Leo e Calipso – namorada de Leo e ex-deusa, tendo tornando-se mortal ao sair da ilha Ogígia.

A ruiva estava usando uma jaqueta preta e o capuz estava recaído, os cabelos vermelhos presos num rabo de cavalo. A calça jeans preta estava resgada no joelho e ela usava coturnos femininos. Os olhos castanhos-esverdeados pareciam mirar outra direção do que a sua.

Ela falava algo com o irmão e a namorada do mesmo. Calipso abraçou Joe, que abraçou Leo depois, falando algo para o mesmo. Jeffrey viu Leo entregar a Joe, uma adaga negra e Calipso tocou a mesma – ainda nãos mãos de Joe – dizendo algo para a mesma, Jeffrey conseguira ouvir parcialmente parte da mensagem da mesma.

‘’..... Ela lhe dará a escolha, mas quem decidira é você...’’ Não conseguindo ouvir o resto da frase o mesmo suspirou.

Joe Jones guardou a adaga na jaqueta e apertou a mesma contra o corpo. Jeffrey viu que ela usava uma camiseta preta com estampa de uma banda de rock – talvez – que ele não conhecia – provavelmente tendo aparecido depois do mesmo ser congelado.

A ruiva caminhou até si. – Oi. – Ela o cumprimentou, sorrindo curto.

- Oi, tudo bem? – Pergunto e Joe balançou a cabeça.

- Sim, está. – Respondeu a mesma.

Alisson e Nico caminharam para o centro, virando-se para os demais. – Os que iram comigo, deem as mãos, e segurem-se firme, um nos outros, pois vai ser agitado. – Alertou Alisson.

- Cuide-se Joe. – Jeffrey ouviu Calipso dizer a ruiva, a mesma sorriu para a garota, segurando a mão de Jeffrey e de Alisson respectivamente.

A filha de Hades segurou na mão de Nico e na outra segurava a mão de Joe Jones, filha de Hefesto.

Os semideus se despediram de amigos e irmãos. Jeffrey viu Jason o olhando e seu olhar, claramente dizia para tomar cuidado e que confiava no mesmo. Tyson soltou Aria contra a gosto do ciclope e pediu para que a mesma se cuida-se, Percy apenas sacudiu a cabeça, dizendo para a irmã tomar juízo – e que o mesmo logo iria para Nova York novamente, talvez se vissem. Clarisse de sua forma de dizer – de uma forma muito bizarra na visão de Jeffrey, mas carinhosa -, mandar o irmão tomar cuidado. John despediu-se de Cecil Markowitz – aparentemente o filho de Despina havia tornando-se amigo do filho de Hermes e os dois juntos, eram o verdadeiro terror o acampamento.

As sombras tomaram contas deles. Jeffrey fechou os olhos, mas sentiu a escuridão a sua volta, era assustador, mas estranhamente reconfortante, era aquele tipo de coisa que os filhos de Hades viam quando usavam aquele tipo de transporte.

Quando Jeffrey abriu os olhos novamente, viu-se no que Joe havia dito que apareceriam. O Central Parque de Nova York.

As árvores estavam espalhadas. E ele viu sombras. – Chegamos, Central Parque de Nova York. – A voz de Nico foi ouvida, e Jeffrey virou-se, vendo tanto Nico, como Alisson, com expressões sombrias. Uma aura de medo e morte estava em volta de ambos, a grama abaixo de seus sapatos parecia morta. – Cuide-se Alisson. – Jeffrey viu o mesmo acenar e voltar a sumir nas sombras, agora sozinho.

Minutos depois, todos já estavam bem ciente de onde estavam, e de que monstros podiam sentir seu cheiro.

- Tente não morrer. – Ironizou Alisson, quando John levantou o olhar e botou a língua pra fora, num ar de sarcasmo.

- Muito otimista de sua parte, garota das sombras. – Jeffrey pode ouvir, resmungar um ‘’Não me chame assim’’.

- Temos que achar a primeira estação de metrô daqui perto, a Estação Grand Central. – Joe disse, retirando um mapa da mochila.

- Onde você conseguiu esse mapa? – Perguntou Diego, vendo a mesma dar de ombros.

- Roubei dos filhos de Hermes. – Respondeu como se não fosse nada.

- Cecil estava certo, você é mais perigosa do que os filhos de Hermes quando se trata de roubar dos outros. – John resmungou, arrancando risadas fracas por parte de Aria e Diego, Alisson apenas deu de ombros e Jeffrey olhou a ruiva.

- O que tem lá? E porque precisamos ir lá?

- Lá existe uma bruxa que é serva leal de Hécate, vamos precisar da ajuda dela para termos uma direção de onde achar a deusa sequestrada.

- Mais uma bruxa, grande maravilha. – Resmungou novamente John.

-Ah John, você, vê-se fica calado na frente dela. – Alertou Joe.

- Porque?

- Porque, segundo Quírion, ela mata aqueles que são debochados e rudes com ela, que fazem piadas sem necessidade.

- E desde de quando eu sou uma pessoa que faz piada sem necessidade? – Perguntou o mesmo, encarando os olhares dos outros cinco semideuses. – Tá eu fico calado.

- Ok, vamos. Se ficarmos parados seremos comida de alguém. – Dissera Joe, caminhando com o mapa em mãos, sendo seguidas pelos outros semideuses. Jeffrey observou a mesma, Joe sabia o que fazer nas horas certas, era uma garota forte e inteligente.

O perigo agora espreitava para os semideuses, a escuridão seria inimiga o aliada deles, somente o futuro dirá.


Notas Finais


Espero que tenham gostado capítulo. Jason, Percy e Nico tiveram suas aparições, Tyson também aparece *-*
Percy e Jason, seres tão fofos :3
Ah, sim, o próximo capítulo será narrado por Alisson ou por Joe, uma das duas garotas ira narrar.
Até o próximo capitulo.
-J.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...