História Selects - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias O Quarto do Suicídio (Suicide Room)
Exibições 6
Palavras 1.279
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - 2 Chocolates


                  _____________________________________

                   POV JIMIN

 

Sexta-Feira, dia  12

- Senhor Jimin – O mordomo falava do lado de fora – O carro já foi concertado. O motorista poderá leva-lo a escola hoje.

- Não precisa – Resmunguei, enquanto cobria o rosto com o travesseiro.

- Mas o carro foi...

Eu não respondi. Minha família é exageradamente rica, e desde pequeno tenho carros a todo o meu dispor. Acontece que eu não gosto muito disso, e esses dias um dos carros teve um problema, mais havia mais uns seis carros de reserva – sim, eu também acho exagero – caso coisas assim acontecessem. Então o fato de um carro estar estragado não ia interferir em nada. Mais era a oportunidade que eu tinha de sair um pouco dessa vida. Não queria ter tudo isso. Há várias pessoas precisando e...

- JIMIN! – Minha irmã começou a gritar – Acorda! Eu tenho um evento muito importante hoje e você vai comigo. Não me atrapalhe...

- Não quero – falei, ainda deitado.

- Eu não quero saber. É uma entrevista. – Ela só disse isso e saiu.

Eu tomei um banho e desci pra comer, e logo minha irmã desceu as escadas apressadamente.

- Vamos – Ela me puxou – Não temos tempo. Estamos atrasados.

- Mas...

- VAMOS! – Ela me puxou para fora da casa e me empurrou para dentro do carro – Eu não posso perder isso... De jeito nenhum – Ela falava sozinha.

- Sabe, Julie... – Falei – Hoje é dia da troca de cartões e chocolates na escola.

- E daí? – Ela saiu muito rápido com o carro – Você tem uma namorada?

- Não. É que eu gostaria de ter feito chocolates para alguém, mais eu não sei cozinhar, então será que...

- Não – Ela disse antes mesmo que eu terminasse de falar – Eu não sou boa com cozinha, Jimin. E se nós voltarmos pra casa pra falar para as empregadas fazerem, irá demorar muito. Você compra um quando estivermos voltando.

- Tá – Falei, coloquei meus fones de ouvido e fechei os olhos.

Eu não podia reclamar da minha vida. Eu tinha tudo o que alguém poderia querer. Dinheiro, amigos, garotas que vinham até mim todos os dias dizer que gostavam de mim. Sinceramente, não há do que reclamar. Apenas acho que eu não merecia tudo isso.  Ás vezes penso que trocaria isso tudo por uma vida normal em uma casa simples com uma família unida. Meu pai se mudou para a França, onde fica a sede de todas as outras empresas dele. Nós já não nos víamos muito, pois ele estava sempre trabalhando, e agora ele só liga nos aniversários para dizer que eu posso escolher qualquer carro ou qualquer coisa cara. Havia 3 anos que eu não via minha mãe, pois ela administra as empresas da nossa família. Então eu vivo com a minha irmã mais velha, Julie Fittipald. Ela é uma atriz famosa e também vive em eventos. Eu vivo praticamente sozinho em casa, sem contar os vários mordomos e empregadas. Eu tenho vários amigos, e nós saímos quase todo o fim de semana. Sou um bom aluno, não o melhor da classe mais tiro notas satisfatórias. Tudo é ótimo. Mas... Por que sinto um vazio dentro de mim?

- Jimin – Minha irmã me chacoalhava – Chegamos.

Ela falava com uma voz gentil e suave, o que achei estranho pois ela estava sempre gritando e reclamando. Até que notei que estávamos cercados por repórteres e fãs.

- Sr. Fittipald – Um cara alto e de óculos que estava com um microfone que tinha a logo de uma emissora famosa me chamava – Você pode contar como é viver ao lado de uma celebridade?

Julie olhou para mim, e entendi o recado. Dei um sorriso forçado e comecei a elogiar a mais velha. Eu só queria acabar com aquilo logo, sair dos holofotes e ir para a escola.

- Eu vou te levar pra escola, você fez um bom trabalho – Julie disse enquanto ligava o rádio.

- Isso é um saco – Me espreguicei no banco de trás e deitei. – Podemos então ir comprar os chocolates?

- Ah, é – Julie entrou por uma rua muito clara e após procurar um pouco parou em frente a uma loja de chocolates, e depois suspirou – Kentin comprava chocolates para mim aqui. Desça e compre quantos você quiser, toma – A mais velha entregou um cartão de crédito para o irmão, que desceu do carro e em seguida voltou com três sacolas que cheiravam muito bem.

- Obrigado – Estendi a mão para devolver o cartão, mais Julie ignorou.

- É um presente – Julie saiu com o carro – Sabe, Jimin, nós não ficamos muito juntos. Eu sinto por isso, sabe, você é meu irmãozinho. Eu queria poder ficar mais com você, mas, sabe, hoje mesmo eu tenho uma premiação muito importante. Então...

- Está tudo bem – Falei, guardando o cartão – Eu entendo.

E um silêncio se estabeleceu no carro. Julie parou na frente da escola, e se despediu. Quando entrei  na escola, vi várias garotas amontoadas correndo em minha direção.

- Jimin-Kun – Várias garotas disseram ao mesmo tempo, vindo até mim com várias caixas e cartões.

- E-Eu fiz pra você! É chocolate branco, espero que goste! – Uma garota loira me entregou uma caixa toda enfeitada.

- Oh, obrigado! Eu gosto sim – Dei um sorriso, e em seguida as outas meninas entregaram seus cartões e chocolates caseiros ou não, e ele foi para a sala, apenas agradecendo.

- Eai – Justin sentou ao meu lado – quanta coisa, cara.

- Pois é – Sorri  – Aonde eu ponho isso?

- Da um aí – Ele falou – Eu não ganhei nenhum.

- Sério? – Abri uma caixa e deixei que Justin pegasse – Quem sabe a Charlotte não te dá um cartão?

- Preferia que ela desse outra coisa – Justin falou com a boca cheia.

Eu dei um murrinho em Justin, que riu. Logo os outros alunos foram chegando, o dia estava bastante movimentado.

- Cara, você já viu o moleque novo? – Justin dizia enquanto pegava mais bombons – Ele é muito branco, só veste roupas pretas e fica com o cabelo na cara.

- Não sei - Peguei um chocolate – Talvez já. O que tem ele?

- Na aula de Educação Física – Justin começou a rir – Vamos pegar as roupas dele.

- Sério? – Dei uma risada forçada – O que ele fez, cara?

- Ele é novato – Justin se levantou – E é estranho.

- Cara, não faz isso – Segurei o braço de Justin, deixando cair alguns cartões.

- Uai Jimin, tá do lado do emo? – Justin olhou para a minha mão, que estava fria.

- Eu só quero avisar que isso vai dar problema, Justin – Falei, sério – Lembra quando fizeram isso com o Peter? Ele quase se suicidou – Dei uma entonação a mais na última frase, para que Justin desistisse da ideia.

- Tá, cara, você tá estranho – Justin ia sair da sala, mas o professor chegou e o mandou sentar.

Fiquei preocupado. Sabia que se Justin continuasse com essa ideia de pegar as roupas do novato ele iria ter problemas. Justin era bolsista, e meu amigo desde a 7ª série. As notas dele já não estavam aquelas coisas, qualquer deslize e ele estaria fora da escola. Quando deu o sinal para o intervalo, procurei entre as várias sacolas de chocolate a que havia comprado para Maxine. Sai da sala e fui até a escada, onde havíamos nos encontrado ontem. Não consegui me despedir, ela saiu com o nariz sangrando e eu não a vi mais. Fiquei esperando alguns minutos e nada dela. Até que Justin e mais alguns garotos me chamaram para ir jogar um pouco de basquete. Não é que eu não quisesse, mas gostaria de encontrar Max. Fui jogar com eles, deixando a sacola no meu armário.

xXContinuaxX


Notas Finais


nossaa, postei em agosto essa fic, e agora vou voltar com ela *--*
AVISO ; esse ep já estava escrito faz tempo (deve ser desde de agosto tbm rs) então eu só dei uma revisão nele, como ja tinha 1k de palavras eu só corrigi alguns erros, então se acharem a história meio ZzZ é por isso, mas eu precisava de um ep pov jimin (mesmo que a fic só tenha 2 eps até agora rs) Agora irei pegar firme e postar novos caps sempre que der. Espero que gostem, e obrigado e.e


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...