História Os Poemas Negros - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Alma, Drama, Poema, Solidão, Tristeza
Exibições 34
Palavras 207
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Poesias, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Palavras vazias de uma pessoa que se sente sem nada, ou até mesmo o próprio nada.

Capítulo 1 - Sem Nada


Fanfic / Fanfiction Os Poemas Negros - Capítulo 1 - Sem Nada

Estou sem caminho, sem direção, sem fuga

Apenas mais um corpo que anda nessa estrada de lodo

Estou sem nome, sem palavras, sem sentido

Um ser humano considerado inexistente por todos

Estou sem voz, sem audição, sem enxergar

Sou uma das almas impuras que tenta, seu lugar, achar

 

Meu reflexo na água transparente observo

Aparece a imagem de um demônio, me desespero

Aquela seria minha alma? O que eu sou?

Decido seguir em frente sem saber para onde eu vou

 

Estou sem poder, sem entender, sem fundamento

Mais uma pessoa que está sem tempo

Estou sem verdade, sem alegria, sem sentido

Um garoto sozinho, amargo, sem um amigo

Estou sem lágrimas, sem alma, sem ter com quem falar

Com uma parede sempre estou a desabafar

 

Vejo minhas correntes e o peso que estou a carregar

Eu, um corpo fraco e faminto, condenado a chorar

Sinto os seres ruins me empurrarem e eu caio no chão

Para eles sou um lixo, pois tenho um bom coração

 

Estou sem força, sem ajuda, sem salvação

Zombado, encurralado, afogado na perdição

Estou sem paz, sem sorte, sem coragem

Louco, na solidão, a ponto de fazer uma bobagem

Estou sem esperança, sem descanso, sem nada

Sou um moinho movido as águas passadas...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...