História Sem Paredes de Papelão


Escrita por: ~


Sinopse:
O vento da noite
Frio e sereno
Que abala a pele
Que me faz tremer

Entre o vento
Achei o silêncio
Quieto e observador
Sempre ali, sem ninguém
Sem alma, nem alguém

Pelas ruas vazias
Da noite ardente
Dum verão fervente
Imaginei-me ali
Nas ruas das ruas
Das ruas sem ninguém

Em casas, via papel
Os papeis marrons
Os papeis que não eram papeis
Apenas estavam errados
Enganando-me, para esconder a verdade
A verdade fria e sincera

Duma noite fria
Dum verão qualquer
Em que o silêncio
Era servido na noite
Em que era escura
Das casas que eram normais
Em que me enganei
Pois achava ter visto papel
Mas, na verdade,
Estavam Sem Paredes de Papelão
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Desabafo, Entre Paredes De Papelão, Originais, Papelão, Paredes De Papelão, Poemas, Poesia
Exibições 209
Comentários 32
Palavras 1.833
Terminada Não

Fanfic / Fanfiction Sem Paredes de Papelão
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Poesias, Romance e Novela, Saga

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Apresentação...
0
22
107
 
2.
Pesadelo
1
16
70
 
3.
E Era Amor
1
15
88
 
4.
E Era Amor
1
12
88
 
5.
Réveillon
2
12
99
 
6.
É assim...
2
13
66
 
7.
Duma vida desgostosa
3
13
71
 
8.
Laberinto de Papelão
2
14
101
 
9.
Como sempre sozinho
0
8
107
 
10.
Para sempre Deixado
1
8
62
 
11.
Há derramar lágrimas
2
9
89
 
12.
Conhecimento
2
7
48
 
13.
Há sonhar
1
11
91
 
14.
Nunca como queremos
2
11
67
 
15.
Como um vento
3
9
103
 
16.
Mercadoria roubada
2
8
99
 
17.
Cravos para Cravos
2
6
158
 
18.
Paredes de Papelão
3
6
148
 
19.
Queda de paraquedas
1
4
85
 
20.
Vazia, vazia é minha cabeça
1
5
86

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

O autor dessa História ainda não destacou nenhum comentário.