História Sem Paredes de Papelão - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Desabafo, Entre Paredes De Papelão, Originais, Papelão, Paredes De Papelão, Poemas, Poesia
Exibições 13
Palavras 99
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Poesias, Romance e Novela, Saga

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 16 - Mercadoria roubada


Jogado fora

Deixado para trás

Fixado em correntes

Sem poder sair

Assim vivo

Assim morro

Por amor

Por amor

Amor é o que importa

Amor é o que mata

Agora estou trancafiado no chão

E quer saber

Me deixaram para isso

Para morrer de fome

De carinho, de sentimentos

Por quem não me quer

Mas agora quebro tudo

Fico livre

Crio asas

E quer saber

Pode ir se f***er

Pois agora quem não te quer sou eu


Tudo que já amei

Tudo que quis

Essa felicidade

Esse sentimento

Era o que estava me transformando

Num monstro dependente de outro

Mas, agora...

Tudo mudou

Pra me tanto faz

Como tanto fez

Se me quer longe

Estarei longe

E acredite,

Não voltarei.

Há me rastejar,

Há implorar,

Há pedir seu amor,

Há pedir essa esmola

Que é trocada por mercadoria roubada



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...