História Sem Paredes de Papelão - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Desabafo, Entre Paredes De Papelão, Originais, Papelão, Paredes De Papelão, Poemas, Poesia
Exibições 8
Palavras 99
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Poesias, Romance e Novela, Saga

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 16 - Mercadoria roubada


Jogado fora

Deixado para trás

Fixado em correntes

Sem poder sair

Assim vivo

Assim morro

Por amor

Por amor

Amor é o que importa

Amor é o que mata

Agora estou trancafiado no chão

E quer saber

Me deixaram para isso

Para morrer de fome

De carinho, de sentimentos

Por quem não me quer

Mas agora quebro tudo

Fico livre

Crio asas

E quer saber

Pode ir se f***er

Pois agora quem não te quer sou eu


Tudo que já amei

Tudo que quis

Essa felicidade

Esse sentimento

Era o que estava me transformando

Num monstro dependente de outro

Mas, agora...

Tudo mudou

Pra me tanto faz

Como tanto fez

Se me quer longe

Estarei longe

E acredite,

Não voltarei.

Há me rastejar,

Há implorar,

Há pedir seu amor,

Há pedir essa esmola

Que é trocada por mercadoria roubada



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...