História Sem querer amei você. - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Personagens Originais, Suga
Tags Bangtan, Boys, Bts, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, K-pop, Rap Monster, Suga
Exibições 356
Palavras 1.681
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura :)

》Sugestão de música: Hold me tight - BTS

Capítulo 30 - Promessa mais que cumprida!


Fanfic / Fanfiction Sem querer amei você. - Capítulo 30 - Promessa mais que cumprida!

Ter Hope ali, me abraçando, me protegendo, respirando sob minha pele, me fazendo sentir seu toque era surreal. Depois de todos aqueles dias sentindo sua falta eu queria e iria aproveitar todo tempo que eu terei ao seu lado.
Ele ainda estava me beijando, passado a mão pelos meus cabelos. O gosto de seus lábios eram doce e save. Seu toque era quente e aconchegante. Eu podia ficar ali para sempre.
Ele parou de beijar, se inclinou afundando a cabeça em meu pescoço e me abraçou forte.

  - Me prometa que nunca mais irá embora. Eu passei um inferno sem você. - Ele disse em meio meus cabelos.

  - Eu ficarei aqui, meu amor. - Ele levantou a cabeça e sorriu.

Ouvimos três batidas na porta. Hobi me soltou gentilmente e mandou a pessoa que batia entrar.

  - Não quero atrapalhar mas precisamos voltar para o palco em um minuto. - Jin disse e começou a sorrir quando percebeu que eu e Hope estávamos bem.

  - Estou indo. - Hobi segurou em minha mão, me surpreendendo e nós saímos da sala.

Eu já estava na lateral do palco ao lado de Tae e os meninos estavam indo para trás do mesmo, quando Hope voltou sorrindo em minha direção e disse

  - Esqueci de algo que já deveria ter cumprido faz tempo. - Ele tirou o celular do bolso e o posicionou para uma foto.

  - O que está fazendo? - Eu sorri um pouco confusa.

  - Apenas sorria! - E então bateu a foto. - Te vejo daqui a pouco. - Ele me deu um beijo na bochecha e correu para onde os meninos estavam.

Eu tinha visão do palco e de algumas pessoas da platéia, então assim que eles retornaram o show eu não parava de olhar para o Hope e sorrir. Ele também fazia o mesmo. Algumas músicas se passaram e eles começam a interagir com o pessoal, como de costume. Hope tomou a palavra e então começou seu "Discurso".

  - Olá armys!! - Ele disse empolgado, recebendo retorno da platéia - Eu queria dizer que estou muito feliz hoje. Assumo que nos últimos dias eu andava meio para baixo, assim como vocês notaram, mas agora eu estou muito bem. Eu queria poder dizer a vocês agora mesmo o que está me fazendo bem, mas infelizmente eu não posso. Preciso acertar algumas coisas antes. Mas prometo que logo saberão. Obrigado pelo apoio.  Amo vocês, armys!!! - E o pessoal foi a loucura.

Ele estava se referindo a mim?

  - Ele está se referindo a você? - Tae perguntou como se lesse meus pensamentos. Hope olhou para mim e sorriu novamente - É... Ele está! - completou Tae rindo. Eu corei e abaixei a cabeça sorrindo.

Algumas músicas depois o show acabou e Hope veio em minha direção. Ele me deu um beijo na bochecha e logo pude sentir um pouco de seu suor em meu rosto. Os meninos também vieram em nossa direção.

  - O que acharam do show? - Disse  V sorrindo e pouco ofegante.

  - Foi ótimo! - Tae respondeu.

  - Vejo que está tudo bem agora. Fico feliz! - Rap Monster disse passando pela gente e sorrindo.

  - Você tem algo para fazer agora? - Hope perguntou um pouco baixo, apoiando uma das mãos em minhas costas.

  - Não. Por que? - Respondi meio sem jeito.

  - Se importa em ir conosco? - Meu coração começou a bater tão rápido que quase não se aguentava dentro do peito.

  - Não. - Eu me virei para Tae - Está tudo bem você voltar para casa sozinho?

  - Está tudo ótimo. - Ele sorriu largo e balançou a cabeça.

  - Que bom, então vamos! - Hope disse.

Entrei em uma vã com os meninos fomos em direção a empresa. O bom de ter sempre mulheres trabalhando com ele era que as fãs pensavam que eu era alguém da produção e não ficavam com especulações.
Chegando no local cada um foi para o seu quarto tomar banho. Eu entrei no quarto do Hope e me sentei na cama enquanto ele estava no banheiro. Ele saiu só de bermuda, enxugando os cabelos em uma toalha banca. Não pude controlar meu olhar, que desceu por todo seu corpo e acabei mordendo um pouco os lábios. Acordei do transe com ele rindo. Merda!

  - Vamos nos juntar com meninos para comer algo. - Ele disse me ajudando a levantar.

Chegamos no refeitório e os meninos já estavam lá. Menos o Jin, Que chegou na sala logo depois da gente.

  - O manager ficou curioso a respeito do seu discurso hoje. Já chegou nos ouvidos dele, meu amigo! - Jin disse passando por trás do Hope e dando um tapinha em suas costas.

  - O manager está aqui? - Hope disse voltando em direção a porta - Isso é ótimo. Eu preciso falar com ele.

E então ele saiu. Que diabos ele estava tão preocupado que não podia esperar? Fiquei com o restando dos meninos e então começamos a comer. Pouco mais de meia hora se passou e eu senti meu celular vibrar em meu bolso. Devia ser o Tae dizendo que já estava em casa. Peguei e desbloqueei a tela. Era um notificado dizendo que Hope havia me marcado em algo. Não sei porque motivo mas meu coração começou a bater forte. Abri a notificação e lá estava nossa foto. Ele havia postado com a seguinte legenda: " Agora posso falar o verdadeiro motivo. E o motivo é ela. Espero que vocês sejam respeitosos e entendam. Vocês também encontram alguém que faça o coração de vocês baterem mais rápido. Obrigado a todos. "
Eu tremia. Eu não acredito que ele fez isso. Eu não acredito que ele ME ASSUMIU! Acho que os meninos notaram minha cara de pânico.

  - Está tudo bem? - Jimin disse rindo um pouco. Eu joguei meu celular na mesa que estava a nossa frente e levantei o olhar sem picar.

  - Não sei. - Eu ria, ficava séria e voltava a rir de novo. Os meninos começaram a me olhar. Jin pediu licença e pegou meu celular.

  - Olha só! - Ele disse rindo, mostrando felicidade. - Hope está oficialmente namorando!

Ouvir aquelas palavras me deixaram mais confusa ainda. Eu queria tanto aquilo e realmente estava acontecendo. Eu não sabia como ia ser esse choque para os fãs deles então confesso que fiquei com um pouco de receio, mas a alegria também me preenchia o peito. O sentimento do Hope por mim era tão verdadeiro a ponto de me assumir assim, sem mais, nem menos.
Ele entrou na sala me olhando sorrindo de orelha a orelha. Eu levantei de imediato, fui em sua direção e o abracei. Pude ouvir os meninos aplaudirem e assobiarem. Eu estava tão feliz que meus membro estavam amortecidos.
Sem dizer nada Hope me pegou pelo braço e me levou para o seu quarto, como se quisesse nos dar mais privacidade.

  - O que... que..  - Eu tentava falar quando ele fechou a porta do quarto. Eu ainda não sabia se ria ou se ficava séria.

  - Fui conversar com o manager. - Ele disse se aproximando e passou um braço em minha cintura - Ele ficou meio assim quando eu disse sobre você mas acabou aceitando. - Ele sorriu e me deu um beijo.

Eu não sabia expressar minha felicidade através de palavras, então apenas passei os braços em seus pescoço e o beijei mais.

                  ~ S/N OFF ~

                 ~ HOPE ON ~

Agora que eu havia assumido a S/N eu não precisava mais ter medo de toca -la em público. Nem de beija -la. Agora ela seria só minha. A minha garota.
A levei para o meu quarto para conversar sobre nós, mas isso não foi possível. Eu não conseguia ficar perto dela sem beija -la. E parecia que ela também não estava conseguindo. Sentir seus braços quentes em volta de meu pescoço era tão bom. Parecia que ela tinha sido feita na medida para mim. Seu cheiro era tão doce. Sua pele tão  macia. Era inevitável não querer toca -la.
O beijo foi ficando mais intenso, então ela jogou a cabaça para trás. Pude entender exatamente o que ela queria. Obedeci, levado minha boca até seu pescoço. Ela segurou em meus cabelos, a respiração ofegante. Acabei deitando ela lentamente na cama e voltei a beija -la.
Suas mãos deslizavam por minhas costas e voltaram para minha nuca e cabelo. Voltei a beijar seu pescoço e ela soltou um pesado suspiro. Me apoiei sobre meu cotovelos, em cima de seu corpo e a olhei nos olhos. Como se pudesse ler o que em meus olhos o que eu perguntava, ela disse:

  - Eu quero isso, Hobi. - Sorriu para mim.

Aquele sorriso carregava tantas coisas boas. Meu peito se encheu de alegria e eu voltei a beija -la. Suas mãos também voltaram a passar pelo meu corpo. Prendi os dedos na parte de sua blusa e a tirei revelado seu sutiã. Beijei sua barriga e ela puxou de leve meus cabelos. Subi e a ajudei a tirar seu sutiã. Meu Deus, como ela é linda.
Continuei a beijando e retirei todas as peças que ela vestia. Nós dois já não usávamos mais nada. O corpo dela estava em chamas assim como o meu. Eu a olhei nos olhos de novo e então aconteceu. Procurei ser o mais cuidado possível. Ela arranhava um pouco minhas costas e alisava meus cabelos. Já eu não conseguia tirar a boca de seu pescoço.
Continuamos nesse ritmo até que uma onda de imenso prazer nos tomou. Eu caí ofegante sobre seu peito e me virei fazendo a cabeça dela pender sobre o meu. Acariciei seus cabelos e ela brincava com seus dedos em cima da minha barriga. Eu coloquei a mão em seu queixo e ergui seu rosto.

  - Obrigado pela melhor noite da minha vida.


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Conto com seu favorito e comentário.
Até o próximo capítulo :)

* Deus abençoe a pessoa que fez essa fan art! ( Não sei quem criou mas creio que os créditos já estão na foto :) )


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...