História Sem querer amei você. - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Personagens Originais, Suga
Tags Bangtan, Boys, Bts, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, K-pop, Rap Monster, Suga
Exibições 473
Palavras 1.107
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura :)

Capítulo 6 - EU GOSTO DELE.


Fanfic / Fanfiction Sem querer amei você. - Capítulo 6 - EU GOSTO DELE.

Quando peguei meu celular das mãos de Tae e vi que havia uma resposta de J Hope eu paralisei. Ele já havia me respondido mas isso ainda era um tipo de surpresa para mim. A sensação era única. Era boa. Eu desejei que aquilo pudesse se repetir incessantemente. Abri sua mensagem e li "Será ótimo poder te ver novamente." Foi simples mas aquilo bastou. Bastou para me abalar por completo. Eu olhei para Tae sem piscar. 
  - Você leu? - Perguntei atônica. 
  - Não. Deixei a surpresa para você primeiro. O que ele disse? - Ele parecia curioso e empolgado.
  - Ele disse que será ótimo me ver de novo - Eu dizia olhando para todos os cantos da cozinha procurando por um ponto fixo como se isso fosse me ajudar a esclarecer as coisas. 
  - Ele disse isso?! Sem jeito! Então ele está caído por você! - Olhei para ele e seu sorriso havia se alargado.
  - Caído por mim? - A única coisa que me mantinha com os pés no chão era o Taeyang dizendo que ele só estava sendo simpático. Mas agora que ele também estava acreditando que Hope estava a fim de mim (como eu no começo de tudo) eu já não tinha motivos para ficar sã. - Você só pode está brincando comigo não é mesmo? 
  - Por que? Se ele disse isso o que podemos pensar, então? 
  - Até ontem você dizia que ele só estava sendo simpático e agindo como age com todos. E agora você está falando que ele está a fim de mim... - Eu o encarava sem conseguir entender onde ele queria chegar.
  - Você viu o que ele te mandou? Que será ótimo ver você novamente! Se ele dissesse que seria ótimo que você fosse, ou comentasse sobre a tal foto, tudo bem, aí sim ele estaria sendo simpático. Mas não! Ele disse que será ótimo ver VOCÊ NOVAMENTE. 
  - Você realmente acha isso?
  - Eu sou homem também. Sei das coisas.
  - Já que sabe, então, o que eu devo responder? - Eu ainda estava na mesma posição.
  - Você tem que ser você mesma. O que quer responder? - Agora ele havia se sentado.
  - Não, eu nem sei o que pensar. Acha que vou saber o que quero? 
  - Pois deve. Isso é... Se quiser que o assunto continue.
  - E eu quero. É claro que quero.
  - Então faça que continue 
  - Jura? Esse é seu conselho? Você não está ajudando - Acabei me sentando também. Ficar parada não me ajudaria. Desbloqueei a tela do celular e cliquei para responde - lo. A questão é que eu não sabia o que responder. Pensei nas palavras de Tae: " Você tem que ser você mesma. Responda o que quer." Respirei fundo e desejei sorte a mim mesma. Senti os olhos de Tae sobre mim enquanto ele apoiava a cabaça em uma das mãos. Comecei a digitar e quando parei reli o que eu havia escrito "Será ótimo poder ver você novamente também. Já sinto falta de ver teu sorriso de perto." Refleti nas minhas próprias palavras e acabei concordando comigo mesma que eu realmente sentia, então acabei enviando.
  - O que escreveu? - Tae perguntou me encarando. Apenas dei o celular para ele - Hum... É uma boa. Porém ele vai sacar que você está caidinha por ele - Ele sorria agora 
  - O que? Eu não estou. E por que está falando isso? 
  - Sinto falta de ver teu sorriso de perto J Hope - Ele imitava minha voz e ria. Eu dei um tapa em seu braço - Eu estou falando sério, está na cara.
  - Eu só vou ignorar você tá? - Ele continuava rindo - Olha eu não me importo se ele achar isso até porque.. - Ele me interrompe.
  - Até porque é verdade? - Aquilo parecia mais uma afirmação do que uma pergunta.
  - Por que insiste em me encher com essa? - Minha voz saiu mais alta do eu esperava, e ele também. Seu riso se cessou e ele apenas me olhava - Eu não sei, tá! Eu não sei o porque de eu está pensando nele. Não sei o porque dele está conseguindo mexer comigo desse jeito. Apenas não sei. E você não está me ajudando sabia? Você só sabe ficar brincando com isso. Ele pode ser quem for, mas no momento ele é o cara que eu gosto e eu não quero estragar tudo e acabar parando de falar com ele... - minha voz acabou saindo mais baixa no final da frase quando eu percebi o que acabara de falar. Tae ergueu as sobrancelhas e eu respirava um tanto ofegante.
  - Tudo bem, me desculpa por não está ajudando. Mas você deveria me falar o que sente por ele e aí sim eu te ajudaria da forma certa - Suas palavras saíram mais doce do que eu esperava.
  - A questão é que eu não sei o que sinto. Eu acho que gosto dele porque não consigo tira - lo da cabeça.
  - Eu te entendo. O que temos a fazer agora é esperar para ver o que ele vai responder - Ele sorria tentando me passar tranquilidade.
  - Isso se ele responder né.
Depois de alguns minutos sentada olhando para o nada ouvindo Tae cantar loucamente 'boy in luv' acabei levantando para terminar de preparar nossa refeição. Voltamos para sala e ficamos comendo e conversando. Pouco tempo depois meu celular vibra e há uma mensagem nele. Meu coração disparou. Só podia ser ele. Tinha que ser ele. Eu não trocava mensagem com ninguém além de Tae, que estava do meu lado, e Amber nos dias de meet, festival e show.
Tae me olhou e logo um sorriso um tanto malicioso apareceu em seus lábios. Minhas mãos já suavam. Peguei o celular e desbloqueei a tela. Era ele. Meu corpo se encheu de algo tão bom que eu parecia estar no paraíso. Cliquei em sua mensagem e lá dizia " Você é uma garota especial, percebi isso haha.. E eu também estou com saudade do seu sorriso. Ele é lindo." 
Assim que acabei de ler gelei. Por que ele pensara que sou especial? E por que ele estava me respondendo ainda? Será que ele estava mesmo a fim de mim? 
Essas eram perguntas que me atormentavam, porém o que me atormentava mais ainda era o fato de não haver ninguém que pudesse me responder. Ninguém além dele.


Notas Finais


Desculpem por não ter postado esses últimos dois dias.
Espero que gostem.
Conto com seu like e comentário
Até o próximo capítulo :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...