História Sem querer amei você - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Júlio Cocielo
Tags Amizade, Cocielo, Colegial, Julio, Julio Cocielo, Sem Querer Te Amei
Exibições 110
Palavras 625
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Famí­lia, Festa, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HOT!!!!!

Boa leitura ❤️

Capítulo 9 - Nove


Alice

-E..u? - dei uma risada mai que na verdade era uma risada de nervosa por que estar tão perto.

- você. - falou afirmando

-Lo..gico qu..e não, e..u s...- ele não deixou eu terminar e colou nossos lábios, e me puxou para ficar de pé para facilitar o beijo, se eu dissesse que foi um beijo calmo como nos filmes eu estaria completamente mentindo, porque foi um beijo com pegada com desejo de ambas partes, porque eu também estaria mentindo seu eu falasse que eu não corespondir com o mesmo desejo que ele tava transmitindo.

Nossas línguas estavam numa sincronização maravilhosa, ele com uma das mãos na minha cintura e outra no meu cabelo o puxando, enquanto meus braços estão apenas na cintura dele, e eu nem preciso dizer que ele estar curvado e eu na ponta dos pés né?

O beijo terminou com uma mordida nos meus lábios, e ficamos com a testas coladas e nós encarando por uns 5 segundos mais que me fez cair na real

-Isso não devia ter acon..tecido - Falo um pouco de sem folego.

Ele não fala nada apenas me beijou da mesma maneira de ante, e de novo e eu simplesmente não consigo resistir e eu não consigo pensar em nada só sentir aquele momento, sinto quando ele segura nas minhas coxas me puxando para seu colo, e foi o que aconteceu, então enquanto nos beijavamos ele segurava minha coxa e enquanto eu puxava seu cabelo, ele começou a andar comigo como estava com olhos fechado deduzi que era provavelmente para o quarto e eu não exitei.

Quando menos espero ele me joga na cama separando nosso beijo, e tira sua roupa ficando só de cueca branca que da para ver muito bem  o seu volume e que volume..

Depois de ficar só de Cueca ele sobe na cama ficando por cima de mim, e começa beijar meu pescoço em quanto tira me cropped me deixando só de sutiã, ele encara o meus seios e morde os lábios e sorrindo maliciosamente, ele desabota meu short e se livra dele rapidamente, e éo o viro ficando por cima dele e sinto sua ereção desco minha mão ate sua cueca e a abaixo e logo seu pinto soltou para fora, quer por sinal e enormePerdi o pudor e me joguei na vontade, eu me deliciei em lhe dar prazer, ele segurava fortemente meu cabelo e soltava gemidos abafados que me deixavam ainda mais e mais excitada, ficamos assim por um bom tempo até ele lenvatar minha cabeça e me puxar para cima., enquanto beijava meu pescoço ele desabotoou meu sutiã e o jogou para qualquer lugar do quarto.

-Agora é a minha vez de brincar.

Nada falei, e ele subiu em cima de mim, e começou a me beijar meos seios e prontamente senti os seus dedos adentrarem a minha calcinha, (que a está altura já estava encharcada), ele sabia o que estava fazendo e eu estava entregue em seus dedos.

A cada dedilhada, era um novo gemido,

-aaaah!

assim eu não aguento, pensava comigo, ele me beijava, percorria sua boca pelo meu corpo e permanecia a me dedilhar, já estava a ponto de implorar que ele me penetrasse,mais não precisei implorar, ele tirou minha calcinha e assim o fez, senti seu membro me adentrar,com toda força,e mais uma vez foi impossível controlar o gemido

-aaaah!

dessa vez saiu bem mais alto, então parei de me preocupar e prontamente me entreguei, cada estocada, cada gemido, tudo se encaixava... Depois de um tempo gozamos juntos, sem nem ao menos nos programamos apenas gozamos e foi sensacional. Ele caiu no lado da cama.

- Você toma pílula né? - fala ele ofegante

- S..im - falou gagueijando não por estar mentindo e sim por estar ofegante e por lembrar da besteira que eu acabei de fazer...



Notas Finais


Ta aí espero que vocês gostem❤️

Comentemmmm <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...