História Os Mistérios de Shatza - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags John, Melissa, O Rei Leão, Originais, Sem Sentido, Semtido, Shatza, Simba
Exibições 16
Palavras 1.831
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ficção, Ficção Científica, Magia, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Eu demorei, muito, eu sei, mas é q eu estava sem usar muito o celular e agora q eu to usando mais, ADVINHA, to sem Internet. Q merda... eu só espero q eu consiga mandar esse capítulo

Capítulo 7 - Lembranças do passado.


Tudo começou quando eu era apenas um guri de cinco anos

P.O.V John

~~7 anos atrás

Oi!! Meu nome é John!!! Eu tenho 5 anos. Eu to esperando
Minha tia chegar porque meus pais vão viajar. Eles são que nem exploradores. Saem por aí fazendo pesquisas de coisas novas, e pedras preciosas, e até místicas além de outras coisas. Dessa vez eles vão viajar para visitar uma caverna onde eles dizem que o... radar deles... achou pistas de algo fora do comum, e eu estou muito ancioso pra ouvir a história que eles vão me contar quando voltarem. Eu não gosto quando eles vão fazer essas viagens porque eles passam muito tempo longe de mim e é muito chato, mas quando eles voltam eles sempre trazem algo pra mim. Eu tenho um baú com as lembrancinhas q eles me trazem. Um dia eu vou poder viajar com eles. Vai ser muito divertido!! Então minha mamãe entra no meu quarto.
- Oi, mamãe!!
- Oi, filho! Tá tudo bem?
- Sim, estou brincando com meus brinquedos... a tia ainda não chegou? Já era pra ela ter chegado, não é?
- Ela teve um imprevisto e parece q não vai poder vir.
- O que? E agora? Eu n posso ficar sozinho!! Eu sou muito pequeno pra isso...
Nesse momento meus pais se entreolharam e depois voltaram a olhar pra mim
- Bem...-disse papai- é por isso que eu e sua mãe estavamos pensando... que tal você ir conosco?
- EU? COM VCS?- dei um pulo de onde eu tava sentado.
- Sim, Jony!- disse mamãe
- EU POSSO?
- Claro, filhão!- disse papai
- Ebaaaaaaa!!

      eu ñ consigo acreditar! Eu finalmente vou viajar em uma aventura com meus pais!!!

P.O.V. Elisa

Eu nunca havia visto esse garoto animado desse jeito. Ele corria pela casa inteira brincando com seu boneco de super herói, não parava de saltitar e sorrir. Estava muito animado, com certeza.
- Puxa, é a primeira vez q eu o vejo assim.
- É mesmo- disse Peter, o olhando comigo da porta da cozinha.

      Depois de alguns segundos olhando a animação fofa de nosso filho, uma coisa me veio a mente.

- Vc acha q estamos sendo muito irresponsáveis o levando em uma viagem de exploração como esta?
- Não, Lisy, já estivemos nesse lugar várias vezes e já fomos em lugares mais perigosos, você sabe.
- Sim eu sei... Mas eu me sinto irresponsável levando uma criança de 5 anos para uma exploração em uma caverna!
- Na verdade, agora q você falou...
- TA VENDO? É LOUCURA!- disse eu entrando na cozinha
- Eu nunca disse q eu era normal, Lora. Além do mais, somos exploradores, começamos com essa paixão cedo, ele também pode optar por essa escolha!
- Mas ele só tem cinco anos!!
(N/A: eu sei q já deve ter sido dito umas 500 vezes que ele tem 5 anos, mas é isso aí)
- E daí?! Nada vai acontecer, Ely, você vai ver. E se acontecer eu vou estar lá pra proteger. Vocês dois.- disse me dando um beijo na testa e logo em seguida me abraçando.
- Eu sei disso Pitt, -retribui o abraço- mas...
- É normal de uma boa mãe ficar preocupada com o seu filho.
      Nos olhamos e eu estava com aquele sorriso bobo e inrretiravel na cara. Ele começou a sorrir tbm.

- EU VOU VIAJAR COM MEUS PAAAIS!! YEAH!- gritou o John do corredor, nos fazendo rir.
- Mas se você quiser então é melhor já ir tomar banho e se arrumar pra dormir. Você tem que estar disposto.
- TA CERTO, MÃE!!- disse ele subindo correndo as escadas pro banheiro.
- Cuidado pra não cair!!
- Nosso filho é com certeza muito animado.
- Ele sempre quis viajar com a gente, não é, Pitt?
- Ele sempre dizia isso.-  ri fraco
- Então estamos realizando o sonho de uma criança
- É, estamos- ele concordou.
      Então me separei do abraço e fui em direção ao quarto do John. Teria q arrumar as coisas dele, afinal ele era só uma criança de 5 anos (N/A: sim, de novo isso), e ele n sabia como arrumar suas malas. Provavelmente botaria apenas balas e brinquedos. E qual não foi a minha surpresa ao ver que ele de toalha fazendo exatamente isso?
- Agora esse daqui...- falava pegando seus bonecos.-...não, é melhor eu deixar esse pq ele pode se perder na caverna... Mas esse eu vou levar!! E as balas vermelhas, porque são minhas favoritas, porque eu gosto de vermelho, e verde, também tem q ter balas verdes, porque eu gosto de verde, e rosa, porque eu ñ gosto muito de rosa, mas são as melhores balas...
- Por que vc não leva de todas as cores?
- Boa ideia!- disse se virando para mim.- Ah, oi mãe.
- Oi, filho. Arrumando sua mala?
- É!
- Cheia de balas e brinquedos...
- Uhum
- E suas roupas, não vai levar, não?
- Ah, é, quase me esqueci! -disse indo até o guarda roupa e abrindo a porta. Pegou uma das pilhas de roupas e botou em cima da cama sem nem se preocupar com quais usaria e quais não usaria.- agora é botar tudo na mala.
- E você vai levar essas roupas todas sem nem saber quais que vai usar?
- É! E o meu casaco, porque eu adoro meu casaco, ele é macio e quentinho!! E pode fazer frio. Tá vendo como eu penso em tudo?-comecei a rir- eu tenho brinquedos, balas, roupas e meu casaco! Do que mais eu preciso?
- Ok, espertão! Vamos começar direito - disse tirando tudo que tinha dentro da mala dele. Só brinquedos e balas, claro. - Primeiro que nós vamos passar uma semana lá, são 7 dias!! Vc vai precisar de... - comecei a contar. - vamos ver, 7 dias, você já vai usando um pijama porque vamos no meio da madrugada pra chegar lá de manhã então... uns 3 ou quatro pijamas.
- Puxa...
- É. E destas roupas que você pegou tem... só tem pijama. E as roupas que vc vai usar durante o dia?
- Eu posso passar o dia de pijama!- ri um pouco
- Não pode, não, Jony
- Por que?
- Porque não!... Vejamos, já temos aqui 4 pijamas. Agora as roupas. Você com certeza vai passar o dia todo correndo de um lado para o outro. Então vão ser três bermudas -disse me levantando pra pegar as bermudas no guarda roupa. Depois de bastante tempo escolhendo as roupas junto ao Jonny finalmente terminamos a mala dele. A minha e a do Peter já estavam arrumadas, então isso facilitou bastante. Logo arrumei o Jony pra dormir e fui pra cama tbm. O dia seguinte estaria cheio de novidades. Embora eu e o Peter já tivéssemos ido a esse lugar várias vezes, era a primeira vez q íamos levar o John junto com a gente. Nosso filho virando aventureiro como nós. Eu mal podia esperar por isso.

      Eu não iria admitir tão fácil se me perguntassem, mas eu estava realmente muito anciosa pra isso.

      [...]

P.O.V Peter

Três da manhã. Três da manhã em ponto. Hora de levantar pra ir pro aeroporto, porque as 4:30  iríamos viajar. Eu tava morrendo de sono. Vou ter que reclamar com a agência de novo porque agendar o voo uma hora dessas é uma tortura. Aah, mas vamos logo com isso. Me levantei e fiz um café e peguei alguns biscoitos. O pior seria ter que acordar o John. Acordar uma criança numa hora dessas... meu Deus! Teríamos que ser rápidos.
- Lisy... - dei um beijo em sua testa fazendo ela abrir os olhos, mas ainda como quem queria dormir. - Lisi, temos q ir, são três da manhã já.
- Hm... já? - falou preguiçosa. Minha mulher é tão linda. Ta, Peter, concentra aqui.
- Já, amor. 03:10 pra ser exato. Temos que ir, e ainda falta acordar o John.
- Ah...- bocejou - é... Que cheiro é esse? É café?
- Haha, eu sabia que vc não iria resistir ao meu café. - ela olhou pra mim com aquela cara linda de "seu convencido" que eu tanto amava e me deu língua. Eu ri e falei pra ela andar logo, porque eu sabia que, por ela, poderíamos ser até demitidos, mas ninguém impediria Elisa Angel de dormir o quanto ela quisesse.
Voltei a cozinha e peguei alguns pratos. Felizmente não morávamos longe do aeroporto, mas tínhamos que acordar pelo menos meia hora mais cedo pra cuidar de tudo e não dormir de novo. Fiz um sanduíche pra mim e um pra Lora. Fiquei em dúvida quanto a fazer um pro John. Não sei se ele vai acordar. Pode ser que nós possamos levá-lo dormindo. Não me parece uma má ideia. Mas fiz um mesmo assim. Qualquer coisa eu e a Lisy dividiriamos o sanduíche ou guardariamos pra quando ele acordasse. Foi quando eu ouvi passos e vi o meu pequeno futuro aventureiro e minha mulher descendo as escadas, todos os dois com a maior cara de sono. Talvez John tenha puxado da Elisa o fato de que, apesar de estar muito animado pro que vai acontecer, seja la oque for, continua com sono. Não importa o que seja.
      Peguei os sanduíches e entreguei um pra cada um, que comeram lentamente, como se preferissem estar dormindo. E talvez preferissem.
- Papai...- disse John - estou com sono...
- Eu sei filho, todos nós estamos, mas temos que acordar agora pra pegar o avião.
- Avião?
- É, pra a gente fazer nossa viagem.
- Ah... pera - disse ele ficando um pouco mais acordado de repente - Avião não é aquele negócio enorme de metal que voa?
- Eita...- disse Elisa- é mesmo!
- Vcs tinham esquecido?- ri fraco- sério?
- Acontece, Peter... Mas não é que eu tivesse esquecido... Eu sabia, só que...
-...eu só não tinha entendido ainda direito...- disse John.
-... é, eu sabia mas...
-... Sei lá n prestei atenção.
      Eu acho tão legal quando eles terminam as frases um do outro... Eu não sei como eles conseguem, é como se tivessem o mesmo cérebro! Quando eu disse isso a Elisa disse
- Nah, é q o meu filhote me entende não é? Ela pegou ele no colo e o encheu de beijos
- Ah, também queru...- ela riu
- Vem cá então!!
      E assim ficamos por uns 3 minutos. Rindo. Eu sentado do lado da Lisy e o John em seu colo. Momentos assim a gente nunca deve esquecer. Momentos assim devem ficar marcados pra sempre em nossa memória. Devemos nos lembrar deles até nos dias mais nublados. Lembranças boas trazem consigo coisas boas. Quem sabe se não trazem a solução? Algo q você não vê, porque não consegue enxergar... Mas se você prestar atenção... vai ver que... era muito mais do que vc imaginava.


Notas Finais


Aí está, eu queria postar o "Flash Black" inteiro em apenas um capítulo, mas ia demorar muito, além do mais ia ficar muito grande. Foi isso, espero q tenham laikado. COMPARTILHEM A FIC WITH YOURS FRIENDS
TCHAASASAU
FLWWWWW
BJJJJJJJ
FUIIIII
até o próximo capítulo ; )


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...