História Sempre - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ansel Elgort, Ariana Grande, Ashley Benson, Ashley Tisdale, Bridgit Mendler, Demi Lovato, Emily Blunt, Hilary Duff, Jennifer Aniston, Justin Bieber, Katy Perry, Lindsay Lohan, One Direction, Reese Witherspoon, The Wanted, Zayn Malik
Personagens Ansel Elgort, Ashley Benson, Bridgit Mendler, Cameron Diaz, Emily Blunt, Harry Styles, Jaxon Bieber, Jay Mcguiness, Jazmyn Bieber, Jennifer Aniston, Justin Bieber, Liam Payne, Louis Tomlinson, Max George, Nathan Sykes, Niall Horan, Reese Witherspoon, Siva Kaneswaran, Tom Parker, Zayn Malik
Tags Ashley Benson, Justin Bieber, Liampayne, One Direction, The Wanted
Exibições 32
Palavras 2.222
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 18 - Justin


Enquanto andava pelos longo corredores da Powell's City of Blues, com meu notebook e uma bolsa cheia de comida e coisas que são Desnecessárias, olhava admirada aquele mundo de livros, mas eles me lembravam o Zayn, Eu queria gritar, chorar e contar a alguém Oque eu sinto, dizer que não estou suportando ficar sem ele. Sentei em uma mesa isolada e próxima a uma janela, aqui era como meu escritório particular, mas ao invés de paredes eram estantes de livros e me senti  protegida.
      Liguei meu notebook e entrei na Netflix, peguei um pacote de fini e escondi sobre o meu diário, Deus me livre se alguém me pegar comendo aqui. Coloquei de novo a segunda temporada de Supernatural, eu ja assisti a essa série com o Zayn umas dez vezes já, coloquei meus fones e me concentrei na série, por um momento quis entrar nela, viver uma vida diferente e talvez até tentar me casar com o Dean ou o Sam, até o Cas serviria. Olha fica até bonito Maggie Winchester.
     
       - Olha quem Está aqui - Levantei meus olhos da tela e revirei os olhos quando Justin sentou na cadeira na minha frente.

     - Olha se veio aqui me encher o saco pode ir embora - Resmunguei fechei meu notebook com mais forçaa que o Necessário.

     - Eii calma Maggie, só queria conversar - Justin falou, Olhei em seus olhos tentando encontrar algum vesti­gio de malicia, mas para meu espanto Justin me olhava sincero.

    - Desculpa, nãoo estou bem ultimamente- Murmurei.

      - Entendo- Ele me olhou compreensivo - Quer conversar ? - Perguntou preocupado, o modo como ele falou me lembrou o Zayn e senti meu coração se quebrando mais uma vez destruiu- Eii, calma- Justin se aproximou de mim e me abraçou,deixei que as lágrimas saíssem, estava cansada de segura-las, sei que ele vai me zuar por isso, mas eu não ligava para isso no momento só precisa de um abraço, e foi isso que ele fez. Justin ficou abraçado  comigo e Acariciou meus cabelos até eu me acalmar. Levantei minha cabeça e me envergonhei quando vi que molhei sua camisa.

    - Desculpa - Murmurei secando meu rosto. Justin fingiu uma cara de bravo e me olhou

     - Garota você Não Olha para onde chora não? - Ele brincou, ri me lembrando da primeira vez que nos encontramos, quando eu derrubei meu copo de chá da blusa dele.

    - Você ficou muito irritado naquela dia - Ele concordou com a cabeça e riu.

    - Mas eu devia te agradecer, uma aluna  ajudou a me secar, e foi da melhor maneira possivel - Ele me olhou com um sorriso malicioso.

     - Seu nojento - Fiz careta e bati em seu braço e rimos em seguida.

     - Acho que sei do que você precisa - Justin disse pensativo. O Olhei sem ânimo

    - Eu não vou sair com Você - Disse como desculpa e Ele revirou os olhos.

     - Pode esquecer que nós nos odiamos só por umas horas ? - Perguntou sorrindo

     - Posso voltar a te odiar depois ? - Brinquei, ele acentiu rindo e me ajudou a guardar minhas coisas. Andamos até uma parte que eu não sabia da existência apesar de nao ser muito longe, ali tinhas varias barraquinhas de comidas e artesanato onde eles vendiam coisas de varias partes do mundo era como andar pelo mundo em apenas algumas horas.

      - Eu amo vir aqui com a minha mãe  - Justin sorriu olhando todas aquelas barracas a nossa frente. Sorri com a sua demonstração de afeto

     - É lindo - Falei admirada. Tudo era tão iluminado e alegre, que eu me esqueci na hora que estava mal. Justin pegou em Minha mao e me puxou para andarmos, as pessoas nos cumprimentavam sorrindo, aquilo era Tão fantástico, eu me senti Tão Confortável ali, peguei meu celular e tirei varias fotos algumas até com o Justin, nunca vi esse lado dele, um lado brincalhão e carinhoso, ele me contou sobre sua familia, ele tinha dois irmãos que eram de seu pai com outra, ele disse que sua mãe estava conhecendo um cara e eu ri muito da cara de ciúmes que fez quando falou disso. Contei algumas coisas da minha vida também contei a ele sobre minha mãe, de como Bea me acolheu em sua casa e da minha relação com ela,  e contei sobre Zayn.

      - Sente falta dele não é ?

     - O tempo todo - Respondi . Me questionei porque ele pegou um suco de laranja que é o meu preferido e eu suco de morango que é o preferido dele, e agora ficamos tomando o suco do outro, ri com isso e ele me olhou - Oque foi ?

     - Porque nós simplesmente não pegamos o suco que Gostávamos para Nao ficar bebendo o do outro ? - Perguntei e rimos

     - Isso é  intimidade demais - Ele desaprovou

      - Sim - Concordei - Não esqueça que amanhã eu vou voltar a te odiar, e posso usar tudo oque me disse Contra você- Falei brincando.

     - Digo o mesmo - Ele me olhou desafiador e depois começamos a rir, fazia tanto tempo que eu não ria, que me senria até mais leve. Terminamos de comer nossos tacos e voltamos a andar entre as barraquinhas, entre todas ela Oque me chamou a atenção foi uma que estava escrito Brasil, puxei ele até la curiosa. Ja ouvi muita gente falar do Brasil, mas eles só falam em mulheres e samba ! Eu quero saber da comida.

      - Isso é pamonha - A mulher disse nos entregando uma.

     - É Oque ? - Justin fez cara de nojo e a moça riu. Ela começou a explicar como era feito e algumas coisas Assim, peguei o garfo e comi um pedaço.

     -Ahh é muito bom - Falei de boca cheia - Coma - Peguei um pedaço e coloquei na boca dele, que ficou com nojo mais acabou comendo, menino fresco!. Depois experimentamos o bolo de milho doce e o salgado, comemos a tapioca, o Pão de queijo, a cocada, tomamos caipirinha e experimentamos um pouco da feijoada. Quando saímos de de lá estava passado mal de tanto comer.

     - Eu comi demais Mag - Justin Reclamou deitando na grama da praça. Deitei ao seu lado.

    - Eu também - Reclamei - Quando vamos voltar la de novo ?

     -  Pensei que a partir de amanhã a gente iria voltar a se odiar - Ele me olhou sorrindo.

     - A gente pode se gostar as vezes pra vir aqui - Disse e ele riu.

      - Ok - Ele concordou rindo

     - Ok - Disse olhando as estrelas.

    - Talvez o Ok seja o nosso sempre - Ele disse

    - Justin vai se foder - Disse e começamos a rir, da onde ele tira essas coisas?! Fiquei olhando o céu pensativo, isso me lembrou o Liam, aquele momento no banheiro em como eu me senti nervosa por ficar perto dele, sempre tinha um sentimento por ele, mas não queria que ele voltasse a tona agora, eu amava o Zayn e isso me deixava envergonhada, não podia deixar esse sentimento crescer, mas isso se tornava cada vez mais difícil. Me fiquei no meu passei com o Justin e tentei esquecer tudo aquilo, depois de um mês sem sair de casa, foi tão bom sair e me divertir, não imagina fazer isso com ele mais cada momento está sendo tão divertido que acho que vai ser impossível voltar a odia-lo algum dia

   
(…)

      - Vamos tomar milk shake ? - Justin parou em frente a uma sorveteria.

      - Acabamos de comer Justin - Sai do carro com ele

    - A comida ja abaixou, cabe mais - Ele riu animado indo para dentro da sorveteria - A gente só vai se arrepender disso amanhã mais vale apena - Ele riu, Balancei a cabeça e Sorri. Pedi um Milk shake de Paçoca e o Justin de Oreo, e novamente ficamos bebendo o do outro. Olhei no relógio e ja era uma da manhã, adoro essa parte de Portland, a cidade parece que nunca dorme, ainda mais em um Sábado.
        Depois de dar mais uma volta na cidade, Justin me levou para a casa, entrei com todo o cuidado possível para não fazer barulho, tomei um banho rápido e me enrolei na toalha saindo do banheiro, procurei meu celular, ja estava quase infartando  pensando que tinha o pedido quando o achei caido no chão onde joguei minha bolsa, Respirei aliviada e dei uma olhada rápida, tinha uma mensagem do Justin perguntando se eu nao tinha morrido, ri alto com isso, me esquecendo que era duas da manhã e nao estava sozinha em casa. Fui até meu closet e vesti minha lingerie e coloquei apenas uma regata branca por conta do calor. Peguei meu celular novamente e vi que tinha mensagem do Liam.

      Liam  Enviado a 19:40

       Você está aonde ?
                 

    Liam   Enviado às 20:30

       Caralho Mag ! Onde você Está ?

      Liam. Enviado às 21:00
    
     Maggie Não faz isso comigo! Responda logo ! Eu estou preocupado porra

      Liam .  Enviado  às 21:30

       Maggie porra, sérioo onde você Está ? Por favor me liga quando puder.

         Me senti mal por não ter avisado onde estava, fui para o quarto dele e o vi deitado na cama lendo, entrei bem devagar e pulei em cima dele.

      - Caralho Maggie - Ele gritou de susto, comecei a rir mas parei quando ele me encarou bravo - Onde você estava ?? Tem noção do quanto eu fiquei preocupado ? Pensei que tivesse perdido você também - Ele puxou o cabelo frustado e me senti pessima.

     - Estava com o Justin - Falei e ele me olhou surpreso - a Gente se encontrou na biblioteca e ele me levou pra comer em uma feira - Sorri fraco - Não pensei tanto nele e me diverti muito - Liam sorriu agora mais calmo e me puxou para um abraço

    - Fico feliz que tenha se divertido - Ele sussurou - Pensei que não gostasse dele

     - E não gosto - Disse e ele riu - Ah Liam - Gemi quando senti enjôo, corri para o banheiro e botei pra fora tudo oque tinha comido, droga ! Liam ficou segurando meu cabelo e me entregou uma toalha quando terminei

    - Esta melhor ? - Perguntou me ajudando a levantar, segurei em seus braços pra me apoiar e Neguei com a cabeça

    - Minha cabeça esta doendo - Resmunguei e ele me pegou no colo me levando de volta ao quarto, queria sair de perto dele e ir ao meu quarto, mas estava tão bem em seus braços que me aconchei nele e logo cai no sono.

  
(…)

    Acordei no outro dia com o meu celular tocando sem parar tentei ignorar e voltar a dormir, mais ele continou tocando e tocando, me estressei e peguei e atendi sem ver quem era.

     - Oque foi merda ?! - Disse irritada cobrindo meu rosto com a coberta e me afastando um pouco do Liam.

     - Parece que alguém não está de bom humor hoje - Justin riu, Resmunguei - To aqui na frente da sua casa, vem abrir logo essa porta - Ele desligou, sai da cama o xingando mentalmente por ter me acordado. Desci as escadas bufando de raiva, puta merda eu vou matar esse moleque.

     - Que merda Justin, não podia vir mais tarde não porra - Disse irritada quando abri a porta,
 
    - Já é mais tarde cabeçuda - Justin riu e o fuzilei com os olhos - A propósito você tá muita gostosa assim - Ele me olhou, Olhei pra minha roupa apenas uma regata e uma calcinha estilo Box, bati na cabeça dele - Aiii - ele passou a mão fingindo que estava doendo revirei os olhos e ri baixo, meu corpo começou a relaxar aceitando o fato de ter acordado - Toma seu Notebook - Disse me entregando o aparelho - Vê se não esquece outra coisa no meu carro por que eu odeio você e da próxima vou jogar fora - Ele piscou e desceu as escadas Balancei a cabeça sorrindo.

      - Obrigada Seu Gay - Gritei e ele me mostrou o dedo do meio entrando no carro  e fechei a porta quado ele foi embora.

      - Belo jeito de recepcionar as visitas - Liam riu parado na escada me olhando.

      - Bom Dia - Bea desceu as escadas - Quem estava aí ?

     - O Justin - Resmunguei, ele vai me pagar por ter me acordado, senti uma tontura e me apoiei no sofá pra não cair, Liam correu até mim e me segurou

      - Você tem que comer - Ele disse autoritário - Ela vomitou ontem, deve ser por isso - Falou para a Bea que me examinava preocupada, ela acentiu e me levou para a cozinha, fez vitamina e torradas pra mim comer, Depois Bea me levou ao médico e Liam nos acompanhou, estava achando estranho ele ter se aproximando da gente, desde que cheguei o máximo que conversamos foi uma cinco vezes e agora ele está cuidando de mim, não acho ruim, pelo contrário gosto de ter ele por perto e fico feliz que ele voltou a falar com os meninos, só não gosto da ideia de que precisou algo trágico pra isso acontecer.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...