História Sempre - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Personagens Ash Ketchum, Bonnie, Brock, Clemont, Misty, Paul, Serena
Tags Amourshipping, Ash, Ashxserena, Pokémon, Satosere, Xyz
Visualizações 34
Palavras 2.050
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Mistério, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu sei que tá demorando pra sair capítulo, vou tentar me esforçar mais agora ;-;

(Estou reenviando o capítulo, tinha dado ums negócios errado na primeira vez que eu enviei)

Capítulo 3 - Uma lenda, literalmente


   - Como assim? - Ash respondeu interessado, qualquer tipo de explicação sobre o que acontece com ele e Greninja ajudaria

         Essa transformação que Greninja atinge já acontece a um bom tempo,a primeira vez sendo quando aquele Frogadier finalmente evoluiu, na batalha contra o segundo ginásio de Kalos. A evolução que aconteceu muito antes do esperado, mesmo com todos os treinamentos tanto quanto exagerados de Ash, Frogadier evoluir tão cedo já indicava que tinha algo de estranho acontecendo, e como era estranho.

          Serena diz que quando isso acontece, é como se eles entrassem em "sincronia", que eles tem uma conexão ou algo do tipo, já que durante a batalha quando a transformação acontece, eles fazem os mesmos movimentos ao mesmo tempo,e Ash fica completamente concentrado na batalha, sem dar o mínimo de atenção a o que acontece fora dela,e nem ao menos responde se alguém falar com ele - o que normalmente não acontece em outras batalhas.

           Ash, é claro, sempre se interessou por isso e já faz quase de tudo para tentar controlar essa transformação. A esse ponto faria qualquer coisa para conseguir um pokémon forte.

          - Não dá para explicar muito bem aqui, mas se quiser posso levá-los para a  cede da Lysandre Labs, lá tem algumas coisas que eu tenho certeza que você vai querer ver, e não é muito longe daqui. - Ele respondeu

          - E como eu vou saber se quando a gente chegar lá você não vai estuprar a gente ou alguma coisa assim? - Ash claramente não iria confiar em uma pessoa aleatória.

          - Ash! Ele é o LYSANDRE, da LYSANDRE Labs, não sei se você está entendendo isso. - Clemont se intrometeu na conversa,e Ash podia jurar que não tinha visto ele chegar, que ele tinha simplesmente aparecido ali.

           Clemont, que estava estranhamente animado para falar com Lysandre, dizendo que era fã dele. Algo que nem Ash, Serena e Bonnie entendiam, já que nunca ouviram falar de Lysandre.

           - Espera, eu acabei de perceber. Lysandre... Labs? Você realmente não teve nenhuma ideia melhor? - Ash perguntou

          - Quero que as pessoas se lembrem de mim com tudo que nós vamos conquistar. Agora responde, você vai vir comigo ou não?

         - Tudo bem... então. - Mesmo com receio de seguir um cara estranho para um lugar desconhecido, Ash manteve o pensamento de que faria qualquer coisa para conseguir um pokémon mais forte. Qualquer coisa.

         Então grupo pegou todas as suas coisas e mochilas e começaram a andar. Não demoraram muito para chegarem na cede da empresa, realmente não longe

         Era um lugar um tanto quanto futurístico. Ainda no meio da floresta, em um lugar com muitos pokémo de todos os tipos, e um lago que tinha um Gyarados vermelho nadando nele. Várias pessoas, aparentemente cientistas, estavam cuidando e alimentando esses pokemon, que pareciam muito felizes por estarem ali.

          Tinha um prédio muito grande que poderia ser visto de longe ao se aproximarem daquele lugar, com várias janelas, daquelas que não é possível enxergar o que acontece de fora.

          - O que todos eles estão fazendo aqui? - Ash perguntou a Lysandre.

          - Os pokemon? Damos abrigo a eles, - ele apontou para um lugar coberto que tinha atrás do prédio - cuidamos dos doentes e dos machucados, e sempre tem um pokémon que está perdido do seu treinador. Tentamos ajudar de qualquer maneira. - Lysandre respondeu, quando Ash tirou todos os seus pokemon, Greninja,Hawlucha,Fletchinder e Sliggoo de suas pokebolas para deixar eles se divertem com os outros pokémon. O resto do grupo faz a mesma coisa.

           - Vamos, entrem. - Lysandre disse 

          Bonnie ficou fascinada por todos aqueles pokemon em um lugar só, de jeito nenhum que sairia daquele lugar pra entrar naquele prédio, então não foi com eles. Clemont também não foi, teve que ficar cuidando de sua irmã.

           Lysandre então levou Ash, Serena e agora Greninja que seguiu eles, até uma sala grande e branca, com várias mesas com pequenos dispositivos em cima delas, e um lugar na sala tinha um grande espaço vazio. Lysandre pegou um controle do seu bolso, apontou para um desses dispositivos que estava eh cima de uma mesa e apertou um botão. Uma luz azul saiu desse dispositivo e criou um holograma, muito semelhante a uma tela de um computador

           - Pensava que não existiam - Ash disse apontando para o holograma

         - Bem, Kalos é a região com a tecnologia mais avançada. - Ele respondeu enquanto mexia naquele holograma com suas mãos

         - Mas o que queria me mostrar Lysandre? 

         - Antes de tudo, você pode me explicar cada detalhe sobre como acontece essa transformação do Greninja?

         - Eu não sei como explicar direito. Como eu disse, acontece durante as batalhas, e de algum jeito eu consigo enxergar a mesma coisa que o Greninja. Eu sei que é estranho, mas eu consigo. Então isso ajuda, faz eu ficar mais concentrado.

         - É por isso que você faz os mesmos movimentos que o Greninja durante as batalhas? - Serena perguntou

         - Eu faço isso? - Ash realmente nunca reparou nisso, então ficou muito surpreso com o que Serena disse

         - Ash, você disse que o Greninja se transforma, pode me falar o que muda nele? - Lysandre perguntou

         - Na verdade, a aparência dele não muda. O que muda é que surge uma "aura" de água ou alguma coisa do tipo em volta dele. E ele fica muito mais forte, mais veloz. - Ele respondeu

        - Uma aura, de água? Interessante... O Greninja também consegue fazer alguma coisa envolvendo energia escura ou algo do tipo?

        - Não. Por que ele conseguia? Haha

        - Porque ele também é do tipo sombrio. Se ele consegue criar essa aura de água, deve conseguir fazer alguma coisa envolvendo o outro tipo dele. Faz sentido? - Lysandre continuava mexendo naquele holograma, era como se estivesse digitando alguma coisa.

        - Acho que sim... - Ash disse desanimado, ele estava começando a achar que já tinha controlado todos os poderes de Greninja. 

         - Ash... - Lysandre finalmente parou de mexer naquele holograma -  Eu sei o que acontece com você e seu Greninja. É fascinante. Uma lenda.

         - Eu sei que eu sou uma lenda, você não precisa me dizer isso - Ash respondeu, e Serena reagiu dando uma risada

         - Você não entendeu, eu estou dizendo uma lenda, literalmente. Uma lenda muito antiga, muito famosa para os nossos ancestrais, não tão conhecida hoje, por ser tão inexplicável e porque para a maioria das pessoas não faz sentido nenhum. Hoje eu posso dizer que achei uma explicação para isso. Então, se quiser que eu explique-a para vocês, quero que tenham uma mente aberta

        - Sem problema - Ash e Serena responderam, quase que em sincronia

        - A lenda diz que Arceus, o criador de nosso universo, sempre tentou manter contato com nós, humanos. Para isso ele criou algumas energias, forças com o formato de esferas  para fazer com que os humanos mantenham a paz com os pokemon. - Ao Lysandre dizer isso, ele pegou um pergaminho do seu bolso e o entregou a Ash.

        A imagem do pergaminho mostrava Arceus, rodeado por diversas esferas de energia, cada uma com uma cor diferente, ilustrava sobre o que Lysandre estava falando.

         - E, de acordo com a lenda - ele continuou -, essas energias atraem um pokémon específico, e despertam nele um laço inquebrável com um humano, seu treinador. E de tempos em tempos essas esferas atraem um pokemon qualificado para ter um laço tão forte com seu treinador. Infelizmente não sabemos quais as qualificações, mas posso te dizer que seu Greninja passa em todas elas.

         Lysandre pegou um outro pergaminho de seu bolso e o entregou a Ash, esse tinha uma imagem mais curiosa ainda : Um Greninja, mas estava muito diferente, tinha uma grande shuriken em suas costas,e em cima dele uma daquelas esferas que rodeavam Arceus, uma com a cor azul, como o oceano.

        O Greninja do Ash quando viu essa imagem, deu um "grito" e ficou apontando para aquela esfera, como quem dizia saber o que era aquilo.

        - E pelo que é possível observar, é bem provável que seu Greninja tenha encontrado uma dessas esferas,e que tenha encontrado seu treinador para formar seu laço - Lysandre continuava -. Sabe, Ash, na maioria das vezes quando um pokémon encontra uma esfera, ele não consegue encontrar o seu treinador. O que aconteceu com seu Greninja é como um milagre.

         Ash tentava processar tudo aquilo na sua cabeça. Não fazia sentido nenhum, era muito irrealista, mas de alguma forma todas as peças se encaixavam, e ele realmente acreditava que Lysandre estava certo.

          - Ash, não desperdisse o poder que está dentro de seu Greninja. - Lysandre disse - Quando um pokémon faz contato com uma esfera, seus poderes são muito melhorados, passam dos limites para um pokemon normal da espécie. Mas eu tenho certeza que você não vai nos decepcionar.

          - E por que tem certeza disso? - Ash perguntou

         - Porque Greninja te escolheu. Você tem muita sorte, contra todas as probabilidades você tem todas as qualificações para ter um laço perfeito com seu pokémon. - Ele respondeu - Agora... Já se perguntou como eu descobri a sua localização e de seu Greninja? Como os encontrei?...Por favor me sigam.

Lysandre levou os dois até uma outra sala, no final de um corredor, com uma porta reforçada.Parecia um lugar bem protegido.

 Ash começou a falar alguma coisa, quando foi surpreendido por alguns guardas da empresa que entraram naquela sala, seguidos por pokémon do tipo fogo : Arcanines, Typhlosions e Houdoom 

        - O que é isso?! - Ash gritou enquanto Serena e Greninja entravam na sua frente para o proteger 

        - Não se preocupem, eles só estão aqui para nos proteger. - Lysandre respondeu

        - Do que? - Serena perguntou, com uma expressão de coragem no seu rosto, algo que surpreendeu até mesmo Ash

       - Disso - Lysandre respondeu, apontando para o fundo daquela sala

Um frio congelante dominou aquele lugar. Ash instintivamente abraçou Serena, para a proteger do frio,o que acabou não adiantando tanto, já que os pokemon do tipo fogo conseguiram diminuir um pouco o frio. Ainda não foi suficiente, o frio ainda era muito maior

O frio vinha do final da sala, onde era possível se ver uma esfera , com uma cor azul muito claro,flutuando, idêntica a uma daquelas esferas que rodeavam Arceus naquele pergaminho.

Então eles saíram daquela sala,a porta foi fechada enquanto Ash e Serena saiam do abraço, desconfortáveis.

        - Lysandre. Você está me dizendo que essa é uma daquelas esferas? - Serena perguntou

        - Sim. E de acordo com minha teoria, essa corresponde ao tipo gelo. Mas ainda assim atraem todos os pokemon que tem esse "fenômeno do laço", mesmo que obviamente Greninja não pode obter os poderes dessa esfera, já que ele não é do tipo gelo.

       - Então você está me dizendo que existem mais 17 dessas esferas? Para cada um dos outros tipos? - Serena respondeu

       - Sim, também estou dizendo que se uma dessas esferas cair em mãos erradas, as consequências serão enormes. O poder que existe dentro delas é infinito, não gosto nem de imaginar o que algumas pessoas podem fazer com uma dessas nas mãos.

       - Também não gosto de pensar nisso - A cabeça de Ash começava a doer, era como se estivesse sofrendo um daqueles seus ataques de novo. Sua primeira reação foi agarrar o braço de Serena (que corou quando ele fez isso), fazer contato com ela tinha o ajudado da última vez por algum motivo, e o ajudou de novo agora,a dor já estava diminuindo. Pikachu também estava tentando o ajudar, estava em cima de sua cabeça dando um tapinhas nele, para ver se ajudava, mesmo que não tenha conseguido. - Desculpa... - Ele continuou quando percebeu que provavelmente estava machucando Serena

        - Se for pra te ajudar, vale a pena. - Ela disse, e Ash respondeu com um sorriso

        - Lysandre - Ash dizia entre suas respirações fortes, tentando se acalmar - ,O que você quer que eu faça?

       - Não despedisse esse poder que Arceus te deu. Você é o primeiro nos últimos séculos que foi escolhido para ter um laço tão poderoso com seu pokémon. E toda vez que Arceus escolhe alguém é por um motivo, faça ele valer.


Notas Finais


Espero que tenham gostado!

Perguntas - (não se sintam obrigados a responder)

1- Gostaram do capítulo? :V (sejam sinceros)

2- De novo, não é bem uma pergunta, mas quero saber todas as suas teorias kkkkk

3- Como Lysandre conseguiu a esfera do tipo gelo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...