História Sempre Amei Você... (Suga-BTS) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, JR, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Bts, Got7, Markjin, Namjin, Romance, Vkook, Yugbam
Exibições 183
Palavras 1.160
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, oi, oi amores!
Resolvi postar mais um capítulo da história pra vocês, já que hoje é aniversário do ChimChim, meu bebê.
Sou ARMY, e pra mim é um orgulho ver o Jiminnie crescendo cada dia mais.
#HappyJiminDay
E hoje eu também estou fazendo 18 anos kkk (Parabéns pra mim! Ehh!)
Sem mais enrolações, boa leitura!

(Leiam as notas finais)

Capítulo 2 - Chapter Two


- Soo Min On -

(- Soo...? - Não acreditei no que ouvi, era ele, reconheceria sua voz em qualquer lugar.

 - Yoongi?!)

 - Soo? Soo Min, está aí? - Eu não tinha reação, estava um tanto surpresa, pois fazia 4 meses que eu não falava com ele - Eu sei que está aí, posso ouvir sua respiração.

 - Achei que tinha esquecido de mim senhor Min Yoongi - respondi rindo - Como você esta aí?

 - Desculpe não ligar antes pequena - suspirou - As coisas estão um pouco complicadas por aqui. Mas eu estou bem sim, e você como está? Pelo jeito não foi a faculdade hoje, já que atendeu a ligação.

 - Apenas me atrasei, como sempre, então vim para aquela padaria perto de casa, aquela que tem "O melhor bolo de chocolate do mundo" - ele gargalhou - e depois vou para a empresa porque vai ter uma reunião de última hora.

Ouvi alguma coisa quebrar ao fundo e um "Desculpa hyung, não fiz por mal" com uma voz chorosa, Yoongi suspirou e respondeu: "Tudo bem, Jimin, apenas saia da cozinha antes que quebre mais alguma coisa". Não aguentei e ri, imaginando a cena de um Yoongi irritado e um garoto ruivo pedindo desculpas ao mesmo. Min Yoongi podia ser bem assustador quando estava irritado, admito que até eu as vezes tinha medo.

 - Desculpa pequena. Jimin acordou de ressaca hoje, ele e Hobi saíram ontem sem hora pra voltar, ou seja, chegaram em casa um mais bêbado do que o outro. Bom... preciso desligar antes que Hoseok acorde ou Jimin quebre a casa inteira - ele riu - Hum... posso te ligar mais tarde, depois que você voltar da empresa? - perguntou.

 - Claro que pode, mas não vai ser muito tarde pra você?

 - Vai ser tarde sim, mas agora que a faculdade acabou e eu tenho algumas coisas pendentes a resolver, então não tenho um horário certo para dormir.

 - Tudo bem, pode ligar sim - falei e olhei o relógio que ficava na parede da padaria, já eram 08h e eu precisava ir pra casa alimentar Chen, a minha bolinha de pelos esfomeada. - Tchau Yoongi.

 - Tchau Soo. - ele desigou.

Levantei da mesa guardando meu livro na bolsa, indo ao caixa pagar. Sorri ao ver Sun limpar o balcão já limpo e cantarolar uma música qualquer. Assim que me viu veio ao caixa sorrindo e eu lhe entreguei algumas notas de dinheiro, peguei o troco e acenei um tchau antes de ajeitar meu casaco no corpo e sair do estabelecimento. Estava começando a esfriar em Seul, o inverno estava chegando. Apenas apertei o passo indo em direção de casa.

***

 - Boa tarde senhorita - cumprimentou-me Amanda, assim que entrei na recepção da empresa.

 - Boa tarde Amanda - respondi sorrindo.

Amanda era brasileira e tinha um filho de 3 aninhos, não éramos amigas, mas éramos próximas, ela havia me contado que se mudou para Seul há 6 anos, depois que se casou com u coreano, ela é morena um pouco baixa, mas tinha uma beleza única que as brasileiras tem.

Segui para o elevador, apertando o botão do 6º andar, ouvi um "ESPERE!" e um par de mãos no vão da porta, fazendo com que a mesma se abrisse e um rapaz que aparentava ter uns 24 anos entrar ajeitando seu paletó e apertar o botão do 15º andar, o andar onde ficava a sala da presidência. Apenas arqueei as sombra celhas um tanto desconfiada e surpresa, mas não o olhei e nem perguntei nada.

 - Sou Jin, Kim Seokjin pra ser exato - o olhei e vi o mesmo sorrir e me estender a mão.

 - Soo Min, muito prazer - estendi a mão para cumprimentá-lo, seu aperto era forte. Devo admitir que ele é realmente bonito e atraente, seus cabelos loiros caiam sobre seus olhos e ele sorriu quando o respondi, ele tinha um sorriso lindo. Deveria ser um próximo modelo que trabalharia na empresa.

O elevador parou no 6º andar, saí do mesmo acenando um breve tchau para Jin que sorriu, aquele sorriso encantador. Segui meu caminho pelo corredor ate chegar em minha mesa, liguei o computador retirando várias fotos da gaveta, tinha que passá-las para o computador e ajeitar suas "imperfeições", como se as pessoas na foto precisassem disso, apenas suspirei me ajeitando na cadeira, pois tinha muito trabalho a fazer.

***

Era exatamente 15h e estavam todos os funcionários da empresa, inclusive a equipe de limpeza e os seguranças no grande auditório, Sr. Kim entrou seguido por Jin que mantinha uma expressão envergonhada no rosto e acenou discretamente quando me viu, acenei de volta.

 - Boa tarde senhoras e senhores, este é Kim Seokjin meu filho. Ele irá trabalhar conosco a partir de agora. Peço a compreensão de todos se ele vier a cometer um erro e peço que o respeitem, pois, por mais que irão tratá-lo como colega de trabalho, ele ainda é meu filho - Sr. Kim era bem rígido na empresa, não era a toa que sua empresa nunca havia tido problemas financeiros e era uma referência de mercado no país.

 

~ Alguns minutos mais tarde ~

 

 - Filho do Sr. Kim? Pensei que fosse algum novo modelo da agência - eu disse e Jin riu, corando.

Estávamos em horário de café e eu havia decidido puxar conversa com Jin.

 - Posso dizer que sim, infelizmente - responde a contra gosto fazendo uma careta em seguida - Ele não é o melhor pai do mundo - suspira olhando a tela do celular e o vejo abrir um sorriso sincero.

 - Namorada? - perguntei esboçando um meio sorriso.

 - Meu... hum... - ele estava envergonhado, suas bochechas coradas - Meu namorado - murmurou de cabeça baixa.

 - E namoram a quanto tempo? - estava sendo um pouco invasiva, mas eu realmente estava curiosa (convivência com Yoongi). Ele arregalou os olhos em minha direção, parecia surpreso.

 - V-você não sente nojo? Vergonha por eu dizer que tenho um namorado? - questionou surpreso.

 - Não, porque teria?

 - Como já disse, o Sr. Kim não é o melhor pai do mundo, ele nunca aceitaria o fato de eu ser gay - o olhei surpresa.

 - Não Jin, não tenho - respondi convicta - o fato de você ser homossexual não muda nada pra mim, o que importa é o sentimento de vocês - vi seus olhos marejarem - O amor é o que importa, se vocês se amam, nada e nem ninguém pode interferir nisso.

Jin me encarava perplexo, sua boca abria e fechava mas ele não dizia nada, ri timidamente de sua situação.

 - Preciso ir - disse olhando o relógio - não posso me atrasar hoje. Sr. Kim está circulando pela empresa e eu não quero que chamem minha atenção. Até mais.

Passei pelo mesmo o abraçando e depositando um beijo em sua bochecha e ele sorriu. Precisava correr, estava extremamente atrasada.


Notas Finais


Genteeee, só pra informar que a música que me inspirou a escrever essa história foi Hold Me Tight do BTS.
Que é a minha música preferida deles.
Acho que vou postar 2 capítulos por semana, o que acham?
Kissus da Omma.
Anyeong!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...