História Sempre ao seu lado... - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts Army Viagem Kawaii
Visualizações 33
Palavras 558
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Famí­lia, Ficção Científica, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii gente essa é minha primeira fanfic aqui no Spirit, e estou me esforçando... Esse capítulo é mais uma introdução mesmo, provavelmente amanhã farei um mais longo, enfim espero que gostem!!!

Capítulo 1 - Liberdade


Fanfic / Fanfiction Sempre ao seu lado... - Capítulo 1 - Liberdade

 Cece POVs

Quando eu era criança amava ler, apesar de minha família ser muito umilde, meus pais sempre batalharam, para que eu tivesse tudo.  Nunca me faltou nada, e quando o assunto era educação, o céu era o limite. Enfim consegui deixá-los orgulhosos, passei na prova do vestibular, e fui escalada pra estudar medicina, em uma das melhores faculdades da Coréia. Sim, uma simples jovem de família Brasileira, agora vai poder mudar o rumo de sua história. Como eu estava as vésperas da viagem, não consegui dormir, acredito que minha mãe, também não, pois assim que o dia raiou, ela já berrava.

Mãe - ceeeee!!! Você vai perder o horário do vôo. Meu Deus minha filha, a demência te corrompe.

Cecília M - mãe eu não vou perder! Não deixe que a dor da saudade, comprometa seus neoronios, eu te amo muito e quero que fique bem.

Chegando ao aeroporto, dei um abraço forte nela e no meu pai, ambos estavam orgulhosos pela vitória da faculdade, apesar de sentidos, por eu estar indo a Coréia. Quando entrei no avião, senti aquele gosto de liberdade, que só quem passa sabe... Eu iria pra casa da minha tia Willa, ( ela era muitooo louca porém gente boa ), ajudou bastante minha família, nós momentos de dificuldade, foi pra Coréia a uns 20 anos atrás com o tio Ham, um coreano muito bom, juntos tiveram Laura, que era apenas uns meses mais nova que eu. Depois da morte dele, minha tia demorou muito para se recuperar, mas quando soube que iria, pra mesma faculdade que Laura, preparou tudo para mim, arrumou um quarto lindo em sua casa, e estava feito louca organizando as coisas da minha acomodação na facul. Pela tia Willa, eu tinha muito amor e gratidão.

Assim que cheguei, pensei em ir logo procurá-las, até que alguém atrás de mim grita ceeeee!

Cee - PORRA tia, fiquei surda. Hahaha é muito bom te ver! 

Tia Willa - olha a palhaçada! Ownnn você tão grande, o corpo bem desenvolvido.

Laura - mãeeee!!! Desculpa cece, como você tá?

Respondo, abraço as duas, e vamos direto para a faculdade, minha acomodação já estava pronta, e tinha muito pra resolver.

Tia Willa - é uma pena você não ir pra casa agora, mas no final de semana, vocês não me escapam. Vou fazer um almoço maravilhoso.

Laura - cee chegamos!!! Você tem que assinar uns documentos, pra poder pegar suas chaves, eu te encontro depois na lanchonete!

Desci do carro e estava de boca aberta, o local era lindooooo, apesar de saber,  que eu teria que me matar de estudar, não importava. Fui até a reitoria da faculdade, no 2 andar, depois de toda a sessão tortura com os  papéis, pra poder pegar minhas chaves, eu tinha acabado, mas foi tanto tempo na reitoria, que eu estava cansada, tonta e com fome até que, eu saí enbolando pela escada, e finalmente cheguei ao chão. Foi uma queda terrível, como eu estava de short, o meu joelho ralou todoooo e sangrava muito, não consegui me levantar, todos ao meu redor estavam rindo, aquilo ecoou em meus ouvidos, até que uma mão se estende a mim...

 Quando eu olhei era um homem tão lindo, quanto o jogo do campeão da mega Sena, ele olhou pra mim com uma carinha de zelo, e disse com aquela voz grossa... ( Todos se calaram)

Kim Namjoon - você está bem?


Notas Finais


Pessoal me desculpem qualquer coisa, ou qualquer erro, tentarei dar sempre o meu melhor!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...