História Sempre ao seu Lado - Capítulo 42


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Gajeel Redfox
Tags Fary Tail, Gale, Gruvia, Jerza, Nalu
Exibições 68
Palavras 1.292
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


pessoal me desculpem fiquei de postar quinta mas por conta da minha rotina pesada so consegui postar hj
bem espero que gostem do cap

Capítulo 42 - Um novo mistério


Fanfic / Fanfiction Sempre ao seu Lado - Capítulo 42 - Um novo mistério

Cap.38

Gajeel

Me acordei ainda meio tonto, olho no relógio do meu celular são nove da manhã, pelo visto devo ter dormido umas doze horas pois me sinto bem mais revigorado, estranho a baixinha não está na cama e pelos lençóis e o travesseiro dela ela não dormiu na cama hoje, me levantei com um pouco de dificuldade e fui até a cozinha beber um pouco de agua e tomar meus remédios, sinto uma dor forte e por conta da minha temperatura devo estar com febre, me sento um pouco no sofá antes de vasculhar todos os quartos atrás da baixinha, vasculho todos e pelo visto ela não está em nenhum deles, ela só pode estar no segundo andar, subir as escadas foi um desafio principalmente por conta do remédio que me deixa bastante tonto, cheguei no jardim já quase desmaiando a dor em minhas costelas e a febre também não contribui muito, o jardim pelo visto e belíssimo a uma grande variação de flores com diferentes formatos e cores, numa poltrona reclinável junto a uma mesinha redonda eu encontrei Levy dormindo com um grande livro de capa verde, tirei o livro de cima dela e a carreguei como uma princesa em meus braços, eu já tinha me esquecido como a baixinha e leve, ela está com umas olheiras preocupantes talvez não tenha dormido direito essas ultimas noites, eu usei toda minha concentração para não acabar caindo com ela, eu mal acabei de descer a escada quando a baixinha se acordou, provavelmente por conta dos meus paços nada sutis e desajeitados, ela coçou os olhos e deu uma espreguiçada leve, ao perceber como eu a carregava ela corou e pareceu estar incrédula provavelmente achando que estava sonhando

Levy: Gajeel me bota no chão por favor, e suas mãos estão muito quentes

Eu a coloquei no chão gentilmente, ela ficou na ponta dos pés na tentativa de alcança minha testa para ver minha temperatura corporal, eu coloquei minhas mãos na cintura dela e a ergui um pouco pra que ela conseguisse alcançar

Gajeel: gostou da mãozinha baixinha hehe

Levy: Gajeel você está ardendo de febre, e dá pra me colocar no chão seu idiota

Gajeel: desculpe sua perna e muito pequena para alcançar o chão nanica hehe

Eu a coloquei no chão novamente só que dessa vez ela tinha as bochechas inchadas em sinal de desaprovação eu não consegui conter a risada o que a deixou mais irritada, a baixinha saiu de perto de min e foi para a cozinha, algum tempo depois ela voltou com um copo de agua e dois comprimidos que ainda não tinha tomado essa manhã, eu realmente odeio tomar remédios

Levy: agora va tomar um banho frio pra aliviar a febre, eu vou preparar algo pro café da manha

Ela foi interrompida por um bocejo repentino

Gajeel: baixinha vá pra cama dormir um pouco, suas olheiras denunciam suas noites mal dormidas, depois do banho eu faço algo na cozinha, estou doente mas não morto

Dei um sorriso confiante, a baixinha estava relutante, mas depois cedeu e foi se deitar, aproveitei e fui tomar meu banho, sai do box vesti outra calça moletom e dessa vez não vou usar camisa, comi algumas frutas que tinha na cozinha e um copo de suco de uva, liguei a TV e deixei baixa pra não incomodar Levy, era quase onze da manha quando recebi uma mensagem da Erza que me deixou um pouco preocupado, ela me pediu pra que Levy fosse na guilda hoje a tarde o velho Makarov queria falar com ela, quando deu meio dia eu pedi comida pelo celular, acordei Levy de meio dia e meia pra ela tomar um banho, após alguns minutos Levy foi pra sala ela estava usando um vestido laranja de babados brancos

Levy: devia ter me acordado mais cedo pra que eu pudesse fazer o almoço

Gajeel: não precisa se preocupar eu pedi um yakisoba, jaja ele deve estar chegando

Levy: tudo bem então

Gajeel: baixinha hoje depois do almoço você vai pra guilda o velho Makarov quer falar com você  

 Levy: ele disse sobre o que pretende falar comigo

eu neguei com a cabeça, Levy parecia preocupada provavelmente por essa nanica não saber mentir, nós começamos a assistir um filme de ação na TV, não demorou muito para a comida chegar, depois de almoçarmos eu pedi um taxi pra Levy pelo celular

 

Levy

Eu peguei o taxi e fui para a guilda, não consigo tirar da minha cabeça o que li ontem no diário do Três , somente espero que eu não acabe entregando o apartamento por conta de não conseguir mentir, a minha viagem foi até rápida, entrei na guilda e encontrei Mira ela parecia estar me esperando pois assim que entrei ela me pediu que eu a acompanhasse, eu a segui até uma sala do laboratório, a sala era completamente branca e no centro estava um corpo pálido com a barriga aberta, pelas cicatrizes que tinha rosto provavelmente esse deve ser o Artista, Makarov e Polyusica estavam na sala me aguardando, Mira saiu da sala após me deixar

Makarov: senhorita Mcgarden eu tenho dois assuntos a tratar com você, o primeiro eu gostaria de falar sobre esse homem, ele e um velho conhecido meu chamado Três ele por anos foi intitulado de o Artista e como você sabe ele se suicidou na luta contra Gajeel, do seu depoimento apenas uma coisa não está batendo

Levy: como assim

Makarov: segundo seu depoimento durante a luta Três esfaqueou a sim mesmo na perna, durante a autopsia não foi encontrado ferimento algum na perna, você tem total certeza que ele se esfaqueou

Levy: eu me lembro muito bem e com toda certeza ele fez isso

Makarov: você podia dar uma olhada no corpo e claro se estiver preparada

Eu me aproximei e agora tenho certeza que a algo errado aqui, eu me lembro de Três ter três cicatrizes horizontais pelo rosto enquanto esse corpo apenas possui duas e esse rosto também não tem nenhuma cicatriz verticais quando Três possuía uma perto do olho direito, o velho estava tao preocupado quanto eu

Levy: senhor esse corpo definitivamente não e do Artista, ele não possui as mesmas cicatrizes de antes

Makarov: eu te falei não falei sua velha ranzinza e você me chamando de velho caduco por conta de estar imaginando coisas

Levy: então quer dizer que ele ainda está vivo, não a algo errado aqui

O velho me encarou preocupado ele pensou o mesmo que eu so não queria admitir

Makarov: e impressionante esse homem enganar a morte duas vezes,  estou ate mesmo sem palavras, devo mandar aumentar as rondas e você e Gajeel vão voltar a ficar sob proteção da guilda

Polyusica: não se desespere seu velho caduco, a uma explicação muito mais logica para isso, e eu tenho certeza que o cadáver que examinei na segunda era do Três o DNA não mente, a minha teoria e que na terça alguém que foi infiltrado sob comando de Zeref roubou o corpo e deixou esse para nos enganar

Makarov: você deve ter razão, agora a pergunta que fica e quem está nos traindo e o porque de Zeref querer o corpo do Artista

Polyusica: não baixe sua guarda velho e investigue isso por debaixo dos panos, ao menos por enquanto que seu neto se recupera

O velho assentiu com a cabeça, ele saiu da sala me chamando

Makarov: bem Levy eu quero te fazer uma proposta de emprego

Levy: que emprego seria esse

O velho deu uma risada, eu o segui por um tempo ate que chegamos numa sala, ele a abriu com uma chave dourada, ao ver aquela sala meus olhos brilharam se for para trabalhar aqui eu aceito sem pensar duas vezes


Notas Finais


e ai o que acharam do cap
abraços e ate o proximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...