História Sempre ao teu lado - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Exibições 22
Palavras 1.186
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi voltei com mais um cap. Vou tentar começar a fazer caps maiores.

Capítulo 8 - Correspondido


Fanfic / Fanfiction Sempre ao teu lado - Capítulo 8 - Correspondido

Ela já estava deitada na cama quando alguém bateu á porta e entrou!

 

Erza: Jellal?

 

Jellal: Desculpa esta a incomodar mas é que…

 

Erza: Não incomodas.- Aliás antes pelo contrario- sussurrei mas ele não ouviu.

 

Jellal: É que como a Júvia está a dormir lá no quarto , eu acabei por ficar sem sitio onde dormir, importas-te que fique aqui?

 

Erza: Aqui?- ela ficou se saber  o que fazer mas ele ao tinha onde dormir então.- Sim sem problema.

 

Jellal: Muito obrigada.

 

Eu destapei um dou lados da cama, fazendo sinal para ele vir para a cama, e ele deitou-se e puxou-me para ele pela cintura, fazendo nos ficar em conchinha.

 

Jellal: Boa noite princesa Scarlet.

 

Erza: Boa noite!- eu corei quando ouvi o que ele disse.

 

Eu adormeci, mas passado algum tempo acordei e virei-me e fiquei a ver o Jellal a dormir.

 

Jellal: Erza…

 

Erza: Desculpa acordei-te?

 

Jellal: Não eu ás vezes acordo durante a noite. E tu porquê que estás acordada?

 

Erza: Não sei, simplesmente não conseguia dormir.

 

Jellal: E estás á muito tempo a olhar para mim?

 

Erza: Não só estou para aí á uns 5 minutos.

 

Jellal: Hm tá.

 

Ele olhou para mim e aproximou a sua cara da minha eu sabia que ele me ia beijar e então virei a cara.

 

Jellal: Perdoa-me, não devia ter tentado…

 

Erza: Não é isso é que… oh que se foda.

 

Eu não quis saber de mais nada e beijei-o , apesar de tudo eu ainda o amava. Ele parecia surpreendido no incio mas logo correspondeu o beijo.

 

Erza: Jellal apesar de tudo eu amo-te e não te quero voltar a perder.

 

Jellal: Eu amo-te desde sempre, perdoa-me por não ter percebido isso mais cedo.

 

Erza: Eu não  te consigo perdoar já, mas eu sei que com o tempo passa.

 

Jellel: Isso para mim já é bom.

 

Eu ajeitei-me nos braços dele e ficamos a conversar até voltarmos a adormecer.

 

Erza off.

 

…………………..de manhã………….

 

Lucy on:

 

Eu acordei e soltei um grito.

 

Natsu: Loirinha  não queres fazer mais barulho!

 

Lucy: N-natsu o que estás a fazer na minha cama?

 

Natsu: Eu? Eu estava a dormir até tu me acordares!

 

Eu olhei para ele assustada.

 

Natsu: Relaxa não aconteceu nada! Tu adormeces-te e eu trouxe-te para o quarto com a Júvia estava com o Gray, eu acabei ficando aqui a dormir.

 

Lucy: Devia ter perguntado.

 

Natsu: Estavas a dormir!

 

Lucy: Tá mas porque que estás de baixo da MINHA COBERTA?

 

Natsu: Ia dormir por cima do cobertores?

 

Lucy: Era o mínimo que podia fazer!

 

Natsu: Afinal o que tem de mal? Tem medo que eu faça alguma coisa com você?

 

Lucy: Aff, não… Eu vou tomar banho não saia daí. Quer dizer… oh tu percebeste.

 

Natsu: Ok.

 

Peguei uma toalha e fui para tomar banho, o banho tava tao bom que acabei esquecendo que Natsu estava no meu quarto e acabei saindo só de toalha.

 

Natsu: Loirinha você têm muita coragem de aparecer aqui só de toalha.

 

Lucy: Desculpe, esqueci que você estava aí!

 

Natsu: É bom saber o quanto sou importante para si, que até se esquece de mim.

 

Lucy: Aff foi mal.

 

Natsu: Não faz mal.- ele ficou triste e levantou-se para ir embora e eu meti-me á frente da porta (só de toalha)

 

Lucy: Você ficou chateado?

 

Natsu: Não.

 

Lucy: Triste?

 

Natsu: Só desiludido.

 

Eu abracei-o.

 

Lucy: Não fica assim comigo.

 

Natsu:  Não dá para ficar desiludido se você me continuar a abraçar só de toalha. Assim até dou graças a deus por você se ter esquecido de mim e ter vindo me abraçar só de tolha.

 

Lucy: Desculpa!

 

Natsu: Dá para parar de pedir desculpa? Tá desculpada. Mas se você continuar me abraçando eu vou ter que ser eu a pedir desculpa, pois eu não me vou conseguir controlar.

 

Eu larguei-o.

 

Natsu: Agora eu preciso da minha mochila, para também tomar banho.- Ele abriu a porta do quarto e lá estava a mochila dele.-  Parece que o Gajeel e a Levy não queriam ser incomodados.

 

  

Lucy: Sabe-se lá o que andaram a fazer né? Agora vai tomar banho e não sai do banheiro.

 

Natsu: Porquê?

 

Lucy: Porque eu vou-me vestir!

 

Natsu:  Ok.

 

Depois de ele ter entrado no banheiro e fechado a porta, eu fui escolher uma roupa, estranhamente demorei muito tempo a escolher, acabei por optar por um jeans preto rasgado no joelho e uma t-shirt vermelho cor de vinho um ténis preto. Quando ia vestir a roupa Natsu sai do banheiro , só de toalha á cintura, me apanhando só de sutiã e calcinha

Lucy: Eu disse para você não sair do banheiro!

 

Natsu: Você estava demorando muito tempo.

 

Lucy: Vai ficar aí babando ou vai me deixar vestir.

 

Natsu: É melhor voltar para dentro do banheiro e fingir que nada aconteceu, me avisa quando poder sair.

 

Ele voltou para o banheiro eu vesti-me e mandei-o sair

 

Lucy: Porque estás só de toalha?

 

Natsu: Não me deste tempo para pegar na roupa.

 

Ele pegou numas calças e numas cuecas e eu percebi que ele se ia vestir mesmo á minha frente, então virei-me de costas.

 

Natsu: Se quiser pode olhar.

 

Lucy: Não obrigada!

 

Natsu: Você é que perde.

 

 Fiquei chateada ele deve achar que eu sou como as outras todas aos pés dele

 

Lucy: Você deve achar que eu sou com as outras.

 

Aí ia a sair do quarto quando ele me puxou pelo pulso e me beijou.( já se tinha vestido)

 

Natsu: Eu sei que você não é como as outras, aliás você é especial elas não.

 

Lucy: Você podia ter dito isso sem me ter beijado.

 

Natsu: Mas eu queria.

 

Lucy: Sabe se eu queria?

 

Natsu: Você não se afastou nem parou o beijo por isso…

 

Lucy: Tá certo!

 

Natsu: Não pode ter sido assim tão mal.

 

Lucy: Não, só não intendo porque me beijou .

 

Natsu: Ah Lucy, você é especial, você acendeu algo em mim desde o primeiro olhar, você foi o maior motivo de eu ter acabado com a Lisanna, por algum motivo ela achava que eu tava diferente,  já para não falar no seu sorriso e no seu olhar, porque sempre que vejo o teu sorriso é impossível não sorrir também, eu podia estar a morrer que bastava ter você do meu lado para estar feliz, neste momento você é a luz da minha vida, loirinha, você despertou em mim um Natsu que nem eu conhecia, sinto que te devo proteger e te fazer feliz… ei porque está chorando?

 

Lucy: Nunca me tinham dito nada tão bonito, sempre que te vejo o meu coração bate mais rápido, sabia?

 

Natsu: Não sabia…

 

Lucy: Aff Natsu eu te amo.

 

Natsu: É sério?

 

Lucy: É.

 

Natsu: Nunca achei que alguém tão perfeito como tu poderia sentir algo por um idiota como eu.

 

Lucy: É, você é o meu idiota preferido, o idiota que eu amo.

 

Natsu: Deixa eu tomar conta de si e te fazer feliz?

 

Lucy: Só se deixar eu fazer o mesmo.

 

O Natsu beijou-me e eu retribuí, depois abraçamo-nos.

 

Lucy: É melhor irmos tomar o café.

 

Natsu: É eu tou morrendo de fome…


Notas Finais


apesar de nao ser muito grande espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...