História Sempre contigo (Jikook) - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Seventeen
Personagens Boo Seungkwan, Cl, D-Lite (Daesung), G-Dragon, Hansol "Vernon" Chwe, J-hope, Jimin, Jin, Junghan "Jeonghan", Jungkook, Lee Jihun "Woozi", Minji, Park Bom, Rap Monster, Sandara Park, Seungcheol "S.Coups", Seungri, Suga, T.O.P, Taeyang, V
Tags 2ne1, Big Bang, Bts, Jikook, Namjin
Exibições 61
Palavras 1.492
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem os erros ortográficos e Boa leitura. Kisses.

Capítulo 27 - Why?


Fanfic / Fanfiction Sempre contigo (Jikook) - Capítulo 27 - Why?

Jimin:Como que a gente conseguiu perder a roupa? Em jungkook? . 

Jeon: Se eu soubesse, você não acha que eu já teria achado elas não? Em Jimin? . 

Os dois se encontravam no meio do mato somente de cueca box. A roupa meio que havia sumido quando acordaram. 

Jeon: Eu preciso ir embora cara, MAS NÃO QUERO IR EMBORA QUASE NU. 

Jimin: Para de gritar -- Disse calmo e massageando as têmporas -- eu estou com dor de cabeça. 

Jeon: Eu também, e pra essa dor passar... Eu preciso de remédio -- o Moreno diz massageando as têmporas também -- Mas para isso, eu. Preciso. Ir. Para. Casa. -- Dizia pausadamente-- E como se vai para casa quase nu?. 

Jimin: Cala a sua boca antes que eu enfie essas grama nela. Caralho. 

Jeon: O seu mau humor matinal é bem parecido com o do Yoongi, só que o do yoongi não é só de manhã -- ele torce o lábio e senta no chão, desistindo de procurar as tais roupas. 

Jimin: ISSO CARALHO, as vezes você presta pra alguma coisa né. ---Jungkook olha pro namorado e abaixa a cabeça, ele não era carinhoso? Porque estava assim?. 

Jimin: Vou ligar pro Yoongi, aí ele traz umas roupa pra gente. Sou um gênio né -- ele se vira e vê Jungkook sentado no chão mexendo na grama.-- Jungkook? O que foi? 

Jeon: Nada, liga pro branquelo logo pra gente ir embora. -- Diz seco. O loiro somente pega o celular e liga disca o número do mais velho sem dizer nada ao Moreno. 

*LIGAÇÃO ON*

Yoongi: O QUE VOCÊ QUER COMIGO ÀS 10HORAS DA MANHÃ PARK JIMIIIIIN. 

Jimin: Bom dia pra você também 

Yoongi: Enfia o bom dia no cú

Jimin: Faz um favor pro seu melhor amigo do mundo todo? 

Yoongi: O que você quer em? Desembuxa. 

Jimin: bommm... Eu e o Jungkook precisamos que você traga roupas pra gente... 

Yoongi: E porquê vocês não vestem a de vocês? 

Jimin: elas sumiram...  a gente tava com vontade de fazer coisas aí fize -- Foi atrapalhado por uma risada do outro lado da linha. 

Yoongi: QUE COISAS? SAFRADO. 

Jimin: Para de ser inconveniente, seu merda. Só traz as roupas pra gente. Tem um par de roupa do Jungkook no meu Guarda roupa do lado esquerdo. 

Yoongi: Tá bom vou pegar aqui minha bola de cristal e descobri onde vocês estão. 

Jimin: Ah é mesmo. A gente ta num matinho perto do espaço de festa. Vem logo. 

Yoongi: Sexo selvagem, literalmente. 

*LIGAÇÃO OFF*

Jimin: Seu idiota -- fala sem perceber que a ligação ja havia sido desligada. -- Ah ele desligou, filho de uma boa mãe. 

Jungkook continuou quieto durante uns minutos depois de Park tacar o celular no chão. 

Jimin estava preocupado demais tentando fazer seu celular ligar pra ver Jungkook. Mas ele sabia que o mais novo estava quieto demais. 

Jeon: Ele vai vir trazer as roupas? -- Depois de um tempo ele fala, a voz dele saiu um pouco baixa, mas audível. 

Jimin: Vai sim amor. -- O moreno o olha e o encara por alguns minutos. 

Jeon: Agora é amor né, antes era imprestável. Vê se decide o que eu sou aí, pelo amor de Park Chanyeol. 

Jimin: Ah, por isso você está desse jeito. Me desculpa -- Ele se senta ao lado de Jeon e segura a mão do mesmo -- Eu não queria te deixar triste não, você sabe que eu não quis. 

Jeon: Desculpo -- sorri de lado e aproxima a sua boca á boca do namorado, dando-o um beijo. -- Te amo. 

Jimin: Te amo -- Ele sorri fazendo seus olhinhos sumirem. 

Yoongi: Amo vocês também. Peguem. -- Diz tacando uma mala pra cima deles -- Roupa cheirosinha aí pra vocês meus amores que me acordam às 10 da matina. -- a cara de tédio de Yoongi era realmente visível. -- VISTAM-SE LOGO!! 

Os dois se assustam e se levantam em um pulo tirando as roupas da mala e vestindo rapidamente.

Jimin caiu ao tentar vestir a calça rápido.

Jungkook bateu a cabeça na árvore ao pular pra calça subir de pressa.

Yoongi ria de tudo, internamente é claro. 

Jeon: Estamos prontos. Se eu tinha uma dor de cabeça, agora eu tenho uma enxaqueca. 

Jimin: Se antes minha bunda doía, agora eu nem posso falar mais isso, porque: Não tenho ela mais. 

Yoongi: Ela continua aí Park, grande como sempre. AGORA VAMBORA. 

Jimin: Deixa o Jungkook na casa dele, eu vou pra casa no meu carro. 

Yoongi: Então tá, vambora jãocu. -- Diz já saindo do matagal e indo para o carro. 

Jimin: Olha... o que acontecer lá você me conta. Qualquer coisa eu invado aquela casa e meto os tiro.-- O moreno ri e pega o rosto do namorado com a duas mãos, fazendo a boca do mesmo formar um biquinho. 

Jeon: Tá bom, eu te amo. -- Beija o biquinho do loiro e depois sua testa, e logo vai saindo em direção ao carro. 

Jimin: TAMBEM TE AMO JEON JUNGKOOK. -- ele grita e vê seu namorado olhar pra trás e sorrir -- AINDA VOU TE ENTRAGAR O PRESENTE HOJE. 

Jeon : MAL ESPERO PRA VER. -- Fala sorrindo e entra no carro, porém o loiro não o ouve nem o vê mais. 

                       {.... }

No caminho de volta pra casa, Jungkook contou tudo á Yoongi. Desde quando chegou á festa até quando saiu dela. Inclusive o que aconteceu com Ji Yong. 

Yoongi: Está entregue -- ele havia parado uma casa antes da de Jeon -- Se cuida -- Falou ao ver Jungkook saindo do carro.

Jeon: Obrigado -- Fala e bate no capô do carro, indicando que ele já podia ir. 

Yoongi: Fighting -- Diz sorrindo e arranca com o carro pra longe. Jungkook ri e anda em direção a casa. Seu sorriso acaba ao entrar em casa e ouvir:

T.O.P: E o que que tem ele namora Ji Yong? Ele é uma adolescente. É normal isso. 

Ji Yong: Ele está namorando Park Jimin.

TaeYang/SeungRi/T.O.P: NAMORANDO QUEM? -- Falam já direcionando o olhar ao garoto que havia entrado minutos atrás. 

                         {.... }

*MENSAGENS ON*

Jeon: Não fala mais comigo! 

Jeon: Está tudo acabado! 

Jeon: Tenha uma boa vida sem mim. 

Jeon: Não se aproxime de mim mais. Nunca mais. 

Jimin: Tá me zoando? [Você não pode mandar mensagens a este usuário]

Jimin: Me bloqueou? [Você não pode mandar mensagens a este usuário]

Jimin: estes usuário é meu namorado celular, cala a boca. [Você não pode mandar mensagens a este usuário]

Jimin: Eu te amo Jeon Jungkook. Não me deixa. [Você não pode mandar mensagens a este usuário]

Jimin: Okay então. [Você não pode mandar mensagens a este usuário]. 

*MENSAGENS OFF*

Jimin taca o celular na parede e afunda o seu rosto já cheio de lágrimas no travesseiro, ele não entendia porquê daquilo. Ontem eles estavam se amando com a lua de testemunha, trocaram juras de amor ontem também, hoje mais cedo Eu te amo's foram ditos com sorrisos e beijos. E porque agora ele estava terminando tudo? Porque agora ele estava destruindo o coraçãozinho do loiro? 

Porque Jeon Jungkook? Porque eu te amo? Porque me deixou assim? Sem mais nem menos? -- Pensou o Park. 

Em uma outra casa, a casa de Jeon pra ser mais específica, havia choro e um celular quebrado também. Jeon chorava, ele não queria deixar seu pequeno, ele não queria terminar. As juras de amor, os Eu te amo's que ele havia dito ao menor não podiam acabar assim. Mas ele preferiu acabar assim do que com o seu loiro em uma situação irreversível que é a morte, ele prefiriu só quebrar o coração do outro do que quebrar a chance de vida que ele tinha. O coração a gente vai montando ele aos poucos, podia aparecer outra pessoa para Park e ajudá-lo a catar e montar os caquinhos. Mas se ele perdesse a vida, quem iria ajuda-lo a reviver? Ninguém! Porque não existe reversão pra morte. 

Por que eu te amo, sei que me ama te amo do mesmo tanto e te amo pelo menos motivo, eu só quero te proteger do que poderia acontecer, não acrediteque foi sem mais nem menos. Eu te amo. -- Pensou Jungkook, respondendo sem saber as perguntas na cabeça de Jimin.

                       {... }

Jimin ligou pra Yoongi e contou-o tudo e o mais velho o chamou pra ir á sua casa assistir um filme ou conversar, Jimin foi. 

Yoongi já sabia da história antes de Jimin ligar, porquê Jungkook havia ligado pra ele e contou-o tudo pedindo também pra ele cuidar de seu Chimchim, chama-lo pra sua casa ou algo assim.

Jimin chorou o resto da tarde inteira no colo do Yoongi, Yoongi ouviu tudo e cuidou dele assim como Jungkook pediu. 

Ele acabou dormindo por lá mesmo não tinha ânimo pra voltar pra casa. 

Lá ele encontraria o enorme Coração de pelúcia com um "Eu te amo" escrito que daria á Jeon. E ele também não queria se embebedar com as duas garrafas de champanhe que beberia com Jeon hoje. 


Notas Finais


Bem troste. Bem eu (bad)
KERO 2NE1 DEVOLTA, ME DEVOLVE ELAS AGORA! Park Bom é bom você assinar um contrato solo caso contrário eu lhe bato, mentira.
Mais um disband, shorei ouvindo gotta be You aaaaah
Taehyun saiu do winner, meu bebê T.T
Enfim. Beijinhos né.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...