História Sempre e para sempre - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saga Crepúsculo, The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Bella Swan, Klaus Mikaelson
Tags Bella, Klaus
Visualizações 122
Palavras 1.067
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Escolar, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Encontro na floresta


Estava eu agora sozinha em meio a floresta Edwart tinha acabado de me largar e eu estava prestes a ser morta por Laurent, depois que Edward se foi ele veio ao meu encontro, pensei que estava tudo acabado até que eu escuto um uivo alto e do nada um lobo enorme e negro com olhos dourados atacou Laurent o fazendo em pedaços e por incrível que pareça eu não senti medo, meu coração estava acelerado e alguma coisa me puxava à ele, ele olhou pra min e gruiu,  mas mesmo assim me ajoelhei e fui chegando perto aos poucos e ele veio de encontro a min repetindo meus gestos, até que eu o toquei e ele se aconchegou em meu colo enquanto eu fazia carinho em sua cabeça, peguei um esqueiro que sempre carrego e joguei nos restos de Laurent,  me levantei e o lobo me olhou estranho, enquanto eu andava ele me seguia em meu encalço,  fui direto para casa e por um milagre coloquei ele no meu quarto sem meu pai perceber, tomei um banho e dormi com ele ao meu lado.

O dia amanheceu e foi com surpresa que eu acordei na companhia de um belo homen, e tive certeza que ele era o meu lobo salvador, sem escândalos por causa do susto fiz minhas higiene tomei meu café da manhã,  peguei uma roupa do Charlie e comida pra quando ele acordasse,  o que não demorou muito.

- Onde eu tô? E quem é vc? - perguntei aturdido mas ao mesmo tempo admirado com tamanha beleza da mulher que velava meu sono, senti um desejo tão grande de estar sempre ao lado dela que chegou a me dar medo de um dia nunca mais ver aqueles lindos olhos castanhos.

- meu nome é Isabella mas todos me chaman de Bella e aqui é o meu quarto - disse enquanto o admirava, por que eu estava sentindo tudo isso por um desconhecido. 

- como eu me lembro que...

- vc era um lobo ontem e salvou minha vida então eu trouxe vc.

- trouxe, eu sou um híbrido,  ontem um lobisomen e vc me diz que me trouxe pra cá, como ? - perguntei  enquanto me sentei rápido na cama procurando indícios de algum machucando enquanto puxava seus braços. 

- calma eu to bem - disse enquanto passava uma certa calma para ele - depois que vc me salvou vc me acompanhou até aqui de livre e espontânea vontade,  eu desconfiava de vc ser um lobisomen meus amigos também são mas são diferentes.

- impossível,  vc deve ter feito alguma bruxaria ou algo do tipo - disse incrédulo que meu lobo tenha feito isso, sentia minha fera querendo voltar para estar de novo ao lado dela, fora o lado vampiro que ansiava por seu sangue e corpo, e eu que também à queria, me afastei daqueles pensamentos antes que eu cometace alguma sandice e ela me odiace. 

- não fiz, agora por que vc não se acalma e toma o café da manhã que eu trouxe pra vc ? - disse enquanto apontava a bandeja.

- o que vc quis dizer sobre salvar sua vida? Perguntei enquanto comia a comida que ela me deu. 

- meu ex era um vampiro, à um tempo atrás três vampiros nomades começaram à me caçar pelo meu sangue e ele matou um deles , mas sua companheira quer vingar o companheiro dela tirando o companheiro do meu ex ou seja eu, mesmo ele tendo me largado no meio de uma floresta dizendo que eu não sou boa o bastante pra ele.

- vc quer que eu acredite, fale à verdade - disse ele me olhando estranho. 

- por que tá me olhando assim e eu falei à verdade .

- vc tá usando verbena.

- não, o que é verbena?

- inacreditável,  compulsão não funciona em vc, como isso é possível - como alguém pode ser bela do jeito que era e ao mesmo tempo um mistério. 

- tava tentando me hipinotizar? 

- seu namorado vampiro nunca tentou? - Perguntei já tendo várias idéias de possíveis formas de assassinato para matar o idiota que fez minha pequena sofrer, espera minha pequena? Que tipo de feitiçaria essa garota fez comigo.

- ex e ele não conseguia ler minha mente.

-ler mente, vampiros não lêem mentes - disse estranhando suas palavras.

- bem ele lia e a irmã via o futuro e o irmão era um empata.

- como? 

- tá bom eu vou contar minha história e vc me conta a sua fechado - disse e ele assentiu, depois que eu contei tudo e ele me contou a sua história chegamos à conclusão que existem duas espécies de vampiros e de lobos e ele me contou que é um híbrido - ei vc me disse muita coisa menos seu nome.

- me chamo Niklaus Mikaelson love.

- tudo bem senhor Mikaelson, vc tem pra onde ir ou pra quem ligar, meu pai vai me matar se ver vc aqui, bem, se vc não fizer o serviço antes.

- eu não vou te matar Isabella eu gostei de vc e quero te fazer uma proposta? - disse enquanto pensava em uma maneira de à levar comigo,  nunca mais ela iria se livrar de min.

- e qual seria?

-  venha comigo para Mystic Fox e eu te protejo dessa vampira psicopata e posso te dar à imortalidade, mas não agora.

- e o que vc quer entroca? 

- vc pequena Bella,  vc é de um jeito estranho especial para min, não se preocupe eu não vou envolver vc em meus problemas eu só quero sua companhia , lealdade e confiança sempre e para sempre.

- espera um minuto , vc tá me pedindo em casamento? 

- estou se é isso o que vc quer?

- eu tava brincando. 

- eu não,  eu quero vc pra min desde o momento que eu pus os olhos em vc, e eu não brinco e sempre consigo o que eu quero, e eu quero vc só pra min.

- até quando, eu não quero ser descartáveu Niklaus. 

- vc não é,  vc é minha e nada que eu dou valor é descartavel, então vc aceita se casar comigo? 

- sim eu aceito - disse receosa mas com uma sensação boa de que algo na minha vida iria mudar radicalmente. 

- boa escolha vc não vai se arrepender,  minha pequena Bella - disse enquanto tomava seus lábios aos meus num beijo intenso regado de desejo é carinho. 

(( continua ))



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...