História Sempre foi você(segunda Temporada) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Escola, Romance, Romance Adolescente
Exibições 13
Palavras 976
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Saga, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


OI GENTE!!
Eu to com uma dor no pescoço do caraca..parece que eu vou morrer ;-;
Boa leitura <3

Capítulo 3 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction Sempre foi você(segunda Temporada) - Capítulo 3 - Capítulo 3

{Paul On}

Já tiveram aquela sensação de que tudo está confuso? você não sabe oque quer,como se a qualquer momento sua cabeça fosse explodir? é exatamente assim que estou me sentindo,cara,isso não faz sentido,eu não vou falar que não sinto nada pela Smith,porque eu sinto,mas eu tento esquecer ela e tal..e isso só me faz mal,como se minha felicidade dependesse dela,mas eu não preciso dela para ser feliz,estou ótimo(Jackson falou que eu tenho que dizer isso todas as manhãs)
É como um vazio imenso,e ontem eu quase tipo beijei ela,isso é estranho até de mais.Até porque ela é minha Ex-namorada,ah como eu odeio esse termo estupido! estamos tão naturais um com o outro que parece a 1 ano atrás,quando ela finalmente me perdoou e a gente conversava como amigos.
Mas é tudo diferente,não somos mais amigos,temos uma história juntos,uma longa história,uma história de amor,uma história bonita..que foi destruída por culpa de alguém que até hoje não descobri quem é,nem que eu tenha que morrer e voltar do tártaro para descobrir quem foi.
Sim,eu tenho suspeitas mas são todas ridículas,pensei em Milla que por mais que tenha ficado legal,ainda não confio nela,desde o outono passado,quando fomos no hospital vê-la e ela tinha ido embora,desde então nunca mais deu as caras..também pensei na Tifanny,que por mais que esteja em um colégio interno no Kansas,não quer dizer que não possa ser uma vadia..e para completar,a Kylie,ela tem se demonstrado estranha desde semana retrasada,e sempre fica desconfortável em relação à mim e a Lua,e ela beijou o Jackson à 1 ano atrás,no Texas.Se Rosa souber disso ela vai matar a Kylie e depois o Jackson,e possivelmente pode me matar também por ter escondido isso dela,é claro que são só suspeitas,não conheço mais ninguém que possa ser,não que eu pense.Mas Lua sempre me dissera que sempre é quem a gente menos espera,então podemos eliminar a Tifanny da lista já que ela é a que mais esperamos,cara,ela me sequestrou e me ameaçou de
morte,seria muito óbvio se fosse ela,entretanto não deixa de ser uma boa suspeita.Mas claro que a Lua reconheceria a voz daquela doente,a não ser que foi uma gravação e ela fez edição na voz,isso tá parecendo SCI.
Agora,tem o problema,a Lua.Cara ela nunca mais vai confiar em mim,nem que eu prove para ela,fui tão idiota,naquele dia poderia ter corrido atrás dela e talvez tudo seria diferente,ou talvez não...ela me olha com tanta frieza que minha alma parece entrar em um congelador,é sério,as palavras dela machucam,cada uma,não é porque são ofensivas,sim porque são frias.Muito frias,não tem mais aquele calor que me fazia delirar toda hora,são amarguradas,como se uma mágoa estivesse na garganta dela impedindo que ela fosse..ela.
E então ainda tem aquele idiota do Spencer,que mesmo com namorada fica dando em cima da MINHA luazinha,sim,mesmo que ela não saiba ela é minha.O cara fica chamando ela de Luazinha,quem ele pensa que é? só eu ou o Jackson podemos chamar ela assim,especialmente eu! me dá uns nervos,mas tento disfarçar o máximo,claro que não dá,fico parecendo um boi furioso quando estou com ciúmes,até gaguejo.
E ainda tem o pior,olhar para ela todo dia,todo santo dia,e não poder beijar aqueles lábios doces,eu amava tanto(ainda amo) aquele beijo,me deixava com vontade de não parar mais(se não fosse o oxigênio eu realmente não parava),ela me olha,daquele jeito,aquele sorrisinho fofo dela,os olhos sempre observando..e claro,aquela voz que costumava ser calorosa.Eu queria um abraço dela,realmente queria chegar na frente dela e dizer "só me abraça" e sentir aqueles braços quentes que faziam meu coração se sentir o mais saudável do mundo,minha mãe diz que o amor faz milagres.Antes eu achava que era bobagem,mas hoje vejo o quão certa ela estava,não vou mentir que fiquei muito mais sério e chateado depois de tudo,meu humor de sempre ficou bem menos..feliz,de 100/100 ficaram uns 56/100 por ai,Jackson diz que isso é depressão,eu digo que é coração partido mesmo.
E lá estava eu,na sorveteria tomando um sorvete de menta com chocolate,ouvindo músicas do Ed Sheeran,e ai ela passou,sim,Lua passou pela sorveteria enquanto falava no celular,ela entrou e pegou o sorvete de sempre,o famoso flocos com calda de framboesa,costumávamos tomar nas tardes do verão do ano passado,era ótimo,a ficava com os lábios cheios de calda e ria várias vezes enquanto limpava,uu tenho muita saudade disso.
Lua me olhou,apática,supresa talvez,sinceramente eu nem sei mais oque fazer na presença dela,sorrir? eu sempre faço isso,mas é a melhor opção.
E então quando dei o velho sorriso,nem venham me dizer que estou forçando eles,eu realmente me sinto bem quando vejo a Lua,fiz um gesto com a cabeça para ela se sentar,nossa que idiotice a minha.
Ela se sentou,estava com os lábios cheios e calda como nos velhos tempos
—Está com os lábios..
Ela riu enquanto limpava,ah sério? montanha russa de emoções essa merda?,eu realmente tento conversar com ela mas não dá,não consigo olhar ela só como amiga,nessas horas já estaria a enchendo de beijos e abraços,estaríamos no central park olhando as crianças correndo enquanto o sol se põe,mas estávamos apenas ali,sentados e calados.
—Olha,podemos conversar naturalmente,não temos mais nada
Sério? mais nada? ah Lua não fode.
—Por favor não fale assim,sabe que eu não gosto quando fala de nós
—E você acha que existe um "nós"?
Nessas horas eu realmente senti vontade de chorar e sair correndo dali,mas estava ruim de mais,o sorvete que eu tomava ficou amargo
—Lua,por favor..
—Ah,ok Paul..
Ela me olhou,seus lábios estavam com mais calda novamente,eu estaria limpando agora,e ela estaria rindo,mas foi ao contrário de tudo,ela limpou e se levantou.Talvez seu sorvete também deve ter ficado amargo
—É..bem,eu vou indo ok? foi bom conversar por 30 segundos com você 
E então ela saiu,sempre tão direta que dá nervoso,mas eu queria correr atrás dela,realmente queria e junto a isso dar um beijo/abraço nela.Mas simplesmente joguei o sorvete fora,não estava mais com vontade de tomar,e fui para casa.
Sério isso doeu,doeu muito.


Notas Finais


NADA A DECLARAR :)

--1° temporada: https://spiritfanfics.com/historia/sempre-foi-voce-6332925

Gostaram? comenta ai! (não obrigando,é que motiva a escrever e tal ah vcs entenderam)
Bjs de nutella da tia Mikiuu
Até o próximo capítulo :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...