História I'll Always love you... (Imagine Jungkook) - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, G-Dragon, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Imagine, Jungkook, Romance
Exibições 369
Palavras 805
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente! Eu sei que demorei para postar outro cap e peço desculpas por isso. Enfim, espero que gostem!

Beijus ( ˘ ³˘)❤

Capítulo 29 - The truth


Uma semana depois..

(S/N) P.O.V

Meu despertador começa a tocar, esse barulho é irritante demais! O desliguei ainda de olhos fechados. Sentei na cama, cocei os olhos e finalmente os abri, observando meu antigo — nem tão antigo assim — quarto. Levantei-me e corri até o banheiro, tomando uma ducha rápida. Hoje é o funeral da vovó, não quero me atrasar.

Depois de me vestir, desci as escadas para encontrar meus pais e tomar café da manhã. Mas nenhum dos dois estavam lá, apenas um bilhete em cima da bancada da cozinha.

O peguei e comecei a ler.

Bom dia, filha. Eu, seu pai e saímos para comprar algumas flores para o funeral da vovó. Em breve, chegaremos em casa e iremos para o funeral. Cuide do seu irmão até lá.

P.S: Tem uma surpresinha na geladeira.

Com amor, mamãe


Sorri involuntariamente, eles sempre me trataram assim. Carinhosos, amáveis e compreensíveis. Mas, uma coisa que eu mais odeio é ter que cuidar do meu irmão caçula. Aish, ele continua um pirralho, mas eu o amo de qualquer jeito.

Abri a geladeira e encontrei brigadeiro!!! Agora eu tô feliz! Peguei o pote com o conteúdo, passei o dedo indicador nele, o levando até a boca. Hummm.. Os brigadeiros da minha mãe são os melhores.


[…]

-Volta aqui, pirralho!!

-Vem me pegar! Vem me pegar!! – meu irmão mostrou a língua, balançando meu celular.

-Aish! – corri até ele e finalmente consegui pegar meu celular. – Ah! Finalmente! Agora, vá se vestir!

-Chata! – falou subindo as escadas.

-Obrigada Jesus, Aleluia, Deus do céus amém! – agradeci mentalmente, me jogando no sofá.

Depois de um tempinho, meus pais chegaram e eu agradeci mentalmente mais uma vez.

-Oi filha! Como foi com o seu irmão? – minha mãe indagou, sorridente.

-Ele continua um pirralho sem vergonha. – ouvi os dois rirem e chamarem o pirralho para descer.

Obedeceu e e saímos de casa, entramos no carro e meu pai colocou uma música um tanto triste. Essa música triste, a morte da minha querida vó e essa chuva incessante não estão me ajudando. Espero que as coisas melhorem.

[…]

O funeral foi bem triste, mas teve seus momentos de felicidade. Lembramos os momentos engraçados que vivemos com a vovó. Como o dia que ela colocou sal no meu café achando que era açúcar. Tão fofa. Ela pediu desculpas mais de mil vezes. Sentirei muitas saudades dessa minha velhinha gentil.

Ficarei mais alguns dias aqui no Brasil para curtir minha família. No caminho de casa, meu celular começou a vibrar e pular.

Mensagem on

Taetae: Oi.

Biscoito: Nossa, desaminação.

Tae: Tudo fica muito chato sem a (S/N) aqui.

Eu: Eu sei que vocês me amam.

JinOmma: (S/N)!!!!!! SAUDADES DE TU, MENINA! Está tudo bem? Está se alimentando bem? Como foi o funeral? Ainda está triste? Precisa de ajuda?

Eu: Credo, Oppa. Parece meu pai.

Jimin: Você quis dizer: Mãe, né?

Eu: É, ta.

Açúcar: Saudades dessa coisinha chata e fofa.

Eu: Eu?

Açúcar: Não. Minha mãe que viajou.

Eu: Já estou de saída.

Jimin: Hyung, seja mais suga.

Hobi: É! Seja mais suga.

Namjoon: Perdi alguma coisa?

Biscoito: (S/N) decidiu conversar com a gente de novo.

Namjoon: QUE? CADÊ ELA?

Eu: Aqui.

Namjoon: Estou com saudades.

Eu: Eu também.

Tae: COF COF estamos aqui, sabia?

Eu: Kkkkk! Quero ver vocês de novo. Estou com muita saudade.

Jimin: Como lidar com com a fofura dessa criança?

Biscoito: Eu lido com a fofura dessa pessoa todo dia, desde que eu tinha 9 anos.

Hobi: Quero apertar suas bochechas rosadinhas!

Eu: Nem vem! Isso doi.

JinOmma: Coisa feia, Hobi. Judiando da pequena.

Biscoito: Isso aí. Ninguém pode apertar as bochechas dela.

Eu: Obrigada, Oppa.

Biscoito: Só eu.

Eu: ಠ_ಠ

Jimin: Kkkkkkkkkkkk!! Apenas imaginando a cara dela!

Tae: Kkkkkkkkk!! Ela fica fofa até com raiva.

Hobi: Kkkkkkkkkkk!

Eu: Vocês são maus.

Biscoito: Você não viu nada ainda.

Namjoon: Ixxiiii! Apenas observo.

Jimin: Ihhhh, Jungkook! O que você quis dizer com isso? (͡° ͜ʖ ͡°)

Biscoito: Nada, hyung. Nada.

JinOmma: Tem alguma coisa acontecendo entre a (S/N) e o Jungkook?

Eu: Que? Não, não.

Tae: Ela deve estar muito corada.

Eu: E estou.

Biscoito: Somos apenas amigos.

Hobi: Sei.


Mensagem off

Envergonhada, bloqueio o celular.


Jungkook P.O.V 

Hoseok e Jimin entraram no meu quarto, me fazendo levar um leve susto.

-Apenas amigo, Jeon Jungkook? Nós vimos o que aconteceu no aeroporto. – Jimin cruzou os braços.

-Por favor, não contem pra eles. – pedi receoso.

-Por que? – indagaram em uníssono.

-Porque um Hyung nunca irá me perdoar. – abaixei a cabeça. – É o Tae Hyung.

-Ele também gosta dela?

-Infelizmente, sim. O que faço? – eles ficaram em silêncio e se entreolharam.

-Fale com o Jin Hyung. Ele saberá o que fazer. – Jimin aconselhou e saíram do quarto.

Certo, falarei com Jin.


Notas Finais


Eu sei que ficou curto. Me sorryem! Estou em semana de teste e é difícil postar. Espero que tenham gostado!


Beijus ( ˘ ³˘)❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...