História Sempre juntos - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~NekoChan1806

Postado
Categorias Fairy Tail
Tags Gale, Gruvia, Jerza, Rolu, Stincy, Tokyo Ghoul
Exibições 192
Palavras 1.283
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishoujo, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Primeiro dia na escola da Lucy... Como será?

Capítulo 4 - Capitulo IV


Acabo de entrar no avião, para minha felicidade, só que não, eu e o oni-chan vamos separados até a cidade das escolas, porque a dele fica no outro lado da cidade, pelo menos ele me prometeu que vamos nos ver sábado, porque nos  finais de semana nós  podemos sair sem a permissão dos nossos pais.
Graças a deus eu não me enjoou mais em aviões, e dormi a viajem inteira com minhas músicas.

Acabei de descer do avião, eu agradeço o oni-chan por não ter me deixado eu falar o "segredo", que por sinal parece que só o Nagachika sabe, sorte.

Ligo para Sting quando saio do avião, pois nossos aviões desembarcaram juntos.

-Oiie nii-chan, quando eu chegar na escola eu te mando uma mensagem, e não seja tão encrenqueiro na escola para não ser proibido de sair nesse final de semana!- Digo um pouco triste, pois meu irmão é o capeta quando entra em uma escola nova.

-E aí baixinha, eu vou ficar esperando a mensagem, e eu não vou prometer nada! Eu não sou tão bagunceiro assim.- Ele diz, e logo fala com uma tom de indignado:- Eu só não me controlava, não tinha que dar boa impressão a ninguém pois você fazia as pessoas se encantarem por você.
 Eu desligo o celular e pego um taxi.

******quebra de tempo***
Depois de pagar o motorista eu entrei na escola, que por sinal é linda e gigante! Mandaram eu deixar minha malas na entrada que eles iriam levar para meu quarto, que chique!

Fiquei andando pela entrada e logo vi um predio preto e prata, fui andando até ele, entrei e olhei em volta e vi que não tenha muitas pessoas, fui andando e vi que só tinha garotos e quase todos olhando para meu corpo, fiquei pensado "porque aqui só tem garotos? e mais importante porque eles só olham para mim?"

Fui interrompida dos meus pensamentos, porque um garoto esbarra no meu braço e me derruba e sai andando, eu fico com raiva quando eu me levanto e  digo(de lê grita)

-Ei garoto vc não tem educação? Não vê que você me derrubou e nem pede desculpa ou você é tão burro que não sabe que eu sou uma garota!

-Você não sabe com quem está falando?- O garoto diz com indignação.

-Não sei quem é você e pouco importa já percebi que é um encrenqueiro arrogante, que nem sabe o que é educação!- Rebato olhando nos olhos dele e percebo que nem olhei para ele direito. Ele é alguns centímetros mais alto que eu e tem cabelos pretos e olhos vermelhos  escuros e é malhado, sem ser musculoso e  ele até que é bonito, ele está usando uma regata preta e calça jeans azul escura. Ele fala logo depois que eu falo só que com um tom de deboche.

-E você deve ser uma putinha que adora um funk e adora um cara galinha! Já que está no dormitório masculino.
Agora eu fiquei com vontade de dar um soco na estomago dele.

-Primeiro: Não sou puta e odeio funk e em  segundo: EU tenho namorado!-Porque eu inventei isso?- E terceiro  estou nesse "dormitório" para  ter alguma informação onde fica a secretária porque eu acabei de chegar nessa merda de escola.- Estava furiosa, e vi a cara desse garoto, ele parece arrependido do que disse,mas não deixa transparecer.

-Desculpa por esse idiota  ter te derrubado e por te chamar de puta.- Diz um garoto que aparece atrás do idiota que eu tava discutindo. - Ele estava com raiva e descontou  em você, eu te mostro a secretária, meu nome é Natsu Dragneel e esse idiota se chama Rogue Cheney,meu primo.

Natsu é um pouco mais alto que eu, tem cabelos rosas, que estranho, mas combina com ele, e olhos onix parece ter o corpo malhado, não tenho certeza pois ele está usando uma blusa de frio aberta preta e uma camisa branca uma calça jeans escura.

 -Pode ser. - Falei um pouco fria .
Natsu me  leva para o prédio maior, que é quase todo de vidro que tem uma coloração trasparente-prateado.
- Aqui é o prédio onde  fica a secretária e a maioria das salas. Depois que você falar com o diretor, eu posso te mostrar a escola. -  o Nstsu diz com um pouco de carinho na voz.
-Ok,obrigada.- Depois me lembrei que eu não mandei uma mensagem para o oni-chan

- Merda!

-Que foi?- Pergunta um pouco surpreso.
-Ah é que eu esqueci de mandar uma mensagem para o meu ir... Namorado.-Digo, agora vou ter que sustentar essa mentira. Pego o meu celular(lumia 640) e mando uma mensagem, já andando e falo um pouco alto:- Você me espera aqui e quando sair da diretória você me mostra a escola.


On mensagem
Sting já faz uma hora que cheguei e desculpa por não mandar a mensagem! Eu acabei  de ter inventando uma mentira que vai acabar dando merda, vou na secretaria, a noite eu te ligo.
Mensagem off
Já estou na diretoria e  bato na porta e escuto um "entre" abafado, e quando entro vejo um homem baixinho de cabelos brancos, olhos escuros e um pouco gordo.

Homem:-Você deve ser a aluna nova, sou o diretor Makarov Dreyar ,espero que goste da escola.

-Obrigada, me chamo Lucy Heartphilia Eucliffe, poderia me falar minha sala e qual dormitório eu vou dormir?- Digo um pouco tímida, ele parece ser uma boa pessoa.

Claro!- Ele diz com um sorriso:- Primeiro ano C, seu quarto e o 202,você não tem colega de quarto por  enquanto,mas não se acostume, pois logo vai ter uma. -Ok vou ficar sozinha por um tempo, pela primeira vez, ele pega um a chave e me mostra:  - Se foi só isso tenha uma boa tarde.

-Boa tarde! -Pego a chave e vou lá para fora e logo vejo Natsu me esperando, ele está de costa para mim vou dar um susto nele.

Vou andando sem fazer barulho, mas quando estou quase nele ele se vira e me da um susto.Eu acabo gritando,ele começa a rir e eu fico emburrada por um tempo e acabo rindo também.
-Quer ver a escola?-Diz o Natsu  sorrindo,que sorriso lindo!!
-Claro.

A escola tem quatro prédios, que são: Dois dormitórios ( o feminino que é  roza e o masculino é preto), outro que é o que eu estava, ou seja a secretária/sala que também está a cantina,e o de clubes, que em um tipo de restaurante e lanchonete.

chegámos no  ultimo prédio,que tem uma piscina na frente, dois salão de jogos,outra lanchonete e dos vestiários.

-Sugoi*! Aqui tem Xbox?!-puxo o Natsu para perto do video-game e ligo,e faço uma carinha kawaii* e digo manhosa-joga comigo?

-Huum...Eu não quer jogar.

 - Então vou usar a carinha de cachorro que caiu da mudança

-Tá bom!

-Eba, você sabe jogar o de dança?

-quem  não sabe?

Ficamos jogando até as 16:30,depois nos fomos na lanchonete e conversamos, eu acabei  falando que meu namorado e o Sting, ele sempre ficou falando meu nome errado vendo que ele não outra mudar eu estive ele me assim, quando  deu 7:10 fomos embora, ele me leva até a porta do dormitório.

  Fui para meu quarto,tinha uma cozinha simples,uma sala de estar(com um sofá,uma mesa de centro e uma TV acabo e DVD)  e três quartos,dois  brancos e um preto.(todos padrão,uma cama,uma escrivaninha com uma cadeira de rodinhas, um notebook, e um guarda -roupas).

Peguei o preto e minha malas estavam na sala, e arrumei tudo,já que amanhã eu tenho a minha primeira aula.

 logo depois de arrumar tudo,decidi ligar para o Sting

Ligação on

L-Boa noite gigante, como foi seu Primero dia?

S-boa noite baixinha, meu primeiro dia foi confuso...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...