História Sempre Mais do que Amigos - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Personagens America Singer, Aspen Leger, Carter Woodwork, Celeste Newsome, Eadlyn Schreave, Kile Woodwork, Kriss Ambers, Marlee Tames, Maxon Calix Schreave, Personagens Originais
Tags A Seleção, Keadlyn
Visualizações 92
Palavras 1.223
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu fiz esse pequeno capítulo só para mostrar como está a bipolaridade e o sofrimento da Eadlyn!
Espero que gostem do capitulo!
A MÚSICA TEMA É...

Everything Has Changed- Taylor Swift e Ed Sheeran

Espero que gostem da música! *É a minha preferida :) ...

Até lá em baixo!

Capítulo 10 - Tudo mudou


Fanfic / Fanfiction Sempre Mais do que Amigos - Capítulo 10 - Tudo mudou


Estava em minha sacada, sentindo aquela leve brisa de Angeles, fazendo uma coisa que eu faço a muito tempo, na verdade 7 anos, esperar por ele.

-Já acordada filha?-Minha mãe diz entrando no quarto.- Ou devo dizer Rainha de Illéa, Nossa linda, maravilhosa e poderosa Rainha de Illéa!-Ela diz debochada.

-Feliz dia das MÃES!- Digo a ela, a abraçando, e indo em seguida até o meu closet pegando um violino com detalhes azul marinho para ela.

-É lindo muito obrigada, meu amor!-Ela fala rápido! Ela adorou mesmo! Trabalho concluído com sucesso.

-É só uma lembrancinha de todos.- Eu falo sorrindo.

-Muito obrigada! Ele é perfeito!- Minha mãe exclama. Depois de muitos obrigadas, mamãe sai e vai abraçar os meus outros irmãos, Kaden, e Amberly, Decido ir dar uma passada no quarto da Tia Marlee, espero que ela esteja num dia bom, e que hoje ela não tenha um ataque. Chego na frente da porta do quarto dele e paro, penso na vida dela, o que aconteceu depois de Kile, quando ela soube que ele foi para a guerra e nunca voltou, quando ela ficou louca, quando ela não reconheceu ninguém mais, quando a vida dela foi estragada, quando ela perdeu o bebê, como chamava Kile, dos braços dela. Bato na porta e tio Carter atende.

-Como ela está hoje?- Pergunto rezando que hoje seja dia sem ataques

-Poderia estar melhor. -Ele fala. – Só não fale que hoje é dia das mães, fiz de tudo para esconder dela, e ela iria ficar perguntando do bebê dela, ela se afetaria, teria outro ataque, e eu não sei o que faria de novo.- Tio Carter fala soltando algumas lágrimas, parecia que não, mas eu me sentia igual, e encobria, é melhor esconder os problemas do que os enfrentar, deveria fazer ao contrário, mas se o nosso problema não poderia ser resolvido.

-Eu não direi.- Digo entrando no quarto, e tentando achar Marlee.- Onde está a minha tia mais linda?-Eu falo fazendo um sorriso um tanto falso.

-Decida-se Jessica!-Ela exclama em baixo da cama.- uma hora fala que eu sou sua mãe, outra fala que eu sou sua tia, e eu estou com fome, vá ser uma boa criada e buscar meu rango! Estou na perdição da fome.- Ela fala tenta o sair de baixo da cama.- Rainha Amberly?- Ela não se lembrou de mim, Bom, hoje. -O que faz aqui?-E além fala meio duvidosa.

-Eu vim... Te convidar para a almoçar comigo hoje. -Falei.

-Hum... Eu posso levar um acompanhante?-Ela perguntou meio baixo

-Quem você gostaria de levar?-Falei

-Eu gostaria de levar dois homens, eu os vi no meu sonho, os dois eram loiros dos olhos azuis, um se chamava... Acho que Ca... Acho que Carter, e o outro... Kevin, Não, Kauai, não....-Ela fala pensativa, mas eu a corto falando com um fio de voz

-Kile?

-Exatamente! Eu queria os procurar e perguntar se querem ir comigo ao almoço.-Ela fala sorridente

-Eu acho que conheço um deles.-Falo me lembrando de Carter, vou até o banheiro e o pego sentado no canto do mesmo, pego a mão dele e o levo para onde Marlee está.

-Eu sonhei com esse daí mesmo! Obrigada!-Ela fala me abraçando.

-Você sonhou comigo?- Carter disse esboçando um sorriso.

-Sim...-Marlee disse timidamente

-O que eu fazia neste sonho?- Carter perguntou ainda com um pequeno sorriso.

-Eu estava andando numa passarela, até que te vejo no final do corredor, eu estava com um vestido brando, você estava com um terno meio grande, eu cheguei no altar, um homem de coroa nos benzeu, até que você me Beijo e me levou para uma pequena festa, você rainha Amberly – Ela didisse apontando para mim, e a ao mesmo tempo pensativa.- Jessica estava lá, ou é Josie?-Ela perguntou.- Um menino parecido com você, Carter, estava lá, ele era lindo, me fez lembrar do meu bebe.- Ela fala pensativa. Ela só se trata de Kile como, Meu Bebê.-Queria que ele fosse ao almoço conosco.- Ela fala, e eu também queria, e muito.- Uma ruiva com mais... 8 pessoas bondosas em volta, tinha um menino estranho fora estas pessoas. Depois de um tempo na festa eu e você, Carter, atravessamos uma escadaria, quando nós chegamos a frente de uma porta, você me carregou no colo e me posicionou sobre a cama e...-Marlee corou no mesmo estante, até que saquei o que ela sonhou, e o por que de querer que Carter vá ao almoço, enquanto isso, Carter começou a gargalhar muito, fui em direção a porta e fiquei encostada nela.

-Pare de rir!-Marlee disse ainda corada.

-Pode usar o meu corpinho delicioso quando quiser senhorita... Tames- Carter disse lhe roubando um beijo, que fez Marlee corar ainda mais, me lembrei instantaneamente no meu tonto beijoqueiro, e corri até o meu quarto, me sentei na cama e me abaixei ao nível de chorar, por ele, uma triste dor que eu não aguentava mais, o pior é que eu só o amava incondicionalmente, mas e também precisava de um marido, para me fazer gerar um herdeiro, legítimo, e isso me doía tanto. Pensar em outro a não ser ele.

Fiquei muito tempo chorando até que Neena entrou em meu quarto, já éramos amigas, ela nem se eu importava com formalidades, ela deveria ter nem 30 anos, era poucos anos mais velha que eu.

-Eu não tinha pedido para ficar de linceça em casa para cuidar da Nina?- Eu disse levantando a sobrancelha, a filha dela estava doente, e eu tinha dado uma folga para ela.

-Nikolina é forte, ela já está bem.-Ela disse sorridente.

-Fico feliz.-Falo Feliz por Nina estar bem.- Aliás, Feliz dia das mães!-Falo dando um abraço nela.

-Obrigada! Um dia o seu dia chegará!-Ela fala, penso em Kile, eu queria isso do com ele, eu estou ficando velha, meus pais não aguentam mais esperar, preciso me casar, mas pensarei nisso só amanhã.

-Nem venha com essa! Isso ainda vai demorar!-Digo espantando os meus pensamentos.- Nossa!-Falo me virando para o relógio!-Já é a hora do almoço!-Falo dando um abraço em Neena e correndo para não me atrasar, quando chego na porta, paro de correr, arrumo o meu vestido e entro, vejo todos a mesa, faço uma reverência e sento na mesa .-Desculpem o atraso.-Falo olhando todos.- Eu convidei senhorita Marlee para fazer parte do nosso dia, e gostaria que todos a respeitassem como um membro da família.- Digo mais para Marlee, pois todos já a tratam como alguém da família.

-Mas ela já não é da Família?- a pequena Amberly pergunta.

-Obrigada a todos pela atenção.-Falo dando um sorriso para Amberly que só assente com a cabaça como se tivesse lembrado dos pequenos problemas de Marlee.

-Com licença Majestades.- Um Guarda, Avery, entra no cômodo e chama Eu, Mamãe e papai para falarmos a sós.- Enviamos soldados de busca para a nova Ásia,, e parece que eles encontraram algo.-Avery diz.- Na verdade achamos pessoas.-Ele diz, me espanto na hora. Não tenha esperanças Eadlyn! Não tenha esperanças! Você não irá se iludir! Por favor!- Essas pessoas são, Ean Cable, Fox Wesley, Hale Garner, Henri Jaakopi e o último que me chocou bastante, Kile Woodwork. – Quando ele disse isso, não senti nada a mais de que um baque, o de que quando eu cai no chão, me lembrando de todos os nossos momentos, e o pior, ele voltou, agora Tudo mudou.


Notas Finais


Gostaram? Está bom? Deixem suas idéias!
Se eu não conseguir postar para vocês outro capítulo, Feliz ano novo!
Muita paz e felicidades!
Até mais!
Fuiii!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...