História Sempre que Possível … - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Romance, Sexo, Yasmim
Exibições 14
Palavras 507
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura😊

Capítulo 2 - Matando a saudade


        Acabei dormindo no avião, mas acabei acordando com meu pai me sacudindo.

-Yas acorda, filha acorda -meu pai

-já chegamos?- perguntei

-chegamos flor, agora levanta da i e vai passar uma água no rosto- Paula diz me ajudando a levantar

  Me levantei e fui ao banheiro do aeroporto, passei uma água no rosto, depois fui ao encontro deles que me esperavam na porta do táxi.

  Seguimos de Maringá ate Moreira Sales em percurso bem demorado, mas chegamos, minha avó nos esperava na porta de casa, junto de dona Sandra, avó de Enzo.

  Assim que o táxi parou, eu abri a porta e sai correndo em direção a minha avó que abriu os braços e um belo sorriso ao me ver.

  Nos abraçamos, e logo em seguida fui cumprimentar dona Sandra.

  Escutei meu pai me gritar para pegar minha mala, e eu fui dando risada ao ver a cara de bravo que ele fez, e minha avó fez o mesmo.

  Peguei minhas bolsas e fui ao meu quarto, e comecei a organizar, pois da última vez que eu estive aqui em fiz uma bela bagunça, mas enfim tenho que terminar de arrumar.

-alguém aqui- diz uma voz familiar Enzo!!!

-Enzo!!!- gritei e pulei em seu colo

-eita tudo isso é saudade?- ele pergunta em meu ouvido me fazendo arrepiar

-você não sabe quanto- disse

   Terminei de arrumar meu quarto, com Enzo me ajudando.

-que tal uma voltinha pelo sítio- Enzo

-pode ser, mas eu prefiro cachoeira- eu

- safadinha, eu sei o por que da cachoeira, eu ainda não esqueci vil- Enzo

-aff mas vamos por favor- eu imploro ate que ele cede

-mas não vamos entrar com roupa, é bom você colocar  um biquíni, hoje vai ser fogo- Enzo

-isso eu te prometo, mas enfim, vamos?

-vamos…

•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•

-e você por que agrediu a menina no colégio?- Enzo disse se sentando na grama e me puxando pra me sentar ao lado dele e passou o braço em meu pescoço

-por que ela pegou sua foto que tava no meu caderno e começou a rabiscar-  falei séria

-eita como minha Yasmim é brava- falou dando risada

-para isso é sério- falei séria fazendo bico e ele me deu  um selinho

-nossa como você brava- falou dando risada

-a vai a merda Enzo- falei me levantando e indo em direção a cachoeira mas Enzo me pega no colo- me solta!!

-por que eu te soltaria?!

-por que se você não me soltar eu vou gritar- falei

-então grita- Enzo

  Eu começo a gritar feito louca mas Enzo me solta dentro da cachoeira, e depois pula pra me procurar, e quando ele me acha me leva de volta pra superfície

-cara você ta muito linda, toda Molhadinha

  Enzo  se aproxima, e quando menos espero ele junta nossos lábios, iniciando um beijo calmo mas cheio de desejo, mas temos que nos separar por falta de ar.

"A marca do teu beijo marcou meu coração deixando em minha vida uma grande paixão"


Notas Finais


'-'


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...