História Sempre Vou Te Amar - CS - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, Cora (Mills), David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Personagens Originais, Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Vovó (Granny), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Aventura, Captainswan, Once Upon A Time, Outlawqueen, Romance
Exibições 51
Palavras 3.262
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi gente e então mais um cap e vai ter OQ para quem shippa e revisei mas não sou boa em gramática pode conter algum erro me perdoem por isso espero que gostem.

Boa leitura!

Capítulo 15 - Amar Pode Magoar.Mas pode curar?


Fanfic / Fanfiction Sempre Vou Te Amar - CS - Capítulo 15 - Amar Pode Magoar.Mas pode curar?

POV REGINA

           Acordei lembrando da ligação de Robin e que ele queria ficar comigo, mas não posso, não depois que ele fez para mim. Fiquei olhando pela janela o dia maravilhosamente linda e ensolarada demorei para levantar vi no relógio 11:00 não me importei, só ficaria em casa. Minha irmã entra no quarto.

- Bom dia sis. - senta na beirada da cama e deposita uma bandeja com o café da manhã ao meu lado.- Como está se sentindo?- toca meu ombro esquerdo.

- Estou melhor, bem melhor agora com esse café maravilhoso que minha irmã fez para mim!- forcei um sorriso sincero.

- Que bom!-disse Zel sorrindo.- Vamos sair e espairecer um pouco.

- Eu queria ficar aqui mesmo.- falei desanimada.

- Regina você não pode ficar assim. Só por causa de uma ligação daquele cara. Vamos se anime sis - me sacode de leve.- Tome o café e vamos para o shopping ou qualquer coisa que você quiser.

- Hum qualquer coisa.- pensei - Tabom, é quero ficar aqui no conforto da minha casa vendo meus filmes favoritos.

- Não isso você não vai fazer vamos sair conhecer pessoa novas - pega no meu braço e me leva para o banheiro - Você vai tomar um banho se arrumar que vamos sim sair nem que seja sair de casa e andar na rua.

- Ok - ergui as mãos em rendição - já que não tem jeito de mudar a situação.

- Eu já to mudando querida.

- Ta bom, querida - debochei.

          Tomei banho, enquanto escolhia oque vestir peguei um pedaço de maçã do pote encima da bandeja. Maçã é a minha fruta preferida, acabei escolhendo uma blusa de manga curta e calça jeans, sapatilha preta e batom vermelho, deixei os cabelos soltos. Peguei a bandeja e fui para a cozinha na volta sentei no sofá e esperar Zelena. Meu celular toca e atendo mesmo sendo número desconhecido.

Regina: Alô!
Daniel: Oi Regina!
Regina: Daniel?-sorri.
Daniel: É sim meu amor.
Regina: Eu estou com muita saudades de você, quando você volta e oque aconteceu com seu antigo número?
Daniel: Eu também estou linda, volto amanhã e perdi meu celular.
Regina: Que bom to ansiosa para quando você voltar.
Daniel: Eu também.
Regina: Eu tenho que desligar, vou sair com a Zel. Tchau beijos.
Daniel: Tchau beijos se cuida.

          Desligo o celular e Zelena vem ao meu encontro.

- Quem era?

- Daniel ele volta de Londres amanhã.- falo animada e com um sorriso grande.

- To vendo que a ligação dele deixou você bem melhor.

- Verdade, agora fiquei com vontade de sair.

- É assim que se fala.- pega minha mão e me puxa em direção a porta.- Você esta linda sis.

- Digo o mesmo de você.- estava vestindo uma blusa verde com saia lapis e salto alto verde escuro cabelos soltos e batom vermelho.

- Vamos para um restaurante e depois vemos oque fazemos o restante do dia.

- Ta perfeito para mim.

                                       ...

          Fomos para um restaurante japonês, fizemos os pedidos comemos depois fomos para o shopping passeamos fizemos compras passei uma mensagem para Emma.

          "Vc ta livre hj vamos fazer uma noite das garotas eu adoraria se pudesse vir."

- Ta aqui seu sundae.

- Obrigada Zel.

- E oque vamos fazer agora?

- Eu mandei uma mensagem para a Emma que vamos fazer a noites das garotas.

- Hum - sorri - gostei.

- Vamos para casa e descansar até a noite - encaixei meu braço no da ruiva - adorei nosso dia.

- Eu também gostei muito.- chega mais perto e encosta sua cabeça em mim - devíamos fazer mais vezes isso.

- Concordo.

                                   ...

POV EMMA

          Quando recebi a mensagem de Regina estava ainda no curso que estavam planejando uma festa de boas vindas aos calouros da faculdade eu e Killian como tantos outros novatos na faculdade seria nosso primeiro ano, Killian queria ir lógico queria me levar junto mas não estava com vontade de comparecer. Até o Neal o piá que eu tinha uma paixonite me convidou mas decidi não aceitar, não queria ir na festa mesmo. Já que iria ficar sozinha em casa decidi aceitar o convite de Regina. Respondi sua mensagem.

          "Axei q tava brava por causa do Robin e não falaria mais cmg. Eu vou ficar sozinha aqui em casa então eu vou para sua casa dps do curso"

          Ainda teria mais uma aula depois iria para casa me arrumar e ir na casa de Regina. Estava caminhando para ir para a última aula do dia.

- Swaaan - Killian aperta minha cintura e sacode.

- Aii Killian que susto quase me mata do coração.- levo minha mão ao peito - Não faz mais isso, idiota.- sorri.

- Estava pensando em que ou quem?

- Em ninguém e hoje não vou ficar sozinha em casa vou na Regina e você pode ir a festa tabom!

- Por um momento achei que iria acompanhada do seu "namoradinho" - fez aspas com os dedos.

- Ele não é meu namorado e ele até me convidou mas não to com vontade de ir a festa nenhuma, Regina me convidou para ir a casa dela para uma noite de garotas e aceitei.

- Posso ficar com o carro ou você vai querer ir com ele na Regina? Se quiser eu posso te levar lá.

- Você pode ficar com o carro talvez eu durma na Regina agora tenho que ir para aula tchau - beijo sua bochecha.

          A aula acabou sai da sala acompanhada de Neal conversando amenidades ate o estacionamento onde Killian me esperava escorado no carro que não era muito comum para jovens da nossa idade um fusca amarelo eu que escolhi e meu pai compro para mim quando eu viesse para faculdade.

- Gostei do carro, maneiro -beija meu rosto.

- Serio quem fala isso credo.- Killian faz cara de nojo.

- Não implica com ele se conhecer melhor vai saber que ele é uma boa pessoa.

                                   ...

POV NARRADOR

          Regina recebeu a mensagem e logo respondeu.

          "Estou de bom humor e não quero estragar isso cometendo um assassinato.
xoxoxo."

                                   ...

POV EMMA

          Cheguei em casa tomei um banho coloquei um conjunto de moletom preto peguei algumas coisas que poderia precisar e chamei Killian para me levar e depois ele poderia ir aonde ele quisesse.

- Tenha uma boa noite e se divirta com as irmãs Mills é eu acho que a ruiva vai estar ainda na casa da Regina.

- Você também se cuida não vai fazer besteira nenhuma viu - toco seu nariz com o dedo e sorrio.

- Pode deixar loirinha - toca meu nariz e sorri.

          Cheguei no apartamento coloquei minha bolsa no sofá e foi ao encontro das irmãs Zelena estava no quarto deitada na cama de costas para a porta estava aberta, bati duas vezes.

- Oi Zel.- a ruiva se vira e levanta e vem me abraçar.

- Oi loira - retribui o abraço - a Regina está no quarto.

- Vou ver como está seu humor depois que passei o número de Regina para Robin.- vou em direção ao quarto da morena.

- Você fez oque?! Você ficou maluca se ela não estivesse de bom humor ela iria matar você te ressuscitar e matar de novo arrancando seu coração.

- Nossa Zelena quanto drama. Não é a primeira vez que ela queira me matar, ela não resiste ficar sem mim.- ironizei.- Oque aconteceu entre eles.- sussurrei para mim mesma.

- Tá bom só estou dizendo se esqueceu que sou atriz e adoro drama?

- Não, não esqueci agora vou ver se a Mills está mesmo de bom humor e não vai ameaçar de morte essa pessoa linda e maravilhosa que ela tem como sua BFF.- fui e bati na porta e abri vi Regina sentada na cama vendo um programa qualquer.

- Oi Gina. Desculpa não resisti.- sorri.

- Oi. Swan.- me fitou com seus olhos castanhos dava para ver a Mills não estava muito feliz em me ver ali agora.

- É Zelena me ajude eu não quero morrer hoje não. Por favor ruiva nunca te pedi nada.

- Agora você quer minha ajudar e quem esta sendo a dramática agora em Swan?

- Ai não me chama assim não, não agora foi o que sua irmã falou antes de quase pular no meu pescoço.

- Ah deixa de drama Emma já basta essa ai - aponta para a Mills mais velha - que já é dramática demais para o meu gosto. E devia ter visto sua cara quando entrou no quarto.- gargalhou.

- Ei é só o meu trabalho atuar e você sabe que amo um drama maninha.

- Emma não vou matar você hoje não vamos preparar as coisas para nossa noite?- se levanta da cama e desliga a TV.- Vem vamos para a sala  e pega esses cobertores que estão ali na cadeira.

- Oque vamos comer estou morrendo de fome.- pego os cobertores e vou para a sala.

- Podemos fazer alguns sanduíches.

- Ah não pode ser pizza?

- É! Pizza seria uma boa.

- Qual o problema de comer sanduíches é gostoso e saudável.

- Você e essas comidas saudáveis, hoje podemos tirar folga da dieta Regina vai pede logo uma pizza de calabresa. Sim?!

- Ok venceram - ligo para a pizzaria e peço uma de calabresa e milho com bacon.

- Enquanto a pizza não chega me contem as novidades.- falei olhando as duas e me sentei no chão enrolada numa coberta.

-  Daniel me ligou e ele volta amanhã de Londres e estou muito feliz, radiante e por isso você se livrou dessa vez.

- Fico feliz por você que ele vai voltar, mas oque eu fiz?- fiz de desentendida sabia exatamente oque era e o nome. Robin.

- Não se faça de idiota você sabe você deu meu número para o Sr.Hood.

- Eu não dei eu acho que ele caiu do meu bolso.-dei de ombros.- E oque aconteceu para ficar tão irritada por causa de um número de celular?

- Nada. É que, não nos damos muito bem e quero distância dele. Só isso.

- Me desculpe ter dado é que ele me pediu como se fosse para quando tiver alguma notícia do caso ele ligaria, eu até dei o meu mas dai eu não entendi quando ele pediu o seu.

- Por que...- a campainha toca e Regina vai atender.- Pronto, deve estar uma delícia a morena abre a caixa e já tira um pedaço de milho e bacon.

- Oque?! Cadê aquela guria que era fitness e não queria pizza e agora pega uma com bacon.

- Já que é para pular a dieta tem que ser direito.- da uma mordida grande.

- Você fala assim porque é magra de ruim e ter esse corpão mesmo comendo tanta besteira.- Zel pega um pedaço de calabresa.

- E adoro comer besteiras principalmente pizza. E você Zel tem alguém em especial?

- Não sou vocês que ficaram rodeadas de caras lindos.- apontou para nós duas.

- Oque o Killian não é tão bonito assim e Daniel é bonitinho.

- Oque! Você está louca Emma os dois são muito lindos...- Regina é interrompida por Zelena.

- Como é que o Killian se descreve? Diabolicamente lindo? Isso! É pode ser verdade e não acredito que vocês são do amigos e nunca se pegaram.

- Primeiro - ergo de indicador - os garotos poder ser bonitos mas não ligo muito para isso. Segundo - engo o dedo do meio - sabe que Killian exagera quando fala da beleza dele e terceiro - ergo terceiro dedo - eu e Killian somos amigos crescemos juntos e nunca nos sentimos atraídos um pelo outro.

- Difícil de acreditar - a ruiva comenta.

- Vamos assistir algum filme? Qual vocês querem? O Casamentos da Minha Melhor Amiga, Noivas Em Guerra ou Você Não Pode Beijar A Noiva.

- Nossa filme so comédia romântica que tem casamento então eu quero o último só vi o trailer.- digo eu.

- Eu também quero o último.- Zel fala.

- Eu adoro filmes desse gênero e o vencedor é Não Pode Beijar A Noiva.

POV NARRADOR

          Todas nós ficaram assistindo aos filmes, quando a pizza acabou Emma fez pipoca doce e salgada, jogaram alguns jogos , conversaram e adormeceram, Zelena no canto do sofá Regina ocupou o restante do sofá e Emma ficou no outro sofá.

          Regina foi a primeira fez a higiene matinal, e fez o café da manhã para ela comer tinha certeza que as outras duas não levantariam tão cedo como ela. Assistiu um pouco de TV na sala mesmo e começou a ouviu resmungos, sussurros vindos das meninas.

- Regina vai assistir TV em outro lugar, quero continuar dormindo.- Zelena fala com a voz embarga de sono.

- Regina pode ser menos irritante e ir para o seu quarto e ver a maldita TV lá.- Emma falou do mesmo jeito que a ruiva e jogou uma almofada na morena.

- Ah vou para o meu quarto.- e foi para o seu quarto. Não passou muito tempo campainha toca, antes de ouvir reclamações novamente foi atender rapidamente. Abriu a porta e para surpresa de Regina era Robin com uma calça jeans e camisa social. E Robin quando viu Regina olhos de cima a baixo o corpo moreno e defino de Regina que estava ainda de pijama uma uma sleepwear e um shortinho de seda.

- Oque você está fazendo aqui?- fala sussurrando, saindo do apartamento e deixando entre aberta a porta. Que dava para ver os dois se eles se aproximassem mais.

- Você está linda como sempre.- sorri.

- Não preciso de seus elogios para saber disso e diga logo oque veio fazer aqui.- diz séria e ríspida.

- Isso.- coloca sua mão na nuca da morena e beija como se dependesse daquilo para viver pega Regina na cintura e aperta contra seu corpo e aprofunda mais o beijo Regina corresponde o beijo mas logo o empurra com as mãos o corpo dele.

- Oque...vo...é...- respira fundo e diz de uma vez só - Nunca mais faz isso.

          Na sala a morena não sabia mas a campainha despertou Emma que viu a porta entre aberta e vencida pela curiosidade foi ver e viu mais que deveria, ficou surpresa em ver o beijo que Robin deu e surpreendida pela retribuição da parte de Regina. Tentou se aproximar ao máximo para escutar os dois, ficou atrás da porta.

- Eu não consegui resistir aos seus lábios doces e macios e vim aqui para dizer que eu me separo da Marian e faço oque for para provar meu amor por você Regina me de outra chance. E como eu sei que você gosta de crianças e eu não posso abandonar Roland, vocês vão se dar bem.

- E se ele não gostar de mim achar que sou a madrasta má.- nao acredito no que falei se arrependimento matasse eu estaria morta agora.- Eu já de uma chance para você e desperdiçou dormindo com a mulher que é sua esposa agora.- falou debochando.

- Roland vai gostar de você e me casei com Marian porque ela engravidou e não poderia fugir dessa responsabilidade. Se quer eu ajoelhado a ti, faço isso.- ajoelha-se - Eu amo você mais que tudo na vida.- pega na mão de Regina que logo retira - eu peço que me perdoe e volte para mim.

- E seu filho como fica com a família separada? E não é fácil perdoar oque você de eu passar, agora estou segundo em frente e sou muito feliz com Daniel. E se levante não precisa de tudo isso.- levantou-se.

- Eu conheço muito bem você e sei que não é mais feliz como era antes.

- E sabe o motivo também então vai embora e nunca mais apareça aqui nunca mais me procure ouviu sr.Hood.- falou afirmando para o homem.

- Eu quero me redimir pelo que fiz a você quero começar do zero um novo recomeço em nossas vidas.

- Não Robin, existe mais nada entre nós!- vira de costa para o loiro.

- E oque aconteceu agora o beijo você retribuiu eu sei que me ama ainda que é apaixonada por mim que não esqueceu do que vivemos.

- É isso é verdade - pausa - eu não esqueci que quando me declarei que abri meu coração para você, você me traiu com aquela mulherzinha.- ergueu o tom da voz.- E não esqueci do que passamos.

- Para suas feridas serem curadas primeiro elas precisam ser perdoadas e dizem que o amor pode curar tudo até um coração partido. Eu vou juntar todos os cacos e fazer um coração novo.

- Adeus Robin - deu um sorriso sincero.

          Quando a loira atrás da porta ouviu isso foi rapidamente ao sofá que estava que dava para ver oque ocorria no corredor mas no tom que falavam não se ouvia nada onde estava.

- Tchau Regina - beija novamente mas logo separa seus lábios de Regina que o homem caminha em a saída. Deixa uma Regina boquiaberta com a atitude final do loiro passou os dedos nos lábios e sai dos devaneios e volta para dentro. Vê que nenhuma das duas demonstra que vai acordar.

- Quem era Regina?- Emma pergunta quando Regina estava indo para seu quarto.

- É o detetive veio ver se estava tudo bem porque - pensou - eu não atendia o telefone.

- Hum, mas não me lembro de ter dado seu telefone e sim só o do celular que fui eu que dei e porque o detetive viria aqui? Ta mal contada essa história Mills.

- Nossa Emma o telefone quer dizer o celular também. Vamos levante que já são olhou no relógio da sala 09:45 aproveita e acorda Zel.

- Zel acorde - cutuco seu braço - Zelena acorde preciso contar uma coisa - cutuco novamente.

- Hum oque é - falou sonolenta de olhos fechados.

- Sobre Regina e aquele detetive como é o nome dele é Robin.- com essa informação a ruiva levanta rápido e logo vai ao encontro de sua irmã.

- Onde você vai?

- Falar com a Regina.

- Não, não e não ela não sabe que eu sei eu vi tudo e escutei tudo.

- E oque você viu?- virou-se para Emma.

- Robin e Regina se pegaram.

- Oque isso não poderia acontecer Meu Deus do Céu eu preciso ver como ela está.

- Porque ela deve estar muito bem agora.

- Claro que não a Regina tem um namorado e não precisa daquele idiota do Hood.

- Não conte que eu sei disso.

- Ela vai saber disso mais cedo ou mais tarde e tenho certeza que ela tem algo para lhe contar.

- Fiquei curiosa agora vamos então.- entraram no quarto.

- Regina está tudo bem?- Zelena pergunta procurando a outra Mills.

- Sim porque não estaria adorei nossa noite e isso me deixou mais alegre.

- É isso ou é outra coisa?- a ruiva pergunta com um sorriso malicioso.

- É isso sim. E pelo oque seria a outra coisa?

- É que um passarinho loiro me contou quem estava ai mais cedo.- Regina fitou a loira.

- Emma - falou entre os dentes e sussurrando.

- Eu sei mas não sabia oque fazer e que eu gostei mesmo ele sendo casado. E precisava de ajuda dai contei para a Zel e ela falou que você tem algo para me contar também.

 


Notas Finais


Então gostam me digam
xoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...