História Send Nudes - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Itachi Uchiha, Mikoto Uchiha, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha
Tags Naruto, Sakura, Sasuke, Sasusaku, Send Nudes
Visualizações 834
Palavras 1.195
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, Escolar, Ficção, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi!
Desculpem a demora D:

Espero que gostem e boa leitura <3

Capítulo 5 - Five


-Uhm...- Sakura ronronou ao meu lado.

Cara, eu nunca, no meu melhor sonho iria imaginar isso.

Deixa eu recapitular...Sou Sasuke Uchiha, prazer.

Tenho 16 anos, estudo na Konoha Hight School (KHS), sofro bullying por 2 anos por gostar de estudar, amo uma menina platônicamente por 5 anos chamada Sakura Haruno, e nas últimas 48 horas minha vida virou de ponta cabeça.

Porquê?

Bom, Porque basicamente, a menina que eu gosto, vulgo Sakura, me chamou inocentemente pedindo para eu ajudá-la numa dúvida em trigonometria e como uma boa pessoa que sou, ajudei.

Milagrosamente ela puxa papo comigo e ficamos 4 fucking e deliciosas horas conversando no whats até quase a bateria do meu celular acabar.

Ela fala que quer vir aqui em casa para ver Game Of Thrones e eu aceito.

A noite passa, cagamos para Game Of Thrones e transamos. Com meu irmão em casa.

Cara, isso é surreal!!

E o pior de tudo...

Esqueci a porra da camisinha!

-Sakura... – Ouço ela murmurar, despertando do seu sono de princesa.

-Uhmmm... – Ela murmura e coça os olhos.

-Bom dia... – Eu queria falar sobre o que aconteceu, mas gentileza é tudo.

-...Bom dia... – Ela sorriu e mesmo com os cabelos muito bagunçados, ela consegue ser linda.

-Ahm...Dormiu bem? – Eu queria muito falar sobre o que aconteceu, mas algo me travava.

-Eu.. – O celular dela começou a tocar.

Ela o pegou e eu não consegui ver quem era, mas pela cara que ela fez, acho que ea esperava uma ligação tão cedo, logo pela manhã.

Sakura demorou bastante naquela ligação, ela quase não falava, e quando o fazia, era apenas para falar “Sim, tudo bem...Ok...”, e depois de 30 minutos, a ligação chegou ao fim.

-Ahm, Sasuke...Eu preciso ir... – Ela se levantou rapidamente e aquilo me deixou confuso.

-O que? Porque? Aconteceu alguma coisa? – Ela ficou muito estranha depois daquela ligação, mas eu não ia forçar ela a contar.

-Não, está tudo bem...Sério...Só preciso ir pra casa...Minha mãe deve estar preocupada, é raro eu dormir fora, e quando faço, sempre aviso pra ela antes... – Sakura vestia o vestido rapidamente e com os olhos, procurava a jaqueta e a bolsa.

Eu não sei porque, mas de alguma forma, eu sentia que ela estava mentindo.

Não...Sakura não faria isso...

Ou faria?

Arg! Não quero pensar nessas merdas agora! Preciso alertá-la que não usamos camisinha!

-Sakura... – Ouço alguém bater na porta.

Já sei quem é.

Coloco o indicador na boca, pedindo que Sakura não faça um ruído sequer, e como um jato, vou em direção a porta.

Só não contava que eu fosse bater o dedinho no pé no armário.

Puta que pariu! Que dor!

Essa merda de dedo só serve pra isso!!

Mancando e já com a cara emburrada, abro a porta e me deparo com Itachi, com o cabelo parecendo um ninho de rato, com uma samba canção do pokemon e segurando aquele Dakimakura pavoroso.

-Bom dia. – Ele disse comendo um biscoito de poke.

-O que quer?

-Hoje é segunda, tem aula hoje, vim te acordar, você dorme mais do que a cama...Não é, Aika? – Ele olhou para o travesseiro e sorriu.

Bufei e fechei a porta.

-Irmanzinho tolo...Huhuhu – Ouvi ele dizer por de trás da porta e seus passos seguiram para seu quarto.

Na boa, alguém me dá outro irmão!

Me virei, e vi que Sakura tinha se escondido atrás do armário.

-Você tem um boneco do Mario? E ele estava atrás do seu armário? Nossa, você levou a brincadeira a sério hein... – Ela riu e colocou o que na verdade, era o luigi, em cima da mesa.

Ok, eu deixaria aquela passar.

-Sakura...Precisamos conversar. – Falei enquanto pegava meu uniforme e sentei na cama, esperando que ela fizesse o mesmo.

Mas ela não fez.

Ela ficou me olhando, e seu olhar estava um pouco...Assustado?

-Uhm...Sim, Sasuke. – Ela veio e quando ela ia se sentar, o celular dela toca novamente.

Caralho!

Passei a mão pelos cabelos e me segurei para não bater em algo.

Dessa vez a ligação foi rápida, ela não disse nada e depois de 1 minuto, desligou o telefone e simplesmente disparou em direção a porta.

-Eu tenho que ir! Me desculpa sair assim, mas é que eu realmente preciso ir. Eu amei hoje, e mal posso esperar pela próxima vez! – Ela me deu um selinho e foi embora.

Sentei na cama novamente e soltei o ar.

Eu precisava alertar Sakura de tomar aquele comprimido que as meninas tomam...Esqueci o nome...Mas eu precisava fazer isso!

Sei que ela deve saber disso, mas eu sou uma pessoa responsável também. Nós transamos e devo cumprir meu papel e tomar algum tipo de responsabilidade.

Tomei meu banho e no chuveiro mesmo, fiz minha higiene matinal.

Ao terminar, coloquei meu uniforme e desci para a cozinha, encontrando Itachi, já arrumado com o terno e conversando com o papai pelo telefone.

Olhando assim, nem parece um Otaku idiota que come uma personagem estampada num travesseiro.

Sentei na mesa e esperei Itachi terminar o o café. Odeio adimitir, mas ele cozinhava muito bem.

-Sasuke, não demore para voltar para casa hoje. Mamãe irá chegar de viagem hoje e irei pegá-la no aeroporto. Papai só virá amanhã e a casa precisa estar limpa. Não quero eles gritando no meu ouvido. – Falou ele enquanto colocava nossos pratos na mesa.

-A casa eu limprei ontem, você que precisa limpar aquele xiqueiro que você chama de quarto e esconder aquele travesseiro ridículo. – Falei enquanto mordia minha torrada.

Itachi ficou quieto e apenas bufou. Pegou o tablet e ficou olhando aquelas notícias sobre empresas e outras coisas chatas...

Peguei meu celular e abri o whats...

-Oi, tudo bem?

-Oi, tudo sim...

 

-Ahm...Preciso te avisar uma coisa...

 

-O que?

 

Eu estava digitando, quando vi o símbolo do Wi-Fi sumir. Ótimo, a internet tinha caído!

E pra melhorar, eu estava sem 3G!

Porra!

Puto, entrei no carro de Itachi e ele ficou me olhando de forma estranha. Eu não queria falar nada, estava estressado e ainda era 7:30 da manhã!

E a porra do dedo estava doendo pra caralho, meu sabe de luz também!!

Quando chegamos, bati a porta do carro com força, ouvindo Itachi reclamar atrás de mim. Segui em frente até perceber uma coisa...

Eu havia esquecido o óculos em casa. Puta merda!

Agora eu teria que sentar na frente para enxergar alguma coisa e rezar para não sentir dor de cabeça. Imagina, dor no dedo, dor no pau e dor de cabeça? Assim não dá!

Cheguei no colégio, já procurando por ela por todas as partes, mas não achei. Bateu o sinal e tive que ir para a minha sala. Merda!

Me sentei na primeira cadeira, na primeira fileira, em frente a mesa do professor Kakashi e até que não era tão ruim sentar alí..

O primeiro tempo passou e quando a professora Kurenai entrou na sala, atrás dela, estava a Sakura, e atrás de Sakura, estava Sasori.

O pior de tudo, ele estava de mãos dadas com ela.

O rosto de Sakura estava estranho, um pouco inchado. Sasori sorria como o coringa, aquele filho da puta!

Eu não sei o que estava acontecendo, mas Sakura sentou longe de mim.

E me ignorou o dia todo.


Notas Finais


Até ;*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...