História Senhorita Frieza - Imagine Jin (BTS) - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jin, Personagens Originais, Rap Monster
Tags Bangtan Boys, Bts, Jin, Kim Seokjin, Rap Monster
Exibições 602
Palavras 1.664
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeong... Demorei?
Leu as fics que eu recomendei? *LEIA POR FAVOR* Link no cap anterior. E por favor se preparem! 😏

(PERDOEM QUALQUER ERRO)

Capítulo 18 - Terno - pt. 2


Fanfic / Fanfiction Senhorita Frieza - Imagine Jin (BTS) - Capítulo 18 - Terno - pt. 2

 ~ "Minha casa" 22:15 p.m
26/11/2016

- ______! Qual é! Eu durmo no sofá...

- Quero você comigo... - Sorri maliciosa.

- Tem certeza?

Balancei a cabeça afirmando.

Jin começou a tirar seu terno... Por Deus era a coisa mais linda que já havia visto. Por fim ele acabou ficando só de calça, deitou na minha cama, apoiou a cabeça na palma da mão e me encarou...

- Pronto, já pode vir deitar.

- Aigoo! - Resmungo indo acender o abajur, apagando a luz do quarto e me deitando ao seu lado. - Boa noite. - Digo bufando me virando de costas para Jin.

O mesmo se encostou em mim, passou sua mão por minha cintura e beijou meu pescoço. Ah que arrepio bom. E assim ele prosseguiu com muitos beijos... Aquilo estava me deixando maluca, eu queria beija-lo mas minha boca como estava, não daria certo.

- Jin... - Falei baixinho.

- O que _____? - Prosseguiu com os beijos e mordidas cada vez mais fortes.

- Me deixa dormir...

- Porque? Não está gostando?

- S-Sim e é por isso mesmo... Eu não consigo me controlar perto de você.

Me virei para ele e o beijei, não pensei duas vezes, apenas fiz. E com tal ato veio a consequência, uma dor forte no lábio inferior que estava cortado. Mas não me importei continuei beijando o garoto que correspondia sem hesitar. Sua mão cada vez mais apertava minha cintura e me trazia para mais perto de seu corpo, até ficarmos colados como um só. Já estávamos ofegantes e paramos o beijo por falta de ar. Foi aí que percebi que minha boca estava com gosto de sangue, aquele gosto de ferro... Tão bom.
Jin voltou a atenção para meu pescoço e minha mão foi em seu cabelo e o segurava forte enquanto eu gemia baixinho. Jin foi descendo cada vez mais os beijos até chegar perto dos meus seios cobertos pela blusa, porém eles estavam completamente duros e marcados na blusa. Seokjin passou a mão por cima deles me causando um choque gostoso, apertou meus bicos, tal ato me fez prender a respiração, vi o mesmo morder os lábios mesmo com a pouca luz do quarto. Então ele pôs-se por cima de mim, com um joelho de cada lado do meu corpo e retirou minha blusa com todo cuidado, me deu um selar breve e desceu pelo meu pescoço de dando pequenos beijos por onde passava.

- Jin faça logo... - Pedi manhosa.

- Faça o que _____? - Perguntou o óbvio.

- Jin... M-me chupa vai. - Ele vai pagar por isso!

O mesmo não pensou duas vezes e abocanhou meu seio, enquanto o outro ele apertava com a mão, Ah eu estava enlouquecendo. Eu queria a boca dele ali todo o tempo. Acabei gritando quando Seokjin mordeu o bico do meu seio.
  De repente Jin parou o que estava fazendo e sorriu para mim malicioso, se levantou. E O QUE? Não estou entendendo. Eu não acredito que era só mais um jogo idiota!

Ele ficou parado por um momento na minha frente e depois foi até o interruptor e acendeu a luz do quarto me deixando completamente exposta para ele. O mesmo voltou à cama se sentou de frente para mim e voltou a fazer o que estava fazendo antes. Ele parecia sedento como uma criança, me chupava com ferocidade enquanto eu delirava de prazer a cada mordida sua.
Até que em certo momento ele desceu uma de suas mãos pela minha barriga e parou no cós da boxer que eu vestia, por sinal a única peça que ainda cobria meu corpo era esta. Brincou um pouco ali e desceu mais a mão, que fez com que na mesma hora eu mexesse meu quadril para cima. Jin começou a fazer movimentos circulares em minha intimidade completamente molhada.

- Molhada assim pra mim _____? - Provocava enquanto ainda chupava meu seio.

Eu já não pensava direito, só queria aqueles dedos em mim cada vez mais rápido. E assim ele fazia, me enlouquecendo cada vez mais. Até que ele parou e eu o reprovei.

- Jin... - Dizia ofegante.

- Pede _____. Eu faço, é só você pedir pro seu Daddy.

- Continua por favor...

- Por favor o que...? - Filho da puta, não sabe com quem está mexendo. Mas eu vou ser uma boa garota AGORA e dar o que ele pede.

- Por favor Daddy, continua.

E assim ele fez, dessa vez apenas me masturbando. Ah sim eu quero mais e mais. Jin parou por um instante e retirou minha boxer e a jogou para longe num canto qualquer do quarto.

- Tão linda ______. - Disse passando os dedos por minha intimidade.

E então recomeçou seus movimentos, eu gemia feito louca e movimentava os quadris de forma eufórica dizendo coisas sem nexo.
Jin então levou dois dedos seus até minha boca e eu os chupei com maestria, ele levou esses mesmos dedos até minha entrada e foi enfiando bem devagar, me torturando cada vez mais.

- Tão apertada e tão molhada... Só pro seu Daddy ______?

Não respondi e o mesmo deferiu um tapa em minha coxa.

- Eu te fiz uma pergunta ______! - Como ele ficou assim do nada? Jin é um dominador? O pobrezinho não sabe de nada.

- Sim Daddy. - Eu como a boa garota inocente vou fingir que ele está no controle.

E assim ele começou o vai e vem mais longo da minha vida, Jin queria mesmo me torturar... Até que o joguinho dele estava bem gostoso. Seokjin foi aumentado a velocidade a cada estocada. Levou também sua boca até lá e começou a me chupar.

- Ah Jin... - Gemi.

- Tá gostoso é?

Apenas assenti, Jin ia cada vez mais rápido, era quase impossível raciocinar, eu estava prestes a perder o controle. Senti um calor tomar conta do meu corpo e minhas paredes internas se contraírem apertando os dedos de Seokjin.
Até que atingi o orgasmo.
Quando voltei a si bati as mãos no peito nú de Seokjin e o deitei na cama, ficando por cima do mesmo. Me sentei num ponto estratégico e senti que estava completamente duro. Me abaixei até a orelha de Jin cuja mordi e passava a língua bem devagarinho.

- Eu te deixo tão duro assim Jin? - Disse passando a língua por toda a extensão de sua orelha.

O mesmo apertou forte a minha bunda em reprovação.

- Hein Daddy, me responde... E por minha causa? - Rebolei em cima de seu membro, vendo Seokjin morder os lábios prendendo um gemido.

- Não faz isso, era pra eu dominar hoje.

- Responde a minha pergunta Daddy... - Rebolei novamente, o contato de sua calça com a minha intimidade era tão excitante.

- Sim Babygirl, foi você quem me deixou assim.

- Meu Daddy é tão bonzinho... - Rebolei ainda mais, desta vez gemendo baixinho.

Fui descendo por seu peito, beijando-o em toda a parte até o cós de sua calça, abri o botão da mesma e desci seu zíper bem devagar encarando-o de modo safado. Retirei a peça rapidamente e fiz o mesmo com sua cueca, jogando-as longe. Peguei em seu membro e o masturbei bem devagar... Cheguei bem perto e passei a língua em sua cabecinha vendo Seokjin se contorcer de desejo.

- O que você quer Jin? - Disse olhando em seus olhos enquanto passava a língua ali bem devagar.

- Me chupa babygirl... Por favor.

Atendi ao seu pedido de imediato, comecei bem devagar e fui aumentando... Muitas vezes Seokjin movimentou o quadril em busca ir mais fundo e mais rápido... Mas sou eu quem está no comando e o reprovei todas essas vezes.

Eu já não aguentava mais de desejo... Queria Seokjin dentro de mim naquele momento. Sem pensar duas vezes, fiquei por cima dele, encaixei seu membro em minha entrada e fui sentando devagar, até ter ele todo dentro de mim, deixei um tempo até me acostumar com seu tamanho e assim prosseguir... Comecei a subir e descer, aumentando sempre o ritmo.

- Ah Jin... - Gemia completamente extasiada.

Até que já não aguentava mais manter o ritmo e desci de cima dele ficando de quatro na cama, Seokjin veio por trás e começou a estocar em mim, aumentando a força e a velocidade a cada entrada e saída sua. Em certo momento ele envolveu meu cabelo com as mãos e me puxou para trás e socando assim cada vez mais fundo, eu já não estava mais em mim. Tudo que sentia era um prazer enorme, vez ou outra sentia certos incômodos no meu corpo por conta dos chutes, mas eu os ignorava completamente, só queria senti-lo em mim...

Aquela sensação de calor estava voltando, minhas pernas tremiam e eu suava frio nas mãos, pela segunda vez o orgasmo veio e com ele desabei na cama, mas logo fui sustentada pelos braços de Seokjin.

- Eu ainda não acabei babygirl...

E assim continuou a estocar forte em mim. Até que também chegou ao seu ápice. E assim me ajoelhei a sua frente e o chupei por um tempo até sentir seu gozo em minha boca.

- Engole tudo babygirl. - Dizia acariciando meu rosto.

Assim fiz, engoli tudo e desabei ali no chão, com a cabeça jogada para trás, apoiada na cama. Seokjin me ergueu em seus braços e me levou ao banheiro para um banho, banho esse que mais transamos do que outra coisa. Nunca pensei que Seokjin fosse tão bom assim, talvez tão bom quanto Yoongi...

Quando voltamos para o quarto optamos por dormir nús mesmo.

- Você é linda _____. - Disse acariciando meu rosto.

- Você é mais lindo ainda Jin. - Admiti.

Dentro de mim uma voz até então desconhecida por mim gritava um Eu te amo freneticamente. Eu queria dizer, mas guardei para mim.

- Boa noite anjo. - Disse-lhe baixinho.

Seokjin me deu um beijo na testa e assim dormimos, abraçados.


Notas Finais


AAAAH... Morreram?
Eu sim! SCRR kkkk
Até a próxima... Eu te amo vcs.
Link do grupo nos comentários, obrigada por ler.
BEIJO GRANDE 😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...