História Senses (Jikook) - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Tags Drama, Jikook, Lemon, Romance, Yaoi
Visualizações 75
Palavras 619
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, Violência, Yaoi

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


(Sim, é o Jungkookie na foto)
Este é o epílogo Jikook
Mas, vais ter epílogo do Yoongi, que aí sim, vai contar TUDO resumidamente
Bjo

Capítulo 24 - Epílogo p.1


Fanfic / Fanfiction Senses (Jikook) - Capítulo 24 - Epílogo p.1

Quatro anos depois

 Park Jimin on

Chego do trabalho um pouco cansado, me jogando no sofá. 

Pensando nas coisas. 

Que o destino nos proporciona. 

Eu, agora com 23 anos, casado com uma pessoa que nunca vou me cansar de dizer o quanto amo, e pai de um linda menininha, posso dizer que sou a pessoa mais feliz. Sei que já falei isso diversas vezes, mas ao lado dele, cada segundo é melhor, cada hora é mais apaixonante...

Jk: MINNIE!!_ ouço da cozinha um grito da voz que, mesmo depois de quase sete anos, faz meu coração acelerar_ vem aqui, amor!

Jm: Já estou indo!

Entro pela porta, vendo uma das cenas mais fofas/lindas/ engraçadas de toda minha vida. 

Um garoto moreno todo sujo de farinha, junto a uma bebê mais ainda. 

Jm: O que vocês estão fazendo? _ pergunto sorrindo da situação 

_Fazendo bolinho pra você, appa _ responde Jennie com a vozinha fofa que tem.

Jk: Isso...- Jungkook repete a fala da criança _ fazendo bolinho pra você appa _ com um sorriso malicioso se formando em seu rosto. Porra, Jeon...

Aquele maldito sorriso. 

_appa - boceja - Eu tô com sono - suspende seus braços em minha direção, fazendo com que eu a carregue.

Jm: Vou levar minha filhinha para tomar um banho.

Ando em direção às escadas.

Jk: vou levar seu appa para tomar um banho também

Viro olhando com reprovação para o mesmo.

Jm: Kookie-ah!!

Jk: o que foi? _ me abraça por trás _ vai dizer que vocr não gosta e tomar um banho com seu maknae? _ aperta minha bunda.

Jm: Vou dar banho em nossa filha. Aí sim, nos poderemos conversar. 

Entro no quarto retirando minha camisa suja de farinha, já pensando em não deixar o Kookie nunca mais com ela.

Jk: Tira tudo _ olho para a porta do banheiro, me assustando, quando vejo um corpo nu, apenas coberto por um toalha da cintura para baixo.

Jm: que susto, seu babaca! _ jogo a camisa em seu rosto

Jk: Não me xinga. _ puxa meu corpo_ sabe que não resisto quando essas palavras podres saem de sua boca... _ morde meu lábio inferior...

Jm: Kookie... - Um beijo repentino em meu pescoço, faz meu corpo esquentar... - Não... - Sim...

Jk: Estou sujo de farinha Park... Vem me limpar - Sussurra a última parte

Jm: Vamos sim _ estava com os olhos fechados, sentindo cada toque, que quando me dei conta, estava debaixo do chuveiro com o Jeon... 

Jm: Deus... - Seu corpo, seu cabelo, sua boca... Me fazem Suspirar feito um louco no cio - Você é tão perfeito Jungkookie. 

Sinto minhas costas tocando no azulejo frio, arrepiando cada pelo do meu corpo. 

Faço com que meus dedos percorram todo o corpo do menor, que me beija sem nenhum tipo de decência. 

Aperto seus fios lisos, entrelaço uma de minhas pernas, nos colando ainda mais. 

Jk: Eu te quero tanto Park... - Seu tom era ofegante, por conta da excitação momentânea. 

Jm: eu sou seu... 

Rapidamente sou virado, e meu rosto é colado ao box de vidro, o embaçando mais ainda com minha respiração. 

Coloco minhas mãos como apoio, enquanto sinto uma língua quente em minha entrada.

...

Seu corpo chocava contra o meu, que consequentemente, sabia contra o vidro, (que não sei como não se partiu).

Ele me masturbava, levando cada vez mais perto do ápice. 

Jogo seu corpo na banheira, sentando sobre seu membro, passando as mãos sobre seu abdômen, que se contraia a cada movimento.

Continuei, até sentir algo escorrer dentro de mim, enquando me liberava em sua barriga.

Beijo sua boca, em um movimento lento, provando seu gosto delicioso.

Terminamos o banho, indo nos deitar.

Coloco minha cabela em seu peito, adormecendo ao poucos, mas antes sussurro. 

Jm: Eu te amo muito Kookie-ah 

Afaga meus cabelos

Jk: Eu te amo bem mais, Minnie... 






Notas Finais


Parte 1 por q?
Porque o Yoongi, oppa de todos nós, vai narrar o epílogo verdadeiro
Que contará as bagulha


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...