História Sentimento Oculto - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Thundermans
Personagens Barbara "Barb" Thunderman, Billy Thunderman, Hank Thunderman, Max Thunderman, Nora Thunderman, Phoebe Thunderman
Tags Novela, Romance
Visualizações 35
Palavras 2.373
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi Gente.

Boa Leitura!

S2.

Leiam as notas finais...

Capítulo 15 - Perdidos Na Floresta: Parte 1


Depois daquele noite eu mudaria completamente...

Estávamos nos beijando com muita vontade, não conseguíamos nos separar era tanto resão que depois de algum tempo Max se separa um pouco e fala.

-Tem certeza que quer fazer isso?

Max naquele momento sinto um olhar de preocupação, mas eu queria fazer muito isso então tomo coragem e falo.

-Claro.

Então ele concede com a cabeça e voltamos a nos beijar.

Depois que alguns minutos ele fica em cima de mim e começa a tirar minha blusa então depois que tiro eu vejo seus sutiã então sem perder tempo tiro e vejo seus peitos eram bem grandes então digo para Phoebe.

-Posso?

-Está esperando oque?

Então começo a beijar seu peito e fico fazendo massagem no outro, depois de 2 minutos começo a beijar o outro e fico fazendo massagem como fiz no primeiro então faço isso durante muitos minuto.

Vou descendo ate´sua bermuda de pijama que estava usando então tiro-a e depois vejo sua calcinha então tiro com aboca e mas antes que eu conseguisse ver sua intimidade ela tampa com a mão.

-Oque foi amor?

-Estou com vergonha, Max!

-De que. Amor você é linda, e uma coisa ou outra não vai fazer mudar isso.

Então ela continua olhando para mim, aí eu digo.

-Confia em mim.

Então ela tira sua mão, pego meu dedo e passo na boca então enfio meu dedo dentro da sua **** e faço movimentos tirando e entrando então começo a lamber e depois ela fica em cima de mim.

-Agora é minha vez.

Ela beija meu pescoço e vai descendo até minha barriga então ela tira minha camisa.

Vendo os quadradinhos na barriga de Max então beijo um por um e depois beijo sua barriga toda, então desço até sua bermuda e então tiro ele e vejo ele só de cueca seu membro estava ereto então sem perder tempo tiro sua cueca então começo a chupar seu pênis.

Max agarra meu cabelo e fica fazendo movimentos para baixo e pra cima então ele vai fazendo isso muito rápido até que ele diz.

-Vai, gostosa, vai... 

Ele ele continua fazendo isso e me chamando de gostosa até  que ele goza dentro da minha bica e eu tomei tudinho então ele solta meu cabelo e fala em meu ouvido.

-Agora fique de quatro.

Eu obedeço ele e fico de quatro então ele vai atras de mim e fala.

-Está pronta?

-Vai doer?

-No começo sim, amo depois e só prazer.

Então respiro fundo e falo.

-Pode começar.

Ela fala isso então eu me preparo e enfio meu membro dentro dela bem devagar e ouço alguns gritos então boto meu dedo dentro da boca dela então  penetro ela com força e olho para ela e vejo lágrimas saindo de sues olhos me bate uma preocupação então eu falo.

-Amor, quer parar?

-Não, estou amando.

Então ela diz aquilo e eu continuo comendo ela e tiro meu dedo de sua boca e ela começa a gemer então eu penetro ela com muita força e ela geme até que gozo dentro da sua bunda era um prazer muito bom então pego a cabelo dela e enfio meu pênis dentro dela para deixar o esperma dentro dela então penetro ela e puxo seu cabelo então eu tiro meu membro de dentro dela então pego suas pernas e boto em cima de meu braço.

Pego meu membro e boto dentro dela então ela começa a me aranha então eu penetro ela com força então ela geme eu eu falo.

-Geme, geme delícia...

Max estava muito animado então não deu muito tempo ele goza então ele tira minha perna de seus braços e pega meu cabelo e leva a té seu pênis e faz com que eu chupe ele até que não sobrasse nem mais um pouco de esperma então depois que parei de chupar ele fala.

-E aí gostou?

-Claro.

-Bom, vou indo até amanhã amor.

-Espera.

-Oque?

-Eu vou tomar banho, que tal tomarmos banho juntos.

-Sua safada.

-Então, vai querer?

-Não tem como dizer não.

Pego ela no colo e levo até o banheiro e lá eu abro o chuveiro e entramos lá então eu passo sabão no corpo dela e ele no meu.

Eu deixo o sabão cair então ela diz.

-Deixa que eu pego. 

Ela se abaixa e bota a bunda perto do meu membro então ele começa a ficar grande então ela se vira e olha para meu membro então ela começa a chupar, eu boto minha mão atras da sua cabeça e vou empurrando a cabeça dela até que depois de alguns minutos eu goza então ela engoli tudinho.

Então acabamos de tomar banho e eu levo ela para o quarto dela no colo e deito ela na cama.

-Até amanhã amor. Diz ela.

-Até.

Nos beijamos então eu fecho a porta de seu quarto.

Max sai e eu durmo...

Max sai da casa então volta para a casa aonde estava ficando ele olha para os lados para ver se ão tinha ninguém então ele entra. Mas ele não sabia que Allison estava olhando pela janela...

No dia Seguinte

Barb estava com o celular na mão, então ela liga para a casa de Cherry.

-Alô.

-Oi, aqui quem fala é Barb.

-Ha oi Barb, quer alguma coisa?

-Sim, será que posso falar com Phoebe?

-Ela não está aqui não.

-Ué ela falou quia passar alguns dias aqui.

-Aqui em casa não. Vou desliga estou com feião no fogo.

-Adeus.

Aí meu Deus aonde será que Phoebe está?

Na fezenda

Max

Já tinha acordado então passo perfume e quando saio do quarto dou de cara com Allison.

-Que susto Allison!

-Susto porque? Está fazendo algo de errado ou já fez?

-Oque? Não e mesmo se eu fizesse não é da sua conta.

-Nossa grosso, eu só queria te fazer uma pergunta.

-Fala então.

-Oque está fazendo ontem a noite.

-Como?

-Não se faça de bobo, eu vi você chagando ontem bem tarde. Fala aonde estava.

-Eu não te devo satisfação. -Agora me da licença.

Falo e saio dali.

-Eu ainda vou descobri. A se vou.

Phoebe

tinha acabado de acorda então me levanto com muita dificuldade estava com uma dor no quadril, me levanto e vou até o banheiro lavo meu rosto e depois seco então saio do banheiro e vou para cozinha tomar café.

Chego lá e não tinha nada para comer.

-Aí meu Deus, não acredito que a comida acabou!

Ouço a porta sendo aberta e quando vou ver era Max.

-Finalmente, estava com saudades!

-Também.

-Você trouxe comida?

-Não, já acabou?

-Sim.

-Então eu vou lá buscar.  Diz ele saindo.

Então fico esperando ele..

Narrador 

Depois que Max sai da casa, Allison se aproxima então ela abre a porta bem devagar então ela entra e vai caminhando bem devagar ela vai para o quarto mas não vê ninguém lá então ela vai para a cozinha e quando olha ela via um agarota, mas estava de costas mas conheceu pelo jeito de seu corpo entaõ disse.

-Phoebe!

-Oi, Max já vol...

-Oque faz aqui?

___________________

Casa dos Thundermans 

Barb estava andando de um lado para o outro preocupada com Phoebe até que Nora aparece.

-Oque foi mãe?

-Sua irmã, não sei aonde ela está!

-Calma mãe, aonde ela falou que iria?

-Passar um dias na casa da amiga dela.

-E ja´ligou para lá?

-Sim, e para as outras amigas dela.

Ficamos quietas e pensando té que Nora diz.

-Liga para o Max, vai que ela falou aonde iria para ele.

-Verdade.

Barb pega seu celular e liga para Max.

-Alô.

-Filho, ainda bem que atendeu.

-Oque foi mãe.

-Você save aonde sua irmã está.

Minha mãe diz aquilo então eu ia mentir mas o jeito que ela falou estava muito preocupada parecia chorar então eu digo.

-Ela está aqui na fazenda.

-Sério?

-Sim, ela veio pra cá, e esqueceu de te falar.

-Ainda bem, fiquei muito preocupada.

-Mas, pode ficar despreocupada.

-Tudo bem, e que dia vocês voltam?

-Só vamos ficar aqui mas 3 semanas.

-Bom então tá, manda um beijo para ela e para Allison também.

-Tudo bem, Adeus.

-E ai mãe ela está lá? Pergunta Nora.

-Sim.

-Viu, agora vamos lá no quintal, papai está jogando boliche com Clhoe.

Barb e Nora vão para o quintal.

Max

Pego a comida e saio dali e vou correndo para casinha.

Phoebe 

-Você veio por causa do Max né? Diz Allison.

-Tudo bem vim sim, e oque te interessa isso eu e ele se ama e não conseguimos viver longe um do outro.

-Mas vão tem que ficar.

-Como?

-Você vai arrumar suas coisas e ir embora.

-E se eu não for?

-Conto para seus país, e eles podem mandar você  para o colégio interno.

-Mas Alliosn, por favor eu amo o Max e...

-Mas nada, sai dessa casa agora.

-Ela não vai! Diz Max.

-Como não vai.

-Se ela for eu vou junto, e não to nem aí se contar para os nossos pais.

-Não ta nem aí não é então tá vai com ela.

-Allison, nada nesse mundo vai nos separar. digo pegando a mão dela.

Então pego a mão dela e vou para o quarto ela pega a mala dela então voltamos para cozinha.

-Adeus Allison.

Narrador

Max e Phoebe andam até a porta e depois sai da casa,  mas Alliosn vai andando atras deles e Max vai ate´a casa aonde está ficando e pega suas coisas e sai então ele da suas mãos para Phoebe e vão andando.

-Max, volta... Diz Alliosn.

Max e Phoebem acenam com a mão... 

-Vão se arrepender.. Ha se vão.

__________

Max e Phoebe estavam andando até que Phoebe fala.

-Max, estou com dor na perna, desde ontem quando acabamos de transa.

-Está doendo muito?

-Sim.

-Vem cá, vou te levar no colo. Diz ele me pegando no colo.

-Não precisa Max. Diz ela tentando se colocar no chão mas não consegue.

-Amor o culpado dessa dor sou eu, então eu vou te carregar sim.

Então ele me carrega, até chegarmos numa rua, mas tinha duas entradas e não sabíamos aonde entra.

-Max acho que é a direita.

-Não a esquerda.

-Então vamos pela esquerda, afinal você conhece mas do que eu.

Entramos pela esquerda não sei porque tinha um coisa me dizendo que não era aquele caminho mas fiquei quieta.

Barb

Estava preparando algo para o café da tarde até que recebo uma mensagem de uma pessoa que eu não conheço e quando vou ver era uma foto de Max e Phoebe se beijando e muitas outras fazendo coisas que nem imaginaria que um dia iria fazer. Então saio para mostra a foto para Hank e depois ligar para eles dois pois tem muito oque me explicar.

Na Floresta

-Max já está escurecendo a está frio.

-Então vamos montar um abarraca.

-Como.

-Eu tenho na minha mochila, sempre leva quado saio para longe.

-Mas eu não sei montar.

-Deixa comigo. Diz ele tirando coisas de sua mochila.

Então eu fico olhando Max montar a barraca ele estava todo enrolado entaõ eu falo.

-Deixa comigo.

-Então tá.

Vejo ela montando e era brilhante em 7 minutos ela estava pronta.

-Parabéns amor. Digo dando um beijo nela.

-Viu sem as mulheres os homens não são nada.

-Quem disse.

-Phoebe Thundermans.

-Bom, mas agora vamos tentar achar lenha.

-Vamos então.

Então fomos catar lenha e no meio do caminho paramos num canto e nos beijamos e Phoebe se abaixa e tira minha calça e minha cueca e começa a chupar meu membro então ela faz movimentos rápidos então eu gozo então ela limpa a boca e se levanta então eu boto minha calça e continuamos  acatar lenha.

A noite

Já tínhamos acendido a fogueira e estávamos nos esquentando mas do nada começa a chover e o fogo se apaga então e eu e ele corremos para dentro da barraca.

-Nossa amor, começou a chover de repente. Diz Max.

-Verdade. Max?

-Oque foi amor?

-Estou com fome.

-Eu acho que tenho algo aqui para você comer.

Ele pega sua mochila e olha dentro até que ele acha  uma barrinha de chocolate.

-Pode comer, e tudo que temos.

-Vamos dividir.

-Não amor, pode comer eu aguento.

-Eu faço questão. Digo partindo a barrinha.

-Obrigado.

então comemos a barrinha e ficamos conversando... E ficamos horas assim.

-Max, estou com sono vou dormi.

-Também.

-Max, eu não trouxe travesseiro e nem coberta.

-Mas eu trouxa divido com você afinal você é minha namorada.

Então ele pega o travesseiro e a coberta e joga pelo chão então ele se deita e eu deito em seu lado ele me cobre então fica passando no meu cabelo então eu digo. 

-Obrigado.

-Pelo que?

-Por ser o melhor namorado desse mundo.

-Eu que sou um cara de sorte, tenho a mulher que eu sempre quis do meu lado e se Deus quiser pro resto da vida, e eu sei que sempre vou está do seu lado te protegendo e te enchendo de beijo e nunca te deixa nos momentos ruins eu te amo Phoebe.

Nos beijamos então eu me ajeito mas um pouco e então ele me abraça e eu me sinto protegida então ele começa a cantar.Time, is going by, so much faster than I,
      And I'm starting to regret not spending
     all of it with you.
     Now I'm, wondering why,
     I've kept this bottled inside,
     So I'm starting to regret not telling
     all of it to you.
     So if I haven't yet, I've gotta let you know...

-Amor que musica linda. E sua voz também.

-Sabe uma coisa que é maSlinda que a musica.

-Oque?

-Você.

Dou um beijo nele.

-Sabe oque eu sempre queria?

-Oque?

-Que você cantasse uma música para mim no seu show, mas eu sei que isso nunca vai acontecer.

Pensamento de Max: Sera?

Então eu me ajeito e eu e ele dormimos agarradinho, estava ótimo naquela chuva e com a pessoa que e amo a melhor noite da minha vida, mas no fundo algo me preocupava nossos pais nos separar pois essas horas Alliosn já dedurou a gente.

Mas como eu prometi para ela. 

Flashback

-Max você promete, que não vai deixar ninguém nos separar?

-Prometo.

Flashback OFF

Então eu e ele dormimos...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Até!

Bom gente como vcs sabem na escola está acabando e a matéria está ficando difícil, e eu não vou ter tempo de atualizar mas não vou demorar se bobear essa semana eu atualizo ou na semana que vem pois também a criatividade não está vindo e quando vem eu aproveito e escrevo bom espero que entendam..

Beijos!
S2.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...