História Sentimentos Aprisionados - Capítulo 41


Escrita por: ~

Postado
Categorias Star vs. as Forças do Mal
Personagens Ludo, Marco Diaz, Personagens Originais, Star Borboleta, Toffee
Tags Amor, Drama, Marco, Mistério, Moon, Star, Suspense, Toffe
Visualizações 205
Palavras 1.022
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eclipsa consegue seu corpo de volta com muito mais poder.
Moon encontra a Ordem dos Demônios de Sangue.

Capítulo 41 - Ex-Ordem dos Demônios de Sangue.


Fanfic / Fanfiction Sentimentos Aprisionados - Capítulo 41 - Ex-Ordem dos Demônios de Sangue.

Do outro lado do portal estava a dimensão de Rhombulus. Totalmente coberta por trevas que pareciam que aos poucos, derretiam os cristais. Rhombulus estava dormindo enquanto Moon estava amarrada com a cabeça baixa e o rosto parecendo que havia acabado de terminar de chorar.

-Mas o quê está acontecendo!?

Rhombulus acorda e se ajoelha para Eclipsa que parecia feliz com aquilo.

-Me perdoe, Chanceler resistiu por um tempo então eu o cristalizei. Terminei de organizar os prisioneiros em ordem. Tudo está pronto para o feitiço.

Moon ergue a cabeça e olha para Moon.

-Feitiço? O quê quer dizer!?

Eclipsa ri e se aproxima de Moon.

-Um feitiço que não pude usar no nosso acordo minha querida.

Moon perde o brilho nos olhos.

-"Magia da União"... NÃO, VOCÊ NÃO PODE!

Eclipsa coloca Moon na fileira de cristais. Logo em seguida ela invoca um pedestal e coloca seu guarda-chuva em cima do pedestal.

-Quem vai me impedir?

Moon tenta sair da cadeira usando força física.

-VOCÊ SABE O QUE VAI ACONTECER SE VOCÊ FALHAR! SEU CORPO SERÁ DESTRUÍDO!

Eclipsa ri.

-Ainda bem que esse corpo não é meu. Tenho outro caso eu precise.

Eclipsa ergue suas mãos na direção de seu guarda-chuva. 

-"Sozinha em caminhos estranhos. Unidas em mundos paralelos e poderosa em dimensões diferentes. façam sermos um, em magia e em poder!"

Um raio sai das mãos de Eclipsa, o raio passa por todos os cristais. Aos poucos, todos na mira daquele raio, começaram a desaparecer em um tipo de fumaça negra. Eclipsa sentia um poder enorme se juntando em seu guarda-chuva que estava se transformando em uma varinha parecida com a de Star, mas em forma de eclipsa na ponta. Moon se joga pro lado e sai da frente do raio e bate a cabeça desmaiando.

Moon estava desmaiada. Parecia mais morta que qualquer outra coisa. Eclipsa pega a varinha e vai até seu corpo original que estava separado de todos os outros cristais.

-Acho que posso voltar pra onde eu pertenço...

Um corpo transparente sai do corpo de Moon e entra no cristal de em que estava preso o corpo de Eclipsa.

Quanto mais o corpo transparente entrava no cristal. Mais o cristal parecia virar poeira. Quando corpo entra completamente no cristal, Eclipsa abre os olhos negros como a noite e arruma seu vestido preto e roxo que parecia que havia sido roubado de um cadáver recentemente. Uma cada ver muito rico por sinal.

-Hum...- Espreguiça - Nada mal, senti falta desse corpo, meu lindo corpo.

Eclipsa vai até seu antigo corpo e deixa perto de um cristal gigante. Logo em seguida. Ela pega Moon e deixa ao lado de seu corpo.

-Reciclar sem faz bem não é?

Eclipsa abre um portal abaixo do cristal onde estava sendo usando de encosto para Moon e seu corpo.

-Adeus querida. Foi ótimo fazer aquele acordo com você.

Um portal aparece de baixo do cristal. O portal levava até o céu da dimensão de Hekapoo. O cristal ia cair em cima de Moon. Quando Moon estava prestes a ser esmagada. Um monstro que parecia um cachorro quebra o cristal com um soco e resgata Moon e seu corpo.

 

Moon estava em um campo de flores com Toffe ao seu lado.

-Olá Querida.

Moon olha em volta. Existiam apenas as flores e Toffe ao seu lado.

-T-Toffe...

-Quem mais séria Querida? 

Moon percebe um anel no dedo de Toffe. Era idêntico ao que ela estava usando, ela nunca tinha visto aquele anel na vida dela.

-Querida...?

Toffe ri.

-Acho melhor parar não é? Isso é muito coisa nos casamos a pouco tempo então... 

-Espera! Casamos!?

Toffe se aproxima do rosto de Moon.

-Claro, Sra. Toffe...

Moon fecha os olhos por um momento.

Quando ela abre, tudo a sua volta era destruição e caos. Monstros de todos os tipo atacando e destroçando cada ser vivo que cruza seu caminho. Mewni estava em ruínas. Não existia nada além de fogo e destroços . O núcleo de magia estava sendo atacado, estava preste a explodir.

-NÃOOOOO

Moon ergue seu braço.

 

Ela acorda. Era tudo um sonho? Ela implorava pra que fosse.

Moon olha e percebe 11 sombras.

-Olá... onde eu estou...?

Moon olha para sua mãe. Sua, mão.

-O quê? Eu...

Moon percebe que estava em seu corpo. 

Uma das sombras se aproxima.

-Você está bem?

Moon percebe aos poucos o quem era aquela silhueta. Um tubarão vermelho com tom cinza com partes do corpo que eram semelhantes a um humano. Moon sabia quem era aquele monstro, ou melhor, Demônio.

-Você é...Tunker, o tubarão dos rios de lava... 

Tinker se afasta de Moon e se junta as outras sombras.

-Você parece melhor. Agora vá embora. Já fizemos muito te salvando.

Moon percebe quem eram todas aquelas sombras.

Torturod, a Tartaruga do casco indestrutível / Coodg, o Cão da tortura/ Leoner, o Rei dos leões das sombras / Agood, a Águia das garras de aço / Tidra, a Tigresa assassina / Pironer, a rainha das Piranhas / Woner, o Lobo da meia-noite / Agares, a Aranha com o veneno mais mortal das dimensões / Escar, o Elefante de jade e Larry, o Lagarto.

-Como...

Larry se aproxima de Moon.

-Marco nos salvou derrotando Bloodvelt. Destruindo a máscara, todos os que ele absorveu foram libertados, nós percebemos que estávamos livres. Agora, vivemos nessa dimensão a mais de 1.000.000 anos... descobrir que até demônios envelhecem é bem estranho.

Moon estava em uma cama no que parecia ser uma casa de madeira.

-Por quê me salvaram?

Agood se aproxima de Moon.

-Agora que estamos livres, somos só criaturas que querem viver em paz. Estávamos passando quando te vimos cair do céu com um enorme cristal pronto para te esmagar. Você na hora que estávamos indo te salvar. Quase te matamos. Você era idêntica a Eclipsa, mas por sorte, Larry é um ótimo curandeiro e rastreador. Sabia na hora o que estava acontecendo.

Moon olha para Larry.

-Obrigada...

Larry cora.

-Por nada...

Tunker encara Moon.

-Mas por quê isso aconteceu?

Moon fica em silêncio.

-Eu...

Tinker interrompe Moon.

-Se quiser não fale. Pode ir quando quiser. Conseguimos uma tesoura de Hekapoo. 

-Tudo bem...


Notas Finais


Eu não tô estou escrevendo eu sei. Mas depois de 41 capítulo você desanima. A falta de comentários e a falta de Favoritos. Mas por quê eu to reclamando? Tô aqui é pra fazer você continuarem interessados!
Me siga pra saber de tudo em primeira mão.
Compartilhe, Comente e Favorite pra continuar com mais frequência.

Até mais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...